Em face das ocorrências da última quarta, seek quando do jogo do Grêmio contra o Corinthians, no rx o Sempre Imortal achou por bem divulgar o relato do cônsul do Grêmio que foi PRESO e ALGEMADO por estar portando um PERIGOSÍSSIMO e ASSASSINO trapo com o nome da sua cidade. Abaixo, a versão dele:

“Se serviu pra unir o Grêmio, valeu a pena”.

Após ser questionado por muitas pessoas sobre o que aconteceu comigo na quarta-feira, 03/06/15, no decorrer de Grêmio 3×1 Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, resolvi fazer meu relato.

Eu estava entrando no setor da Geral portando uma faixa em que estava escrito “Encantado é Grêmio”. Era quase a minha vez de passar pela roleta quando fui abordado por um policial que pediu para abrir a faixa.

Abri e ele disse: “Estão proibidas faixas nesse jogo”.
Argumentei: “Pelo que sei somente faixas da Geral estão proibidas”.
Policial: “Não, todas estão”.
Questionei: “Mas não tem nada demais escrito, somente o nome da cidade, por qual motivo está proibido?”
A resposta: “Torcedores do Grêmio brigaram no Grenal do Gauchão”.

Tentei dizer que eu não participei da briga, mas veio a explicação: “Não importa, quando um torcedor do Grêmio briga é toda a torcida do Grêmio”.

Como o jogo havia começado, já estava 1×0 e percebi que a discussão seria inútil, decidi não perder mais tempo e perguntei: “E o que devo fazer então?”

A resposta: “Leva lá pra baixo da rampa e pega no final do jogo”.

Foi então que comecei a caminhar em direção ao início da rampa acompanhado por 2 (dois) policiais. No trajeto fomos conversando, eu dizendo que aquilo não estava certo e eles explicando que não podiam fazer nada. Mas tudo numa boa, sem nenhum atrito. No caminho o Grêmio fez 2×0.

O "perigosíssimo" trapo da "discórdia".
O “perigosíssimo” trapo da “discórdia”.

Chegando ao início da rampa norte, os 2 (dois) policiais voltaram e me deixaram lá com outros 4 (quatro) policiais.

Perguntei: “Onde posso deixar a faixa?”
Policial: “Leva pro ônibus”.
Eu: “Mas nem sei onde tá o ônibus. O motorista nos largou e foi estacionar. Vai nos pegar no final do jogo no lugar combinado”.
Policial, novamente: “Leva pro ônibus”.
Eu: “Não posso deixar ali do lado da rampa e pegar no final?“
Policial, de forma ríspida: “Leva pro ônibus ou joga no lixo isso aí”.
Foi então que perguntei: “É assim que ensinam vocês a falar com as pessoas na academia?“
Sentindo-se ofendidos os 4 policiais vieram pra cima de mim e fui algemado.

Sem nenhuma agressão, fui levado a uma sala para fazerem o registro. Os motivos da prisão: Desobediência (não sei pelo que, por não ter levado a faixa até o ônibus, talvez) e resistência a prisão (não houve resistência).

Em certo momento em que estávamos somente eu e um policial na sala, disse que era impossível que pessoas de bem ficassem ao lado deles com aquela maneira de agir. A resposta foi que o motivo é porque eu havia lhe desacatado. Argumentei que ele falou de uma maneira completamente desnecessária, como se dissesse: “Te vira com essa faixa, leva pro ônibus ou bota no lixo”. Ele retrucou dizendo que quando perguntei se era daquela maneira que ensinavam a falar na academia, eu estava incitando as demais pessoas ali presentes a agirem de forma agressiva. Eu disse que todo mundo já havia entrado, não tinha mais ninguém ali além da gente, alguns orientadores e umas poucas pessoas do lado de fora da grade, estava tudo tranquilo e eles conseguiram transformar uma situação completamente controlada em prisão.

Em outro momento, questionei o porquê de estarem proibidas as faixas. A resposta foi que torcedores do Grêmio brigaram entre si. Falei que eu havia visto torcedores colorados brigando entre si no jogo Inter x Emelec e, mesmo assim, em todas as partidas vejo faixas, instrumentos e barras no Beira-Rio. A argumentação foi que era orientação da Conmebol (???).

De repente passa outro policial pela porta da sala, que agora estava aberta. Ao ver-me algemado ele para e pergunta: “Tu tem celular?“
Eu: “Sim”.
Ele: “Tem TV no celular?“
Eu: “Não”.
Ele: “Ah bom, senão eu ia te mandar ver o jogo no celular hahaha…”

Algo completamente desnecessário, ironizando a minha injusta situação. Ele nem sabia o motivo de eu estar ali já que não era nenhum dos 4 (quatro) policias que me algemaram.

Por volta das 23h30 fui levado até o Jecrim. Permaneci na sala de espera, sempre algemado, com vários policiais ao meu redor, o Defensor, representante da FGF, dentre outras pessoas.

Após algum tempo, finalmente, as algemas foram retiradas e entrei em uma sala com o Defensor e um representante da FGF. Pediram para eu contar minha versão. Fiz o relato e então disseram que minhas opções eram:

1 – Levar o processo adiante, mas levaria tempo, eu gastaria dinheiro e, em caso de condenação, contaria como antecedente.

2 – Aceitar um acordo de 4 (quatro) jogos me apresentando na delegacia no horário das partidas. Isso não contaria como antecedente.

No início resisti um pouco em aceitar, mas já era meia-noite passada, o jogo havia acabado, o pessoal estava me esperando na van e eu queria ir logo embora. Aceitei o acordo. Fomos pra frente do Juiz, assinei o que tinha que assinar e em alguns minutos fui liberado.

Detalhe que fiquei algemado desde pouco mais das 22 horas até depois da meia-noite, sempre rodeado por muitos policiais e sem apresentar nenhum risco de fuga. E sobre isso:

 Trapo02

Este é o meu relato da história que serve também para evitar que sejam criadas versões por quem não sabe o que aconteceu.

No outro dia, conversando com amigos, alguns achavam que eu deveria externar o acontecido. No início achava melhor que não, pois sou o Cônsul do Grêmio em Encantado e organizo excursões para quase todos os jogos com homens, mulheres, crianças e muitos adolescentes. Alguns pais falam comigo antes de deixarem seus filhos irem já que querem saber se é seguro e pedem para eu ficar de olho, desta forma acabo sendo o responsável.

Assim, meu medo era a repercussão negativa que a história teria, com algumas pessoas podendo associar o caso com drogas, outras concluindo: “por nada ele não seria preso” e ainda, estes com razão, pensando: “se o Cônsul foi preso, imagina o que podem fazer com meu filho”. Ou seja, as excursões que sempre tiveram um clima divertido e nunca houve nenhum problema poderiam pegar uma fama ruim, com pais proibindo seus filhos e outros desistindo de ir a jogos (sendo que muitos não têm como ir se não for de excursão).

No entanto, a história acabou chegando ao conhecimento de várias pessoas que nem conheço, de vários grupos políticos do Grêmio, que acabaram por fazer chegar ao conhecimento de pessoas importantes dentro do clube. Com tanta gente sabendo, foi inevitável a divulgação, por isso eu não tinha mais o porquê esconder.

De tudo isso, incrivelmente, tive a impressão de ver algo bom que pensava ser impossível acontecer. Membros de vários Movimentos do Grêmio trabalhando unidos, mesmo que alguns de forma involuntária, em benefício do clube. Todos tentando solucionar esta já absurda perseguição (não vejo outra palavra) contra a torcida tricolor.

Espero sinceramente que esse tipo de tratamento acabe e que o Ministério Público, BM ou quem quer que sejam os responsáveis reflitam se estão agindo da maneira correta no que diz respeito à torcida gremista, que deixem a festa voltar à arquibancada e, principalmente, que eu não tenha tido somente uma ilusão referente à política interna tricolor, que os muitos grupos do Imortal consigam sim trabalhar mais vezes juntos em prol do Grêmio, deixando de lado picuinhas e vaidades. Dito isso, o resto da torcida mais fanática do Brasil abraça.

Lembrando que 14/06 será o #DiaDoTrapo. Leve seu trapo a Arena.

Abraço Imortal.

Fabrício.

Participe da discussão

47 comentários

  1. Prisão arbitrária. Um verdadeiro absurdo com a torcida gremista.

    Pois bem, no jogo deles contra o Coritiba teve torcedor que apanhou, teve que ser reanimado e agora? O Promotor SEABRAcadabra vai proibir as faixas e tudo mais na torcida deles?

    Na verdade o Grêmio é um verdadeiro ânus. Tratado com lixo pelo MP, BM, Bombeiros e etc. Culpa são das direções que passam pelo Grêmio e não tem culhão para peitar essa corja. Todo mundo sabe que o Promotor SEABRAcadaba (some quando é contra o inter) é colorado fanático, na verdade ele não é colorado é anti gremista. Ai o Embromildo fica choramingando na rádio e não toma uma atitude contra esse sujeito.

  2. Mais uma história de desrespeito ao torcedor e nada muda. Torcedor do Grêmio toma pedrada na cabeça, toma até tiro de bala de borracha na cara, mas segue tudo igual.
    Nesses momentos sempre espero pela versão do clube em defesa ao seu torcedor e para cobrar as autoridades, pois é quem tem força pra isso.
    Porém, mais uma vez, o clube nada faz. Depois querem voto em eleição, mas a verdade é que a direção não se importa nem um pouco com o torcedor!

  3. Solidariedade ao amigo gremista por sofrer tamanha arbitrariedade.

    Direção, dignifique sua responsabilidade perante o clube e a torcida, tome atitudes contundentes para terminar com esses abusos.

  4. Alguém saberia dizer qual o motivo de tamanho medo, acadalamento de todas as direções do Grêmio em peitar esses órgãos públicos?

  5. CARA , ENTRA COM 1 BOM PROCESSO CONTRA a BM ! PEGA 1 BOM advogado e 2/3 testemunhas , E detona esta BM 69 . ( NEM QUE TU tenha QUE dar toda a GRANA pro ADVOGADO DEPOIS ok ) MAS PROCESSA esta MAFIA bm 69 !

  6. Existe algo muito sério rolando nos bastidores da dupla GREnal…
    Temos esses casos da MP, BM que são graves.
    E temos casos lá perto do rio que nada acontece.

  7. E O ” MASSACRE ” NO AG fifa 69 , cade o SUPER PROMOTOR ISENTO = SEABRA 69 EXEMPLAR DEFENSOR da LEI agora ????????????? CADE A MIDEA ISENTA DO RS , QUE TEM CREDIBILIDADE e PROFISSIONAIS enrustidos AMARGOS DO ATERRO , QUE SO QUEREM malhar a TORCIDA do GREMIO , SISTEMATICAMENTE POR odio ou doenca MENTAL . ” TUDO SERA ABAFADO , pela FORCA PROTETORA = midea , BM , MP , AOS 69 !!!!!!!!! A REALIDADE . ATE cego VE isso !

  8. TEM QUE COBRAR estes FATOS ( GRAVES ) DO 69 . A ESTA VERGONHA chamada de MIDEA , QUE infelizmente temos AQUI , E QUE PROTEGE OS ” ANJINHOS DA TORCIDA 69 ” como SEMPRE . ” COBRAR TBM A MIDEA DE FORA = SP / RJ ” .

  9. Gostaria de ver o Grêmio fazer algo mais sobre isso do que uma crítica em coletiva pós-jogo.
    Penso que a vítima do abuso deveria levar isso às últimas consequências, até porque, agora que todos já sabem, melhor seria pros gremistas que vão à excursão ter a certeza de que um abuso assim não ficaria indefensável caso ocorra com eles

  10. Essas brigas recentes da torcida do coirmão contra o Palmeiras e contra o Coritiba tá me cheirando gente da Geral infiltrada no meio. (ironic mode)

    O paspalhão mor, Fabiano Abobadasso, já disse que foram torcedores de São Leopoldo que brigaram. Ahhh bom, então tá explicado. Essa gente de São Leopoldo que vai brigar no estádio não toma jeito.

    Manchete em sua ZéAgha de segunda….”Em jogo de missa de Fernandão, torcedor é ressuscitado após briga”.

  11. Eu não entendi, jogador é ressuscitado no jogo do Fernandão. Então é milagre, vamos santificar, vamos mandar para o Papa, agora é São Fernandão.

  12. Eu tenho a minha opinião sobre este episódio, o Fabrício é um cara de sorte. Ele foi humilhado, algemado, condenado, mas está vivo lá sua bela Encantado. Eu não sei qual a idade do Fabrício, mas acho que ele não se lembra daquele cidadão negro, que foi preso num super mercado no Partenon, há alguns anos atras. O cidadão entrou vivo na viatura e chegou morto no Pronto Socorro. e aquele torcedor que levou um tiro de bala de borracha no olho. Fabricio, se tu não tivesse sido preso na Arena, na frente de várias testemunhas, certamente serias convidado a dar um passeio pela cidade, e hoje não estarias na tua bela Encantado, gozando do convício de teus familiares e amigos. Fabrício, tu és um homem de sorte. Fica frio meu velho, quem ainda não passou por isto vai passar, quem não teve amigos, familiares que passaram por estas humilhações, ainda vai passar. Quando tiveres algum tipo de problema com a BM, chama o bandido, que ele certamente só vai bater a tua carteira e nada mais.

  13. Querem que o clube se importe com isso? É simples.. Não vão mais no estádio!! Quando eles tiverem que abrir aquilo lá pra mil pessoas quero ver se não vão repensar o tratamento dado ao torcedor, que não é de hoje.. É de muito tempo e foi exatamente o que me fez desistir de ir.

  14. É… o apequenamento do Grêmio continua a se manifestar em todas as direções. Quando não é dentro de campo é fora dele. Entramos num novo ciclo onde o ex-tradicional Grêmio de Futebol Porto Alegrense, é chutado tal qual “cachorro morto” e desrespeitado em todas as instâncias, sem dó nem piedade, e não manifesta, através de seus dirigentes, nenhuma contrariedade, nem um ai. Pune-se, ao arrepio da lei, toda uma torcida e não se vê indignação de nenhum lado.
    Hoje, nossa campanha no campeonato é inferior a clubes sem nenhuma tradição e, pasmem, estamos atrás até do time B do nosso tradicional adversário. Mas lá, na “ilha da fantasia tricolor”, está tudo azul, está tudo dentro planejado e todos estão prestigiados. Caraca! jamais pensei que um dia sentiria na pele, mais uma vez, a possibilidade vergonhosa do rebaixamento. Tudo começou como agora. Na dá certo e ainda temos que conviver com atitudes covardes de dirigentes que se omitem de dar satisfação aos torcedores, após um vexatório fracasso em campo. Tipica atitude de avestruz, que bem diz da falta respeito para com o torcedor que tomou conta do clube. Quanta insensibilidade! O Grêmio, por meio de uma administração que até agora não disse a que veio, está andando em círculos e construindo seu próprio “buraco negro”.
    É de se ficar estarrecido. Como chegamos a esse ponto? Que arquitetura danosa e que mãos e mentes irresponsáveis trouxeram o Grêmio até aqui?
    – Será que a coordenação do blog não poderia botar na “roda”, para discussão, algo mais consistente e palpitante do que as amenidades corriqueiras. A instituição Grêmio precisa ser repensada e discutida além de suas instâncias internas, fora do ambiente intra-muros do oficialismo, porque, a exemplo da vida política do país, nada vai mudar se depender da vontade dos dirigentes.

    – O cenário atual, cada vez mais afasta o torcedor do clube. Transcende os acontecimentos dentro de campo. A generalização da má conduta de uns poucos, penalizando por tabela pessoas inocentes de maneira discriminatória e injusta, não pode ser aceita pelas pessoas de bem. O que causa espanto é a atuação da polícia (BM) quando extrapola de suas funções preventivas e se põe na condição de algoz. “Policia é para quem precisa de policia”. Acho que o clube deveria se manifestar oficialmente sobre este episódio que causou constrangimento a um cidadão que é conselheiro do clube. Chega de “abrir as pernas” e aceitar passivamente tudo que é demandado contra o clube. Que o nosso departamento jurídico pelo menos procure o conselheiro e averigue os fatos.

    1. Nosso departamento jurídico com nosso advogado aquele que antes de qualquer julgamento já diz que o Grêmio será punido? Que não tem a mínima chance e coisa e tal. O advogado do Grêmio vai dizer que o cônsul ainda por cima pode ser processado pelo estado.

  15. Que situação ridícula a Brigada Militar se coloca. Já é hora dos dirigentes do Grêmio tomarem uma atitude. Nem que seja a não utilização da BM dentro da Arena. Nem quero comentar sobre as ocorrências que acontecem no lado do rio ficarem impunes.
    Prender um torcedor por causa de pedação de pano, é o supra-sumo do autoritarismo.
    Infelizmente, eu não espero uma união dos “bandos políticos” devido ao ocorrido. O torcedor gremista seguirá levando desaforo para casa.

  16. há casos históricos também não citados, como o “gaúcho da geral” que saiu arrastado da Arena por 4 policiais pois estava de muletas!
    E o maior de todos, a semi-final da Libertadores 2009, quando a polícia decidiu simplesmente fechar os portões do Olímpico pra torcida do Grêmio e bater em todo mundo, enquanto o Dudinha falava nas rádios que o clima era de tranquilidade.

  17. – Estou arrasado. Não consegui ainda me recuperar do “duro espetáculo” de sábado, em São Paulo. Foi constrangedor ver a falta de atitude e a passividade com que nossos jogadores se portaram em campo. Perder faz parte do jogo, mas, não podemos aceitar a melancólica apatia e falta de brio de nossos atletas, correndo feito “moscas-tontas” pra lá e pra cá, debaixo de um sonoro e constrangedor “olé”. É muita ruindade dentro e fora de campo. Falta grana, falta tesão, qualidade, competência, falta vergonha na cara! Tudo isso é muito pouco para definir o “caos” que se apoderou do Grêmio.

    – Sei que muitos aqui, que tem afinidade com os atuais dirigentes, se sentem incomodados com as minhas constantes críticas. Meu compromisso é apenas com a instituição Grêmio. Quando é mal administrada, como agora, não posso me omitir e deixar pa lá a critica aos responsáveis. Se estamos hoje nessa situação de penúria geral, é porque o modelo de gestão que minou as finanças do clube e que colocou em postos-chave da administração pessoas comprometidas com práticas que persistem em viajar na contra-mão das exigências do futebol moderno, ainda é o obsoleto “vade mecum” que pauta as ações de toda uma geração de dirigentes.
    Não posso conceber que gestão após gestão, seja ela situacionista ou oposicionista, os mesmos erros se repitam com uma naturalidade que faz pouco da nossa inteligência. Tudo isso nos leva a crer que o Grêmio não tem solução e que estamos fadados a continuar trilhando por caminhos tortuosos.

    – Primeiro foi o Edinho, agora, Fernandinho é a solução! Brincadeira tem hora! Se ninguém o quer, nem emprestado, porque serviria para o Grêmio? São essas atitudes desastradas que acontecem amiúde no clube que nos tiram do sério e que a cada dia que passa desanimam ainda mais o torcedor e põem em cheque a competência dos dirigentes.
    O discurso tem sido “brochante”. As decisões, mais ainda. Haja paciência e ‘saco” para aturar o atual momento do clube.
    É necessário, em primeiro lugar, ajudar a si mesmo para depois pedir a ajuda do torcedor!!!

  18. Messias, eu acho que ninguém está incomodado com as tuas críticas, até mesmo porque aqui todo mundo critica. Uns de forma mais branda, como eu, outros pegam mais pesado. Mas isto faz parte da democracia e não vejo nenhum problema. Mas podemos discutir e discordar de algumas coisas. Por exemplo: a citação do Edinho. O Grêmio, ou mais precisamente o Felipão, fez uma grande “cagada” isolando o Kleber. Deu um grande prejuizo ao clube. Fez o mesmo com o Edinho. O Edinho não é solução, mas é patrimônio do clube, recebe salários e até mesmo por uma questão humana, precisa trabalhar junto com seus colegas e ficar na vitrine. Não é colocando o cara na geladeira que o Grêmio vai encontrar clube para ele. Se vai jogar eu não sei, até acho que o Roger fez uma jogada ensaiada para conquistar a simpatia do grupo. Com o Fernandinho é a mesma coisa. Vai fazer o que com o cara? Ele tem mais dois ou tres anos de contrato. Fazer o mesmo que fizeram com o Kleber? Não, coloca o cara no grupo, se aparecer algum clube interessado, pelo menos ele está em forma.

  19. Eu acho que o Presidente do Grêmio foi premido pelas circunstâncias. Recebeu o clube com uma dívida astronômica, com receitas do quadro social reduzidas e não tinha muito o que fazer. Comeu pelas mãos do Felipão e do Ruy Costa no início ou até mesmo pelo Fabio Koff, que ainda estava no futebol. Agora as decisões passam pelas suas mãos e a tendência é de que não se cometam mais tantos erros. Não sei quem está tocando as negociações da Arena, acho que é o CEO, e dizem que está muito bem encaminhada a solução. Vamos rezar, porque me parece que este é o caminho para solução de todos os problemas.

  20. Braian, Vitinho, tentaram Alecsandro e agora parece que querem o André (Galo).
    Como já diria o Iron Maiden, run to the hills!

  21. Como pode um post do Blog do David Coimbra esculachando o Grêmio ficar na página principal do Clicrbs o dia inteiro.
    Ninguém lá de dentro do Grêmio liga para a RBS e diz para sumir com o link….

    Domingo torcedor do inter quase morreu ( morreu ? ), e a reportagem sobre o assunto nunca foi link na página principal do site.

    Que força é essa que não temos ??

    Se a geral briga é assunto para 2 semanas, com direito a BM e MP fazendo o que quiser de nós.

    Dai o cocoirmão briga lá no estádio do palmeiras e agora aqui dentro de casa e está tudo certo.

    Sei que isso não irá solucionar a falta de time do nosso tricolor, mas é uma das coisas que justifica os 15 anos sem ganhar nada…

    volta Grêmio

    1. O grêmio que tem força para isso não faz é porque deve ter o rabo bem preso com alguma coisa.

      No programa sala de hj, foi comentado o fato da briga, mas fazendo analogia a geral do grêmio. Quando a geral briga a culpa é da geral, quando a torcida deles briga a culpa e da geral.

      Eu tenho vergonha de torcer atualmente por um clube que tenha uma direção de merda, uma direção cu cagado que não toma uma atitude. E não é só essa direcao, são todas que passaram nesses quase 15 anos se jejum que tomam botinada no rabo e não fazem nada.

      Eu já pensei, pensei e ainda não tomei coragem, mas estou seriamente em me desassociar e deixar de pagar as três mensalidades que caem sagradamente todo mês. Não e justo pagar para ter um clube que não se dá o valor e o respeito, e só tem força e indignação para a cada dois anos brigar por eleições. Dentro do CD temos leões, fora uns cagalhoes.

  22. cawink : temos que ” COBRAR SISTEMATICAMENTE ” a MIDEA AMARGA , BM , MP . e ATE a MIDEA NACIONAL SP RJ . para ELES noticiarem EM REDE . ENVIAR fotos ou videos , da torcida SANTA 69 deles ao STJD ok ! volto a dizer == ATENCAO GERENCIA !

  23. Marcelo Ribeiro!
    Me desculpe, mas, diante do que vem acontecendo com o clube nos últimos anos, até desaprendi de rezar. Mas, quando a direção deixar de dar mancadas e se preocupar unicamente com a reconquista da dignidade perdida, eu novamente elevarei as mãos para os céus em oração e pedirei perdão, ao Senhor, pela minha pouca fé.

  24. Torcida do inter briga, um cara quase morre, e a punição é específica para uma torcida organizada, o resto fica liberado.
    Torcida do inter quebra cadeiras da Arena em 2013 e 2014, tudo ok, sem punição generalizada.
    Torcida do Grêmio quebra cadeiras do Beira Rio, punição generalizada para toda a torcida, que não pode entrar com nada na Arena.

    http://www.correiodopovo.com.br/Esportes/558468/Justica-analisa-briga-no-BeiraRio-e-organizada-do-Inter-e-punida

  25. FALEI A 4 ANOS ATRÁS QUE ESSE SENHOR SENIL ACABARIA COM O GRÊMIO. PRIMEIRO FEZ UMA GESTÃO CATASTRÓFICA, CHEIA DE CONVERSA FIADA E PROMESSAS INCUMPRÍVEIS. DEPOIS COM AS MESMAS PROMESSAS CONSEGUIU ELEGER UM SEI LÁ QUEM QUE NUNCA FEZ NADA PELO GRÊMIO(E CONTINUA NÃO FAZENDO). OS GRANDES CULPADOS POR ESSA SITUAÇÃO SÃO OS CONSELHEIROS. SE NÃO CONSEGUEM ANALISAR A SITUAÇÃO, PEÇAM PARA SAIR E SEREM TROCADOS POR OUTROS. SE VOLTAREM UM POUCO, LEMBRAM DO CASO ISL? QUANDO PASSOU PELO ILUSTRE CONSELHO, NÃO SE OUVIU VOZ CONTRÁRIA. AGORA NO CASO DA ARENA, APENAS UM LEVANTOU A VOZ CONTRÁRIA. ONDE ESTAVA ESSA CORJA, QUE HOJE CULPA O NEGÓCIO? ATÉ QUANDO VÃO FICAR PONDO A CULPA EM QUEM SAIU?

  26. Essa falta de respeito que imprensa tem com o Grêmio, a facilidade de colocar merda no ventilador para o nosso lado e nada acontecer, reflete diretamente em lances como o penalti marcado no jogo contra o SP.

    Ninguém pensa duas vezes antes de fazer algo contra nós, tanto dentro como fora das 4 linhas.

    Notícia ruim vende muito melhor que notícia boa, e já que o Grêmio é como um bêbado, é fácil de bater. Eles podem esculachar o quanto quiser que nada acontece. Ou podem marcar um penalti quase fora da área, onde o jogador está com os braços junto ao corpo, que nada vai acontecer.

    Precisamos reunir forças sei lá da onde.

    Só que o grande problema disso tudo é que essa força não se consegue da noite para dia. Teremos que trabalhar e muito para reconquistá-la. Dai esbarramos em outro problema, como pedir mais tempo para uma torcida sedenta por títulos ??

    Nossas conquistas do momento são insignificantes frente ao universo de problemas que temos que enfrentar.

  27. Lembrei agora de um personagem da Escolinha do Prof. Raimundo que dizia “eu estava indo tão bem”. O Grêmio parece que estava indo tão bem, mas veio aquele jogo em São Paulo que jogou um balde de agua gelada nas nossas cabeças. Mas eu já fiz aqui a minha leitura, otimista como sempre. Naquele dia o São Paulo teria atropelado qualquer equipe. Era o dia deles. Lembram daqueles jogos memoráveis do Grêmio no Estádio Olímpico, quando ele massacrava grandes equipes? Futebol é assim, no dia em que uma equipe está inspirada, a outra não tem o que fazer. Uma semana antes tivemos o jogo contra o Corinthians e eles levaram uma saranda no início que em cinco minutos estava 2 x 0. Futebol é assim.

  28. Evidentemente que o jogo como o Atlético Paranaense será a prova de fogo. Ou mostramos que o jogo contra o São Paulo foi uma exceção, ou fica provado que o time não melhorou em nada com a contratação do Roger. Bem, aí sim temos que nos preocupar. Acho que com o retorno do Walace, do Galhardo, que não é grande coisa, mas é da posição, o time vai melhorar. O Atletico Paranaense estava brigando para não cair para a segunda divisão do Paraná e acho que esta sua liderança no brasileirão não dura muito.

  29. Saiu hoje no Correio do Povo: “Grêmio investirá em reforços sem cometer loucuras”
    Demorou!
    A leitura que se pode fazer é que antes não havia critério nas contratações e que tudo era feito meio que “nas coxas”.
    Menos mal que agora, o pessoal do Departamento de Futebol começou a pensar e isso é isso chega a ser surpreendente.

  30. O ano do Grêmio acabou no futebol quando essa gestão venceu as eleições. Ninguém poderia dizer que desconhecia tala fato.

    Contratar jogadores conhecidos ou desconhecidos não faz diferença.

    Nos resta acompanhar e torcer para que não ocorra o pior. A política de futebol é fracassada.

    Então, podem contratar as melhores comissões técnicas do mundo e até os melhores jogadores. Com essa direção, nem com muito dinheiro eles fazem time.

  31. E eles foram atrás do Renato Cajá…Eu avisei que isso ocorreria.

    Essa direção é muito fraca.

  32. Vou repetir mais uma vez, acho que o time do Grêmio não é aquele que jogou contra o São Paulo, aquilo foi uma exceção.

  33. pois pelo que parece os desmandos da BM sobre a torcida do Grêmio mudaram de rumo e foi revogada a proibição à torcida!
    Fruto da dedicação que partiu do conselheiro Alexandre Aguiar, que pressionou MP e BM desde o final de semana.
    Dizem que o Grêmio ajudou nos bastidores, gostaria de acreditar nisso.
    Mas fica claro que a torcida faz muito mais do que muito dirigente que parasita o clube.

    Pra que diabos existe dep. jurídico no clube se é a torcida quem precisa mobilizar promotores, advogados, juízes, desembargadores pra defenderem o clube?

  34. A única partida de exceção do Grêmio (e apenas do meio para frente pois defensivamente foi um fiasco) esse ano foi contra o Corinthians, não contra o SP. Aliás, num jogo atípico com gols nos primeiros minutos e uma oponente em crise perdendo jogadores e com salários atrasados…

    Enquanto o torcedor gremista quiser se enganar, vai continuar sofrendo e dando credibilidade para a politica de futebol fracassada que continua operando no clube agora sobre o encargo do presidente Bolzan que para mim até o momento é grande decepção, mostrando não entender nada de futebol, muito menos de gestão.

    O Grêmio é fracasso no dep. de futebol. Um fracasso no dep. médico e um fracasso no dep.jurídico. É uma reunião fracassados escolhidos a dedo por critérios políticos e não por competência. O resultado é o que vemos em todas as esferas dentro e fora das quatro linhas. É o mesmo grupo político que cercava Koff e que agora cerca Bolzan. A mesma patota perdedora e retrógrada cujo projeto é o de ACADELAMENTO, conforme vem sendo reiterado desde a era Koff e aí vem me dizer que a partida do SP foi exceção, ah tá de brindeira com o torcedor gremista. Tá de sacanagem.

    A politica de austeridade hoje é um escudo para esconder a mentalidade fracassada que assola o clube. Bolzan é mais pato metido a ganso como outros que já passaram pelo futebol, Vicente Martins, Meira entre outros. É cartola, não é do ramo. Deveria delegar ao invés de centralizar o poder. Erra como erraram Odone e Koff em duas últimas gestões que foram verdadeiros fracassos e endividaram o clube. A politica de austeridade é apenas metade do trabalho de recuperação da instituição, a outra metade é a criatividade, é o arrojo, é encontrar soluções para o time, garimpar valores e buscar novas receitas, em suam investir bem no futebol, o que precisa de gente capacidade, coisa que Bolzan, Rui Costa e Pacheco não são, com todo o respeito que me merecem pois não tenha nada contra as pessoas dele, mas o time em campo, o histórico recente, os resultados são os balizadores das críticas e se nada mudar, se o presidente não chamar os reforços num nível diretivo antes de sair errando em mais contratações como vem fazendo e na gestão do vestiário cujo respaldo ao Roger é deficitário, nosso lugar na tabela continuará sendo o mesmo que nos encontramos hoje que diga-se de passagem, é o mesmo que tinha se previsto aqui nesse blog como tantas outras predições de tendências que foram feitas com base não em achismo ou bola de cristal, mas em conjunção de fatores e pilares básicos de reconhecimento de políticas de futebol fracassadas e de sucesso, cujos exemplos temos ao monetes tanto na aldeia quanto na esfera nacional e internacional.

    No entanto, a direção do Grêmio, incrivelmente segue fórmulas fracassadas e espera ter sucesso. O pior é que tem torcedor que ainda acredita. É gostar de sofrer.

  35. Foi revogada a proibição dos trapos na arena. Detalhe? Quem foi atrás e providenciou o feito não foi a direcao, e sim, o conselheiro Alexandre Aguiar.

    Se fôssemos esperar pela direção para acabar a proibição esperaríamos sentados para não cansar.

  36. Com o fim ou não da proibição, creio que nessa altura do campeonato é demasiado tarde para se findarem os efeitos que essa e outras medidas tiveram por anos consecutivos nos torcedores gremistas. É imperativo que haja mudança na relação entre o Grêmio, a BM e o torcedor e que haja a aplicação das sanções cabíveis aos responsáveis pelo ato eivado de ilegalidades cometido há uma semana. Sem isso, a relação da BM com o torcedor se escancarará como insustentável, pois é só questão de tempo para que outro abuso nos mesmos moldes aconteça.

    P.S.: Quanto aos reforços ventilados pela imprensa, a maior parte é barrigada. André, por exemplo, não virá. Foi o Atlético-MG que contatou o Grêmio e vários outros clubes da série A a fim de se livrar dele. Só Sport e Coritiba se interessaram. O nome não agradou à direção, assim como também não agradou Renato Cajá, que provavelmente foi oferecido de forma similar. O nome da vez é o centroavante Carlos Muñoz. Estaria vindo por empréstimo até o meio do ano que vem, de graça e com parte do salário pago pelo Al-Ahli. Ao que parece, o Grêmio também ainda não desistiu do Teo Gutierrez, porém só aceitará sua vinda se ele puder ser liberado assim que voltar da Copa América, o que é improvável, pois o River Plate o quer para o resto da Libertadores.
    P.S.²: Aos que não gostam do Sala de Redação ou do clicRBS, não assistam e não acessem, por obséquio. Não deem dinheiro pra quem só nos dá marretada

  37. Ah, e ainda tem o Maxi Rodríguez. A La U acertou o empréstimo dele por mais seis meses, mas ao que parece não entraram num acordo sobre o salário. Não havendo acordo, ele voltará

  38. Carlos Muñoz, não conheço.
    Só sei que vindo das arábias irá demorar para ter condicionamento físico ideal.
    Mas ao menos parece ser uma opção melhor que Alecsandro, André, Jô e tantos outros que se especularam por aqui.
    Fechou em 40 as contratações do Rui Costa? Já perdi as contas

  39. O sub 20 do Grêmio deu um banho de bola no time reserva do Grêmio. Ganhou de 1 a 0 e só não foi mais elástico porque parou no goleiro.

  40. O amor por castelhanos não tem fim. Agora, vem o Carlos Munhoz, nanico chileno. Está nas arábias, até entrar em forma já estaremos em 2016 e quando ele estiver entrando nos eixos já acabou o contrato.

    Deve ter alguma coisa que a nossa filosofia não capta.

  41. Braian em março, Vitinho em maio, Munhoz em junho… praticamente um 9 por mês, pra corrigir o erro anterior.
    Será que ao menos em um vão acertar?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.