Perder é uma merda

Perder é uma merda, cure perder a taça Grenal é uma merda. Perder o campeonato Gaúcho é uma merda. Ver nossa torcida ser recebida por pedras é uma merda…

Em campo.

Entramos querendo propor jogo e não conseguimos, fomos envolvidos e Felipe Bastos tomou um amarelo. Minha opinião, amarelo aquele que o Juiz dá para anular o jogador e ele conseguiu, Felipe Bastos ficou perdido com medo de tomar um vermelho, e aconteceu depois o primeiro gol adversário. Uma merda.

Com a bola no pé o Grêmio não sabia o que fazer, errava passes fáceis e ainda tentava fazer passes impossíveis. Como isso me dá raiva. Sem conseguir impor seu jogo, ficou perdido e o problema foi agravado por um passe errado de Felipe Bastos.

Vou além. Esse passe de Felipe Bastos é o resumo ao Grêmio. Um passe fraco e sem vontade dependendo muito mais do companheiro do que do passe em si. Agora que acabou o Gaúcho desse ano é fácil, fácil até demais, definir. Mas eu vi esse erro de passe durante o gaúcho inteiro. Esse passe fraco, displicente para um companheiro marcado. A falta de força nas finalizações também me são um problema que vem a mente.

Pode ser tudo isso, mas pode ser nada disso e eu estar apenas fazendo associações malucas.

No final do primeiro tempo Giuliano conseguiu descontar, apenas para dar esperança para a torcida que nunca deixa de apoiar, para nós que nunca perdemos a esperança. Para nós que temos encravados no peito “Se não é difícil, não é Grêmio”. E foi nós que entramos no segundo tempo com esperança, só por um gol.

Wallace e Mamute em campo. Conseguimos fazer melhor que no primeiro tempo. Bolas cruzadas na área quando não temos mais um atacante desse estilo, optamos por um atacante como Mamute. Faltas boas, mas sem aproveitamento, também marcaram o segundo tempo.

O Grêmio não empatou. Nós não merecíamos isso, de verdade. Até nossos jogadores não mereciam passar esse desgosto. Estamos agora desesperados procurando uma solução e um culpado.

Que venha o campeonato Brasileiro. Que continue a Copa do Brasil. Não podemos abandonar e não vamos abandonar.

Perder é uma merda.

Fora de campo

Nossa torcida mais uma vez foi obrigada a fazer o Caminho do Boi pela Brigada Militar. Todo dia tentam me vender que o futebol deve ser civilizado para, assim, acontecer a volta das famílias aos Estádios. Mas parece que família que não tem dinheiro ou interesse de ir em Torcida Mista não conta. Os torcedores Tricolor são tratados como animais e não são protegida pela Brigada Militar. BM essa que repete os mesmo erros do jogo anterior no estádio do adversário, mostrando o caráter e sua falta de competência. A resposta é clara, não existe interesse do Órgão de Segurança em fazer essa atividade. Igual bois, torcida passa por lama e por um brete até chegar em uma porta minuscula. Está criada a animosidade que eles tanto querem.

Ouvi dizer que não foi cobrado os ingressos dos torcedores gremistas. Ato grave. Torcedor sem ingresso pode ter entrado junto com os torcedores gremistas que possuíam ingressos.

Ser tratado dessa forma é uma merda e ver que reclamar não está adiantando é uma merda maior ainda.

 

 

@faneinbox

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Participe da discussão

30 comentários

  1. O que me revolta mais é saber que não me revolta tanto quanto no passado porque estou me acostumando com essa rotina de derrotas do Grêmio, de jogadores meia-boca, de arbitragens ruins e de desmandos das “autoridades” responsáveis pelos campeonatos, segurança etc. Paradoxal.

  2. pior e praticamente ” ENTREGAR 2 gols ne ” . sendo o SEGUNDO UMA total FALTA DE comprometimento . do ( joga RE / so ) FELIPE BASTOS CINTURA dura ! felipe bastos , matias rodriguez , doglas , braian == ” NAOOOOOOOOOO DA mais OK ! NEM CAPACIDADE DE tirar – los do JOGO DE QUARTA contra o GALO , sao CAPAZES ne . O RESULTADO DOS 15 ANOS / TA AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII . TIME papai – mamae , e COMA MEU ( 2 PALAVRAS )=== ……………………………………………….. ! ESTE E O GREMIO ATUAL .

  3. A coisa está feia quando ficamos resignados com o que vemos do nosso Grêmio, piora quando não observamos sequer uma reação para mudar a atual situação.

    Discordo em um ponto no texto, esse time mereceu perder, em nenhum momento durante este último jogo mostrou condições de vencer. Mesmo com o resultado adverso, pressionou muito pouco, tudo bem que o árbitro contribui para diminuir essa pressão, amarando o p jogo no segundo tempo, especialmente quando visivelmente o time do aterro não possuía mais condições físicas.

    O Grêmio precisa rever critério de contratações, entendo as dificuldades financeiras, mas não se pode aceitar jogadores resignados, fracos mentalmente, despreparados para decisões. Logo, chega de Luan, não dá mais!

    Por favor, fechem esse meio-campo, está muito aberto e faceiro, contra as fracas equipes do gauchão é aceitável, a partir de agora não.

  4. O jogo de hoje me fez pensar em relação ao Felipão. Gosto dele, acho-o um cara decente, correto e um bom profissional, mas está faltando algo. Da mesma forma que falta algo ao Grêmio. Insistimos com coisas absurdas como Barcos e Braian, mas não damos mais que dois jogos ao guris da casa. Me irrita esse desespero. Se tivéssemos gasto os últimos anos sem título montando alguma coisa, mas a impressão é que apenas andamos em círculo, tamanha a repetição das nossas [torcedores] queixas.
    Abraço.

  5. Penso que o Luan é o menos responsável pelas perdas de títulos. É um jogador que tem qualidade e não tem parceria para dividir as responsabilidades.

    É muita gente ruim cercando o Luan. Na direita, Matías Rodrigues. Centroavante não acerta em gol. Douglas é o barriguinha de aluguel.

    O único que poderia dar um suporte é o Giuliano que para mim não jogou bem o Grenal. Por que nossos principais jogadores não foram tão bem?

    Por que o Inter marcou para não deixar os principais jogarem. E os outros eram ruins que facilitam a marcação. Se você marca aqueles que fazem os outros produzirem mais, deixa os outros ruins jogarem que não acontece coisa alguma.

    O Cristo do campeonato não é o Luan.

    1. Concordo que o Luan não é e não deve ser o Cristo da vez. Infelizmente, como sempre, os da base são os perseguidos. Põe o Luan ao lado de jogadores que tenham qualidade para ver o que acontece?! Já as nabas que hablam espanhol sao absolvidos eternamente. Matias e Braian …???? Braian o centroavante que joga por causa da bola aérea defensiva!!!!!!

      1. Não vai acontecer nada!

        Pq esse cara nunca fez nada, e nunca vai fazer nada, em DECISÃO.

        Me diga um jogo DECISIVO (jogo valendo título) que o Luan foi decisivo ou desequilibrou ?

        Desequilibrar contra o ASA de Arapiraca, o Íbis de Pernambuco ou contra o Grêmio Prudentino
        até a minha falecida avó desequilibraria.

        Aliás é por essas e por outras que o Grêmio está nessa inhaca a 14 anos.

        Uma grande parcela da torcida (a exemplo da direção de futebol) fica protegendo e endeusando
        um jogador indolente como o tal do Luan.

  6. Segundo o presidente, o Grêmio vai fazer duas contratações pontuais. Sinceramente, estou levando medo. As últimas investidas demonstraram que os critérios de avaliação estão, no mínimo, defasados. Há uma desconfiança generalizada quanto à capacidade dos dirigentes do futebol em buscar, no mercado, jogadores afeitos às exigências do futebol moderno: velocidade e competitividade. Ultimamente trouxemos Douglas e Bryan, os quais, convenhamos, estão longe de se enquadrar neste perfil. Dois verdadeiros “tranca-ruas” sem movimentação, sem explosão e lerdos, que muito pouco ou quase nada acrescentaram à equipe. Já, Cebola, é mais uma daquelas incompreensíveis contratações que volta e meia desembarcam no clube e que duram uma eternidade para adquirir, minimamente, as condições clínica e física necessárias para entrar em campo, o que põe em cheque a capacidade dos respectivos Departamentos. Quanto a Felipe Bastos e Matias Rodrigues, entram na conta do Departamento de Futebol como duas “apostas” que não vingaram, somando-se a outros “malas” que nos foram enfiados goela abaixo.
    Isso não quer dizer que sou totalmente contra à política de contenção de despesas da atual direção. Acho que o caminho passa por aí. Mas, acredito que um bom planejamento, com critérios claros o objetivos, dispensa a danosa prática das “convicções”, meros devaneios subjetivos, tão a gosto dos dirigentes, que se esgotam em si mesmo e não levam a nada.
    Não adianta ficar chorando as mágoas. Que às práticas equivocadas e aos erros seja dado um definitivo basta!. Depois de cinco anos consecutivos de derrotas, não se pode mais aceitar que os dirigentes não tenham aprendido a lição. Conformismo, jamais!

  7. Tinga fez a grande jogada para o título do Fortaleza.Para aqueles que não acreditam no potencial do Tinga, a vida dá voltas. Fortaleza X Ceará. Se o Ceará vencesse, seria penta.

    Coincidência??? Grêmio e Inter. Se o o inter vencesse seria penta.

    Tinga foi dispensado para o Grêmio ficar com o Galhardo e Matías Rodrigues. O lateral direita foi avenida ontem e não matou a recuperada de bola do Neymar.

    O técnico do Fortaleza foi técnico do do Tinga em Minas e recomendou sua contratação.

    Como diria o Muricy, a “bola pune”. O futebol puniu o Felipão mais uma vez. Há outra frase dita pelos injustiçados do futebol: “Deus não joga, mas fiscaliza”.

    http://www.folhavitoria.com.br/esportes/noticia/2015/05/fortaleza-e-campeao-cearense-e-jogo-termina-em-pancadaria-entre-torcedores.html

  8. Parece que não há mais o que não tenha sido dito. Continuo apoiando nos jogos, apesar de morar no outro lado da cidade e ter que “viajar” para ir na Arena. Mas muita gente faz, então, é isso mesmo.

    Não sei se é solução, mas por favor, tá na hora de “agradecer ao Rui Costa pelos serviços prestados e dizer adeus”. Por favor, que contratações! Na hora do vamos ver, faltou tudo…. até o cara do passo Fundo que fez onze gols no campeonato jogaria melhor que esse Rodrigues, aliás, todos eles, os Rodrigues, juntos e reunidos, pode mandar embora…

    Costumava ir a jogos mesmo no estádio adversário, depois do brete em que colocavam a gente, desisti de ir.Gostei da ideia do departamento da torcida, mas na visão atual “de que adianta tratar bem esse bando de vagabundos e arruaceiros”, não vai vingar.

    Mesmo que sejam eles – essa torcida – a alegria que pode ainda nos alentar (e ao time) nos jogos. Mesmo que sejam eles ainda a fazer a diferença.

    Não sabemos mais o que fazer…. saí com o cachorro para a rua na hora do jogo, porque está difícil suportar isto tudo e nem precisei ligar rádio ou TV para saber da desgraça.

    Que momentos…nem esperança dá para ter, porque, afinal, quem espera, só espera!!!!

  9. quando o Felipão confirmou a repetição do time da 1ª final eu já esperava por uma derrota. Esse time não faz frente no gauchão e não fará no Brasileiro, precisa de mudanças!
    Contratações até podem ajudar, mas dá pra melhorar o time só com o que tem em casa.
    Ontem havia 3 jogadores de seleção de base no banco, são reservas do Felipão enquanto vemos seus bruxinhos nabas em campo. Junior, Lincoln e Yuri deveriam ser titulares desse time. É claro que não são suficientes pra ganhar um Brasileiro, mas melhoram o time e dão o que falta: velocidade.

    Ao menos o jogo serviu pra escancarar a incapacidade de Bastos, Matias, Oliveira, Douglas e Braian.
    Se a partir desse jogo o treinador mudar o rumo, quem sabe temos esperança, apesar de achar que nada vai mudar.
    Felipão segue o mesmo cabeça dura de sempre, vai morrer abraçado nas suas convicções, ainda mais se a torcida e a imprensa pedirem mudanças.

    Eu achei que o Luan foi muito mal ontem, mas é um dos últimos culpados na lista, precisa melhorar a companhia ao seu lado antes de tirá-lo do time.

  10. e sobre lateral direita, não temos um lateral decente desde Mario Fernandes.
    O mínimo que poderia ter sido feito era apostar no Raul no gauchão, pra ver se podia crescer pro resto da temporada.
    Todos sabem que o Matias é insuficiente, pra que insistir?

  11. e que cultura desgraçada do Grêmio de sempre jogar com um 9 fincado na área e que não se movimenta, mesmo que o time só saiba jogar pelo meio e por baixo.
    Jardel foi exceção, não é regra! Ganhou tudo por onde passou e sempre foi artilheiro, pois era o Jardel.
    Mas passou, o futebol mudou, chega insistir em brucutu!!!

  12. Chê, o tal Luan matou todos possíveis contra ataques de tão lerdo que o infeliz é, o Marcelo Oliveira, no ataque e defesa uma merda pois teve lance que perdia para o tal Valdivia “mancando”. O Argentino sem comentários,um dos piores laterais que já vi. Gordouglas??pqp tem gente que gosta daquela naba. Braian igual a menos um em campo. Ainda tem loco que bota culpa no Felipão, coitado do véio, olha pro banco vê Mamute,Everton e outras sobras. Tá loco. Avisa lá a grande direção que não se faz futebol sem dinheiro, se não conseguir investidor ou ao menos revelar alguém que preste então fecha e invistam nos Hambúrgueres !!!

  13. Quando via o Douglas com aquele barrigão tentando correr dava vontade de desligar a TV.
    Tinha vergonha de ver isso, de ver um cara totalmente fora de forma jogando pelo nosso Grêmio. De ver um cara sem compromisso algum com sua profissão de atleta. Pode sai na noite, pode fazer suas festas, mas a balança deve funcionar. Os marcadores do inter faziam o que queriam com ele, triste isso.

    Pior ainda é ver o tal de Brian, não sabe nem correr direito. Recebeu 1 bola dentro da área que ele isolou, chutou com toda raiva e ruindade que Deus lhe deu. Poderia ter dominado e virado em cima do marcador. Muita burrice.

    O que falar mais do Grêmio ? Do Matias, do Oliveira, do Bastos… esses caras nunca deveriam estar por aqui. Bastos fez 1 grande partida pelo Grêmio, que foi contra o Flamengo, ano passado, lá no Maracanã.

    Mas muita coisa mudou na minha vida nesses 15 anos sem ganhar nada, creio que estou acostumado a perder. Nem a corneta incessante dos colorados me afeta mais.

    Grêmio não irá mudar por muito tempo, pelo mesmo motivo que o Brasil nunca irá mudar, pois precisamos mudar TUDO, mudar o jeito de fazer política, de fazer as coisas acontecer…

    O jeito anos 90 de fazer as coisas não existe mais, temos que se organizar, antecipar tabela, ver com outros olhos a base.

    Creio que quase todos jogadores emprestados pelo Grêmio foram campeões nos estaduais… como pode isso, o problema é aqui, com certeza.

  14. já está aparecendo o verdadeiro “valor” do marcelo oliveira, o pará da LE. não foi por falta de aviso.

    e sobre a base do clube, eu já desisti. qualquer naba contratada tem preferência sobre a gurizada, é um mistério. a não ser que o jogador seja indicado pelo rui costa, aí tu tem chance de montão. estranho, não?

  15. Certeza. Ou vocês acham que Werley era opção técnica de todo técnico novo que chegava no Grêmio? Só pode ser empresário

  16. O discurso era de valorização da base, mas ontem o time que entrou em campo só tinha dois da base de titulares, sendo que o Grohe já é profissional há muitos anos.
    Na prática era só o Luan e mais os bruxos do Felipão ao lado dele.

    Olhem as contratações do ano:
    Galhardo: como esperado sumiu do plantel, não joga nada
    Oliveira: foi destaque contra os pequenos, mas a realidade começou a aparecer. Pode no máximo ser opção pra volante.
    Douglas: outro que só joga contra morto, não tem ritmo de jogo grande mais.
    Braian: centroavante de área em um time que não joga no estilo dele, é óbvio que não vai dar certo!
    Erazo: não compromete, boa opção
    Maicon: um achado no meio campo
    Cebolla: não jogou

    De 7 contratações só duas da pra dizer que funcionaram, o resto é fracasso e só serve pra tirar lugar de opções melhores que temos na base.

  17. Pra variar surgiu uma injúria racial para o nosso lado… o que vai dar isso ?? Não sei. Mas uma coisa é óbvia, o TJD vai vir babando para cima de nós.

  18. TENHO SERIAS duvidas , SE ESTE ” SEM CEREBRO ” do VIDEO e REALMENTE GREMISTA ok . do OUTRO lado ESPERO ( TUDOOOOOOOOOOOOOOOO de RUIM / MESMO ) COMO de COSTUME dos AMARGOS .

  19. Não precisamos só de atacante, mas de mais meias, criar um meio-de-campo mais variado. Me parece que o único substituto do Douglas no time é o Lincoln.
    E fazer gol não é tarefa exclusiva de atacante, até os meias que formos buscar precisam ter essa característica. Cebolla não é nem nunca foi goleador na vida, não será essa solução.

  20. Mesmo que o Grêmio não tenha vencido nada nos últimos tempos, os melhores momentos com Luxa, Renato e o próprio Felipão em 2014, foram quando o Grêmio jogou com três volantes, com o Ramiro aparecendo de surpresa no ataque. Neste momento, de fragilidade, e em especial numa decisão, é imperdoável que Felipão não tenha protegido mais o meio. Nos dois gools, mesmo que tenha havido falha individual, o time estava completamente desarrumado. Em outras jogadas de contra-ataque do Internacional, os atacantes ficaram no mano a mano e poderíamos ter tomado mais. Felipe Bastos tem um histórico de comprometimento e substituição no primeiro tempo ou no intervalo. Se o Walace tivesse entrado desde o começo a história do Grenal seria outra. De qualquer modo, começamos a perder o campeonato quando deixamos de levar a decisão para a Arena. Quando o Internacional perdia ou empata e surgia a possibilidade do Grêmio somar mais pontos, o Grêmio também perdia ou empatava. Se a decisão fosse na Arena, certamente teríamos melhor sorte.

  21. Parece que os garotos das categorias de base assinaram contratos de profissionais, receberam um aumento salarial e cairam na noite. Parece ser a razão de alguns estarem emprestados e outros na geladeira.

  22. Chega a ser surpreendente a forma como o Grêmio tem tratado, ultimamente, as categorias de base. Fica difícil para o torcedor entender o que se passa por detrás de tudo isso, ao mesmo tempo em que procura explicações para as seguintes questões que saltam aos olhos:

    1ª) É sabido que alguns jogadores lá estão por pura imposição de empresários e investidores, que se servem da visibilidade do clube por interesses meramente comerciais, ainda que reconheçam, tardiamente, as limitações técnicas do atleta e sua pouca possibilidades de evoluir na carreira. Apostaram num ‘bonde”, e fazem de tudo para recuperar o dinheiro investido, no que contam com a “ajuda” dos dirigentes, mesmo em prejuízo de jogadores com melhor resposta.

    2ª) Quais os critérios de escolha dos “olheiros” e dos treinadores e quais seus percentuais de acerto nas indicações, na preparação e na evolução técnica dos atletas? O custo-benefício tem sido compatível com o investimento do clube?

    3ª) A ascensão dos jogadores ao grupo principal está condicionada a fatores exclusivamente técnicos, de comportamento ou da necessidade pontual de suprir as carências da equipe em determinadas posições, ou paralelamente, pela necessidade de se dar visibilidade ao jogador para satisfazer a seu próprio interesse, ao interesse de terceiros ou do próprio clube em fazer caixa?

    4ª) Quais as causas da preferência do treinador por jogadores “cascudos”, em detrimento de jogadores da base que demonstram estar preparados para ascender ao grupo principal e assumir a titularidade nas suas posições de origem? Seriam estas causas exclusivamente técnicas ou visam proteger a seus “bruxos”, como dizem alguns?

    5ª) Quando é que os dirigentes vão dispensar ao futebol, que é a razão de ser do clube, a mesma atenção e cuidado que dão às eleições???

  23. Sempre que surgiram bons jogadores nas categorias de base, ou que vieram de outros clubes, entraram no time, aprovaram e foram vendidos e hoje estão na Europa super valorizados. Este ano e treinador deu oportunidade para todos, até mesmo para garotos da sub 17 e nenhum mostrou muita coisa. O que vem se mantendo na equipe é o Luan e o Walace acho que conquistou definitivamente a posição depois do Grenal. O Junior é bom lateral, mas não joga a metade do que jogou o Wendel, que jogou uma partida e conquistou a posição e hoje está na Alemanha e é pretendido pelo Real Madrid. Portando, acho que não dá para criticar muito o treinador. O Raul é bom lateral, mas parece que não quer renovar o contrato para sair de graça.

  24. os jovens foram testados, marcelo? tu viu jogos de que time?

    – raul nunca ganhou oportunidade. tem mais é que ir embora mesmo, pra não acontecer com ele o mesmo que com o tinga.
    – junior estava muito bem, depois foi sacado para renovar e sumiu. até o hermes teve mais partidas que ele, mesmo jogando bem menos.
    – everton (que não é base, é contratação do rui costa) entra uma partida sim, outra não, e nunca tem sequência.
    – erik nunca ganhou chance.
    – wallace é banco do bastos, mesmo jogando muito mais.
    – lincon foi prejudicado pela seleção de base, mas quando esteve a disposição foi banco ou nem isso.
    – arthur jogou metade da partida contra o aimoré (jogo que o marcelo oliveira entregou um gol) e nunca mais fardou.
    – nicolas careca e luis felipe nunca fardaram, em detrimento de braian e everaldo.
    – mamute foi prejudicado por lesões e convocações, mas só ficou num detalhe, tava pra ser dispensado na volta do sub-20.

    já galhardo, douglas, matias, marcelo oliveira, bastos e braian estão aí, desfilando “catigoria” e garbo pelos gramados.

    quer defender a direção? ok, mas defende no que ela merece, esse papo de que aproveitamos a base é balela.

  25. Boa lembrança, prevejo o esquema com três volantes voltando. É bem verdade que com nosso plantel de defensores (Wallace, Rhodolfo, Geromel) não precisamos de três volantes e quanto mais jogadores ofensivos pra povoar o ataque, melhor. Mas se o meio continuar se mostrando especialmente inepto, o esquema mágico dos três volantes não tardará a voltar, especialmente se não acharmos lateral.

    O futebol defensivo também é uma estratégia, ainda que a mais temerária. Já ganhou campeonatos. Mas pra lograr sucesso precisa de um mínimo de competência no ataque. Não vou ligar de jogar com três volantes se com nosso elenco (e incluo aí os reforços que podem vir) levarmos poucos gols e conseguirmos fazer os que precisamos. Só não quero ver o ano acabar de novo em agosto quando descobrirmos que contratamos mal em todas as janelas.

    A propósito, Fernandinho e Maxi Rodríguez estão voltando.

    1. Ai sim! Agora os adoradores dos que hablam espanhol ficam mais felizes. A volta do maxi rodrigues. Mais um mucha lucha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.