Primeira Liga!

A Primeira Liga é muito mais do que um campeonato, order é um primeiro passo em direção a modificação que o futebol e o brasileiro carecem há anos.

Um primeiro olhar pode parecer uma coisa simples e que envolve apenas o futebol: basta criar o campeonato, mandar a CBF às favas e organizar tudo! Ledo engano!

O futebol é apenas um dos muitos tentáculos do poder instituído no Brasil. Alguém acredita que os dirigentes da CBF mandam mesmo? Com todo o dinheiro que o futebol gira, vocês pensam que ia ficar na mão daquele povo? Claro que não! Futebol é softpower, é arma política. Quantos votos um time campeão gera? A facilidade de condução da tv quando ela fica concentrada em apenas dois estados é muito maior! Acham que os times aqueles são favorecidos por quê? É muito mais do que está exposto, é um Iceberg, meus amigos.

A Primeira Liga, acredito, pode mudar muito mais do que só os horários, dias e rendas de jogos. Não é por acaso que existe essa resistência toda… A rede de tv que tem quase que o monopólio do país o tem por algum motivo.

Pensem em quantos políticos existem por conta dos clubes…

Mas tudo isso eu acho… vai que é só futebol mesmo.

Anderson Kegler

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

72 comentários

  1. tudo certo, mas 1ª Liga é campeonato, é título, coisa que o Grêmio precisa urgentemente!!!
    Mas não parece que o Grêmio tá querendo muito vencer, vamos de time reserva pra estreia e com 3 volantes.
    Marcelo Grohe; Wesley, Thyere, Bressan e Marcelo Hermes; Edinho, Moisés, Ramiro, Lincoln e Pedro Rocha; Bobo.

    Não é fácil ser gremista, 3 volantes e o medo de ser feliz seguem firmes e fortes na cabeças do futebol gremista.
    Na 1ª Liga classificam somente os lideres das chaves e o melhor 2º colocado no geral, então, provavelmente tem que fazer 7 pontos pra classificar. Uma derrota já pode ser fatal.
    Era jogo no mínimo pra dar mais sequência ao Everton, testar o Tontini no meio, o Kadu na zaga.

    Vamos preservar o time pra estrear no gauchão, onde é impossível não classificar.
    Juro que ainda vou entender a estratégia do futebol do Grêmio…

  2. Perder está no planejamento da atual direção.

    Eles seguem a risca. É hora de testar a equipe contra adversários mais fortes.

  3. O inter, CAM e outros vão com o que tem de melhor na primeira liga, já o grêmio vai com reservas. Realmente, ganhar, não fã parte dessa direção do grêmio.

  4. Pela amostra ninguém entende da estratégia (?) da direção do Grêmio.
    É inacreditável que após todo o esforço pra botar a Liga em funcionamento o Grêmio vai jogar com reservas!
    Logo o clube que mais precisa de um título pra entrar nos eixos e que tem essa possibilidade em apenas 5 partidas.
    Os jogos seguintes serão na Arena, mas há um gre-nal entre eles, em que empate é um resultado bastante comum. Logo precisamos vencer os outros dois jogos pra ter segurança.
    Tá certo que o Avaí não é lá essas coisas e o time reserva do Grêmio tem certa qualidade pra vencer.

    Mas aí também entra a formatação do time, com os famigerados 3 volantes. Não surpreende, após as entrevistas da direção, tentando convencer que Walace e Maicon são nossos armadores, para esconder a própria incompetência em reforçar o meio/ataque.
    Vamos contrariar a lógica mais uma vez…

  5. Com o empate do time que encantou os “statis” e o grêmio vendendo as duas partidas Avaí e coxa estaremos praticamente classificados…mas com o pensamento perdedor dessa direção …

  6. Empate ficou ótimo pro Grêmio, mas precisamos vencer pra ter alguma vantagem. Se conseguirmos podemos chegar já classificados no gre-nal.
    Espero que o Grêmio jogue pra buscar 3 pontos e aproveite a situação, para já começar o ano sem “crises”.

  7. Espero também que o Lincoln não seja torrado no meio desse time improvisado, que vai a campo.
    Com certeza terá dificuldades com esse esquema e pela falta de entrosamento. Depois a torcida queima os guris, se não rendem, mas o problema é que os guris só pegam a carne de pescoço. Queria ver o Lincoln junto do filé, no time titular…

  8. O Inter mandou muitos olheiros para a Taça São Paulo e vem contratando vários destaques. Enquanto o Grêmio, nada, nada, nada.

  9. Grêmio sendo grêmio. Tanto faz titular ou reserva. Time cagao. Time arregao. Time de merda. Merda igual a essa direção.

    Bressan, Wesley, Hermes, Moisés, côco, digo, Bobô. Um.bando de jogador de merda. Um amontoado de.pereba.

    Mamute e uma maravilha?????? Está longe de ser, mas melhor que essa merda de.Bobô que não faz nada e na hora decisiva perder pênalti? A vão se fuder, bando de fdp. Direção de merda.

    Não tem um matador. Não vai muito longe na libertadores.

  10. A DIRECAO TA se FUDENDOOOOOOO dentro de CAMPO . ELES NAO TEM VISAO ALGUMA !!!!!!!!!!!!!! ( nao temos ATAQUE ) LA ate as 8 e !!!!!!!!!!!!!!! e MUITAAAAAAAAA CEGUEIRAAAAAAAAAAAAA la DENTRO .

  11. O importante foi a movimentação. Sabemos que o Bressan é perigo nas duas áreas. O Bobô é fraco como centroavante.

    Achei que os dois atacantes não foram bem.

    O meio campo não fluiu, pois Róger jogou com três volantes. Moisés foi irregular na partida porque dividia espaço com o Edinho.

    Ramiro continuou sendo o Ramiro. Um jogador esforçado.

    Wesley não foi bem.

    Ali os que foram razoáveis: Thyery, Hermes, Edinho, Lincoln.

  12. Aqui se planta, aqui se colhe. Quem pariu Bryan e Bobo que os embale. Tenho muito medo das pretensas contratações desta direção de futebol. Quando Edinho é o melhor em campo, é sinal de algo não saiu como deveria. Descontando

  13. O grêmio deveria tentar acorodo e colocar André do galo como parte da dívida. O galo nunca pagou o que deve pela compra do Vítor. Mas não preferem os braians, Bobôs, Vitinhos da vida.

  14. O grêmio tem um time e só. Logo, é um time incompleto, sem um matador, sem um jogador decisivo. E sem esse cara não vai longe, pq na hora H ele faz a diferença. Tipo um Fred.

    Mas essa direção e autista.

  15. nao adianta ARRUMAR SO FORA de CAMPO . e o PRINCIPAL , CAMPO . DEIXAR A DERIVA TOTAL ne . #### ACORDA BOLZAN / NAOOOOOOO TEMOS ATAQUE ok . VAMOS ACORDA los na MARRA / GREMISTAS ok .

  16. Não adianta condenar o Bobô por errar um penalti. O Grêmio se comportou bem para um time reserva enfrentando um Avaí em formação.

    Poderíamos ter vencido.

    Os defeitos do time já sabemos. A direção de futebol é incompetente. Tem dificuldade em contratar e quando contrata é tiro no escuro. Não sabe se irá acertar na contratação. É sempre uma incógnita. Mais erra do que acerta.

    Mesmo com essa incompetência, é possível almejar uma conquista esse ano. Precisamos de um milagre. Precisamos da imortalidade.

    Eu só acho que o time titular deveria ter ido a campo. E o time reserva ou misto jogado o Gauchão.

  17. Exato, foi um erro levar o time reserva pra 1a Liga e desperdiçar a chance de vencer e já começar com maior tranquilidade essa copa. Agora provavelmente teremos que vencer os dois jogos pra classificar e poderemos chegar no gre-nal na obrigação, justamente o jogo entre partidas da Libertadores.
    Caso vencesse o Avaí, poderia até administrar o gre-nal e focar na Libertadores.
    Essa é a estratégia que resulta quando se tem Pacheco + Rui Costa.

    Pior ainda é a formação do time, que nos proporcionou um filme de terror e momentos em que poderíamos ter perdido o jogo. O meio jamais encaixou no jogo e deu volume pro Avaí, o que gerou as falhas defensivas na defesa. Avaí com 56% de posse e mais finalizações!
    Improvisar Ramiro de meia, tendo Tontini e Tilica, só mostra que o carteiraço funciona mais que a lógica. Assim como o carteiraço do Bobô fala mais alto que o merecimento do Lincoln.

    O jogo serve de exemplo pra mostrar que a base não é prioridade no Grêmio. Tem talento de sobra, mas continuam insistindo nas tranqueiras do grupo, como Ramiro e Bobô, que todos sabem que nada vão acrescentar.
    De novo temos que depender de lesão do Ramiro para montar um time mais equilibrado, como foi em 2015. Agora parece que o Lincoln jogará domingo também, mas seria o Ramiro se pudesse jogar.
    Em 2014 Luan só conseguiu se firmar no time porque o Gladiador se machucou.

  18. O Willian Batoré teve que mostrar ao Bobô como se faz. Recebeu na área, dominou, girou e marcou! O Bobô teve chance parecida pra arriscar, mas preferiu fazer um pivô pro Pedro Rocha e deu um passe bizonho pro guri.

  19. Descontando que a equipe B do Grêmio está em formação e que carece de conjunto, o que mais me preocupou foi a falta de qualidade de alguns jogadores. O domínio de bola e o passe são fundamentos essenciais para a formação de um bom boleiro, mas, infelizmente, parece que alguns não assimilaram devidamente esses conteúdos. Jogadores que pretendem assumir a titularidade num clube como o Grêmio, tem que ter no mínimo um domínio razoável desses e de outros fundamentos. Quem prestou atenção na movimentação do Bobo em campo, viu um jogador mal posicionado, chegando atrasado nas jogadas e sem a movimentação e explosão que se espera de um “matador”. Com Bryan e Vitinho, formou o pior trio de atacantes da era moderna do clube. E tem gente que gosta dele como o Cacalo. Donde menos se espera, daí é que não sai nada, diz o dito popular. Pois essa é a nossa realidade. Somos especialistas em ressuscitar mortos. O barato sai caro nas mãos de quem se deixa levar por empresários ou por uma avaliação errada da mercadoria. O Grêmio poderia ter vencido embora apresente, também na equipe reserva, os mesmos problemas da bola aérea que a equipe principal. Isso não se resolve facilmente. Depende de muito treino, atenção e dedicação. Achei toda equipe meio confusa na marcação, principalmente a meia cancha que proporcionou generosos espaços para uma tranquila movimentação de adversário no setor. Era a equipe B? Sim. Estava desentrosada? Sim. Agora, há jogadores no clube que lá estão a um bom tempo e até agora não mostraram nenhuma evolução. O perigo é que podem ser chamados a qualquer tempo. Um empate fora de casa não chega a ser de todo ruim. O problema é que tivemos a chance de vencer e não aproveitamos. Espero que a frustração pelo empate, quando a vitória era uma questão de minutos tenha servido de lição.

  20. A Primeira Liga é mais do que necessária, a ideia principal é enfrentar os grandes interesses por detrás do futebol, mesmo que já começando enfraquecida pela falta de coragem dos dirigentes de todos os clubes, cedendo as chantagens da federações e tv. Qualquer competição entre clubes em um país minimamente civilizado procura equilibrar as forças, para apresentar um bom ‘espetáculo’, os maiores exemplos são a NFL e NBA. As ligas inglesa e alemã possuem uma repartição equilibrada do dinheiro, porém o desequilíbrio ocorre por outra maneira, na Inglaterra pelos milionários donos dos clubes e seus dinheiros muitas vezes de origem duvidosa, na Alemanha devido a gigante multinacional por trás da equipe do Bayern.

    A maior interessada na manutenção das atuais condições chama-se Globo e ninguém mais. A CBF é quase como um adendo do seu braço esportivo, visto que o colorado Telmo Zanini é o responsável pela tabela do campeonato e seus horários, que antes, não sei se ainda o é, era comentarista do SporTv. Quero elogiar sua estratégia de enfrentamento e enfraquecimento da Primeira Liga, ela não se expôs, usou seus laranjas Federação do Rio, CBF e RBS (está ainda usou o seu laranja Noveleto), movimento muito inteligente, pois evita qualquer mancha na sua imagem seja junto aos apoiadores da liga/causa, seja depois se dobrando e dando grande destaque, em caso de êxito.

    Vamos ao Grêmio. Foi um erro monstruoso jogar ontem com os reservas, praticamente jogou no lixo todo o esforço feito para a realização da competição. Por todas as bobagens que o presidente de federação gaúcha falou, pelo forma como a competição é formata em benefício do tradicional adversário e pelos constantes erros de arbitragem em benefício do time do aterro, o Grêmio deveria entrar com os reservas no regional sempre. Mas como são espertos os nossos dirigentes, vão inflar, dar importância ao regional, a qual não possui, como o ano passado, e os morangos vão ganhar com toda a ajuda possível, contando com o silêncio da mídia churrasqueira.

    Diferente de muitos, acho que o Grêmio tem condições e plantel para ser campeão da Libertadores e demais campeonatos. Agora vem o porém, a direção precisa em caráter urgente contratar um(a) psicólogo(a) e juntamente auxiliar na aquisição do espírito competitivo e aguerrido ao plantel, algo que não possuem. Um bom lateral-direito seria bem-vindo, um substituto para o Douglas também e um centroavante matador dispensa comentários, mas como o índice de acerto nas contratações é baixíssimo, menos de 10%, prefiro que não contratem, empregando mal o dinheiro do clube. Tem mais, todos os clubes possuem carências, inclusive o Barcelona que seguidamente se socorre da improvisação de um volante na zaga.

    Finalizo falando sobre a renovação do Roger, acho que o Grêmio errou de forma grave, deveria ter feito um contrato ‘Alex Fergusson’ com ele. É um treinador novo, com pouca experiência, tem muito o que aprender, o ano passado foi só uma pequena amostragem, imaginem o Roger daqui alguns anos. Ele possui todas as credenciais para ser um dos maiores técnicos brasileiros, é identificado com o clube, inteligente, estudioso, discreto, sabe falar com a imprensa e principalmente com os jogadores, por que não o fazer?

  21. Pois eu acho que falta ao Grêmio além de um goleador, a qualidade de um meia inteligente e movediço, um lateral direito ao nível do Marcelo Oliveira e um zagueiro “patrão da área” para compor com Geromel.
    Sem isso, não acredito que possa vencer alguma coisa. O time como está, é capenga. Faz um esforço tremendo para criar situações de gol e as desperdiça por pura falta de qualidade. Será campeão de alguma coisa só se tiver muita sorte e os outros clubes muito azar. É visível que falta alguma coisa na equipe. Que os bons resultados são consequência de um esforço coletivo que não pode se manter por muito tempo, dada as substituições por lesões, cartões etc, que afetam sensivelmente o conjunto, uma vez que os reservas estão num nível bem abaixo. Teremos adversários poderosos e de muita tradição e é preciso, além de uma equipe titular, um grupo de reservas à altura. Como os dirigentes e alguns torcedores acreditam que temos condições de ganhar competições, só nos resta rezar, pois essa é a ladainha que ouvimos todos os anos e não ganhamos nada. Nem Gauchão. Sou gremista, sócio do clube e assíduo assistente dos jogos na Arena ou pela televisão. Tenho a esperança de que a conquista de um título virá com o tempo. Agora, futebol se ganha com uma equipe formada por bons e decisivos jogadores. Não há como o Grêmio superar suas limitações sem um acréscimo de dois ou três jogadores acima da média. Sou gremista, apaixonado pelo clube e enxergo bem, sim senhor!

  22. o substituto do Douglas já tá no Grêmio e atende pelo nome de Lincoln.
    Só falta culhão pra botar de titular!

    Mas o Douglas tem contrato de produtividade, ou seja, se não jogar recebe menos. Certo que a direção/treinador não o tiram do time por medo de perder o controle do grupo.

  23. o darcilio pede um lateral direito ao nível do marcelo oliveira, mas já tivemos isso, se chamava pará, era uma avenida na defesa e não acrescentava nada no ataque.

  24. Olha, pelos nomes escalados pelo Roger já esperava um time com dificuldades técnicas e foi o que se viu. Foi uma pelada braba, jogo com muita movimentação e correria e pouca qualidade técnica.

    De bom, só a atuação do Lincoln. Achei que o menino foi muito bem, ainda mais jogando praticamente só em meio a tanto perna-de-pau.

    Não é fácil jogar com Bobô, Ruimiro, Moisés, Marcelo Hermes e cia. Edinho a gente sabe que é um volante apenas esforçado, útil mais pela experiência do por qualquer outra coisa. E Pedro Rocha é um vaga-lume, oscila muito nas partidas.

    O time reserva gremista é precário tecnicamente. Culpa da direção, certamente. mas o treinador Roger também colabora ao preferir a ruindade do Marcelo Hermes do que dar chance ao Iago, do sub-20. Ao jogar com três volantes precários tecnicamente, sendo que um deles, o Moisés sem condições de atuar no Grêmio. O Ramiro podia até dizer que é o novo Itaqui, só que o o Itaqui era muito melhor do que ele, o que não é um elogio ao rapaz, mas apenas a constatação da que vem mostrando pouco esse Ramiro para ser tão utilizado.

    Gostei da atuação do Thierry e o menino Wesley foi razoável novamente. Bressan é isso aí e já se sabe, perigo nas duas áreas, zagueiro limitado demais.

    E o tal Bobô? Além de não nada jogar, ter cintura dura e pouca mobilidade, tirou a bola do menino Lincoln que cavou o penal e ia bater na moral para simplesmente atrasar a bola para o goleiro. Ridículo.

    Fernandinho e Tilica (que acho que tem futuro) entraram deram movimentação mas não foram efetivos.

    No mais, o Grêmio vem perdendo tempo com jogadores comprometedores como esse Hermes que foi o pior disparado do jogo, Moisés, outro insuficiente. Esse Wesley não empolga. E Ramiro, Bobô e cia a gente sabe o que esperar. Então por que não testar os meninos Raul, Iago e Kaio que estavam no banco. Na próxima, usar menos esse Bobô e dar oportunidade ao Batista. Usar mais o Tilica. Por que ao invés de Moisés não ter usado o Tontini, enfim. Tem umas nabas que tem tido oportunidades e não mostram nada demais e continuam no plantel, esse Hermes é um pereba dos piores que já vi desde a base e continue lá firme e forte, recebendo oportunidades. Tem jogador que o craque só pode ser o empresário, não tem outra explicação.

  25. Pois parece que o Roger está disposto mesmo a transformar nossos volantes em armadores. Treinou hoje com Maicon fazendo a do Giuliano e o Kaio de volante.
    Seria mais fácil fazer o simples, manter a estrutura de volantes titular, até pq é o que vai ter na Libertadores, e colocar Tilica, Tontini ou Lincoln na do Giuliano, que são os jogadores acostumados à função.

    Mas não, contrariar a lógica é sempre mais interessante pra treinador.

  26. e depois colocou Walace e Maicon juntos, mas daí com Fernandinho na do Giuliano.
    Mais do mesmo, insistência em quem já mostrou ser insuficiente.
    Quando precisarmos as opções de substituição serão Bobô e Fernandinho, não é fácil!!!

  27. Deve falar mais alto no grêmio a turma que adora volante e centroavante aipim. Com isso o Róger está cavando sua própria tumba.

  28. Eu não achei que o Hermes tivesse jogado tão mal. Achei que ele foi razoável dentro de suas limitações. Foi participativo. Não me agrada seu futebol. Mas ele tem se esforçado pelo que eu vi.

    Achei o Wesley muito inseguro. Teve problemas de domínio na bola. Levou um drible desconcertante. Marcou mal. Achei uma atuação muito fraca.

    O Júnior foi esquecido. Mas eles do jogador bem comportado para não dar trabalho. E não dá mesmo, nem para o adversário consegue dar trabalho.

    O Róger é bom treinador e comete os erros de treinadores comuns. Não dá para insistir em jogadores ruins.

    Moisés é muito fraco tecnicamente. É muito irregular. Às vezes, fica fora do lugar, erra passes infantis.

    Um erro da direção foi não ter inscrito o Batista a tempo de estrear na Liga.

    Sinceramente, não entendi a demora do registro do novo contrato. Eles tiveram no mínimo 15 dias para fazer isso desde o início da pré-temporada.

    Além disso, as inscrições são on-line. Por que tanta demora?

  29. inscritos no gauchão:
    Goleiros: Marcelo Grohe, Bruno Grassi e Leo
    Zagueiros: Pedro Geromel, Kadu, Bressan, Rafael Thyere
    Laterais: Wesley, Wallace Oliveira, Marcelo Hermes e Marcelo Oliveira
    Volantes: Walace, Maicon, Edinho, Ramiro, Kaio e Moisés
    Meias: Giuliano, Douglas, Tontini e Lincoln
    Atacantes: Luan, Everton, Bobô, Pedro Rocha, Braian Rodríguez, Fernandinho, Lucas Coelho e Batista

    Alguém consegue entender pra que inscrever Brian e Lucas Coelho e deixar de fora o Tilica, que já foi testado e entrou bem na 1ª Liga?
    O time joga sem centroavante e já tem Bobô e Batista no banco, pra que mais 2 centroavantes de opção?
    Meu medo não é o Roger, mas sim os aspones adoradores de aipim que mandam no Grêmio…

  30. Róger comete erros de dirigente. Concordo com o Targa, se o Bryan é um jogador dispensável, não há razão de inscrevê-lo no Gauchão.

    Em relação ao banco de reserva, Batista tem característica um pouco diferente da do Bobô, é um jogador mais rápido, é bom com os pés. E Róger precisa alguém para fazer gol. O garoto até pode errar gols, mas colocará muita bola pra dentro.

  31. Grêmio estreou no Gauchão. Desta vez, jogadores fizeram pressão na arbitragem no primeiro tempo.

    O arbitro foi muito mal. Passamos por cima. Temos que nos acostumar com arbitragens tendenciosa como foi a de hoje.

    Lateral W. Oliveira foi bem no apoio.

    Uma vez mais os garotos resolveram.

    Alguém viu o Douglas em campo?

    Róger tem tudo para ser um grande treinador e estar no top, mas tem tudo para cair no grupo intermediário dos treinadores comuns.

    Iniciou com três volantes. Edinho e Walace possuem as mesmas características. E determinou que o Maicon fosse armador.

    Primeiro tempo foi um Grêmio sem criatividade.

    O Lincoln começa a ser punido. Não pode jogar bem, porque dpeois atrapalha o trabalho do treinador.

    Está faltando dirigente para ter uma conversa com o Róger. Ele poderia ter colocado o Lincoln ou o Tontini.

    Penso que o treinador tem que arriscar.

    Quem escala mal, costuma substituir bem. Hoje, foi o caso do Róger.

    Mais uma vez a bola aérea entrou fácil. O time teve uma semana para treinar e continuamos com a deficiência.

  32. O que aconteceu no jogo era esperado.
    O que supreende é que o Roger siga fazendo essas escolhas equivocadas. Enquanto todos parecem entender o problema o treinador parece que fecha os olhos, por que não facilitar as coisas?
    Depois chega na hora h, quando precisamos de opções bem testadas, as substituições não funcionam e os treinadores reclamam de falta de tempo pra treinar.
    Lincoln é a melhor notícia que podemos ter em 2016, um reforço verdadeiro ao meio, mas já estamos perdendo tempo para colocá-lo de titular.
    Ontem poderia jogar na do Giuliano ou na do Douglas, que de novo não fez NADA! Mas não, Lincoln sequer entrou no jogo.

    Quanto aos 3 volantes e adiantar o Maicon pra meia, fico com aquela frase clássica: “ainda mato um treinador”.
    É óbvio que não funciona, Maicon não tem velocidade no apoio, não sabe jogar de costas e perde sua melhor qualidade que é vir de trás.
    Mesmo no 1º gol, a jogada nasce num contra-ataque do Luan, não em um apoio do Maicon com a defesa fechada.

  33. agora quinta tem gauchão e domingo a 1ª Liga contra o Coxa, ambos em casa.
    Espero que o time titular fique pro final de semana dessa vez…

  34. Ontem o Roger resolveu dar uma de Celso BurRoth e jogar com três volantes. Empatou só no fim do primeiro tempo. Ia perder. Se o Ramiro estivesse apto era capaz de ter arrumado um lugar no time também. Será mais um treinador com medo de ser feliz? Fez sucesso justamente postando o time ofensivamente no ano passado e aí retroage tem feito escolhas burras e preferido jogadores ruins em detrimento a outros.

    Prova disso: Bobô, talvez como prêmio por não ter jogado nada e desperdiçado bisonhamente um penal na última partida recebe nova oportunidade. Lincoln, craque do último, assiste de castigo no banco. Inacreditável! Esse tipo de fato conspira contra o treinador, pois o critério passa a ser obscuro. Quem joga bem, se desescala. Principalmente se for guri. Aliás, depois não vale fazer que o sr. Felipão que botava os guris na ruim para depois comprovar sua teses nos microfones!?
    Para que simplificar né, se sempre pode complicar?

    É nessas horas que faz falta um dirigente do ramo para chegar junto no treinador e ao menos questioná-lo. No entanto, cada vez mais me convenço eque estamos reeditando os três patetas na direção com o Embromildo, o Despachante e o Poção Mágica. Se ganharmos Gauchão com eles, já vai estar de bom tamanho.

    Estou até com medo das contratações de refugos venezuelanos e peruanos com grife que vem aí só para tirar o lugar do garotos e não resolverem nada. Aí vão empilhar apostas arriscadas ao invés de investir tudo no Robinho e num xerifão, que saiba cabecear de preferência, pois nossa zaga está vergonhosa nesse quesito, sentindo a falta do Erazo que era superior ao Geromel pelo alto. Faziam melhor dupla, inclusive, pois Geromel lembra Mauro Galvão, pela boa saída por baixo, técnica nas antecipações e desarmes. Tem posicionamento na bola área, mas pouca imposição e o tal Kadu tem se mostrado afoito e mal posicionado, por enquanto. Não vem agradando. A continuar assim, logo entra Fred ou a direção tem de contratar. Gostei do Teco do Brasil-Pe, jogou bem, nossos gols não passaram por ele e é um jogador a ser observado caso tenha se recuperado das lesões. Adilson Batista veio para o Grêmio depois de quebrar a perna duas vezes…

  35. Gostei do futebol apresentado pelo Wallace Oliveira, saída de bola precisa e bons cruzamentos. Mostrou algum dificuldade na defesa e desentrosamento com os colegas, mas fez uma boa estréia.

    Já Kadu segue decepcionando. Bola alta na zaga tricolor é perigo constante. Se bater bem o escanteio, é correr para o abraço. Tenho achado um zagueiro afoito e mal posicionado.

    Douglas, o vigário pifador, passeou em campo mas daqui a cinco jogos para manter a sua média ele pifará alguém e levará ao orgasmo seus fãs, que invadirão as redes sociais para ovacionar o mito, o maestro enquanto quem resolve são os guris…

    Por falar neles, Lincoln ficou de castigo no banco. Isso é para aprender a não jogar tão bem assim para não envergonhar o treinador que nem no banco o colocava no ano passado. E também para não se tornar um destaque que venha a atrapalhar a escalação dos novos refugos que venham a ser contratados pelo Ruim Costa e o Poção Mágica, os monitoradores de talentos.

    Já Luan e Éverton, dupla entrosadíssima desde a categoria de base – inclusive apontada aqui várias vezes como uma dupla de destaque e futuro na época do sub-20 – simplesmente decidiu a partida. Também com um bonito gol do menino Pedro Rocha que mesmo oscilando, tem um poder de finalização interessante e futuro promissor quando corrigir alguns defeitos e ganhar mais maturidade.

    Já as entradas de Bobô e principalmente Moisés, classifico como tentativas do Roger de mostrar que ele vê o que ninguém mais vê. Me lembra Leão com Panseira. Roth com o Nunes. Felipão com Araújo. Entre outros. E o tempo tratou de mostrar a realidade, tem trocentos volantes melhor que esse rapaz na base: Kaio, Balbino, Arthur, Machado, mas como todo treinador adora desafiar as probabilidades, teima em escolher o pior. O mesmo vale para o “esforçado” Marcelo Hermes… até agora não vi uma boa partida sequer desse rapaz, mas tá sempre no banco.

    Só tem uma coisa pior do que panelinha de treinador com seus bruxos. É panelinha com jogador ruim. Se Roger quiser ser um vencedor, mire-se em Telê, pro exemplo, que não tinha medo de lançar a gurizada e não perdia tempo com quem não mostrava qualidade técnica. Ser “esforçado” não é suficiente para vestir a camisa de um clube que queira voltar a ser vitorioso.

  36. Todos os grande clubes foram as compras atrás dos destaques da Copa São Paulo.

    Até o Flamengo campeão contratou.

    Já o Grêmio…

  37. Cristiano,

    O nosso dep. de futebol só monitora jogadores…

    Não contrata ninguém.

    E pelos nomes ventilados ultimamente é melhor assim mesmo. Trazer jogador apenas para dar satisfação a torcida é coisa de cartola. Se é para trazer venezuelanos com estatística igual a de Brian Rodriguez, melhor nem trazer. Só vai tirar lugar dos meninos.

    Grêmio ao meu ver precisa quatro jogadores para chegar e resolver, um goleador, um xerifão, um meia e um lateral-esquerdo.

    Investiria tudo no Robinho.

    Para meia, um reserva promissor e rápido, que vem sendo mal aproveitado no Cruzeiro e viria bem nesse meio hoje lento com o Douglas, trata-se de Gabriel Xavier. acho que seria uma aposta muito interessante.

    O lateral Egídio anda na reserva do Palmeiras, seria outro bem negócio. O Corinthians acaba de anunciar o xerife do Libertad-PAR, Balbuena. Jogador no mercado sempre tem, costumo dizer. Falta é direção. Departamento de futebol é fraco e presidente é cascateiro. Fica tudo nas costas do Roger e da base, pois eles não conseguem oferecer um upgrade ao treinador.

    Executivo do Palmeiras aborda jogadores prospectados perguntando: “Quer ser campeão no Palmeiras?”

    Já no Grêmio, ouvimos o seguinte: “estamos monitorando” – “não é para o nosso bico” – Precisamos de uma poção mágica”.

    Dirigente perdedor tem até discurso de perdedor.

  38. Sim, campeão do Efipan.

    Num jogo em que mais uma vez ficou demonstrado uma queda de rendimento físico da equipe. Nas categorias de base que eu vi jogar, todas elas tiveram uma queda de rendimento físico.

    Para mim, os destaques foram o Sarará, Felipe, Maratá, Wesley, Tiago e o Léo Fenga que hoje não jogou bem, mas foi o artilheiro da competição.

    O apadrinhado do Ronaldo, Pedro, é muito fraco tecnicamente. Uma coisa é fazer balãozinho, outra é assumir a responsabilidade.

    A equipe conduz muito a bola. E deixou o Inter crescer na partida, especialmente no segundo tempo em que dominou o jogo. Conseguimos segurar o ímpeto colorado.

    Está na hora de investir mais. Esse grupo pode ser melhorado. Algumas peças tem qualidade. Outras podem melhorar.

    O melhor jogador na parte técnica é o atacante Wesley. Esse tem futuro.

    No final da partida, os aspones da direção não queriam deixar os jogadores falarem com os repórteres.

    O Inter não perdeu na competição. Foi uma grande equipe e tem jogadores bons, o que valoriza o título.

  39. Felipe Neri,

    O Grêmio possui uma diretoria sem ousadia.

    Não dá para esperar muita coisa.

    Jogar com três volantes no Gauchão é dose. E essa competição é a única que temos maior chance, o que não é uma grande façanha.

    Na Copa São Paulo, poderia ser buscado jovens jogadores com potencial. Seria o custo/benefício mais barato.

    O mercado exige mais ação, não basta somente monitorar, tem que agir.

  40. http://www.correiodopovo.com.br/Esportes/Futebol/Gremio/2016/02/578459/Gremio-deve-repetir-reservas-na-Primeira-Liga

    Não basta errar uma vez, o Grêmio precisa insistir no erro!
    Com essa direção não há possibilidade de ser campeão, não adianta! A lógica, após já ter vencido a estreia do gauchão e tendo uma fase longa de classificação pra recuperar um possível resultado ruim, seria colocar reservas no gauchão e buscar a vitória na 1ª Liga, com força máxima.
    Só que no Grêmio a direção adora contrariar a lógica.

    Quando eu falo que o discurso não encontra a realidade no Grêmio é por essas coisas. Dizem que querem ser campeão, que o clube precisa de um título urgentemente, que valorizam a Liga, mas desprezam esse campeonato simbólico.
    Empate contra o Coxa deixa na obrigação de vencer o gre-nal, entre dois jogos da Libertadores. Derrota é eliminação da 1ª Liga.
    Ou seja, só a vitória pode dar tranquilidade para a verdadeira sequência de jogos, que virá em março.

    Ainda vão conseguir entregar a classificação da 1ª Liga no colo do inter, como já fizeram no passado, na Sulamericana…

  41. Entre as sugestões do Felipe Neri, colocaria o meia Adryan que está no Nantes-ITA e pertence ao Flamengo.

    Atacante tem o Marcelo Cirino que é banco no Flamengo.

    Zagueiro Xerifão poderia ser o Naldo. Grande zagueiro!

  42. Novermelho liberou os árbitros gaúchos para apitarem a primeira liga. Óbvio, pois o GREnada está chegando. So deve acreditar na benevolência do novermelho a direção do Grêmio.

    Mas o Gremio vai colocar reserva na primeira liga, logo não pode reclamar de nada. Aí no GREnada vai de titular????

  43. Primeiro, Noveletto não pode liberar a arbitragem porque os árbitro não possuem vínculo trabalhista com a FGF. Os árbitros são prestadores de serviços. Dessa forma, mesmo que houvesse uma proibição, o árbitro poderiam descumprir. Afinal, a Federação seja qual for, precisará de árbitros.

    Segundo, se os árbitros gaúchos não apitaram ainda na Liga é porque são submissos ao Presidente da FGF e faz o que ele manda fazer.

    Dessa forma, abre-se a suspeita de que ele manda prejudicar o Grêmio. Na primeira partida do Gauchão, os jogadores do Grêmio reclamaram muito com o árbitro.

    Com esse Noveletto no poder, tem que abrir olho.

  44. E se foi o leão de gauchão. Se foi o juiz da comarca. Quem vai apitar o xojo, agora?

    Mas a agenda sempre positiva diz que o leão de gauchão vai aliviar os cofres do coirmão. Não disse que o juiz da comarca vai embora pq o coirmão tem dívidas salaeiaia. Ganham com correção em dólares…mas como a agenda tem que ser positiva…

  45. e esse chapéu do henrique almeida, hein? só por isso já valeu a contratação, a IVI tá desnorteada, acho que hoje tem suícidio de jornalista vermelho…

  46. Média de gol do Henrique Almeida é de 0,19 na carreira. Está dentro do perfil buscado pela direção. No Coritiba, sua média foi de 0,6. Em 20 jogos, 12 gols, melhor desempenho na carreira do atleta.

    A imprensa que soltava fogos pela contratação do Inter, agora, está desnorteada.

  47. Como disse o sr. César Pacheco, vulgo Poção Mágica, o Grêmio contrataria se não tivesse concorrente ou atravessador no negócio. Como o Inter se retirou porque a situação jurídica do atleta é incerta, o Grêmio foi lá a efetivou a contratação.

    Qual departamento jurídico está certo, o do Grêmio ou o do Inter?

  48. Começaram as desculpas estapafúrdias sobre o chapéu que o grêmio deu neles. Antes era pica das galáxias, agora, não veio pq o inter não quis correr riscos….ta bom ivi

  49. Esse Henrique é um atacante que surgiu no São Paulo. Destacou-se pela seleções de base sem conseguir se afirmar no profissional. Seu melhor ano foi no Coritiba.

  50. Nunca achei o Henrique grande coisa, jogador que nunca se firmou em lugar nenhum, instável, poucos gols na carreira.
    Além de tudo isso é o estilo de jogador que não precisamos, pois temos parecidos no grupo (Bobô e Brian) e com melhor potencial na base (Batista), fora o Everton e o Pedro Rocha.
    Preferia que investissem o pouco dinheiro do clube em um atacante de lado ou um meia, mas novamente o Grêmio contrata jogador meia boca pra formar grupo ao invés de dar máximo apoio à gurizada da base. Assim foi com Brian, Bobô, Vitinho…
    Depois reclamam que o clube não tem dinheiro pra investir e a folha não permite, Henrique vai aumentar em 250mil/mês nosso custo.

    Mas pior ainda é se fizerem o papelão de serem acionados pelo Botafogo na justiça e ficarem com o pepino de 35 milhões na mão. Não duvido de nada…

  51. Lembro do Henrique Almeida como um bom potencial. Por alguma razão, ele se perdeu na carreira.

    Realmente, como disse o Targa, não se afirmou em lugar algum. Mas é jovem e de repente pode dar certo.

    Ele é um atacante, não é aquele 9 fixo como Bobo e Bryan. É um jogador mais rápido e possui mais movimentação.

    Róger terá uma dor de cabeça ali. Será que irá tirar o Éverton?? Será que tirará o Douglas e recuará o Luan?

    São questões a serem respondidas.

    Uma coisa é certa, Batista é superior a Bobô e Bryan. Mas não receberá tantas chances como eu gostaria.

  52. Henrique Almeida é aposta, não solução. Como aposta, vale a contratação e pode ser um jogador útil. Tecnicamente é limitado mas também é um jogador movediço e tem faro de gol. Hoje no Grêmio seria reserva do Éverton.

    Foi bem no Coritiba ano passado e diria até que salvou o clube do rebaixamento.

    De qualquer modo, não empolga.

    Direção fez uma boa contratação para o plantel, mas não necessariamente para o time.

    Ainda estão devendo o upgrade ao Roger.

    Não sei se terão competência para isso. Nomes ventilados não entusiasmam, Moro, Martinez, etc. Não precisamos plantel, precisamos tiro certo, soluções pra zaga, meia, lateral esquerda e ataque. Ao menos pra minha exigência, que se justificam para aumentar as chances de sermos campeões.

    Politica de austeridade não é só não gastar, é investir bem. Essa direção tem economizado satisfatoriamente mas empregado mal os recursos do clube pois não consegue gerar um circulo virtuoso investindo em um ou dois nome que promovam o salto de qualidade que precisamos. Em continuando assim, será mais gestão do quase. Não me serve, falta visão empreendedora, arrojo, criatividade e ambição a nossos dirigentes, são muito burocráticos.

  53. Não tenho opinião formada sobre o Henrique Almeida, mas, vacinado que estou, em razão do “conhecimento” e do “background” da atual direção em contratações, estou com um pé atrás. Vendo o retrospecto de efetividade do jogador, acho que teremos de lançar mão, uma vez mais, da poção mágica. Essa obsessão de “levar vantagem” em cima do maior adversário, até em transações de qualidade e impacto discutíveis, parece ser a alternativa encontrada para amenizar a falta de criatividade e ousadia do Departamento de Futebol.
    É mais uma aposta que evidencia o desespero dos dirigentes do clube, em busca de uma solução para uma das posições mais carentes da equipe. Tomara que eu esteja errado e que o contratado me queime a língua. A atual política de priorizar a estabilidade financeira, contempla apenas uma parcela das necessidades do clube. Paralelamente, uma vez que só se conquista títulos com um grupo forte e homogêneo, é preciso reconhecer que, com um plantel mediano, as possibilidades de sucesso estão na razão direta de contratações pontuais e qualificadas que acrescentem a ele qualidade e que façam a diferença. Henrique Almeida é um seis por meia dúzia, que a ilusão dos dirigentes quer transformar na cereja do bolo. Sonho de uma noite de verão.

    – O Grêmio, parece, encontrou o caminho para a estabilidade financeira. O futebol, seu carro-chefe, é que precisa uma maior atenção, pois proporciona ao clube uma maior visibilidade e, consequentemente, o aporte das mais variadas receitas e o aumento do quadro social. Em pouco tempo o clube estará superavitário. O difícil, penso eu, será administrar este futuro cenário. A história recente do clube tem mostrado a enorme dificuldade das administrações em conjugar receita e despesa. Investir no futebol com parcimônia, sabedoria e no momento exato é a receita. Um pouco de ousadia, também, não faz mal a ninguém. Minhas críticas estão voltadas, em grande parte, à politica de futebol que ainda não encontrou seu ponto de equilíbrio. Vive de altos e baixos, consequência de equívocos na sua condução.
    Mas, vamos em frente, ainda que com o freio de mão puxado. Está faltando um grande lance, um salto de qualidade para fazer a diferença e mudar o rumo de nossa história!

  54. Bom, pelo que parece, juridicamente não há tanto risco assim, pois o jogador rescindiu com o Botafogo. Mas os cariocas vão tentar melar tudo na justiça de qualquer jeito. Nesses casos costuma prevalecer a liberdade do jogador.
    Como negócio está ok, é uma aposta, jogador jovem e que já mostrou bom futebol, logo que surgiu. Vem com baixo investimento, mas salário alto.
    Dentro de campo o Henrique não me agrada pois não acho que é um jogador do nível de qualidade que será diferencial para o time. Pode acrescentar no grupo, mas chega como reserva. Ao menos espero que assim seja e que o Everton não seja prejudicado, no seu melhor momento.
    Pra mim teríamos que apostar forte em um nome consolidado, experiente e que leveasse o Grêmio a um outro patamar, para impor respeito aos adversários. Robinho é um exemplo disso.
    O brabo é pensar que se juntassem Henrique, Bobô, Brian e Edinho dava pra contratar um Robinho.

  55. Eu penso que há riscos. E o caso São Paulo X Inter demonstrou isso. O Inter fez o acerto com o São Paulo no caso Oscar.

  56. Acerca das soluções para o ataque, permanece a incógnita se o Henirque irá ou não resolver.

    É mesma incógnita que eu tenho em relação ao Batista. Eu acho que ele pode resolver se receber chances. Mas é uma incógnita.

    A diferença está no cartaz e na idade. Henrique tem mais “cartaz” e é mais experiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.