Paracetamol é um fármaco com propriedades analgésicas. Sua fórmula química é o C8H9NO2. Esse é o meu remédio padrão para casos de dores de cabeça. Não o consumo muito, order confesso. Sou meio avesso a uso excessivo de medicações, principalmente se tratando de uma automedicação. Existem outros medicamentos para o mesmo problema que levam nomes de marcas e não vou fazer propaganda por aqui.

Essa é a minha receita para o Grêmio atual. Se tivesse cerveja no estádio, minha receita seria outra: Aquele digestivo que se toma antes e depois da bebedeira. Mas como não tem, vamos de Paracetamol mesmo.

Juro que não vou fazer a piada que o Grêmio está mal e que tem que tomar “Para, cê tá mol“. Ufa, ainda bem que não fiz.

16504905255_586092eff3_z

Quem me acompanha aqui no Sempre Imortal, que acompanhava no antigo blog do Mesa de bar e quem é mais antigo ainda e acompanhava os textos que escrevi no Canelada, já devem ter percebido o quanto odeio fazer a famosa “terra-arrasada“. Ela é de pouca utilidade prática e eu sei que mudanças são coisas graduais, que para algo bom e duradouro o trabalho tem que ser equivalente. Então na minha equação é muito trabalho e um bom tempo para a ideia vingar, assim se constrói um bom tempo de sucesso. Essa é a minha ideia.

 

Pensando friamente, dói. Dói ver o Grêmio jogando com esse time, ver que o Grêmio é talvez o único time que tem realmente planos de acabar com as suas dívidas e dói ver jogadores da base apressados e receberem as cobranças pesadas em suas cabeças. Dói, não tem como negar.

Ver o jogo contra o Brasil de Pelotas foi um sofrimento, jogamos muito mal e os defeitos foram tantos nesse jogo que numerar eles é uma merda. Soluções passam pela minha cabeça, como não passariam, não é mesmo? Acho que todo torcedor tem algum palpite para melhorar.

Penso que o ataque não faz gol, que os chutes são poucos e fracos. Que a bola rola em campo durante nosso ataque de um jeito errado. Que nossos passes são feitos sem convicção e que nossos jogadores não se conhecem. E por um momento isso tudo faz sentido na minha cabeça, de repente sejam esses os problemas e eu sou um gênio por conseguir observar! Alguém me deixa falar com o Felipão que eu tenho uma ideia fantást…

Por outro lado, comparado a bagunça ofensiva. Nossa defesa está bem. Gosto do nosso goleiro. Os zagueiros me agradam, estou feliz por ver Rodolpho com a braçadeira de capitão. Geromel, saiu do nada e virou um bom títular e Erazo eu o achei muito seguro. Os laterais eu ainda não tenho uma convicção, me parece faltar algo. Esse é o sentimento.

Nossos volantes também me agradam. Gosto do Wallace, Ramiro, Felipe Bastos…

 

O Gauchão é uma competição que eu sempre defini como pré-temporada. Não gosto dele, mas sei que muita gente gosta. Quero que o Grêmio o vença, por essas pessoas – e por mim, pois vou comemorar. Quero que o Grêmio teste e que dê experiência para esses jovens, pois eles são a nossa salvação da lavoura. Sem pensamento mágico, estamos em suas mãos e espero que eles tenham entendido que o sucesso do Grêmio passe por suas cabeças. Quero tudo, pois quero que o Grêmio revele jogadores, seja rico, ganhe tudo e que eu ainda tenha um milhão de vantagens como sócio e que quem sabe o Grêmio não monta uma plataforma de petróleo para desbancar a Petrobrás, garanto que seria melhor… Enfim.

Será que estou perdido em um tempo romântico onde os jogadores amavam o clube e o futebol tanto quanto eu amo? É possível que sim.

 

O jogo contra o Brasil foi uma vergonha, muitos viram evolução e haja boa vontade nessas pessoas. Eu vi, principalmente depois de sofrer o gol, sofrimento e falta de entrosamento. Vi um desespero improdutivo de quem quer fazer muito, mas não o sabe fazer e acaba fazendo nada.

Existe muito trabalho a ser feito, temos que olhar para frente. Não adianta chorar as peças perdidas.

Espero que as próximas partidas tragam a evolução necessária. O Grêmio precisa disso. Enquanto isso, tomo paracetamol e vou na Arena. É o que me resta.

 

 

@faneinbox

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Participe da discussão

53 comentários

  1. O Grêmio ainda não implementou o remédio que irá resolver esse vírus da incompetência.

    O software é a injeção para curar a incompetência.

    O atuais dirigentes têm mais discurso do que ações.

  2. OS guris não estão pressionados coisa nenhuma, estão jogando bem.

    quem tá afundando o time são os velhor podres, douglas, marcelo “medíocre e peleador” oliveira, felipe “mil passes errados e um certo” bastos e o lateral ofensivo que não faz jogada de ataque, galhardo.

  3. até agora quem deu resposta foi a gurizada, isso é fato. Luan, Everton, Lincoln e Junior principalmente. Walace voltou agora, Raul nem jogou, Araujo e Arthur tb entraram bem (apesar de pouco tempo). Quem tá afundando o time são Douglas e Bastos, com Galhardo, M. Oliveira e Erazo fazendo figuração por enquanto.

  4. Eu diria para o sr. Rui.

    Pára, Cê tá ma!

    Fácil alguém criticar o futebol fraco do Grêmio. Difícil é responsabilizar a direção por isso.

  5. Sempre lembrando aos amigos que:

    As criticas ao setor ofensivo incluem o Douglas.

    Já o Felipe Bastos eu não acho essa porcaria que vocês tão pintando aqui nos comentários, mas respeito. Opinião é opinião.

    Obrigado pelos comentários.

    :)

  6. Fane, o bastos pode não ser essa porcaria toda, concordo, mas ESTÁ essa porcaria toda no momento, atrapalhando o time com seus passes precisos e milimétricos.

    Já os guris não, estão sendo o destaque nesses jogos.

    Mas quem o treinador elogia no final das partidas? Os velhos bacamartes. E pros guris? Nenhum elogio, só aquele papo chato de não são solução, tenham paciência, etc.

    Imagina tu ser um desses guris, saber que está bem, mas ver que quem é elogiado é o furo do time? Que incentivo…

  7. O Grêmio está indefinido e desentrosado.

    O problema é que o Felipão não confia muito nos jogadores da base, embora esteja dando oportunidades.

    Se o Felipão definir uma equipe, o rendimento irá melhorar. Alguns setores podem não funcionar e quando ocorrer vai substituindo no segundo tempo por outro jogador.

    Acho que o Felipão sacou o Júnior que é um jogador que mantém um nível bom de atuação para encaixar o Marcelo Oliveira.

    Não gosto das características do Marcelo Oliveira, mas ele foi não foi mal na lateral na partida contra o Brasil de Pe.

    É notório que o Grêmio tem problemas no setor de meio de campo e no ataque.

    Douglas tem qualidade técnica com a bola no pé, mas não consegue ser um jogador dinâmico. Ele passa e fica parada. De movimenta pouco e se resume a poucos tabelamentos e lançamentos.

    Lincoln precisaria de um jogador mais dinâmico no meio para funcionar melhor. E sua pouco idade faz com que os adversários tentem tomar proveito para provocá-lo e desestabilizá-lo tecnicamente em razão disso.

    O time do Grêmio pode ser melhor ajeitado se o clube fizer algumas contratações pontuais para colocar sobre os ombros dos jovens ainda não afirmados uma responsabilidade maior do que eles possam suportar.

    Grohe, Galhardo/Raul (prefiro o Raul), Rodholfo, Geromel, Júnior/Marcelo oliveira (prefiro o Júnior), Bastos/Walace (prefiro o Bastos), Araújo/Bastos/Balbino (prefiro o Araújo), Giuliano, Alguém para contratar/Lincoln/Douglas(prefiro o Lincoln do o Douglas), Luan e Alguém para contratar.

    No mínimo, o Grêmio precisa fazer três contratações de bom nível. Dois para o ataque e um para o meio de campo.

    Se formos analisar, o Grêmio tem potencial para formar um time bom e mais confiável. Mas precisará fazer três jogadores que resolvam.

    Três contratações de alto nível resolveria o problema. Se o Giuliano não render, teremos jogadores para testar ali. Poderia puxar o Dionathan para o grupo e que, atualmente, está no juvenil. Joga no meio de campo.

    Penso que essas contratações precisam vir agora, porque é preciso identificar as carência agora para se reforçar já para o campeonato brasileiro.

    A direção do Grêmio tem muitas dificuldades e acho que deveria ter humildade para buscar ajuda na oposição.

    Está na hora do Grêmio buscar outras pessoas que possam mostrar competência.

    O Grêmio de hoje precisa melhorar em tudo. Está um horror. Se formos elencar 2013/2014 e o início de 2015, o Grêmio está cada vez pior.

    Ao invés de crescer, o Grêmio está decrescendo. E o caminho disso pode ser a segunda divisão.

    A direção não está agindo com transparência. É um direção mentirosa. E eles não medem esforços pelo poder, tanto que mentiu a respeito da compra da Arena e mentiu a respeito do programa SAP.

    O tal softwares tem previsão de implantação completa daqui a 05 cinco anos, ou seja, é um alto custo para pouco resultado.

    Se tivesse perdido para a oposição, a atual gestão teria entregado o clube sem a vaga a Libertadores e com uma imensa dívida.

    Faltou planejamento e hoje o clube continua sem um.

  8. O jogo de hoje mostrou que o Brasil de Pe não é um grande time como quiseram nos vender essa direção mentirosa.

    Eu disse que o Grêmio era candidato ao rebaixamento em dezembro.

    O Grêmio não tem força física para superar o adversário. Está mal fisicamente.

    O Grêmio tem um time indefinido. O técnico está perdido. Ele tira um lateral que estava bem para encaixar o seu bruxinho para a lateral.

    Ele podia ter tirado o Éverton e o Coelho que não foram bem.

    O Éverton é um jogador que joga pela esquerda. O Felipão o coloca pela direita.

  9. O Grêmio está transformando os times pequenos em time grande.

    O time de 2004 mostrou melhor desempenho no Gauchão.

  10. Quando afirmei que esse time do Grêmio disputando a série B cairia para C não foi uma ironia, estava falando sério, muito sério, aliás, não creio que a maioria dos gremistas, disse: gremistas, não os torcedores de direção, tenha se dado contado quão grave é hoje a situação do Grêmio e do do quanto são altas as chances de cairmos para segunda divisão com esta configuração atual de direção. Um time é sempre um retrato da direção e comissão técnica em campo e o futebol do Grêmio hoje está abandonado as moscas.

    Vou repetir pois isso é muito grave já que esta atual direção fez de tudo para estar no poder: O FUTEBOL DO GRÊMIO ESTÁ JOGADO AS MOSCAS, são duas eleições seguidas de estelionato eleitoral com graves consequências institucionais dentro e fora de campo, depois do ACADELAMENTO DO CLUBE, AGORA VEM O APEQUENAMENTO, que é continuidade que essa turma vil e baixa do Obino nos oferece refestelando-se no poder.

    Felipão está se prestando a um papelão, completamente perdido e amarrado a suas indicações de jogadores medíocres como Douglas que hoje jogou a partida toda mesmo tendo sido o pior do time e mais vaiado já no primeiro tempo, mas o que dizer de Galhardo, Matias Rodriguez, Marcelo Oliveira, Erazo, jogadores mais experimentados que na visão do treinador e da direção deveriam ser a estrutura na qual a volta seriam acrescidos os garotos. Oras, os meninos são os menos culapados, sequer podem errar que são substituídos enquanto nossa salvação fica na mãos de um bando de medíocres mambembes indicados pelo treinador e trazidos por esse direção fracassada, mentirosa, enganadora e de mentalidade derrotista.

    Felipão também tem muita responsabilidade pois isolado nas decisões do futebol tem sido um desastre, o gringo véio mandou embora TODOS OS NOSSOS VELOCISTAS DO PLANTEL, EXPERIENTES COMO FERNANDINHO OU GAROTOS COMO ERIK, FORAM DISPENSADOS e opção foi nítida por manter no plantel centroavantes em prol de sua lunática ideia de jogar com dois, tudo sob o aval de uma direção mosca morta simbolizada pelo despachante Rui Costa e pela figura fantasmática de um OMISSO e senil Fábio Koff.

    O Grêmio atual é um Circo dos Horrores liderado por um presidente Romildo “Lero” Bolzan de muita fala e pouca ação rumando firme e CONVICTAMENTE para o inferno da segunda divisão. E ainda há quem defenda – torcedores de direção – ah, o auto-interesse é ruína das coletividades e instituições!!, e se ache no direito de chamar quem critica de corneteiro, colorado, secador e outros adjetivos que não passam de projeções de SI MESMOS.

  11. Ouvindo o Romildo percebe-se que não é do ramo.

    Ele tornou o Veranópolis um clube grande.

    O time do Grêmio não tem imposição física e nem técnica.

    Prometeu reforços o Presidente.

    Significa que deu desespero. As contratações que viriam em Junho segundo o office boy remunerado ou despachante omo disse o Felipe Neri, virão antes.

  12. E assim queimamos alguns garotos da base.
    É impressionante o que é o Grêmio.
    No momento de fazer uma mescla de bons jogadores e base, mandamos todos os boleiros embora e arrabentamos com essa gurizada ai coloca los na fogueira.

    Nem o pior inimigo faria o que essa direção fez com o Grêmio.

    Estamos ferrados, sem rumo, sem opção.

    O que começa muito mal, termina muito.

  13. Sobre o ACADELAMENTO tanto referido pelo Felipe Neri, Felipão disse que o Grêmio pode jogar atrás como jogou no Brasileirão.

    Temos tempo para melhorar. Mas com essa atual direção, vai ser difícil escapar do rebaixamento.

    Eles têm que acabar com a confraria dos amigos do Rei. Demitir os funcionários amigos e contratar gente mais competente.

  14. Mais um sintoma de que o futebol está abandonado as moscas: o treinador velho de guerra abandona o seu time depois de ter escalado mal e substituído pior ainda antes do término do jogo. Isso pra mim é grave. Até mesmo pelo simbolismo, pelo péssimo exemplo. Felipão é hoje um treinador acomodado, arrogante e decadente. Longe de ser salvação como imaginem os defensores de sua legenda, tem se mostrado ser mais causa do que solução para os nosso problemas.

    Bolzan precisa assumir urgentemente, afastar Koff do futebol o qual ele nunca assumiu e deixá-lo apenas para essa negociação com a OAS-Arena e REESTRUTURAR TODO O DEPARTAMENTO DE FUTEBOL URGENTEMENTE. Isso inclui o caro e bufão Felipão com sua comissão técnica “ação entre amigos”, Murtosão, Wortmann, o preparador físico familiar e principalmente o dede-de-dama despachante Rui Costa por justa causa, já que ao meu ver está sendo o recordista em incompetência frente do futebol, pior inclusive que Meira e AVM. Rui Costa pra mim é outro perdedor conformista e seu discurso escancara isso.

    Precisamos urgente não de um mas dois ou três dirigentes cascas grossas no futebol, um vice, um diretor de futebol e um executivo novo, enfim os cargos são o de menos, precisamos três nomes fortes ali no futebol para reverter esse trem desgovernando, abandonado as moscas, rumando para segunda divisão que virou o futebol gremista.

    O que não pode mais é esse ajuntamento de acomodados, ultrapassados, mentirosos, enganadores e de mentalidade derrotista encabeçando o clube. BASTA!

  15. Concordo com vocês, mas se o presidente é neófito então tem que se cercar URGENTEMENTE de gente competente e acabar com a farra dos amigos do rei na direção que contamina até o futebol com Felipão indicando quem quer, até seu primo e o jogador SÍMBOLO desse início de gestão: Douglas Barriga-de-cadela, ex-jogador, indolente, enganador, um vagabundo irresponsável. E esse seria o nosso camisa 10, a cabeça pensante do time em campo? Vejam como direção, treinador e time em campo se refletem. Sem mais. Só não vê que não quer. Ou é torcedor de direção. Ou seja, faz parte da turma de amigos do rei. A situação do clube é gravíssima.

  16. O Felipão vai jogar atrás no Brasileirão e contra-atacar com seus dois centroavantes? É um fanfarrão. A Alemanha não lhe ensinou nada. O gringo ficou tão traumatizado que ser cérebro congelou, só pode, o Grêmio todo jogo parece aquele Brasil desorganizado, lento, sem inspiração ou velocidade, enquanto os alemães voavam em campo.

  17. Felipão: “Eu sou o responsável. Participei da montagem do elenco, recrutei jogadores da base. Eu sou responsável pelo Depto. de futebol”. (retirado de um twitter gremista que acompanha as entrevistas pós-jogo pois não estou com estomago para ouvir as explicações dessa gente que está afundando o clube)

    Ao admitir publicamente isso, o treinador acaba de confirmar o que venho afirmando e que todos os GREMISTAS estão constatando aqui no blog, a exceção dos “torcedores da direção”, ou dos amigos do Rei.

    Uma velha máxima foi esquecida por esse des-governo que se apossou do clube: Se apossou sim, pois o Grêmio está sendo “possuído” e não gerido como clube de futebol. A máxima, simples e objetiva seria a de que:

    Dirigente dirige, treinador treina e jogador joga. Mas no Grêmio está tudo do avesso. O Grêmio foi “possuído”, senhores.

  18. Não entendeste Felipe Néri. Ele irá jogar atrás no Gauchao. O ACADELAMENTO chegou ao Gauchao. Feliz o disse que pensa em jogar atrás no Gauchao.

  19. Então, é ainda pior do que pensava, Cristiano.

    Aí vou ter que concordar com o que um gremista escreveu lá no blog do torcedor do clicrbs:

    LAERT diz:
    14 de fevereiro de 2015
    É o maior vexame da historia do Grêmio de todos os tempos.

    Felipão, Murtosa e sua turma de parasitas, com salários milionários, desapareçam da vida do Grêmio e nunca mais voltem.

    Quero ver se o Felipão ainda vai ter a cara de pau de dizer que não tem jogadores de nível.

    Será que o Veranópolis tem jogadores de alto nível?

    Será que Aimoré tem jogadores de alto nível?

    Será que o Brasil de Pelotas tem jogadores de alto nível?

    Não. Eles não tem. Mas tem o diferencial: treinador competente.

    Que vergonha Felipão! Como você conseguer perder 3 jogos para times inferiores tecnicamente sendo ainda na Arena?

    Eu respondo Felipão: você é um treinador ultrapassado.

  20. eu fui no jogo e digo: se não mudar, vamos afundar certo.

    o felipão é ex, está queimando os guris, tudo pra botar os cracks felipe “eu só reclamo do juiz e não acerto um passe” bastos, marcelo “não consigo marcar sem fazer falta” oliveira e matias “o que eu estou fazendo em clube grande?” rodrigues.

    e sobre o douglas: ele saiu no intervalo mandando a torcida baixar a bola. e como prêmio ficou até o final do jogo, desfilando elegância e categoria. ou seja: o cara riu na cara da torcida e ainda por cima jogou até o final.

    somos motivos de chacota desses filhas da puta!

    mas a patrulha que defende a direção já está a postos, defendendo seus parentes e comparsas, e o Grêmio que se foda!

    a entrevista do romildo foi a coisa mais asquerosa que eu ouvi. ele é mais político que o odone, o rei da enrolação. no final da entrevista, fiquei com a impressão que tínhamos perdido pro real madrid, e não pro vec.

    querem saber? quem apoia essa direção que chupe uma benga bem grande, e continuem chupando! quero que vocês vão pro inferno, junto com o bando de filhas da puta que estão “dirigindo” o clube!

  21. Quis publicar esse comentário pois ele é perspicaz, estamos diante do maior vexame da história do Grêmio?

    Bem, que lembre nem o time do Obino era tão ruim assim. Nem o time do Rafael Bandeira dos Santos.

    Se o Felipão assumiu a autoria dessa transição desastrada no futebol, então é simples: justa causa. Demissão sumária.

    Antes que ele mesmo abandone o barco quando for tarde demais como fez no Palmeiras… hoje já se ensaiou, vou esperar piorar?

    E o Koff onde está? Esse já abandonou outra vez pelo clube dos 13 e repete agora. Ultrapassados! Tenham dó do clube e caiam fora, o fantasma do mito de vocês, na verdade, do abandono de vocês está aniquilando o futebol do Grêmio.

    E o sr. Bolzan, não adiante falar em três contratações pontuais pois isso é piada, o Grêmio precisa muito mais que isso pra não cair, precisa de uma REESTRUTURAÇÃO URGENTE NO DEPARTAMENTO DE FUTEBOL E COMISSÃO TÉCNICA, DEPOIS NO PLANTEL, a hora de fazer é agora, quanto mais tempo passar, pior podem ser efeitos e reflexos ao longo do ano.

    E de que adianta contratar mais jogadores mambembes indicados pelo cérebro congelado do Felipão e do dedo-de-dama cujas estatísticas são de acertar em média 1 em cada 4 contratações. A última leva ao meu ver foi terrível, Erazo, Galhardo, Marcelo Oliveira (especialista em rebaixamento com Cruzeiro e Palmeiras dois anos seguidos), Douglas, todos jogadores insuficientes para um time que almeje se manter na primeira divisão, que dirá disputar títulos.

  22. Gente não tem o que fazer. Talvez, a pressão da torcida contra a direção possa fazer mudar os nomes.

    O Felipao está perdido.

    O Cacalo falou que precisa alguém para dialogar com o treinador.

    O treinador não é o único responsável.

    O grêmio precisa colocar dois dirigentes no futebol, demitir o executivo, já que funciona como manda-leite.

  23. Sim, Cristiano, o treinador não é o único responsável, é um funcionário, o maior responsável é sempre o presidente e sua direção que tem poderes para contratar ou demitir o treinador enquanto funcionário do clube.

    No entanto, como não temos direção de futebol e Felipão acumulou cargos como ele admitiu então, a acumulou também responsabilidades, portanto, sua parcela de culpa é grande sim. O executivo que só executa e é despachante está abaixo do Felipão na hierarquia, o que é uma inversão de valores cujas consequências nefastas estão saltando aos olhos.

    Somente esse fato por si só ou seja por terem deixado chegar a esse ponto ou organizado assim a politica de futebol já demonstra que está tudo errado no clube e o nível de cegueira de todos. Já disse aqui, antecipei em meses a necessidade das demissões de Renato, Luxa e Enderson pelos sinais de vestiário viciado, intoxicado sem volta.

    Não enganem, Felipão já era. Quanto mais isso for postergado, pior vai ser.

    Ninguém ainda percebeu, mas estamos repetindo o cenário do Palmeiras onde toda a crise se instalou quando o gringo por também ter respaldo de diretoria e histórico vitorioso no verdão começou a transferir a responsabilidade pelos maus resultados nos jogadores, jogando a torcida contra eles. Vocês não lembram? Kléber, com razão se indignou e como liderança voltou-se contra o treinador. Como o mundo da bola (bem, não só a da bola) dá voltas, eis que se reencontram em situação semelhante nesse Grêmio dos Horrores 2015, Kléber ganhando fortunas do clube treinando afastado pela cisão com Felipão e o treinador novamente já se ensaiando jogar a responsabilidade nos jogadores que ele mesmo indicou, selecionou da base, treinou, escalou e substituiu no ato simbólico de abandonar o time em campo antes do apito final, o que vem repercutindo muito mal em todo o Brasil com imagem do Murtosa murcho no banco e nossos garotos cabisbaixos no banco.

    Se com esse CRIME que o Felipão cometeu contra o clube e contra os jogadores, contra meninos da base (pasmem)!!! contra o projeto de testes desse início de ano – aliás, como já fizera coisa parecida no Palmeiras – não tira vocês do sério, não os sensibiliza, não abre os olhos, nem a essa direção CEGA e TAPADA, quem sabe amargar uma terceira queda para o INFERNO da série B (o treinador já terá abandonado o clube antes como fez no Palmeiras, podem escrever aí!) os acorde, mas aí – ao se dar conta depois – pode ser tarde demais.

    Nunca foi tão fácil prever cenários quando as pessoas não mudam, quando não tem humildade pra melhorar, daí se repetem, tristemente se repetem.

    Felipão já era. Precisamos salvar é o Grêmio. Acordem, gremistas!

  24. Eu acho que falta um dirigente com pulso forte no vestiário. A maneira como o Grêmio entrou no primeiro tempo deveria ter uma intervenção já no vestiário.

    Felipão tá velho para gritar com os jogadores como fazia quando era mais jovem. Os jogadores tinham medo e respeito do Felipão. E o Cacalo era um dirigente participativo.

    O Felipão tem conhecimento de futebol, mas não tem aquele ímpeto de puxar as orelhas dos atletas.

    Isso ficou evidenciado quando ele foi para o vestiário, pois não teve força e vitalidade para gritar com os jogadores na beira do gramado, talvez, novestiário.

  25. Uma música de Vinicius de Moraes para o sr. Fábio André Koff:

    E por falar em saudade
    Onde anda você
    Onde andam os seus olhos
    Que a gente não vê
    Onde anda esse corpo
    Que me deixou morto

    Em razão de viver
    Você bem que podia me aparecer
    Nesses mesmos lugares
    Na noite, nos bares
    Onde anda você

  26. O Grêmio é uma Zorra Total.

    Que direção fraca essa!!!

    O técnico que diz que vai jogar retrancado no Gauchão estando num grupo grande, tem que mandar prender os dirigentes por absoluta incompetência.

    Eu achava que o Grêmio era candidato ao rebaixamento do brasileiro.

    Depois que falaram que o Brasil-PE era um time grande e que o VEC é um grande time também, aí o suicídio é um dever.

    No Brasileirão, ACADELARAM o Grêmio. E Felipão ameaça a fazer isso no Gauchão para estancar os maus resultados.

    O Felipão ajeita seus bruxos no time.

    Ora, está faltando direção no Grêmio.

    O Presidente é o verdadeiro “Rolando Lero” como disse o Felipe Neri.

    É um filme de horror e não de comédia. Já tivemos o Presidente Obino que era o Armando Volta – “SAMBARILOVE” no buraco do amor.

    O Grêmio corre risco de cair para a segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

    Oremos!

  27. 3 derrotas em 5 jogos no gauchao, sem duvida esse eh o pior time da historia do Gremio, nem o Obino chegou a tanto!!! Nem aquele time horroroso do inicio de 2005 chegou perto. Ta na hora de admitir os erros e mudar direcao e treinador, enquanto ha tempo…

  28. O Grêmio tem que acabar com a confraria dos amigos do Rei.

    Tem que demitir o preparador físico, porque o Grêmio não sobra.

    Quando o preparador físico era competente, o Grêmio sobrava fisicamente contra times do interior, mesmo que estes iniciavam 30 dias antes.

    Demitir o Ruim Costa.

    Não sei se trocar o treinador é a solução absoluta.

    Está faltando um diretor forte no vestiário. E um executivo competente que vá exigir mais trabalho e coerência ao técnico.

  29. A contratação do Darlan Schneider foi uma piada, o cara fracassou em 98/99 aqui e mesmo voltou.
    Mas esse parece ser o estilo da direção, contratar quem não deu resposta em lugar algum, como Douglas, M. Oliveira, Galhardo…

  30. e ai o cara olha o jogo do Bayern no sábado e do Barça no domingo e tem vontade de se matar vendo o Grêmio.
    O que estamos jogando não é futebol, PQP!

  31. sugestão!
    Já que o Grêmio virou uma zoeira completa e jogou no lixo seu estilo de jogo, sua história vencedora e torrou seus ídolos, sugiro que contratem o Clemer pra treinar o time.
    Tiram o cara vencedor de lá, que deve tá babando por uma chance no profissional, e que ainda por cima sabe trabalhar com guris.

  32. A justificativa do Felipão a respeito de sair antes do jogo foi deplorável.

    Disse que “não havia mais nada para ser feito”.

    Memória curta tem o Felipão.

    Ele levou um passeio da Alemanha (7×1) e permaneceu até o final. Não foi para o vestiário antes de terminar a partida.

    Mais vergonhoso do que ontem, foi o placar que a Alemanha fez e Felipão tinha nas mãos aqueles que ele considerava ser os melhores.

  33. Felipão foi um dos protagonistas principais no rebaixamento do Palmeiras. Como prêmio veio a seleção. Depois foi um dos protagonistas do maior vexame da seleção brasileira em copas do mundo em todos os tempos. Como prêmio veio a contratação pelo seu ex-clube Grêmio.

    Em nenhum desses trabalhos Felipão deu-se tempo para reciclar-se, refletir, atualizar-se, curar as feridas, fazer um balanço honesto e autocrítico de seus trabalhos, enfim, simplesmente foi emendando um trabalho no outro, aproveitando-se de seu currículo vitorioso.

    Mas já no Palmeiras algo mostrava-se que ia mal com o treinador, pois rebaixar um clube é algo muito grave, nem o mata-mata da Copa Brasil conquistada conseguiu atenuar significativamente o desastre, que o digam os palmeirenses. A seguir, a derrocada trágica e desastrosa na seleção foi o ápice de que algo ia muito mal mesmo com o treinador, não foi qualquer derrota, foi a nossa maior derrota em todas as Copas. Isso não é pouco.

    E o treinador ainda não parece ter exorcizado seus demônios.

    Agora no Grêmio, já vemos o pior time, plantel e campanha da história do clube! E novamente Felipão como um dos principais protagonistas…

    O gringo precisa dar um tempo pelo bem dele e do Grêmio. Precisa urgente de uma parada. Reciclar-se. Precisa superar a tragédia do Mineirão, precisa principalmente sair dos seus automatismos e ter humildade de reconhecer pontos onde precisa mudar ou se atualizar.

  34. Acontece que como a “insegurança” e a “omissão” da direção do Grêmio no trato do futebol são imensas, beirando a covardia (o que espelha-se em campo como “acadelamento”), escoram-se desesperadamente no “mito” Felipão, como já fizeram com Koff na dupla Koff/Luxa e cujos resultados todos sabemos pois os prejuízos dos fracassos estão sendo pagos nessa tão decantada politica de austeridade, que se todos concordam necessária, muitos estão divergindo da maneira desastrada como vem sendo conduzida – detalhe: pelas mesmas cabeças ou politica de futebol que ajudaram a endividar o clube com contratações caras, superfaturadas e erradas, no mais das vezes baseadas em personalismos de treinadores de vida a fraca atuação da direção no futebol.

    O mesmo está ocorrendo agora, a politica continua errada: direção pouco atuante, fraca, insegura com discurso perdedor mais treinador medalhão dominante salvador com a chave do vestiário e do futebol do clube até da base! Poxa, já não vimos o final desse filme com outros personagens para saber o final? Ainda há quem acredite que possa dar certo e ser diferente agora apenas por tratar-se do Felipão? Há quem queira continuar se enganando mesmo?

    Infelizmente, sempre há, pois há quem torça mais para treinador e direção do que para o próprio clube, todos sabemos que acontece. É triste, mas comum. E aí a cegueira é grande, pois institucional, alastrando-se na passividade e fé cega do próprio torcedor que ignorando o “trabalho realizado e todos os sinais de fracasso” prefere a idolatria e confiar em personalismos ou no tempo. É muita gente dando crédito ao derrotismo. Portanto, que esperar senão que derrotas?

    A equação “direção fraca mais treinador medalhão” com Felipão já não tem mais como ser revertida, dificilmente seria, pois o último jogo escancarou que a estrutura toda está viciada e doente e o caos instalou-se, mesmo um intervenção de dirigentes cascas grossas seria muito provavelmente muito mal recebida por Felipão e seus plenos poderes… tira-lhe poder geraria conflitos maiores como aconteceu com Luxa quando Koff resolver sair do ostracismo e questionar o treinador e seus bruxinhos indicados que ele queria continuar escalando como Weliton. O mesmo vai acontecer se peitarem o Felipão e as ruindades que ele escala em todas as posições como Galhardo e Marcelo Oliveira (ainda vão ver que esse é um Pará piorado pois carrega bem a bola mas sempre erra na hora de dar o último passe ou concluir e o pior é que joga em várias!), afora o seu bruxo Douglas, o atleta que o representa em campo: entediado, sem ambição, , ares de ex-jogador, caminhando em campo e sem paciência mandando a torcida as favas, qualquer semelhança co o Felipão de Palmeiras Brasil e Grêmio não é mera coincidência.

  35. Meu sentimento é de precisamos um reestruturação no futebol para salvar o ano e principalmente diminuir as chances de rebaixamento.

    Como o presidente é eleito, então só ele pode encabeçar essa mudança. Não acho que o fará tão cedo, mas deveria, pois do jeito que está a coisa tende a não dar certo mesmo com grandes riscos de rebaixamento mais a frente. A politica de futebol está errada.

    Seria melhor e mais coerente com politica de austeridade demitir o treinador medalhão, fazer-lhe esse favor e reforçar com com dirigentes experientes e emergentes o departamento de futebol para dar respaldo a um novo treinador com mais ambição como por exemplo, Rogério Zimmermann (a hora seria agora pois estamos em pleno Gauchão) ou quem sabe Mano Menezes, enfim, outros nomes podem ser bem vindos, me ocorrem esses dois que já trabalharam no clube e com garotos da base e podem vir a realizar um bom trabalho de recuperação do tricolor com salários e comissões técnicas mais ajustadas a nossa realidade atual.

    Mas sei que dificilmente o Romildo “Lero” faria isso agora e por isso, creio, iremos continuar amargando uma politica de futebol equivocada onde além de termos diminutas chances de títulos expressivos, ainda correremos sérios riscos de cair pra segundona com Felipão abandonando a barca – pedindo demissão – antes de afundarmos uma terceira vez rumo ao abismo da série B. Triste, mas é um cenário provável – caso as coisas sigam como estão sem mudanças estruturais, ou seja, não adiante apenas trazer 3 ou 4 jogadores. Aliás, quem são as cabeças e a politica de futebol mesmo para fazer isso? É um círculo vicioso.

  36. De um lado a notícia que a direção quer mandar o Douglas embora por “sobrepeso”.
    De outro lado o Flu noticia que o Grêmio fez proposta pelo “sobrepesado” Walter.

    É muita incompetência e falta de critérios!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  37. O romildo e o koff se escoram em uns 15 grupos políticos. Como vocês acham que eles vão promover alguma mudança, se primeiro teriam que se entender?

    a única coisa que todos esses grupos tem em comum é a sede pelo poder, e como eles estão no poder, está tudo ótimo.

    e a patrulha dos apoiadores da direção já está com o bloco na rua, achando exagero o rebaixamento e dizendo que a ivi inventa o racha no vestiário.

    eles acham que a gente é trouxa… e pior que tem razão, afinal quem elegeu esses nabas?

  38. O grande problema do Grêmio e causa maior de não encontrar uma saída para o “buraco negro” em que se meteu tem nome: “SECTARISMO”. Esse é o vilão que dá sustentação a política vigente no clube e que tem sido o maior responsável pelos rotineiros fracassos dos últimos tempos. Uma associação só se sustenta no trabalho coletivo, quando todos estão voltados para o mesmo fim. Infelizmente, como por encanto, emergiu no clube a “sociedade dos apoiadores das fantasias do ego”, ora para um lado, ora para o outro. Enquanto o culto ao personalismo, a mitomania, a claque, a falsa esperança e a tergiversação forem as palavras de ordem norteadoras das administrações e tiverem o respaldo dos sonhadores, dos amigos e dos aduladores de prontidão, será muito difícil sair dessa. O Grêmio está virado num “cordão dos puxa-sacos” que estufam o peito com a vitória nas eleições, comungam da falsa ideia de que está tudo bem e sob controle e esquecem o que realmente é importante. O planejamento estratégico institucional – que deveria ser o modelo a ser seguido por todos e que, aos olhos de administradores neófitos não passa de uma peça de ficção – é desdenhado e mal substituído por receitas de ocasião, baseadas em frouxas “convicções” e nas ações de pouca prática de dirigentes despreparados que são ardilosamente apresentados como os “salvadores da pátria”. Isso tudo, é aceito passivamente por setores que se deixam iludir pelo enganador “canto da sereia”. Mais uma vez estamos diante de uma inquietação constrangedora que já deveria ter sido definitivamente banida do clube: “o fantasma da segundona”.
    Mas, não! Vira e mexe, somos assombrados pela eminência de sua volta, consequência da desordem administrativa que “estoura” no futebol que é o carro-chefe da imagem do clube. Parece que estamos condenados a viver enredados em um circulo vicioso sem fim. E a gente se pergunta: quantas empresas tem receita cativa de milhões de reais pingando mensalmente em seus cofres? Como bem administrar esta fortuna e fazê-la rentável? Será que a lição contida na máxima”dinheiro na mão é vendaval” tem sido ignorada pelos dirigentes do Grêmio? Qual a dificuldade e qual a explicação para tantos erros? Isso é um mistério ou será que estamos sendo “bonzinhos” ao não aceitar que tudo é fruto da incompetência? Quando é que vamos reconhecer que bem administrar o clube não é tarefa para qualquer um? Quando é que o Grêmio será a única prioridade? Quando deixaremos de ser sectários e quando, passivamente, continuaremos a fazer “vistas grossas” enquanto a casa cai?

  39. Após as contratações feitas no início do ano, juntamente com as possíveis vindas de walter bolão e drogaberto soneca, o Grêmio torna-se sério candidato a vencer o Troféu DMLU de Reciclagem de Lixo. Pelo visto será o único título do ano.

    1. Eu até acho que o Walter é bom centroavante. Mas é um jogador muito que não possui comprometimento.

      Dagoberto não deu certo no São Paulo, Inter e Cruzeiro. Dará certo no Grêmio?

      A lógica indica que não.

      O Paulo Pelaipe contratou o Sorondo, pensando que o azar estava no Inter e que o destino do atletas estava traçado para o sucesso com a camisa do Grêmio. E fez um contrato de risco.

      Esse risco iria acontecer, porque a lógica indicava que cedo ou tarde ele iria se lesionar. E de fato, ocorreu a lesão.

      Esses caras brincam com o dinheiro do torcedor. Com o meu, eles não brincarão mais enquanto essa corja estiver no poder.

  40. A corja está pensando em contratar o jogador argentino Milton Carglio (se pronuncia Caralio).

    Jogador argentino alto, 1,87a, desengonçado e que marca poucos gols.

    Esse é o tipo jogador que gosta essa diretoria fraudulenta.

    Em 151 jogos pelos times argentinos, ele marcou ao todo 39 gols, uma média de 0,25827.

  41. quando tu acha que nao pode piorar mais, volta com o mediocre esquema dos 3 volantes, em pleno ruralito!!!! Time de hj com Matias, Rhodolfo, Erazo e Hermes; Araujo, Oliveira, Bastos e Douglas; P. Rocha e Everaldo. Vamos jogar por uma bola e buscar o empate fora de casa. Muda o esquema, mas nao mudam as figuras que estao afundando o meio: Bastos, Oliveira e Douglas. Vamos ver o Felipe “Gerson” Bastos e seus lancamentos furados na armacao do time! Felipao ta implorando pra ser demitido, mas como o Gremio ta cheio de bunda mole, nada vai mudar

  42. enquanto isso fica no banco nosso volante que mais guarda posicao (Walace) e o que melhor sai pro jogo (Arthur). Tambem o lateral esquerdo que melhor apoia (Junior) e o direito que joga mais que o Matias (Galhardo). Fora os guris como Everton e Lincoln, tostados em nome do Douglas

    1. Felipão deve estar despistando os torcedores do Grêmio esse ano. Acho que ele não conseguiu repetir a equipe em nenhum jogo.

      Estou começando a me convencer que Felipão tem que ser mandado embora mesmo.

      O tal Hermes não jogou bem, mas ele sempre é lembrado para ficar no banco. Agora, volta a titularidade.

      Felipão só mexe nos garotos. O bruxinho dele não sacado ainda do time.

      O departamento de futebol está largado às traças nas mãos do office boy Rui Costa.

  43. O grêmio é uma bancada de empresários. Pq acham que esse Hermes volta ao time? Muito provavelmente o empresário está forçando. No grêmio os melhores nao jogam. Os que jogam sao de empresários que forcam a barra. É triste, mas é a verdade. Nesses torneios da base um time joga e treina junto, quando chegam as competições e torneios muitos jogadores sao sacados do time para os jogadores dos empresários jogarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.