Elano vai ficar, viagra sale no mínimo, um mês fora de combate. A questão agora é quem será seu substituto para jogar as partidas da Libertadores. Tratarei aqui apenas da Copa, ruralito ficará em segundo plano. Num primeiro momento falarei da fase de grupos.

Jogando no 4-4-2, esquema que me parece será utilizado por Luxemburgo, temos duas opções: Adriano ou Marco Antonio.

Com Adriano, time ganha em marcação mas perde em saída de bola. Com o volante no time, Zé Roberto será sacrificado na armação da equipe.

Com Marco Antonio – solução mais óbvia que Luxa provavelmente usará – o time joga com a mesma postura e posicionamento de com Elano, entretanto, a qualidade entre os dois é gritante.

Foto: Mauro Vieira
Foto: Mauro Vieira

Já num 4-3-3, Kleber vira titular. Todavia, o esquema precisa ser melhor treinado já que não apresentou um bom entrosamento.

Luxa ainda pode inventar – às vezes ele curte dar uma de Professor Pardal – e escalar o time num 3-5-2, aí Bressan reforça a zaga.

Já para uma possível fase de mata-mata – dependendo dos três inscritos pelo Grêmio na próxima fase – Fábio Aurélio, Biteco e até Bertoglio podem virar alternativas.

Fábio Aurélio larga na frente, já que volta e meia treina como meia. Biteco pode surgir como uma boa alternativa. E Bertoglio – que anda sumido até do banco do time reserva – pode ser testado no setor.

Por não termos um reserva de qualidade para as posições de Elano e Zé Roberto, Luxa vai ter que se virar para a equipe apresentar um bom futebol e seguir firme na luta pelo tricampeonato.

E seja você uma pessoa de fé ou não, reze para Zé Roberto não se lesionar.

 

Abração hein?!
@alemaopizoni

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.