Pelo fim da torcida uniformizada

* Retirado do Grêmio Copero.

Menos mal que a medida da violência não está vinculada aos resultados de campo. Do contrário, medical deveríamos providenciar escudo antiaéreo na Arena (tá, vialis 40mg eu sei). De todos modos, link claro está, são os torcedores do Grêmio a absorver no lombo o peso do cassetete. Desenhamos? Desenhamos. Não nos parece bem que qualquer torcida passe por isso, nos pareceria igual de absurdo se ocorresse com a platéia itinerante, mas o fato é que não ocorre com a platéia itinerante, correto?

Seja pelo ranço contra a Geral. Seja pelo ranço e descritérios aplicados contra o Estádio com e maiúsculo. Seja pelo que for a implicância contra o Grêmio, não há justifica válida para o que está ocorrendo.

Há uma torcida uniformizada travestida de forças da lei atuando à margem do Estado de Direito, enterrando pelo caminho imagem e credibilidade de toda Brigada Militar, ou não? Covardia e perseguição testemunhadas e registradas em áudio e vídeo – eliminando a possibilidade de que os mais lentos fiquem sem entender.

Onde está o Governador do Estado, chefão da turma, enquanto tudo isso acontece, negociando pelo BRIOCO? Já servimos de sparring pra cavalariano, piñata pra cassetete, alvo humano pra balas de borracha. O que mais espera Tarso Genro para responder a essa truculência criminosa? Campanha eleitoral?

De nenhuma forma somos contrários a Brigada Militar, pelo contrário. Entendemos que a Lei Fardada faça uso da força repressora para manter a ordem que lhe exige a própria Lei – mas quando preciso for – nunca como modus operandis. Nunca porque sim. Entendemos a diferença e esperamos respostas, afinal, quem dá as ordens, quem pune a BM?

Relembrando sempre da grande ária de Tarso, válida para o final de qualquer texto que queira ressaltar a imparcialidade do governador de todos os gaúchos. Trecho extraído de um post antigo.

E, agora sim, como grand finale, a grande ária de Tarso.
Tentem relevar o apego a improvisação mais chulé e ao constrangedor ar solene de quem anuncia uma verdade religiosa. Acompanhem, sem avançar, prestando máxima atenção ao minuto 1:15. Viram só? É o ápice do escárnio, da imparSCIalidade. Tarso, Tarso, Tarso! Brrravoo! Brrrravíssimo.

A propósito, enquanto enterram teu dinheiro numa reforma, a Arena já está pronta. Esperando pelo entorno.

Pelo fim da torcida uniformizada ou, deveríamos dizer, pelo fim da torcida institucionalizada nas várias esferas do poder público?

Leonardo Fleck
@fleckleonardo

Participe da discussão

17 comentários

  1. tem troxa que vota nesse sujeito, porque é simpatizante do mesmo partido.

    depois, vem pedir voto pra sua chapa no conselho do Grêmio.

    estamos de olho…

  2. o importante é não parecer que nos calamos frente aos descalabros, como esse do Gaúcho e das balas de borracha. Faz pouco, pouco tempo mesmo me manifestei a esse respeito, aqui mesmo no blog. Parece que há uma dessintonia entre as maiores possibilidades que as classes mais baixas estão tendo (mesmo a gente gostando ou não, nos últimos dez anos a renda da classe mais baixa aumentou muito, são dados da FGV, não meus ou do Ipea, que é do governo) e as pessoas responsáveis pela segurança. Falta avisar a BM que o povo quer mais (a gente não quer só comida, diversão e arte…), que o povo quer e pode desfrutar mais.
    sem contar a diferença de tratamento com o outro estádio, parece até piada!!!

  3. Estão ficando repetitivas e chatas as entrevistas do Kleber, salientando as dificuldades dos jogos do campeonato. Isso já sabemos. O que ele não disse e nós gostaríamos de ouvir, é o que ele e os demais jogadores estão fazendo para melhorar o desempenho da equipe e dar ao torcedor a certeza de uma atuação segura e sem sobressaltos.
    Só existe uma maneira de vencer o adversário: é jogando futebol de verdade com muita luta, ambição e dedicação. Tudo o mais é “papo jogado fora”, o que tem sido a tônica nas declarações dos jogadores após as partidas, tentando justificar um mau resultado.
    Jogador mostra serviço dentro de campo. O resto é “conversa para boi dormir”.
    A tabela, nos próximos três jogos nos favorece. Com exceção do “Galo” que tem um bom time e plantel, os outros dois adversários são medianos. É a oportunidade para acumular uma “gordurinha” e ficar depois “secando” nossos concorrentes mais próximos.
    No segundo turno ganhar todos os jogos em casa e trazer, no mínimo três pontos a cada seis disputados fora, é campanha de campeão. E isso está ao nosso alcance, basta haver empenho e muita garra.
    Que os nossos jogadores e também o treinador deixem de lado os presságios demasiadamente cautelosos e até negativos aos microfones e que nos brindem não só com um discurso forte, mas, também, com uma atuações convincentes, à altura das nossas tradições.

  4. 15 / 9 / ESTREIA == posicionamento da ” camara ” na arena , sera dos CAMAROTES / 3 nivel . ( lugar perfeito ) pro ESPECTADOR em casa assistir ! ALELUIAAAAAAAAAA .

  5. Tem cara que – além de pula pula- é pé-no-saco. Melhor que fosse pros vermelhos que causaria menos danos ao Grêmio.

  6. Sufoco, time meteu o salto e abriu as pernas. Escapamos por incompetência da arbitragem. Quem era o cara que falava aqui que o Grêmio era sempre roubava. A banca paga…

  7. Marcelo, teve penalti no kleber no primeiro tempo, gol mal anulado e o gol impedido da Lusa.
    Tá jogando no time da imprensa vermelha?

  8. Cláudio, tem gente torcendo contra.
    O nosso gol foi mal anulado e o pênalti inexistente. Realmente a banca paga e recebe
    Escrevo isso há muitos anos: ” o que me preocupa não é a imprensa vermelha, mas os gremistas vermelhos”.

  9. Importa muito os três pontos, mas cada dia o time fica pior. Não vejo nenhuma melhora, nenhum padrão de jogo e ganhar da Portuguesa, um time tradicionalmente de segunda divisão, em casa, é obrigação. O nosso ano está irremediavelmente perdido, e a base formada para o próximo ano é muito ruim, e não temos recursos para melhorar. É bem provável que nos próximos dias tenhamos a triste notícia de que algum garoto promissor, como AlexTelles, Mamute, Biteco II ou outro serão vendidos para investidores para cobrir a folha de pagamento de setembro ou outubro. O acordo com a OAS não foi assinado, e o nosso déficit que era de 48 milhões em junho ja passa de 60 milhões. Vamos ter o maior déficit da história do clube em 31 de dezembro e não ter acordo que salve.

  10. O André Pedroso gostava quando o Grêmio perdia para a Portuguesa como ocorreu no ano passado.
    O sujeito não vê nenhuma melhora, mas o torcedor sabe que estamos passando de fase na Copa do Brasil, e bem colocados no brasileirão.
    Essa imprensa vermelha é terrível.

  11. Gremio no G4, domingo de sol e tem gente nessa amargura! O time nao é uma maravilha, tem problemas como todos os outros, mas a campanha con o renato é muito boa. E volta o Vargas na proxima. Nao etendo tanto pessimismo.

  12. Então tá muito bom não é Artur? Time maravilhoso, vitórias esmagadoras, contas pagas, dívidas liquidadas. Vamos em frente, não precisa mudar nada. Já ia me esquecendo “Votem no Danrlei” que ele garante os títulos. Se Koff já era uma garantia, com Danrlei então não vamos perder mais nada.

  13. Time que está caindo para segundona joga todas partidas relativamente bem, mas acaba perdendo nos detalhes, por falta de qualidade no elenco etc

    Time campeão, joga bem quando vale, ganha jogando para o gasto, joga mal e ganha e ainda ganha com erros a favor.

    Temos que aprender a ser menos chatos e levantar um caneco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.