Vitória com autoridade. Perdemos muitos gols. Isso tem de acabar. Temos de ser mais competentes em frente ao gol e no último passe. Acertando esses dois detalhes, cialis NINGUÉM conseguirá nos vencer no Brasil. O Flamengo só foi dar o primeiro chute a gol com 36 minutos do segundo tempo. Renato Portaluppi “amarrou” o Flamengo de Mano Menezes. O clube carioca, troche aliás, rendeu aos cofres gremistas 300 mil reais para ver o boliviano Marcelo Moreno jogar, e não tocar na pelota. Werley e Rhodolfo, mais uma vez, foram perfeitos.

Algumas constatações e ou observações se fazem vitais:  1) Bressan é RESERVA de Gabriel (este último é mais experiente, mais frio, não é tão estabanado e sabe sair jogando – Bressan é apressado, qualquer coisa dá uma bica e, quando tenta sair jogando, erra passes fáceis);  2) Num time certinho, até o Pará começa a jogar bola. Assim mesmo, entendo que o Matheus Biteco improvisado na direita daria uma resposta melhor, mais qualificada e mais contundente em termos ofensivos. 3) Acertamos o esquema, acertamos o time: pressão na saída de bola, batalha no meio para ganhar a posse e sair rápido em contra-ataque. Mas como aplicar uma teoria dessas EM CASA??? (tendo de busca o resultado e tendo de “dar as cartas”).  Ao meu ver, Elano e Vargas são reservas. Zé Roberto tem lugar no time (Ramiro deve sobrar).
Quarta-feira estarei na Arena apoiando o Imortal Tricolor ante o Santos/SP pelas oitavas da Copa do Brasil. Faça você também a sua parte, gremista!
Tchüss, fussballteigers!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.