Pois então amigos, search nos rendemos ao sistema… Mas nos rendemos ao melhor do sistema, case vocês!

 

Imagem Padrinho
No lugar de submetermo-nos aos desmandos de parceiros comerciais que ao longo do tempo nos obrigariam a jornadas humilhantes e constrangedoras, viagra sale onde provavelmente seríamos obrigados a falar das delícias de produtos e serviços que nos encheriam de vergonha, decidimos de maneira unânime que faríamos a coisa mais digna da qual somos capazes: pedir esmola!

Esmolaremos entre vocês com o sorriso da certeza que seremos ajudados pelos que desejam ver um programa cada vez mais qualificado e isento de pressões. Ora, nada mais justo, em nossa visão, que ter como único compromisso atender as demandas de nossos ouvintes.

Por que precisamos de dinheiro? Queridos e sensuais ouvintes, produzir conteúdo não sai de graça! Temos custos que não detalharemos para evitar o tédio e a fadiga do amigo leitor, mas que em momento algum visam o lucro e a ganância! Apenas gostaríamos de empatar o jogo. Sacaram?

Planejamos além do MBG clássico, roots e malemolente que fazemos semanalmente, realizar o já consagrado DROPS, mais curto e objetivo que o programa normal. E sonhamos por no ar o podcast quinzenal Carreteiro. Um podcast sobre outros assuntos, como filmes, séries, histórias pessoais e outras coisas malucas que acontecem no planeta terra. Além do mais queremos adquirir ferramentas para melhorar a comunicação com vocês…

Então é isso, no lugar de vender nossas partes sensuais e fazer exposição desnecessária de nossas figuras nas esquinas virtuais da internet, estamos aqui aceitando trocados em uma mendigação virtual.

Mas como funciona o Padrim? Usando o cartão de crédito ou boleto você pode ajudar mensalmente com uma quantia pequena, a partir de 1 real! Quem contribuir com 6 reais por mês, categoria Bom Coração, também será convidado a entrar no grupo secreto do Facebook, para poder falar de Grêmio, tocar corneta, entre outras coisas!

Gravamos um áudio explicando um pouco como funciona!

Quer dar uma olhada como é? Quer ajudar? Quer dar esse voto de confiança? https://www.padrim.com.br/mbg

—–

Está no ar a edição 180 do Mesa de Bar do Grêmio, o assunto principal foi Libertadores. Jogo contra o San Lorenzo, escolhas do Roger e também deu tempo para falar do futebol brasileiro de modo geral.

Confira no site do Mesa de Bar do Grêmio.
No Itunes (assine o feed!).
Ou no Soundcloud!

 

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Participe da discussão

45 comentários

  1. Edição interessante esta 180, trataram sobre temas alheios ao Grêmio, mas que podem ter repercussão nele, que rendem uma bela reflexão.

    Começamos pelo começo (hehe…), a ideia de apadrinhar ou crowdfunding é boa, até porque obviamente a produção do programa envolve custos, além de tempo, eu contribuirei, porém mais a frente, quando tiver uma pequena folga no orçamento. Essa ideia também poderia ter sido utilizada pelo Pátria Tricolor, que infelizmente achoque não mais existe.

    Esse ano o Roger ainda não mostrou nada do técnico que nos encantou, e ao Brasil, ano passado, comete erros primários e até certo ponto bisonhos (os 4 atacantes foram isso. Obs.: a LDU só tomou 4 porque o treinador deixou 4 ou 5 jogadores do meio para frente, no segundo tempo). O mais crítico é a insistência em soluções e jogadores que não rendem ou que tem rendido bem abaixo, ele precisa buscar alternativas, soluções e por favor, jogadas ensaiadas em bola parada! O primeiro passo é retirar do Douglas das cobranças de faltas próximas da área e escanteios, nunca sai uma jogada minimamente decente pelas suas cobranças ridículas e por não possuirmos jogadores com forte desempenho na bola aérea.

    O San Lorenzo vai incomodar, parece que a equipe esta se encontrando, jogou bem contra o Grêmio. O jogo entre LDU e Toluca foi aberto, as duas equipes tiveram chances, o Toluca bem mais e não repetiu a solidez defensiva do jogo contra o tricolor. O grupo está em aberto, mas acho que a LDU é a equipe menos qualificada.

    Concordo com o Anderson em dois pontos:
    1. o Luan prende demais a bola, as vezes um toque simples e rápido faria o jogo render melhor.
    2. nosso futebol é semi profissional, digo com relação aos dirigentes, treinadores e jogadores. Os dirigentes por apresentarem baixa produtividade, em 40 jogadores contratados menos de 5 dão resultado, é muito desperdício de recursos do clube. Minha sugestão é contratarem bons olheiros para prospectar em países da América do Sul (O James Rodrigues citado no MBG jogava no Monaco antes de ir para o Real) e ficarem de olho nos campeonatos europeus, sempre tem bons jogadores brasileiros desconhecidos em equipes pequenas e médias. Já os jogadores pela ladainha de cansaço, de desmotivação por ser uma equipe ou competição menor, o que é ridículo! Um pouco de profissionalismo faz com que, por exemplo, o Real meta 10×0 no pequeno Granada com o Cristiano Ronaldo fazendo 4 ou 5 e na quarta jogando a Champions, ou o Barcelona pela Copa del Rey faça 7×0 na equipe média do Valência, com seus titulares jogando quarta e domingo.

    Essa equipe do Grêmio não corre risco no Brasileiro, que é o que mais preocupa, mas nós criticamos a equipe porque queremos o título e da maneira como está jogando, infelizmente, não será.

  2. O GREMIO NAO TA ( PRONTO ) PRA GANHAR TITULOS GRANDES . NOS FALTA UNS 5/6 BONSSSSSSS JOGADORES neeee . TEMOS QUE FORMAR 1 BOA BASE ESTE ANO denovo , E EM 2017 = COMECAR mesmo A GANHAR !!!!!!!!!!!!!!!!!!! COM 1 TIME ++++ QUALIFICADO , O CLUBE + ESTRUTURADO NA GESTAO interna / DIVIDAS zero E 1 QUADRO SOCIAL FIEL rssssssssssss E ATUANTE .

  3. “A convicção é importante mas não é tudo no mundo do futebol”.
    Uma leitura adequada do atual cenário sócio-econômico-esportivo local, seus prós, contras e sua evolução a curto e médio prazos, aliada à delicada situação financeira do clube, deram ao presidente Romildo Bolzan e a sua equipe, os elementos necessários para e formulação de seu planejamento pés-no-chão. Até aí tudo bem. A instituição estava realmente precisando de um tratamento de choque, em razão de sua debilitada saúde financeira. No futebol do clube, o excesso de convicção tem suscitado um efeito contrário. Se por um lado o enxugamento das finanças, o investimento e o aproveitamento dos jogadores das categorias de base – embora algumas opiniões em contrário – venha dando bons resultados, não se sabe, até agora, os critérios que norteiam as contratações do Departamento de Futebol. Sabe-se, apenas, como justificativa, que o caixa do clube, ainda em recuperação, não se presta a grandes gastos. Preocupa, isso sim, a dificuldade dos dirigentes de futebol em detectar as reais necessidades da equipe em algumas posições e os consequentes equívocos de avaliação, que resultaram num elevado número de contratações de baixíssima qualidade técnica. Há, no plantel, carências visíveis em algumas posições. Todo mundo sabe, todo mundo vê. No entanto, parece que quem pode resolver o problema pensa diferente da maioria e morre abraçado com suas convicções. Perdemos qualidade no setor defensivo. Isso é fato. As reposições estão longe de dar a resposta esperada. A equipe está vulnerável, cansada e previsível. O fato novo, Bolaños, a cereja do bolo, infelizmente deu azar. Mas os dirigentes tem mais sorte que juízo. Vem aí o Lincoln. Tomara que deixem o guri trabalhar e que os “sabichões de plantão” se recolham a sua insignificância e enfiem suas convicções “naquele lugar”. Hoje, olho na telinha e fé no Grêmio! Haja coração!

  4. Eu esperando uma mudança no time, por ver finalmente o Lincoln de titular, o Kaio pra melhorar a marcação dos volantes, ou um posicionamento diferente, mas dai pa! O Roger volta com a fracassada ideia do Ramiro de lateral!
    O Grêmio definitivamente não aprende com seus erros. Não bastou uma das piores atuações da história do clube, de Leo Gago improvisado na esquerda contra o mesmo San Lorenzo em 2014, vamos repetir o erro!

    Há anos que negligenciam a formação do grupo e geram esses problemas, normalmente em horas decisivas.
    É o velho ditado, o ruim no grupo sempre joga!
    Ramiro é insuficiente como volante, não deveria estar no clube, pra dar espaço pros bons volantes que temos na base.
    Mas pior ainda é tirar lugar dos laterais, pra jogar improvisado onde já fracassou.

    No fim quem paga o pato é sempre a gurizada. Wesley tinha feito um bom gre-nal,mas foi mal na Libertadores. Confirma minha tese de que guri da base tem que ser Messi em todos jogos pra virar titular, enquanto regulares mediocres seguem com o espaço garantido.

  5. Iria dizer a mesma coisa que o Cristiano,

    O grêmio escapou de tomar uma sova no primeiro tempo. E isso que o San Lorenzo não sufocou o grêmio. Repito, e isso que não foi sufocado pelo San Lorenzo.

    O Róger vai morrer abraçado com Marcelo Oliveira e Douglas.

  6. Será que terá papel higiênico para todos os jogadores?? Entraram em campo soltando gases….Deveriam ter dado luftal no hotel…

  7. San Lorenzo jogando fechado, usando os contra ataques … Ramiro e Giuliano sem participação … Adversário médio …

  8. Colocaria o Lincol … mais um lateral apoiador no lugar do fraco Ramiro … Espero que tenhamos preparo físico para o jogo inteiro …

  9. Grêmio tem jogadores rendendo bem tecnicamente: Grohe, Geromel, Maycon,Luan e Éverton.

    Apesar do erro do Maycon, ele é bom tecnicamente.

    Em relação ao penalti cometido por Marcelo Oliveira, foi um erro que pode ocorrer. O problema é que ele não rende tecnicamente para a equipe e seu desempenho é muito fraco esse ano. Muito aquém do primeiro semestre no ano passado.

    Acho que Róger comete os mesmos erros dos técnicos consagrados, escalar jogadores em razão do contracheque.

  10. Quando Douglas acertará um levantamento pra área?? Ele cobra falta com uma displiscência incrível. Só o Róger não vê.

  11. O Grêmio parou no segundo tempo. Ficou nítida a má preparação física. Grêmio não teve força para atacar de forma organizada.

  12. Será que o grêmio acha que sem chutar vai fazer gol? Nenhum chute no gol no segundo tempo.

    Preparo físico Pífio…

    Vamos ser os sapateiros do grupo. Ou seja, vamos ser lanterna.

  13. Tem que fazer uma estátua para o Marcelo Grohe. Mais um milagre na partida.

    Hoje, a imortalidade esteve presente.

  14. O Grêmio foi horrível hoje. Jogamos com: Grohe, Geromel, Maycon, Luan, Éverton no primeiro tempo. Por isso, alguns jogadores saem cansados.

    Está faltando treinador também. Róger está muito aquém. Escala mais no nome do que na produtividade.

    Com esse futebol medíocre perde para LDU e perde na Arena para o Toluca.

  15. Grohe tem personalidade, fez três boas defesas … é o que se espera de goleiro de time como o GRÊMIO … Nada demais …

  16. Oxalá que o Miller já esteja na partida contra LDU, pq ele é diferenciado sem nenhuma dúvida.

    Acho que deu pra Douglas, o pifador. Lincoln tem impetuosidade, tem força, tem tudo que o pifador não tem.

    Contra a LDU a avenida MO não joga. Já é uma grande coisa.

  17. Sinto-me um completo babaca por insistir em ver aos jogos do Grêmio nesse ano, a equipe não apresentou nenhuma evolução esse ano. Absolutamente nada!

    Os dirigentes precisam agir com firmeza, chega de lenga lenga, mandar embora os jogadores inúteis que sistematicamente entram junto com as ovelhinhas do Roger.

    O que aconteceu com o Roger? Esqueceu como ser treinador esse anos ou foi sorte no ano passado? Irreconhecível! Inventar o Ramiro na lateral?! É triste, mas continuando assim, ele deve ser mandado embora, foram 3 meses e meio e nenhuma evolução.

    A parte física é decepcionante, consegue ser pior do que a do ano passado. Novamente no segundo tempo o time morreu.

    Pelo que vem jogando o Grêmio, não se classificará, não ganhará lá em Quito nem do Toluca em casa.

  18. Sobre o que disse o Giovani, eu concordo plenamente.

    Eu gosto do Ròger. Ele é um treinador interessante, mas a equipe parou de evoluir. E isso se deve a própria escalação.

    Ele coloca o Bobô, mas não centroavante sai da área. Além disso, o time não cruzou uma única bola.

    Fizemos um gol por milagre. Foi um gol de superação.

    Time do Grêmio sofreu o gol muito cedo. E depois tentou reagir. O time falhou tanto que só não levamos 5 no primeiro tempo, porque Grohe fez milagres.

    No segundo tempo, Grêmio entrou já cansado. E o San Lorenzo é com um treinador contestado e tecnicamente é um time que possui problemas.

    Os dois times sofrem pela deficiência da preparação física.

    A direção continnua com seus equívocos. E colherá os mesmos resultados. Falei isso aqui em outros posts.

    Infelizmente, esse ano não dá para vislumbrar títulos, pois a direção não tenta corrigir os problemas que saltam os olhos.

    Além de não evoluir, Róger não consegue achar as soluções para as laterais.

    E hoje, ele foi salvo pelos garotos do Grêmio.

  19. Cala a boca alfredo, pelo amor de Deus.

    Tu fica detonando o grohe e elogiando o burroth, sai pra lá, urubu!

    Ps. Roger , infelizmente, é mais um treinadorzinho comum. Não deve durar muito, foi engulido pelo vestiário. Hoje o emprego dele foi salvo pelo lincoln, grohe e geromel. Até quando eles vão conseguir salvar o treinador?

  20. Visivelmente Roger está perdido.
    Há uma semana as suas soluções eram Henrique e Fernandinho, ontem passaram a ser Pedro Rocha e Lincoln, sendo que era o mesmo adversário, com a mesma proposta. Se perdeu nas suas convicções, ficou evidente que montou o time/banco da Arena pensando só na administração do grupo e não na qualidade técnica/tática dos jogadores.
    Ontem fez pior, foi o legítimo caso de jogar pra torcida insatisfeita, colocar o Lincoln como salvador da pátria, aos 20′ do 2º tempo, na Argentina, é como dizer: “ta aí o xodó de vocês, vamos ver se é tão bom assim”
    Mas ele é bom mesmo!
    Foi decisivo, como Douglas quase nunca é. Como Giuliano quase nunca é.

    Desde o início do ano se fala que o Lincoln vai ser o cara, só não vê quem não quer e me admira a resistência que a comissão técnica criou para isso. Perdemos 2 meses de preparação e ontem por pouco não perdemos a Libertadores, será que agora vão fazer o óbvio?

    Quanto ao resto do time, tá previsível, os problemas saltam aos olhos, mas nada é corrigido. As críticas do jogo contra o Toluca valem para ontem, são os mesmos erros de sempre.
    Infelizmente o problema é muito maior do que colocar o Lincoln, tá na hora de uma mudança de posicionamento do meio e temos um mês de preparação para Quito.
    Se não mudar a posição dos volantes e dos meias vamos continuar sofrendo.

  21. sem Marcelo Oliveira e Maicon é a chance de ajustar o time.
    Volta Walace no meio e deve entrar Hermes.
    Eu começaria a montar o time com Edinho centralizado, Walace e Lincoln pelo meio, Rocha e Everton nos lados e Luan na frente.

  22. Falta uma voz forte de comando no Departamento de Futebol. É visível a visão arcaica e a passividade de alguns dirigentes que se submetem aos ditames do vestiário. A hierarquia fica num segundo plano, ainda mais quando o treinador é um ex-jogador subordinado aos humores das lideranças da hora. Roger, infelizmente, se tornou refém dos seus iguais. Está perturbado e atrapalhado. É cada vez maior o número de descontentes que reclamam por uma ação mais enérgica do treinador, diante da baixa produção de alguns jogadores que, não se sabe por quais motivos, são mantidos como titulares. As recentes más jornadas da equipe tem causado preocupação e insatisfação no torcedor. Manter um jogador – por qualquer motivo — dentro de campo quando sua resposta é insatisfatória e compromete o coletivo, não se justifica. A equipe vem caindo gradativamente de produção. Suas últimas atuações, com raríssimas exceções, tem sido verdadeiros filmes de de terror a assombrar a torcida. Roger tem que rever seus critérios de escolha. Nem sempre o que é melhor para o treinador é o melhor para a equipe. Que não se espere a casa cair para promover as mudanças. Está mais do que na hora de dar um “upgrade” na equipe, botando para jogar – sem medo nenhum – jogadores jovens que estão pedindo passagem. O que não se pode admitir, sob pena de comprometer todo um trabalho que se pronunciava promissor, é o “apadrinhamento” de jogadores que estão deixando a desejar. Tudo que balança, um dia cai. É bom não esquecer…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.