Time para 2015

Considerando o que temos no elenco, cialis os jogadores possíveis de serem trazidos e uma filosofia de clube e time, qual seria o grupo ideal?

Podemos pensar também no departamento de futebol que queremos! Técnico, comando de futebol, preparador físico… Enfim!

Vamos jogar o gauchão, a copa do Brasil desde o início… Precisamos pensar  bem!

A Gerência

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

8 comentários

  1. DARCÍLIO, conheço-te há algum tempo, acho q desde a época em que a TERCEIRA (verdadeira) VIA foi criada (Grupo de sócios e o Grêmio do Prata). Cara, tu consegues, na tua pessoa, unir racionalidade com passionalidade. Meus cumprimentos!
    Nesse “diapasão”, destaco fragmentos de teu comentário no post anterior:
    “Enquanto dirigente: não mentir, bem administrar, ser transparente, parcimonioso e ter consciência de que o clube deve estar acima do “eu”, são as credenciais prioritárias para a consolidação de uma agenda positiva. Tudo começa por aí. ”
    Caríssimo, esses são os valores coadunados a COMPROMETIMENTO. Por essa razão (ausência de tais virtudes) hoje não temos dirigentes. Vejam o exemplo do simpático, correto e grande gremista Duda Kroef! Acho que ele não tem características para ser um Diretor de Futebol, todavia goza de muitos valores expostos por ti. Então porque será que PROMETEU e agora não quer permanecer??? Algo de muito estranho deve estar acontecendo!!! Acho que o Duda erra quando entende pela permanência do Rui Costa, o qual, embora um excepcional orador e talvez um bom advogado, é um mau executivo de futebol, simplesmente por não conter requisitos para a função.
    ESTOU APAVARADO COM O FINAL DE 2014 E MAIS AINDA COM O QUE PROMETE SER 2015!! Por tudo que ouço, leio e “vejo”, creio que nossa ÚNICA meta em 2015 será a permanência na SÉRIE “A” .
    POBRE GRÊMIO!!

  2. Ruschel, tenta ser um pouco mais otimista. O novo presidente está tentando ir pelo caminho certo. Reduzir a folha de pagamento não significa reduzir a capacidade da equipe. Dá para montar uma equipe melhor, gastando menos, basta não cometer os erros do passado. Se o Grêmio dispensar o Para, que eu gosto, mas a torcida do Grêmio detesta, Werlei, Zé Roberto, que é caro, e parece que cansou, Edinho, que não joga nada, Fernandinho, Cleber e Marcelo Moreno, com o que sobrou teremos uma equipe igual a atual, até mesmo porque destes, só o Pará e Zé Roberto estão jogando. A economia é na ordem de dois milhões e quinhentos. Como tem mais uns dez para dispensar,ou vender, acho que esta economia pode passar de tres milhões. Pronto, colocar dois laterais da base e teremos uma equipe igual a esta com economia de tres milhões. Não vai ganhar nada, mas também não vai gastar mais sete oi oito milhões por mês. Para melhorar é só fazer as contratações pontuais pagando salários compatíveis e possíveis de serem honrados pelo clube.

  3. Não sei, não ando vendo muitos jogos além do Grêmio. Gostaria de ver o Grêmio contratar pelo menos dois meias armadores com capacidade de liderar o meio-campo. Mas isso tá em falta no Brasil. E não rola trazer só um, um indivíduo não vai salvar um time que hoje não tem meio.

    O mercado sul-americano pode ser uma solução. Não temos olheiros por aí? Eles poderiam ajudar, já que parece que ninguém do clube entende nada de futebol, com exceção talvez só do Scolari. Quem sabe conseguiríamos uns jogadores bons e jovens melhores que o Alán Ruiz. Aposto que dá pra comprar uns 3 do Atlético Nacional pelo mesmo preço dele. O que acham do Cardona? E pra lateral, o Daniel Bocanegra, que tal? Ele sabe jogar em outras posições também, inclusive no meio. São só alguns nomes. Deve ter mais por aí, melhores. No futebol argentino também não faltam armadores. Temos que buscar regularidade.

    O preparador físico vai sair? Seria bom investir um dinheiro num de nível similar. Preparação física é importante, especialmente quando enfrentamos times fracos como no Brasil.

  4. Ruschel!
    Agradeço o elogio. Também sei de teu amor pelo Grêmio que não e de hoje. Acontece que meu ceticismo não desconhece os serviços prestados por alguns dirigentes ao clube. Mas, vivemos da paixão e não conseguimos abstrair deste sentimento os contínuos revezes que apequenam nosso clube e nos enchem de tristeza. Porque insistir com dirigentes que já demonstraram sua ineficiência? O que estimula determinadas pessoas e continuar no comando quando o clamor da torcida é por sua saída? Qual o motivo para tanto apego? Deixo a questão para a reflexão dos blogueiros.

    – O comentário do Helio Paz é de uma clarividência do principio ao fim. Eu já o admirava quando aqui escrevia. CConcordo mm gênero e número com tudo o que ele disse. Só não dá para ser otimista como querem alguns. Aliás, as recentes entrevistas dos dirigentes não encorajam ninguém e tem sido um “balde de água fria” na autoestima do torcedor.

  5. essa direção não ganhou nada, nem vaga, e não está planejando direito 2015. essa história de aproveitar a base eu já ouvi antes e significa “queimar guris no gauchão pra depois contratar nabas de empresários amigos para o BR15”.

    por que confiar em quem até agora só mentiu e fez porcaria? eles vão parar de mentir? o ruim costa vai passar a contratar melhor? o duda vai virar competente? o koff vai rejuvenescer?

    tão falando em thiago heleno, uma bela porcaria de zagueiro. lá isso é contratação?

    eu só rezo que os próximos dois anos passem bem depressa e que apareça alguém gabaritado pra concorrer na próxima eleição, e não o pessoal das plaquinhas e o do “agora o koff vai pro vestiário”, porque esses já deram o que tinha que dar!

  6. Mateus, concordo contigo, mas quem fará as contratações pontuais? Quem terá CAPACIDADE para pensar o futebol do Grêmio, cujos resultados, desde 2001 são pífios? Esse é o problema, caro Mateus! Os dirigentes que “deveriam pensar” (planejar futebol: montar o grupo de jogadores de acordo com a filosofia de jogo pretendida) são postos nas funções por critérios PESSOAIS. Não se leva em consideração valores como: experiência, conhecimento de mercado, …..Veja a melancólica gestão que se encerra agora: Koff escolheu a TODOS, abnegados e “remunerados” (MKT, FUTEBOL,…). Todos escolhidos por simpatia, amizade, indicação de amigos……! Isso não tem a menor relação com a “prometida” profissionalização do clube (consta em projeto). A escolha do CA e dos demais dirigentes igualmente se distanciou de critérios técnicos e ou objetivos, razão por que a tb prometida GOVERNANÇA CORPORATIVA foi arquivada (consta em projeto). Enfim, o “prometido” CÍRCULO VIRTUOSO do senhor Koff foi uma falácia, uma mentira!!! Infelizmente essa é a realidade. Koff foi o responsável maior por APEQUENAR o Grêmio ainda mais nesses 2 últimos anos (menos 25.000 sócios, aumento da dívida em 50% e um grupo caricato de jogadores).
    HÉLIO: concordo na maioria das tuas colocações, menos em relação a LUAN, ZR (tem de sair) e Pará (enquanto esse cara jogar no Grêmio, esqueçam conquistas). Barcos: acho que tb deveria sair!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.