Responda se for capaz!

O Sempre Imortal tem uma dúvida e espera a ajuda dos leitores.

Por que o GRÊMIO não faz gols?

Já não fazia quando Renato era técnico, pills então muitos diziam que ele não sabia armar o time, order que não era técnico, só sabia dar rachão. Agora com Enderson também não fazemos gols, e de novo falam do técnico!

Em comum eles tem os jogadores. Enderson recebeu alguns reforços importantes – embora achemos que não os que realmente precisávamos – mas o time continua tendo um ataque pífio.

Mas a análise fica a cargo de vocês. É o esquema? É o técnico? É o centroavante? É culpa do Grohe? Tem uma caveira de mula enterrada no Olímpico?… Enfim..

A Gerência

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

27 comentários

  1. time do Renato (jogos no Brasileiro 2013):
    Dida (37), Pará (35), Bressan (36), Rhodolfo (24), Telles (36); Souza (31), Ramiro (29), Riveros (20) e Zé Roberto (23); Kleber (34) e Barcos (37).
    gols marcados: 42 em 38 jogos, média 1,1 gols/jogo

    time do Enderson (jogos Brasileiro 2014):
    Grohe (10), Pará (10), Rhodolfo (3), Geromel (4), Saimon (4), Ramiro (9), Riveros (8), Alan (9), Giuliano (2), Luan (5) e Barcos (10).
    Na zaga quem mais jogou foram Bressan (7) e Werley (7), mas são reservas hoje.
    gols marcados: 8 em 11 jogos, média 0,7 gols/jogo

    O time mudou muito, somente Pará, Rhodolfo, Ramiro, Riveros e Barcos permanecem.
    A falta de qualidade na saída de bola com Riveros e Ramiro pode ser um indicativo para dificuldade de armar jogadas. É um problema que permanece desde 2013, lentidão e passes ruins. Soma a isso a inoperância do Pará no ataque (jogou 45 jogos de 49!) e do Barcos (jogou absurdos 47 jogos de 49) e temos o cenário atual.

    Barcos fez 11 gols nos Brasileiros 2013/2014 em 47 jogos, média de 0,23 gols/jogo. Tá caminhando pra média de 1 gol a cada 5 jogos!!!!!
    Mas ele não é o problema, merece sequência, aham…

  2. mas essas estatísticas básicas eles não enxergam, talvez com investimento de 6 milhões no software da SAP eles vão começar a ver os números…

  3. Gerência!

    Time que é treinado, prioritariamente, para se defender, quando tem a posse da bola não sabe o que fazer com ela, porque não tem jogadores rápidos para fazer a transição da defesa para o ataque. Não basta ao jogador ter um bom domínio de bola e disposição. No futebol atual, a velocidade e o passe qualificado são essenciais para superar os sistemas defensivos. O Grêmio é o rei do toque-toque improdutivo, principalmente na meia cancha, porque o perfil dos jogadores do setor: de características defensivas, contribui para a lentidão das ações ofensivas. A bola custa a chegar e quando chega, o atacante se vê rodeado por dois ou até três defensores adversários. Contribui, também, para a falta de gols, a pouca aproximação dos meias e dos laterais para a triangulação pelas laterais lados do campo, o que dificulta a chegada à linha de fundo. Em suma, a movimentação não se completa quando as peças não jogam solidariamente. Há um latifúndio na meia-cancha que se arrasta há anos, o que me leva a crer que: ou é culpa do sistema de jogo ou da dificuldade dos jogadores em assimilar seu posicionamento. Não indo muito longe, deu para notar tudo isso no jogo com o Figueirense. O adversário, com um a menos, conseguia chegar, com toques rápidos, na nossa área, colocando contra a parede todo o sistema defensivo. O “professor” Enderson tem que explicar, sem subterfúgios e sem gaguejar, o porque da baixa produtividade e da escassez de gols de sua equipe.

  4. Alguém pode me dizer qual a trajetória e qual a contribuição ao clube – não política, isso é proibido no Grêmio – do dirigente Romildo Bolzan?
    Essas informações nortearão minha decisão para o próximo pleito.

  5. O principal problema do Grêmio está na MENTALIDADE PERDEDORA do departamento de futebol. Você escuta o Rui Costa e o Chitolina dando entrevistas e logo entende porque o Grêmio joga um futebol desequilibrado que prioriza a defesa em detrimento ao ataque de Renato ao Enderson: a insegurança deles contagia a filosofia de futebol do clube, o medo de perder e a falta de personalidade e indignação, de uma cobrança mais forte e de uma liderança mais arrojada é gritante nos homens do futebol do Dr.Fábio Koff que por sua vez nem de longe lembra mais o presidente vitorioso de outros tempos, mas ao contrário parece ultrapassado e preso ao seu próprio mito e formas de fazer futebol que não funcionam mais. Koff antevia e hoje é o último a saber. O último a dar o braço a torcer. A velhice fez aumentar sua teimosia e menos sua sabedoria, que dirá o feeling para o futebol. Ao menos os anos como negociador no clube do 13 e da época vitoriosa de Grêmio ele parece não ter perdido, pois tem se mostrado ferrenho negociador com a OAS, é o que salva a sua gestão do desastre completo em todas as esferas, ainda que no futebol o decepção seja total.

    Mas tudo isso pra afirmar que embora considere Enderson um treinador com prazo vencido, medroso e de discurso enfadonho e burocrático vejo nele um reflexo do dep. de futebol, ou seja, não o vejo como único culpado pois temos sidos vítimas de invencionices, reféns de bruxismos desde Luxa, passando por Renato que mandavam e desmandavam sozinhos no time pela covardia do dep. de futebol e agora com o Enderson e suas equívocos absurdos e insistências burras que quase não sofrem contestações a começar pelo presidente omisso que sequer fala do futebol.

    Em resumo essa gestão é que precisa de um choque de gestão… pois nunca vi tanta bundamolice junta e reunida num clube de futebol. E o time é um retrato disso em campo.

  6. Esse ano continuando nesse ritmo e jogando esse futebol não emplacaremos nem o G4, ficando no máximo na zona da sulamericana. E não é por falta de time pois mesmo que tenhamos carências, eu ainda acho que daria pra qualificar mais as laterais, trazer um zagueiro xerifão de personalidade levantador de taças e um centroavante mais matador, isso se quiséssemos aspirar títulos com mais chances, mas mesmo sem esses, ainda assim dá pra apostar em que tem no plantel e fazer o time jogar mais do que quem jogando, encaixando melhor a equipe.

    Mas não obviamente do jeito que Enderson vem fazendo que é insistindo no que o Grêmio tem de pior com Pará, Ramiro e Barcos que não vem bem há tempos e piorando o que já não vinha bem como a lateral esquerda, como Saimon. Há material humano melhor para ser testado no plantel e sempre se pode recorrer a base com sucesso como já foi feito em tantas outras oportunidades. Só que é preciso CORAGEM, arrojo, criatividade, indignação para testar opções e apostar nos jovens… TUDO O QUE FALTA ao medrosos e conformistas Enderson e os homens do dep.futebol do AUSENTE Dr.Koff.

    Oras, não temos triangulações nas laterais porque não temos laterais e o que os temos estão mal escalados, faria mais sentido Saimon (prefiro outro) na direita e liberar o Breno que apoia mais que o Pará do manter o nulo Parazinho, mas o treinador vai lá e faz o contrário. Faria mais sentido escalar volantes que melhorassem a saída de bola como Felipe Bastos (deu amostra de pode fazer bem isso contra o Londrina) do que insistir no maior errador de passes do atual elenco que é o Ramiro. Faz mais sentido jogar sem centroavante ou iniciar um vestibular com os garotos Lucas Coelho, Nicolas Careca, Marcos Paulo e Luis Felippe do que insistir com o anti-goleador Barcos. faria mais sentido usar três zagueiros com alas do que colocar o terceiro zagueiro na lateral, enfim, o treinador do Grêmio apega-se a tudo que está fracassando e tende a fracassar e ali se fixa como uma mula teimosa…

    As caveiras de mulas teimosas não estão enterradas no clube! Não mesmo! Elas estão na cadeira da presidência… no dep. de futebol e no papel de treinador do Grêmio…

  7. Grupo de conselheiros articula uma terceira via, sem a presença de políticos e dirigentes perdedores, encabeçada por empresário de grande sucesso, que viria para dar ao Grêmio uma verdadeira gestão empresarial. Parece que a torcida não acredita mais em promessas não cumpridas e “propostas” e “projetos” gestados apenas para enganar o torcedor no dia da eleição, que depois não se confirma.

  8. Vamos em parte: para que treinos, treinamentos,…rachão,…correria, parece mis preparação física,…eu vejo coisas.
    Preparação física é uma coisa. TREINAMENTO É OUTRA COISA. Vamos copiar o que a Copa nos ofereceu, os melhores técnicos do mundo, senão eles as seleções….Escanteios: a Copa nos mostrou o que fizeram as melhores: NINGUÉM FICA SE COCHANDO DENTRO DA PEQUENA AREA,…. os caras vem de fora da grande área, aumentam a impulsão, é o mesmo nas faltas, enfim, se vamos nos ater a tudo o que nos foi proporcionado, vamos passar o ano e fim de campeonato nacional.
    Mas fui ver Gremio x Goias: novamente comentando com os que estão ao nosso redor, NOVAMENTE: quando há um escanteio contra nós, o que continua acontecendo:ESTAO OS ONZE NOSSOS, dentro da nossa área para defender:NÃO FICA NINGUÉM NA INTERMEDIA´RIA E MUITO MENOS NO GRANDE CIRCULO PARA RECEBER uma bola para contra ataque. EU NUNCA VI DISTO, ISTO NÃO PODE EXISTIR. Tem que ficar no mínimo dois lá na frente para receber um lançamento rápido do goleiro.ATÉ O DUDÚ esta dentro da nossa area, junto com o “BARCOS’ para DEFENDER ???????????. Prá que técnico?????? O wque estão treinando???? . Ninguém é cobrador de falta !!!!.PLANTEL NÃO DÁ PARA SE QUEIXAR> Mas o pior é a VOZ DO VESTIÁRIO. nUNCA VI INDIGNAÇÃO, perdemos pontos para timecos, e o que dizem:ESTAMOS NO CAMINHO CERTO, estamos isto, estamos aquilo.QUEREMOS INDIGNAÇÃO NO VESTIÁRIO. QUEREMOS COBRANÇA DESTES JOGADORES MILIONÁRIOS. COBRANÇA DOS TÉCNICOS, QUE NÃO PROJETAM SEQUER UM ESQUEMA DE JOGO.Cada jogo é uma história diferente…..(…e os moranguinhos, deixaram de botar 10 no flamengo, se fosse nóis UM ou Dois tava bom, e RECUARÍAMOS PARA MANTER…eu vejo coisas, cada vez mais….FUI

  9. TÉCNICO MUDAR URGENTE: Podem me chamar ou achar loucura.Precisamos um de comando, motivador, cobrador. O mercado não nos oferece alternativas $$$$$ TITE …mas Gilmar Dalpozzo, Argel ???…porque continuar no Enderson pro resto do ano…se fomos com a gata e com a cinta, ou com a vaca pro brejo…o GREMIO preciosa de gente arrojada, mudar com convicção, sem medo de uma cagada…que comanda no vestiário, que fale por ele…boleiro tem que ficar calado, ou loge dos microfones, para não falarem besteira, que a imprensinha rosada quer….( O abelão “fechou” o vestiário.Só ele que fala quando o time vai mal, e responde ´só o que lhe interessa…) e quanto menos conversar melhor….e prá encerrar: DUNGA NA SELEÇÃO junto com seu amigo CONTRABANDISTA:GILMAR RINALDI. Lembram-se da Copa de 94, quando desembarcaram no aereoporto, com o avião lotado de contrrabando dos EEUU ????junto o o Ricardo Teixeira ???? e CAGARAM na cabeça da Polícia e a Receita Federal, com o AVAL do0 Pres.Itamar e FHC????LIBERARAM TOTAL !!!! o “SR” Gilmar R. ameaçou devolver a medalha de campeão, se não pudesse desembarcar a MUAMBA???Esqueceram????? Êste é o “NOVO’ comando técnico da nossa seleção,…mais o Marin ???…É o que “nós” merecemos…Torcer, eu , prá esta gentalha???…depois de ouvir, ontem, na ESPN a entrevista com o SR BREITNER, ex- campeão da Alemanha 74, e hoje dirigente do Bayern… fiquei com pena dos nossos clubes e do nosso futebol,… mas o que mais me marcou foi a sinceridade dele nas falas, NÃO USA MEIAS PALAVRAS, disse o que tinha que dizer aos entrevistadores(quem puder contatar e ver esta entrevista chegará facil as conclusões da organização do futebol alemão,… futebol empresarial, resultados,…e menos espetáculo. SÓ DISPUTA AS COMPETIÇÕES: 1ª, 2ª, 3ª…divisão as equipes que estiverem com os salários pagos até o 1º dia útil do mes.QUALQUER ATRAZO nos salários, a equipe é multada, perde todos os pontos ganhos e pode ser rebaixada. O orçamento para contratar jogadores, deve ser compativel com cronograma financeiro do clube, não pode contratar por contratar: O técnico e a comissão técnica somente opinam sobre quais jogadores: mas a contratação passa pelos Dirigentes do Clube, ou seja, capacidade financeira, planejamento, investidores….sonho um dia o nosso GREMIO chegar lá…. ou quase lá.

  10. Alan Ruiz fora por 15 dias, Dudu suspenso…
    Lá vem o Zé Roberto modorrento de volta ao time.
    Com toda essa velocidade do Grêmio não tem como fazer gols mesmo, time burocrata.

  11. Alan Ruiz faz seu melhor jogo no Grêmio e se machuca.
    Já Barcos joga 47 jogos em 49, não estamos com sorte definitivamente.

  12. Alan Ruiz fora de jogo, justamente quando começou a mostrar serviço. Por um lado é um mau sinal. Por outro, é sinal de que não jogando, tão cedo não será vendido.
    Tenho medo quando um jogador começa a mostrar serviço. Imediatamente arranjam um empresário amigo e… adeus promessa e as esperanças do torcedor.
    O pior é que uma vez sacramentada a venda, o jogador desaprende de jogar e assim vai, aos trancos e barrancos, até deixar o clube. Vide os casos recentes do Wendel e do Luan. O pior é que a reposição é demorada e de qualidade inferior. Hoje, na lateral esquerda temos o Saimon. Qual será a improvisação no lugar do Luan? Está cada vez mais difícil ser gremista! Ufa!

  13. Se estatutariamente Fabio Kofre pode concorrer a reeleição, porque esta formula engana bobo, com Romildo de Presidente e Kofre de Vice. Está claro que Kofre não quer mais nada com o Grêmio, como nunca quis, mais vai usar de uma estratégia para manter seus pares no poder. Este história da compra da Arena vai ser a plataforma da campanha, porque garantir títulos, investidores e jogador no kofre, como fez na última eleição, não cola mais.

  14. Não sei o que se passa no cotidiano do Grêmio, mas desde a Era Luxemburgo não vejo o time com jogadas trabalhadas. Times com elencos várias vezes mais modestos têm mais tabelas e boas jogadas de ataque. Então creio que só pode ser problema de treinamento, responsabilidade do treinador.
    O nível do campeonato não é lá essas coisas. Não é possível que o Grêmio tenha combinado o conjunto de jogadores mais incapazes de chegar ao gol.

  15. Desde 2012 o Grêmio vem dando sono a quem assiste seus jogos.
    Aquele time do Luxa foi o último a dar alguma emoção, mas tb pq era o último ano do Olímpico.
    De lá pra cá o Grêmio só montou times burocratas, que têm mais medo de perder do que vencer.

  16. “temos que vencer o Nacional-URU para ter melhor campanha e decidir em casa”
    “não podemos escolher adversário e perder para o Nacional-URU, que venha o San Lorenzo”

    São frases de um clube perdedor e eliminado.
    O pior time da 1ª fase está chegando na final, decidindo sempre fora de casa.
    Mas no Grêmio ainda se acredita em pensamento mágico de que decidir em casa é vantagem, que torcida ganha jogo e que não se pode escolher adversário mais fraco.

  17. Parabéns pra quem quadruplicou seu patrimônio pessoal nos últimos 4 anos, fruto de um árduo trabalho.
    Tudo isso sem nenhum benefício de ser presidente de clube de futebol e construir um estádio novo nesse período.

  18. Caro Targa,
    Sempre acredito na honestidade das pessoas até prova em contrário.
    Agora o fato deveria ter um esclarecimento público, pois se assim não for vai gerar desconfianças e até interpretações muitas vezes incorretas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.