Reciclagem Necessária para Voltar a ser Grande

Entendo que, buy por vezes, site posso parecer nostálgico. Mas isso é decorrência da ausência de títulos importantes há mais de 10 anos. Sendo assim, view de que maneira nós, gremistas, podemos projetar 2012? A meu ver, reiterando os nossos acertos administrativos das épocas áureas.

Exemplifico meu pensamento em uma sentença: o time bicampeão da América formado por Fábio André Koff (presidente) e Luís Carlos Silveira Martins (vice) foi quase que 100% reciclado em relação ao ano anterior, restando como titulares apenas jogadores jovens provenientes da base. Senão vejamos, do time bicampeão da Copa do Brasil de 1994 (gize-se de forma invicta), apenas ergueram a Taça Libertadores da América no ano seguinte Danrlei, Roger e Carlos Miguel.

Luís Carlos Silveira Martins, o Cacalo, foi buscar Arce no Cerro Porteño/PAR  (Ayupe fora dispensado), Rivarola no Talleres/ARG (Paulão fora vendido), Adílson no Atlético-MG (Agnaldo fora vendido), Dinho no ostracismo do banco do Santos-SP (Jamir era contestado pela torcida e fora para o Botafogo-RJ), Luís Carlos Goiano nos renegados do São Paulo-SP (Pingo era ídolo no Grêmio, mas a direção o negociara com o Cruzeiro-MG), Arílson na base do Esportivo de Bento Gonçalves-RS (Émerson sofrera lesão grave em lance com o zagueiro do Brasil de Farroupilha-RS), Paulo Nunes e (RO)Magno na reserva do Flamengo-RJ (Fabinho havia sido devolvido ao Corinthians Paulista-SP) e Jardel nos “jogadores que treinavam em separado” do Vasco da Gama-RJ (Nildo se lesionara sozinho em lance bizarro contra o Timão no Estádio do Pacaembu). Outras contratações pontuais foram feitas, como Gelson (volante do Criciúma-SC indicado por Luís Felipe Scolari) e Alexandre Xoxó (atacante destaque do Juventude-RS), enquanto a base era valorizada (aproveitando-se juniores como Luciano – zagueiro -, e  Jaques – centroavante).

Trazendo para a realidade atual, caso este blogueiro que vos fala tivesse voz de comando na direção gremista, providenciaria uma grande reciclagem no grupo de jogadores. É preciso. É necessário. Evidente, caso queiramos ganhar títulos importantes novamente. Eu manteria no time titular os seguintes atletas: Mário Fernandes, Saimon, Júlio César e Fernando. Daria uma segunda chance (mas de maneira muito radical, no estilo “é vencer ou vencer”) para Douglas e Rochemback. Reavaliaria os casos de Edílson, Júnior Viçosa e Everaldo. E negociaria este grupo de jogadores (ou dispensaria), dada a peculiaridade que envolve o caso de cada um face ao seu histórico: Victor, Gabriel, Rafa Marques, Edcarlos, Rodolfo, Leandro Lessa, Bergson, Roberson, Wesley, Mithyuê, Spessato, Dener, Brandão, Miralles, Adílson, Escudero e Diego Clementino. Manteria no grupo Marcelo Grohe (goleiro titular), Busatto (goleiro reserva), Matheus (terceiro goleiro), Willian Magrão (volante), Matheus Magro (volante), Pessali (meia de ligação), Leandro (atacante), Yuri Mamute (atacante), Misael (volante), Gerson (zagueiro), Vílson (zagueiro), Biteco (meia) e Marquinhos (meia).

As vagas restantes seriam destinadas às contratações vitais para um próspero 2012. Kléber (ex-Palmeiras-SP) é o único titular contratado por enquanto. Marco Antônio (ex-Portuguesa-SP) é um ótimo nome, o qual poderá repetir Arílson em 1995 e desbancar nosso inconstante camisa 10. Felipe Nunes (ex-Independente-SP) e Douglas Grolli (ex-Chapecoense-SC) são apostas. Eu formaria um time “parecido” com esse para disputar as competências de 2012: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Saimon, Alex (Chelsea/ING) e Júlio César; Fernando, Wesley (ex-Santos-SP), Dário Conca (Ghangkhou Evergrande/CHN) e Carlos Eduardo (Rubin Kazan/RUS);  Kléber e Marcelo Moreno (Shakthar Donetsky/UCR). Eu tentaria também Marlos (São Paulo-SP), André (Atlético-MG) e Elkeson (Botafogo-RJ).

Especularam-se Luca Toni (centroavante italiano da Juventus/ITA), Marcelo Moreno, Alex, Carlos Eduardo, Vágner Love (Cska/RUS), Jonathan Bottinelli (zagueiro argentino do San Lorenzo/ARG), entre outros. Eu confio em Paulo Pelaipe. E vocês?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.