MGI reelege diretoria por mais um ano

Na noite de quinta-feira, prescription 4 de março, tadalafil o Movimento Grêmio Independente (MGI) definiu sua nova diretoria. Por aclamação, o presidente Milton Camargo foi escolhido para seguir mais um ano à frente do grupo. Além de Camargo, o grupo manteve Juarez Aiquel como vice-presidente.

“Nosso maior objetivo é renovar o Conselho do Grêmio. A eleição presidencial será uma decorrência desse pleito”,  afirma Camargo.

Complementam a direção do MGI Edson Berwanger (Primeiro Tesoureiro); Cláudio Paim dos Santos (Segundo Tesoureiro); José Vicente de Carvalho Contursi (Primeiro Secretário) e  Luiz Fernando dos Santos Moreira (Segundo Secretário).

“O Milton conseguiu elevar o MGI a outro patamar devido ao seu trânsito entre os grupos políticos do clube”, elogiou o conselheiro gremista Homero Bellini Jr., um dos fundadores do movimento.

Este será um ano movimentado no Grêmio. Além dos desafios dentro de campo, neste ano estão previstas eleições para a renovação do Conselho Deliberativo, em setembro, e para a presidência, no mês seguinte.

Entre os projetos do grupo para 2010 estão reuniões com gremistas do Interior e da Capital e a realização de mais um seminário para qualificação do integrantes do grupo. Em 2008, o MGI trouxe o especialista em marketing esportivo Amir Somoggi para palestrar. Em 2009, o debate foi sobre a estrutura de um departamento de futebol, com a presença de Rodrigo Caetano, diretor executivo do Vasco, e Julio Camargo, técnico do Caxias. Além disso, outras ações devem ser anunciadas em breve pelo grupo.

Fonte: http://www.gremioindependente.com.br/mgi-reelege-atual-diretoria-para-mais-um-ano.htm

Participe da discussão

4 comentários

  1. o MGI poderia esclarecer:

    – quem será o diretor de marketing?
    – de futebol?
    – lista de 5 treinadores preferidos com bom perfil, segundo o MOvimento.

    cbimbi

  2. Não sei quem vai ser o que, mas eu garanto que nós teríamos o diretor
    “não vende Victor por menos de 20 milhões” e alguém que lembrasse que
    o GRÊMIO é feito pela torcida e não para rainhas e reis…

    Esse trecho acima é o recado do Anderson Kegler, que sempre recebe convites por e-mail para comentar aqui no blog, porém, de alguma forma e por alguém é bloqueado. Enfim…

    Eu, da mesma forma que o Anderson, não defendemos e nem temos propriedade para fazê-lo, tão pouco para responder por tal movimento. O Nosso é o do Prata. Porém, pior do que se faz hoje, nesta atual gestão, é bem difícil. Claro, não impossível, vide outras passagens de nosso passado recente. Mas, talvez fique bem 230 mil para Rockemback e mais 170 para o bailarino artilheiro (depois de 20 chances), ou quem sabe alguns milhões pelo Souza, destruidor de vestiário e criador de frases. Não, não vou citar o Autuori aqui, é melhor parar. Mas, e o Victor hein?? Como fica?? E o Mário Fernandes, não será o próximo talvez??

    Bimbi, desculpa a ironia. Mas, não dá mais para aguentar por exemplo, o Pacheco. Em outro post aqui já coloquei minhas preferências para assumir (Presidência, Futebol e Treinador, até mais de 1 nome), mas infelizmente, alguns não se manifestam. E estão na situação. Ou melhor, vou corrigir, apoiaram mas não estão mais. Isso é o que acontece com nosso Grêmio hoje. E não querem largar o osso.

    Bueno…fico por aqui.
    Abraço.
    Cláudio Medeiros

  3. Vou entrar de “gaiato” neste tópico para dizer ao meu prezado colega de conselho Cesar Bimbi que confesso não ter entendido a PERTINÊNCIA da pergunta. E explico:

    1) a próxima eleição a ser realizada no Grêmio, em setembro/2010, tem por finalidade renovar 50% do Conselho;
    2) o presidente do MGI, Milton, declarou que “o nosso maior objetivo é renovar o CD do Grêmio, sendo que a eleição presidencial será decorrência deste pleito” (vide texto do tópico);
    3) para a renovação do CD, NENHUMA RELEVÂNCIA terá a relação de nomes a compor uma eventual próxima diretoria, pois o que se avaliará para escolher a chapa DEVERIA ser exclusivamente a sua composição (rol dos candidatos ao CD).

    Diante disso, fico sem saber se o prezado colega está interessado em apoiar o MGI “quando e se” este lançar uma chapa para concorrer à Presidência, ou apenas faz um exercício de consulta para fins de conhecer o que pensam as cabeças do Movimento?

    Em qualquer das hipóteses, informo que o MGI está aberto a todos os gremistas que tenham afinidade com os seus projetos e planos. Quer conhecer mais profundamente quais são estes planos e projetos? Compareça as nossas reuniões. Será um imenso prazer recebê-lo.

    Abraço

    Marcelo Aiquel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.