Uma ideia

Às vezes pouco importa que o todo se beneficie da cooperação, pharm o individuo pode por seus interesses pessoais em primeiro plano e agir de maneira contrária. Alguns dirão que é de nossa natureza agir com egoísmo e individualidade, ask mas o que toca é que ajamos assim mesmo quando o que temos a perder é infinitamente inferior ao que o grupo tem a ganhar. Percebe-se isso em quase todos os campos, drug mas o nosso foco é especificamente o GRÊMIO e disso falaremos. As questões que debatemos com tanto ardor no período eleitoral sempre estiveram na pauta, embora refugadas por outros debates mais direcionados aos resultados de campo, sua presença sempre se fez notar por um tópico ou outro entre os tantos blogs e twitters do mundo GREMISTA.

O que causa alguma estranheza, especialmente para este que vos fala, é o porquê da nivelação dos debates pelo prejudicial ao clube ou qual o motivo que leva os que sabem a correta forma de condução das políticas, ou supõe conhecer a solução para alguns temas permanecerem silenciosos para só agora, em época eleitoral, exporem ao público suas capacidades. Até onde sei, uma boa parte, senão a totalidade, dos conselheiros, busca a renovação de seus mandatos. O que ELES fizeram no período em que legislavam que os impediu de tomar as atitudes que agora prometem? Suas notícias sobre as crises que nos chocam carregam junto dois pontos: a crise em si e a omissão dos agentes há época. Quase todos os denunciantes de qualquer coisa que seja estavam lá e ou nada fizeram ou nada disseram. Esperaram o “momento oportuno” para divulgar um prejuízo ao clube? Não consigo crer que alguém que aja assim pense no GRÊMIO. Eles lucram eleitoralmente com a maneira e o momento em que divulgam os fatos, mas o GRÊMIO, esse, perde muito.

Outro fato que perturba é a existência dos solucionadores de tudo que não apresentam a maneira pela qual irão solucionar e, Deus os livre de receber ou abraçar alguma ideia diversa das deles. “Vamos montar um time vencedor, sanear as contas e sei lá mais o quê.” Mas a pergunta é:de que forma? Precisamos ver o plano de negócios desses “messias” da nova era. Algo insuportável é a conversa de existe um planejamento que será mostrado e posto em prática na hora certa.” E, geralmente não é possível apresentar a estes um contraponto, um contraditório.

Qual é o problema de apresentar ou aceitar boas ideias a qualquer tempo? Qual é o problema que existe em aceitar que outra pessoa teve a sacada ideal para o momento? Qual é a motivação de algumas pessoas em querer que só o seu ponto de vista esteja certo? Por que ainda impera, em especial no Rio Grande do Sul, o modelo eu só venço se o outro perder?

Quase todas as chapas ou coligações falam em cooperar, que todos somos GREMISTAS, mas nunca conseguem levar a cabo qualquer ação conjunta. Presos nos seus individualismos patéticos fazem com o que o GRÊMIO pereça pelo simples fato de não conseguirem cooperar. Duvidam? Temos inúmeros blogs gremistas e, com exceção talvez do nosso, qual deles divulga um texto ou uma nota sobre o outro? Não conseguimos nem articular uma defesa conjunta do clube diante dos desmandos da imprensa.

Sem a existência de uma cooperação entre os GREMISTAS pouco importam as bravatas gritadas ou escritas pelas chapas, continuará tudo exatamente como está e nossas vitórias estarão sempre atreladas à casualidade, a um gestor único ou, pior, à sorte. As melhores coisas construídas na guerra são as armas, mas elas de nada adiantam se só atiram dentro da própria trincheira.

É isso, ou não.

Anderson Kegler

Participe da discussão

22 comentários

  1. Anderson!
    Um dos teus melhores textos. Te “puxou”, heim?
    Agora, esse “messias” de que falas, não tem nada a ver comigo. Meu Messias é com letra maiúscula e, além do mais, sou pecador confesso e, felizmente, não estou concorrendo a nada.

    O texto reflete, sem tirar nem por, a nossa realidade eleitoral.
    Alguns textos atrás escrevi algo sobre o mesmo tema, inclusive dizendo: …’tem muito candidato aí procurando se reeleger e “dando uma de galo”… São os mesmos que viraram as costas para o clube no caso ISL.
    Mas, vou adiante porque o que realmente interessa, no fim das contas, é o Grêmio. Ainda não decidi em quem votar. Tem muita mistura nas chapas e, para mim, esse é o mal maior. Confesso que não está fácil escolher. A cara-de-pau é tanta, que, para fazer jus à “boquinha”, tem candidato inscrito em mais de uma chapa. Quer dizer, se não tem tu, vamos de plano B. O que importa, mesmo, é estar dentro.
    O que a busca frenética por uma posição de “abnegado” não é capaz de fazer…

  2. Baita Texto Anderson. Acho que a grande questão é exatamente o que tu colocou. Porque os caras que estão lá ainda não fizeram. A média atual de presença nas sessões de menor que 50%. Figurões aparecem em 3 chapas diferentes e tem 0% de presença nas sessões do conselho. Também não quero messias, sei que milagres não existem. Quero gente que baixe a cabeça e trabalhe em prol de um único objetivo. Não quero transformar os comentário em propaganda política, mas as únicas chapas que podem renovar 100% são a chapa 1 e chapa 6. E das duas a única que fala em ajudar o Grêmio independente se a propostas boas vêm de grupo politico A,B ou C é a chapa 6.

  3. Vargas de novo destruindo pelo Chile.
    Fica a impressão de que ele ainda não jogou pelo Grêmio, atuou poucas vezes, ficou lesionado, convocado.
    Não pode ser reserva, o Renato vai ter que achar um lugar pra ele no time agora!

  4. Grande Anderson.

    Vi que o Ducker deu um retweet neste texto e como bem disse o Rafa lá no twitter, impressionante a força do cara. Sempre vejo em torno de 5, 7, 10 pessoas online, com a divulgação dele saltou lá pra 40, 50. Com isso, tenho certeza que muitos dos candidatos que se enquadram nisso que tu escreveu, acabaram lendo o texto.

    E uma coisa que eu gostaria de saber é: após ler, será que esses candidatos acham que fazem diferente do que está escrito e por isso o chapéu não serve ou será que eles tem consciência que se encaixam em várias coisas do texto, mas não estão nem aí pois o q importa mesmo é a “boquinha”, o clube que se dane?

  5. da lhe CANELUDOOOOOOOO MIDEA VARSEANA !!!! ( sera que os SOCIOS irao VOTAR neste ” enarranhado de APROVEITADORES ” denovo PRO CD ? afinal VCS querem limpar mesmo o CD do GREMIO ? pq 80% destes NOMES das chapas , querem CONTINUAR MAMANDO DENTRO DO GREMIO ++++++ 6 anos NE ! e ai ! so ha 1 CHAPA NOVA OK .

  6. o gremio e dirigido por estes GRUPOS ( chapa === 2/3/4/5/6/7 ) ha anossssssssssssss OK . E O QUE GANHAMOS , O QUE MELHORARAM DENTRO DO GREMIO ? VAMOS RENOVAR DE VERDADE sem MEDO !

  7. JJ, a tua análise sobre as ofensas ao Grêmio pelos jornalistas da ESPN(post anterior) foi brilhante.
    O Flávio Gomes depois de despedido falou em brincadeira. Não se brinca com a paixão de 8 milhões de torcedores.

  8. Parabéns pelo texto, Anderson!!
    Este é o tipo de discussão que vale a pena em época eleitoral. Pelo pouco que já ouvi a respeito da participação de conselheiros nas reuniões do Conselho, a grande maioria se limita a votar nas questões em pauta (isso quando participam das reuniões, porque muitos raramente estão presentes). Não sei se isso está correto, se é pra ser assim mesmo, mas na minha visão isso é muito pouco. Pra mim, os conselheiros deveriam participar ativamente da melhoria do clube, propondo ideias e construindo coletivamente soluções. Mas parece que os egos imperam e o Conselho reflete essa dissociação política no clube. Parece que poucos pensam como tu e buscam uma convergência para o bem do nosso querido Imortal. Espero que muitos, tantos quanto possível, candidatos com esse mesmo pensamento se elejam para o Conselho nessas eleições e comecem a mudar esse comportamento minimalista de conselheiros.
    Saudações tricolores.

  9. LUIS
    Então vamos apagar
    2 campeonatos brasileiros
    2 Libertadores da América
    1 Mundial
    5 Copas do Brasil
    Vários torneios na Europa
    Campeonatos Gaúchos, SulBrasileiro
    Estádio Olímpico
    Arena

    etc etc como tb alguns fracassos.

    Apaga tudo e começa do ZERO.

  10. quem vive de passado e museu . ( a vida nao para aos 23 anos OK ) nem o gremio pode so viver do passado , e DEIXAR o presente/ futuro aos OUTROS GANHAREM !!!!!!!!! ( eles so querem === MAMAR la dentro ) ILUDIDO !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.