Ao começar o jogo num inexplicável 4-3-3, viagra 100mg Vanderlei Luxemburgo tentou entregar seu pedido de demissão.

O São Paulo vinha no 4-3-3, isso já era notório.

O mais simples e lógico, era que o Grêmio entrasse no 4-4-2, como era esperado, para ganhar meio-campo e controlar as ações do jogo – o que aconteceu no segundo tempo.

Mas não, Luxa preferiu usar um esquema diferente, surpreendendo torcida, direção e até mesmo os jogadores, pelo jeito.

A pergunta é: para que inventar?

O time já apresenta um futebol mediano no 4-4-2 aí o Luxa vai lá e, do nada, escala um 4-3-3?

Como quem escala mal substitui bem, no segundo tempo fomos outro time e merecíamos a vitória, que só não veio pelo primeiro tempo lamentável.

Este é só mais um dos tantos erros que Luxa vêm cometendo. A paciência da torcida parece estar acabando.

A da direção também?

Abração hein?!
@alemaopizoni

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.