O detalhe que pode explicar os fracassos

Meu Deus, click alguém em explica.

Eu sempre pensei que o mundo tinha alguma “meritocracia”, order mas a incompetência parece ser obrigatória em alguns casos.

Hoje, dia 18 de junho de 2012, descobri que as cadeiras da Arena não terão braços. Pelo amor de nosso Senhor Jesus Cristo, por que não?? Duvido que alguém consiga explicar o motivo de tamanha burrice. E não me falem em estádios da Europa.

Pensem comigo: O sujeito pega um projeto de mais de 600 milhões de reais, não tem nada construído. NADA! Projeto do zero. Sabem como é? Só o terreno! E em vez de fazer um projeto excelente, com todo o conforto, ele vai lá e faz um projeto onde cadeiras não possuem braço. E por que não possuem braço? Ora, obviamente, porque quem fez a desgraça do projeto não vai sentar nas cadeiras que não tem braço. Ou se vai, é pior ainda. Cadeira com braço mais que triplica o conforto. E não me venham com o argumento estúpido de que cadeiras com braço diminuem a capacidade. Não havia estádio, era só fazer pouca coisa maior, não ia ter impacto financeiro maior que o tal aditivo.

Sabem o real motivo das cadeiras não possuírem braço? Eu respondo: quem fez o projeto pertence a tal casta que ou não frequenta estádio ou nunca se importou com os torcedores. Sabem aquela tacanhice irritante que administra o GRÊMIO há anos? Pois é, essa mesma. Está aí a tal explicação de porque não ganhamos nada. São essas pessoas que administram o GRÊMIO. Sentiu o terror?

Nesse momento me pergunto: precisamos mesmo de alguém para nos ensinar a administrar o GRÊMIO? E quem seria essa pessoa? Porque parece ser bem simples do que pintam. Parar fazer as burrices que fazem não é preciso curso. É só ir lá e fazer. Para fazer um projeto de estádio novo e colocar cadeiras sem braço vou lá e faço, mas de propósito porque se eu fizesse no piloto automático elas teriam braço.

Sei que parece exagero reclamar do braço das cadeiras, mas eles são muito mais que só o braço das cadeiras. É a ideia como um todo. Quem não prevê braço em cadeira, tem capacidade de gerir um clube do tamanho do GRÊMIO? Sinceramente parece que a coisa é proposital. Não é possível que alguém tenha sentado e pensado que isso seria o melhor. Às vezes eu penso que os “grandes GREMISTAS com incontáveis serviços prestados ao clube” pensam no melhor e aí fazem exatamente o contrário.

Favor corrigir se eu estiver errado. Mas não tente digitar no braço da cadeira, porque ele não existe.


Anderson Kegler

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.