O Fator Renato

Amigos Gremistas, shop

Renato, por tudo que já fez dentro e fora de campo, é daquelas figuras lendárias do futebol. Tanto é verdade, que sustento a tese de que, se não tivesse sido cortado por Telê em 1986, teria sido ele o craque da Copa (que me perdoe Maradona).

Todavia, separo bem o ídolo e grande figura do técnico. E é sobre esta mistura ídolo+técnico quero falar. Entretanto, não sobre ele, e sim sobre a reação que as pessoas têm a esta figura impar do esporte mundial.

Vou separar os “entes” que julgo artífices desta relação de amor e ódio como torcidas, dirigentes (e projetos de) e imprensa.

Relação de amor e ódio com o técnico (Foto de Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio)
Relação de amor e ódio com o técnico (Foto de Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio)

– Os jovens torcedores do Grêmio

Essa galerinha que apronta altas confusões não viu o Grêmio ser campeão. Nascida nos anos 90, é carente de títulos. Eles veem o Grêmio bater na trave, passar perto e não lograr êxito e se enervam. Esquecem que futebol é título, mas não é SÓ título. Talvez, para mim seja fácil falar, vi o Grêmio ganhar tudo e mais um pouco.

Esta turma coloca a culpa no Renato pelo fato do Grêmio não ter chegado aos títulos da Copa do Brasil e do Brasileirão. E ficam bravos com quem tem nele um ídolo. Ainda cometem a heresia de chamá-lo de arrogante. Ora, meus amigos: se tem uma coisa que o Homem-gol sempre foi é arrogante. Este traço de sua personalidade ajudou em muito na mistificação do mito. Além disso, me digam aí: existe algum técnico que não seja arrogante?

– Os cegos de amor

E a parcela da torcida que passa o tempo brigando com a citada acima. Aqueles que acham que Renato é Midas, um deus acima de bem e do mal e que ninguém pode falar um “ai” dele. É, o fanatismo exagerado é sempre algo ruim, nunca vi ser positivo.

– A imprensa e os colorados

Coloco os dois no mesmo “saco” pois são quase a mesma coisa. Estes, sofreram muito por causa de Renato. 23 anos tentando igualar seus feitos. Além de ver o cara arrebentando dentro de campo e levando o nome do Tricolor aos quatro cantos da Terra, ainda tinha que aguentar ele estraçalhando fora de campo: boa pinta, rei da mulherada, garoto do Rio, rico, etc. A inveja, sim, ela é uma merda. Destes, sempre esperarei uma ou outra frase de rancor, nem devemos levá-los a sério.

– Os envolvidos na política do Grêmio (dirigentes, pseudo-dirigentes, aspirantes a dirigentes e aspones de aspirantes de dirigentes)

Estes são os piores. Não são todos. Mas grande parte daqueles que alinham com o Odone. Renato é o símbolo da prosperidade de Koff no Grêmio. O atual presidente é a maior figura Tricolor de fora de campo e Portaluppi é responsável direto por isso.

O que estes fazem? Aproveitam qualquer coisa pra tentar queimar o Renato técnico. Seja pelo que citei acima, seja pelo fato de ter havido muitas rusgas durante a passagem do Homem-Gol pela casamata do Grêmio quando vossa excelência nobre deputado era presidente. Não perdem a chance. Dizem frases como “Renato não é técnico” (Julinho Camargo que é, né?!), “Renato não dá treino, é só rachão” e por aí vai. Além disse, tiveram a pachorra de tirar uma declaração dele de um contexto (quando ele cita a Geral), criar uma versão e usá-la de forma totalmente politiqueira, tentando jogá-lo contra o torcedor.

Não acredita em mim? Então, vai atrás do histórico político de quem emitir os conceitos que cito acima. Vais me dar razão.

O que me preocupa é que muitas destas pessoas são influentes, já passaram pela administração do clube e ainda darão as cartas por lá. Uma pena.

– Os Gremistas que separam o ídolo do técnico

Enfim, chegamos ao grupo ao qual, deixando toda a modéstia de lado, eu me incluo. São aqueles que nutrem toda admiração pelo ídolo, mas conseguem analisar sua atuação como técnico sem misturar as coisas.

Renato está na média dos técnicos brasileiros. Eu diria que há dois caras acima da média (mas não muito) dos que ainda atuam: Felipão e Tite. O resto é tudo “japonês”. E não me venham com Muricy. Ele faz parte do São Paulo, lá ele sempre dará certo. Fora de lá, ora ele dá certo, ora não (como TODOS os outros). Vejam o caso de Ney Franco (últimos dois anos).

Portaluppi é técnico. E, como tal, tem suas convicções, suas teimosias, seus bruxismos. Como todos. Aquilo que ele faz certo, temos que elogiar. O que tá errado deve ser criticado. Contudo, sem o desespero dos oportunistas que esperam a hora da derrota e sem a raiva de quem politiza tudo pra angariar votos.

O Homem-gol pegou o Grêmio em 8º (tem clube aí que nem nessa posição consegue chegar) e levou pra parte de cima da tabela. Méritos dele. Ou vão dizer que foi sorte o fato do Tricolor ter disputado o título até seis ou sete rodadas atrás.

No último mês, a coisa deu uma desandada. Renato errou? Claro que sim. Muita coisa é responsabilidade dele, outras tantas são da direção, que deveria colocar alguém experiente ao lado do treinador para orientá-lo.

Deixo um questionamento a vocês: ok, Renato não é o artigo como técnico. Mas, se não for ele, vai ser quem? E não me venham com Felipão ou Tite. Quero um nome que chegue e seja unanimidade, mas que o Grêmio possa PAGAR.

P. S.: qualquer comentário que cite o Juarez será BANIDO! (mentira, esse blog é totalmente democrático e eu não faria isso, mas gostaria…)

Abraço de gol!

Rafael Pinto
@rafatpinto

Participe da discussão

28 comentários

  1. Renato esta acima de tudo. Não sou da geral, também não me senti ofendi com o que disse o Renato. Ele tem razão, A geral apoia até fim a aplaude na derrota. Só acho que o Renato deve aprender a conviver com a adversidade, aceitar vaia. Esse vaia hoje vai gritar o nome do Renato Logo ali adiante. Firme Renato no seus propositos, podemos perder para o adversario, jamais para o medo.

  2. Renato.
    Baita motivador. Lida bem com a boleirada.
    Sabe encontrar soluções quando perde o time titular.
    Não sabe encontrá-las durante o jogo, nem quando o time fica manjado.
    Tem o ego maior que Porto Alegre e muitas vezes se atrapalha com isto.
    Ficou viciado em jogador que marca o tempo todo. Fez um time de 11 volantes e não abriu espaço para o melhor meia do time, Maxi. Seu maior erro na temporada. Se qualquer outro técnico perdesse para o CAP do jeito que ele perdeu, seria execrado pela torcida, mas como é ídolo…
    É muito irregular. Excelente em 2010, foi péssimo em 2011.

    O melhor treinador do país no momento está no Cruzeiro. Quando tu montas um time vencedor, sem estrelas, então está provado que tu és um grande técnico.

  3. Sou da geração dos anos 90 tenho uma vaga lembrança daquela época,meus ídolos estão de lá até aquele time do começo dos anos 2000, estou sedento por títulos porém acho que devemos respeitar nossos ídolos como o Renato e não queimá-lo nesta “batalha” dele contra o Zé (um bom jogador, nada além disso),vejo torcedores enlouquecidos, não quero paciência deles, mas calma pessoal a coisa está mudando aos poucos, e parafraseando a campanha de um presidente “deixa o homem trabalhar”

  4. só um detalhe: se o renato pediu realmente 900 pacotes pra renovar, o tite assinaria por um preço perto disso, então dá pra colocar o tite na lista.

    dito isto, fico com tite.

    desculpem, mas o renato tá muito cagão. terminar o jogo com o vasco sem atacantes não precisava, e ele tá muito teimoso, o time tá afundando e ele não muda nada. e estamos afundando há horas, não dá pra tapar o sol com a peneira.

    com mudanças simples poderíamos estar melhores (maxi, acabar com esses três volantes, dar um “descanso” pro barcos) ou pelo menos tentando sair do marasmo.

    mas não, não importa o que aconteça, o time não muda e o renato ainda vem dar letra pra torcida.

    quer dizer que depois da desclassificação deveríamos fazer o que? aplaudir? um time milionário desses e que não rende nada?

    desculpem, mas isso é demais pra mim. renato é meu maior ídolo no esporte, mas o Grêmio pra mim é maior que tudo (que minha esposa não leia isso… hehehe).

    ps. faltou um tipo nos citados acima: o cara que apoia a direção (seja qual for) incondicionalmente e nada, simplesmente nada, que a direção que ele apoia faça está errado. e quem discorda é idiota, estúpido e amargo. até a direção dele sair, daí ele passa a criticar duramente quem entrou, e quem discorda é amargo, estúpido e idiota.

  5. Renato assumiu o Grêmio em 4º lugar na sexta rodada. Seu primeiro jogo foi o 1×1 com o Atlético-PR. Grêmio NUNCA ESTEVE NA 8ª POSIÇÃO NESSE CAMPEONATO.
    Sou do grupo que separa o ídolo do técnico e escrevo com toda a propriedade: RENATO É PÉSSIMO TREINADOR. GRÊMIO ESTÁ HA MAIS DE 45 DIAS SEM TREINO TÁTICO E ISSO SE APRESENTA NA BAGUNÇA DO TIME.

  6. Rafael ” abraço de gol”.
    Em primeiro lugar foi um prazer ter te conhecido no Encontro do Grêmio Sempre Imortal.
    Concordo com boa parte do texto.
    Porém, penso que Maxi deveria ser titular, mas o Renato sabe muito melhor do que eu as reais condições desse atleta.
    Tirar o Barcos tudo bem ? Mas quem entra no lugar dele?

  7. Gosto é gosto. Eu prefiro sempre aplaudir o treinador quando estiver
    certo e criticar quando estiver errado.
    Porque com Renato minha avaliação seria diferente?
    Reconheço nele muitas virtudes como grande jogador que foi e como treinador que é, mas, para mim,”Imortal” só o Grêmio
    A blindagem não faz bem nem para o admirador nem para o idolatrado.
    Deixa no ar a sensação de uma exclusiva permissividade, a qual, não deve ser dada a ninguém dentro do clube.
    A juventude gremista não viu o Grêmio ganhar nada.Vive da história gloriosa do clube, na qual Renato é uma das figuras expoentes, senão, a maior.
    Mas, vamos com calma. Essa mesma juventude só sabe desses títulos, de ouvir falar. É bombardeada com promessas rocambolescas a cada nova eleição, como se para chegar lá, no que realmente é bem bom, bastasse tirar o coelho da cartola.
    Futebol não é mágica.
    Renato é a nossa mais viva esperança de “quebrar esse jejum” que teima em persistir.
    Como todo mortal, terá que aprender a conviver com as agruras da profissão, com seus caminhos tortuosos e com o elogio fácil, porque não?.
    Seus títulos – passados e presentes – não entram em campo e não fazem gols.
    Afinal, o que a torcida dele espera, é que seja, como treinador, o iluminado condutor dessa travessia tão aguardada por todos nós – principalmente pelas novas gerações – que tenha os pés no chão e que tenha a consciência de que elogios e tapinhas nas costas fazem parte da caminhada, mas que, na hora do “pega-pra-capá”, o que vai prevalecer são os resultados de campo.
    Assim tem sido com todos os treinadores. Assim é. Assim deve ser.
    O resto, é enganação…

  8. Pelo que eu ouvi o Renato pediu 500 mil pra renovar. É caro, óbvio, mas não se consegue um técnico melhor com isso. Aliás, não tem técnico melhor disponível no mercado, o Tite, que seria o único aceitável, além de ser caríssimo parece que vai pro exterior ano que vem.

    Eu quero ver o que o Renato pode fazer com esse time, treinando corretamente na pré-temporada. Não condeno ele pelo jeito que o time joga hoje. Esse ano o Grêmio jogou duas partidas por semana todas as semanas, não tem como conseguir implantar uma mecânica de jogo assim.

    E concordo totalmente com ele quanto à torcida: pode vaiar ou xingar à vontade, até porque o Grêmio comete muitos erros, mas durante o jogo é APOIO INCONDICIONAL.

  9. faltou falar contra a torcida coxinha que fica histerica por ZÉ-ratão-Roberto, Capitão-Fracasso. Caxias, Cruzeirinho, Grenal, Milonarios, Santa Fé, Criciuma, Plmeiras-CB.2012, Huachipato, Caracas e por aí vai…
    ” Super-Zé : fracasso garantido ou seu dinheiro de volta “

  10. Renato deu entrevista.

    Vi gente nas redes sociais dizendo: “não ouvi e nem li a entrevista, espero que não tenha sido um ataque de estrelismo”.

    Ou seja, o cara é julgado até por coisas que o julgador nem sabe se ele disse.

    É, amigos. Tá aí, na cara de todo mundo. Só não vê quem não quer.

  11. Não quero o Renato no Grêmio em 2014.
    Arrumou toda a parte defensiva do time, mas na hora de progredir falhou feio.
    Se o time passa vários jogos com dificuldades na criação e ele deixa o Maxi sempre no banco, prá mim foi picado pelo vírus da gripe Rothiniana.
    Acho que tá na hora de dar lugar para um Gilmar da vida.

  12. Quanto à torcida que fica pedindo o Zé Roberto, acho que nunca observaram bem ele em campo. Mil vezes Ramiro e Ramirez do que o Zé.
    Meu time para enfrentar o Flamengo seria:

    Dida
    Pará (argh), Rhodolfo, Bressan (!!!) e Alex (ou Zé)
    Souza, Ramiro, Ramirez e Maxi.
    Barcos e Lucas (ou Mamute).

  13. GRÊMIO 2014.

    INDISPENSÁVEL.
    1. Mandar embora Adriano, Elano, Zé e Cleber. O Vargas nem precisa mandar.
    2. Contratar Rhodolfo.
    3. Achar um lateral direito. (Pará é excelente para a reserva).

    ALTAMENTE RECOMENDÁVEL.
    1. Trazer outro técnico.
    2. Repatriar Julio Cesar para a lateral esquerda. Único Lat.Esq. que jogou alguma coisa nos últimos anos.
    3. Um bom volante (Moisés do Palmeiras).
    4. Um meia para jogar ao lado do Maxi
    5. Um 2o atacante(Jonas seria perfeito). Barcos já foi goleador e pode voltar a se-lo. Principalmente ao lado de Jonas que fez o nome até do André Lima.

    AJUDARIA MUITO
    1. Mais um zagueiro de alto nível
    2. Dois novos meias ao invés de apenas mais um.

    Ou seja: Não precisaria muito. Apenas 5 dispensas, 5 contratações e um técnico sério.

  14. Será que o empresário do Cleber encontra outro diretor trouxa igual o Odone para fazer um contrato astronômico com o seu pupilo bunda dura?

  15. Artur:

    Tira o barcos e bota o maxi. Mais movimentação e toque de bola.

    Ps. Eu fui um dos primeiros a pedir elano e zé fora do time. E apoiei muito o renato quando não botou eles de volta. Agoro me sinto livre pra criticar o renato quando estagnou e não mostrou evolução no comando do time. Ele não é intocável (a não ser como ídolo).

  16. Falar que o benfica é colorado foi a melhor coisa que o renato fez.

    Mas ao contrário do renato jogador, o renato treinador não se garantiu e começou a ir muito mal.

    Quem não quer ver não veja. E continue comemorando vaga ano após ano. Eu não aguento mais.

  17. o torcedor NAOOOOO vai pela ONDA da midea VERME 69 , ok . ( 90% ) !!!!!!!!!!!!!!!!! ” a PROVA DISSO esta em campo ” . basta ver alguns jogos E tirar suas CONCLUSOES independente da VERMELHAGEM 69 neeeeeee .

  18. Vendo o jogo da seleção, lembrei de uma passagem que acabei esquecendo de colocar no texto: os mesmos politiqueiros que criticam Renato por ele não ter se acertado com o Odone, espalharam pelo RS a ideia de que Felipão estava ultrapassado (quando ele foi cogitado para treinar o Grêmio – ele recuso o convite pois já havia acertado com a CBF).

    Sim, Felipão tá bem ultrapassado.

    Bom é o Luxa, o preferido deles.

  19. C. Bimbi
    Renato não é muito defensável e quem o defende sem análise técnica tem que apelar prá essa de que os outros estão seguindo a mídia.
    Argumento bastante pobre. Aliás, nem argumento é, apenas julgamento da capacidade do outro para ter sua própria opinião. Reflete muito do estilo do argumentador e nada de suas idéias sobre futebol.

  20. Artur:

    Pra ficar os dois, teria que sair o riveiros e ficaria um 4 2 4.

    E além disso o barcos não tá jogando nada…

  21. Outra: tão falando na volta do rockembach. Aí é pra fechar a tampa do caixão, vamos ser o time mais lento do universo.

    Tomara que seja outro balão da ivi (tipo a volta do douglas cachaça)

  22. Sai pra lá coisa ruim!!!!
    Disse tudo o Joao Luiz, nosso time já é uma tartaruga idosa, imagina com Rochembach. E pior é que vai ter jornaleiro dizendo que Souza, Rochembach, Elano e Ze Roberto seria um baita meio. Só se for pra time de showbol.
    Ja disse no outro post, o Grêmio precisa contratar cirurgicamente e jogadores adequados ao esquema de jogo que se propor para o ano que vem, que sob nenhuma hipótese pode ser o mesmo desse ano.
    Velocidade é a principal carência deste elenco. Douglas e Rochembach são as antíteses da velocidade, isso sem dúvida é mais uma da IVI. E nossos dirigentes nada falam, deixam os jornaleiros deitar e rolar com suas notícias plantadas que deixam a torcida com um frio na espinha.

    Pergunta: quando que o Grêmio ira começar a suprir algumas de suas carências com jogadores da base?? Isso era promessa de campanha, quero só ver ano que vem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.