Participe da discussão

44 comentários

  1. time de 2016 === GROHE , RODINEI , GEROMITO , HENRIQUE , MARCELO OLIVEIRA , WALACE , MAICON , GIULIANO , EWERTON RIBEIRO , LUAN e RAFAEL MARQUES !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ” tem MAIS QUALIDADE ou naooooo , QUE este de 2015 ???????????????????? ” .

  2. Eu percebi o que vocês fizeram aí. Agora o podcast está vindo com 96 kbps de qualidade em vez de 256 ou algo do tipo. Sábia decisão. Não valia a pena um arquivo gigante para tão pouco ganho de áudio. Agora não tem mais desculpa pra não baixar o episódio semanal do Mesa e colocar no seu cel, mp3 etc. Está bem compacto, e a qualidade continua muito boa.

    1. Valeu Imp. A ideia é essa, estou baixando a quantidade de MB dos programas para ficar mais fácil e por não ter necessidade de algo acima de 96kbps. Confesso que quase fui para 64kbps, mas vou deixar para quando o programa for muito grande.

      Cara, eu só tenho que agradecer a força que tu sempre deu ao podcast. Muito obrigado!

      1. Deixa 96 kbps mesmo, sério. Menos do que isso pode acabar reduzindo a qualidade mais do que o esperado. Tenho certeza de que tu também ouves mais podcasts internet afora. Pelo menos os mais famosos usam 96 kbps como padrão

  3. Esse ano deixamos de brigar pelo título por pontos perdidos contra times de baixo da tabela, enquanto ganhamos pontos contra times de cima. Ano passado foi o contrário. Ano retrasado, o desempenho foi parecido com o deste ano. Observem que sempre falta alguma coisa.

    Mas tentem lembrar: qual a última vez que terminamos com menos de 60 pontos? Imaginem o que teria sido do Grêmio nessas temporadas todas com apenas 3 vitórias e um empate a mais. Teríamos sido campeões de algumas edições ou chegaríamos na última ro/dada lutando pelo título.

    A regularidade do Grêmio nos pontos corridos é assustadora. E com elencos medíocres no máximo se for parar pra pensar. Chegou até a liderar o ranking da CBF. Mas mais assustador é perceber que apesar disso tudo não levamos o caneco uma vez sequer. E sempre falta um tantinho assim pra isso. E há quem abomine os pontos corridos! Esperam sempre do Grêmio o sucesso no mata-mata, que é onde tem mais decepcionado.

    No entanto, o time já marca presença anual no G-4 e criou uma tradição. E quando um clube cria tradição numa competição, a camisa pesa e faz a diferença em campo. Tem sido extremamente difícil tirar o Grêmio da briga pela ponta de cima da tabela. E deveríamos nos aproveitar disso.

    É por isso que digo que a partir do ano que vem desde o início da temporada precisamos montar nosso elenco para o Campeonato Brasileiro. Nada de contratações esdrúxulas de gatos pingados que ficarão 6 meses. Planejar o time para o Campeonato Brasileiro é planejar o time para a temporada inteira. Por consequência, um time montado assim servirá muito bem na Libertadores. E caso não a vença, poderá lograr sucesso no Campeonato Brasileiro, onde já somos tradição, ou até em qualquer outra competição do segundo semestre. Teremos elenco para lutar por títulos a temporada inteira.

    P.S.: Um aspecto muito subestimado na montagem do time é a preparação física. Mesmo os melhores elencos não jogam bem sempre. Um time que voa no fim da temporada, no segundo tempo e no fim dos jogos consegue vitórias fundamentais, mesmo sem mostrar grande futebol. Inclusive deixamos de conseguir melhores resultados esse ano por causa disso.

    Todos elogiam o trabalho do Tite, mas esquecem que tanto na conquista deste ano como na de 2011, a preparação física foi fundamental. O Corinthians muitas vezes ganhou jogos com um futebolzinho de segunda simplesmente porque tinha mais perna que o adversário. Isso passa muito pela mão do Fábio Mahseredjian.

    Dica: Apesar do grande momento, o Corinthians está atolado em dívidas. Perder o Guerrero foi só a ponta do iceberg. Mesmo com as cotas e premiações, em breve entrará em contenção de despesas. É inevitável. Pode não ser agora, mas pode ser após a Libertadores. A dica é tentar trazer de novo o Fábio Mahseredjian, cujo salário com certeza agora poderá ser bancado com os frutos da gestão plena da Arena. Seria uma peça muito importante. E na Libertadores existem muitos times com preparação física deficiente.

    Aliás, não só o Corinthians, muitos clubes entrarão em política de contenção de despesas também. A ideia é trazer quem possa ser útil e não possa ser mais bancado por outros clubes ou não tenha clima para continuar neles. Paulinho (FLA), Marcelo Cirino (FLA), Jádson (COR), entre outros, são alguns nomes que teriam muito a acrescentar.

  4. Sobre o Ramirinho, comentado no podcast, ele é o cara da volância que tem a característica que ninguém hoje no time tem, que é a de ser o volante agressor (o segundo volante). É o cara que aperta e rouba bolas. Quem joga Football Manager sabe a importância de um jogador desses no time. E o Ramiro aparece na frente e recompõe rápido, coisa que os volantes do Grêmio hoje não fazem. Não precisa ter a categoria do Maicon, até porque o Maicon nem marcador é.

    O Grêmio hoje não rouba bolas, apenas as espera. Nossas roubadas e contra-ataques quase exclusivamente começam com passes errados do adversário. Isso é algo que precisa ser pensado e mudado no elenco para o ano que vem.

  5. De que ramiro tu tá falando, impzone? Porque o do Grêmio não é.

    Ele nunca rouba bola e sempre faz falta, pela perna curta e mal posicionamento.

    Ele é mais um raçudo idolotrado, mas que não joga nada e nem da base é, talvez por isso seja idolotrado, se fosse da base estaria sendo vaiado igualmao luan, everton e wallace.

    1. Perfeita análise do Ramiro. Jogador que só faz falta. Mas é aquele que alguns técnicos adoram. É chamado jogador tático. É aquele que erra tudo, mas os técnicos o amam porque corre o tempo inteiro.

      O Grêmio segue a filosofia de aproveitar as apostas vinda de fora sem olhar para a base.

      Ramiro é só correria.

      1. Mas o que vocês querem pra volância, Messi? Schweinsteiger? É o que temos. Se puderem trazer alguém melhor pro ano que vem, que tragam, aliás, façam suas sugestões. Porque Maicon não é marcador. Comete uma porrada de falta também por não ter cacoete de volante

  6. Ramiro foi e continua sendo contestado e é vaiado por muitos torcedores. Não me surpreende. No Grêmio, é histórico, não há unanimidade com nenhum jogador. Lembram da “turma do amendoim” no tempo do Felipão? Não perdoavam ninguém, nem mesmo os melhores. Coincidentemente, na época, o Grêmio ganhava tudo e nem assim “eles” deixavam de criticar a equipe. Faz parte do futebol a manifestação democrática, mas, tudo tem hora.
    Ramiro não foi, não é e nunca será craque. Aliás, craque é material raro no Grêmio dos últimos anos. O último foi Ronaldinho.
    Temos um grupo de jogadores onde três ou quatro, com um futebol mais apurado, estão numa primeira linha. Os demais, estão num nível mais abaixo. Ramiro está entre esses. No meu entender é jogador “pau-para-toda-obra”, pois desempenha seu “feijão com arroz” sem comprometer. Logicamente que não é a solução para as necessidades da posição, mas é o único no elenco que procura superar sua deficiência técnica com muita luta e entrega quando chamado. Em forma, é a opção mais confiável para substituir um lateral ou um meio-campista e conta a seu favor, também, o entrosamento com o grupo e a confiança do técnico. Deixem o Ramiro no grupo. O Grêmio precisa investir, sem erro, em dois ou três jogadores para a titularidade e que acrescentem qualidade ao que já temos. Se querem mandar alguém embora, que mandem o Bryan o Vitinho, Fernandinho e outros que não deram certo até agora. Ramiro tem um salário compatível com o seu futebol, ao contrário de algumas “nabas” que não jogam nada e que foram contratadas a peso de ouro. Agora, não esperem dele uma performance não mais do que mediana. Se isso for alcançado, me serve.

  7. Ramiro me lembra o glorioso Itaqui, era uma usina pra acender um fósforo. Só dava passes laterais ou pra trás, nunca tentava nada diferente, tipo de jogador comum que só faz número. Fica marcado por ser raçudo, mas o que precisamos mesmo é de qualidade!!
    Ao mesmo tempo não tem altura pra ajudar a defesa e não segura a posição.
    Considerar Ramiro como opção pra 2016 é confirmar a falta de vocação pra vencer do Grêmio atual.
    Temos mais uma boa leva de volantes vindo da base, são esses que deveriam ter chances.

    Lembrando que Walace já era destaque desde 2014, mas continuava na reserva do time, e foi necessário aquele jogo calamitoso do Felipe Bastos no gre-nal do gauchão pro guri ter sequência de titular.
    Ramiro precisará também de um desastre em campo pra perceberem que não é suficiente pro time?

  8. O mesmo dep. de futebol que adora jogador estilo Ramiro é o que vai renovar com o Vitinho, que jogou e nada fez. Tem uma cambada de guri pedindo passagem na base, mas vão renovar com o Vitinho, uma aposta que claramente não funcionou, por mais 6 meses.
    Pra que?
    Só falta renovarem com o Schuster também!

    Eu até entendo apostarem nesses caras baratos, mas é necessário reconhecer o erro.

  9. Às vezes a torcida do Grêmio alimenta um ódio incrível por jogadores irrelevantes que passam longe dos motivos do fracasso do time na temporada. Ramiro é um deles. Chamam-no de anão, como se segundo volante precisasse ser alto. Aliás, esquecem que ele começou a carreira na lateral, que tradicionalmente não são altos justamente por precisarem de grande mobilidade.

    O segundo volante é o cara que precisa de velocidade e agressão mesmo para perseguir a bola e entrar nas divididas. Envergadura física e posicionamento são características de primeiro volante, coisa que o Ramiro não é.

    Outra coisa engraçada é que no Grêmio volante que não faz falta também geralmente é criticado pela torcida.

    Hoje no Grêmio está faltando volantes, não sobrando. E em final de temporada não vão promover estreia de ninguém. O problema da volância é coisa pra ser vista pro ano que vem, assim com o da lateral, do ataque…

    Precisamos de um ladrão de bola.

  10. E sobre renovar com Vitinho já falei sobre essa palhaçada aqui. A direção está achando que “manutenção de elenco” significa manter até o roupeiro a qualquer custo. Vão tomar uma surra de macarrão molhado, né.

    Pra mim o Grêmio poderia se virar muito bem mantendo no máximo 60% dos jogadores desse ano. É o suficiente pra manter o entrosamento do time e haver liga pra continuidade. Nem mesmo Maicon, Erazo e Galhardo precisam ficar. Seria bom não inventarem loucuras por eles.

    Quem deu entrosamento a esse time desacreditado e desarrumado foi o Roger. Tenho certeza de que poderia dar de novo, mesmo que metade do elenco debandasse e trouxessem novos. Vai ter uma pré-temporada inteira pra isso.

  11. Aliás, se já contrataram esse Rodinei, devolvam logo o Galhardo, parem de falar que é prioridade. Só renovem com ele caso consigam mesmo enfiar o Fernandinho no negócio. Aí sim o Grêmio sairia no lucro.

    Pro ano que vem teremos Raul e Júnior de contratos ampliados. Vai ter Libertadores, Liga Sul-Minas e estadual só no primeiro semestre. Não tem desculpa pra não testar eles com seriedade.

  12. Uma coisa que esqueci de mencionar sobre o podcast é a possibilidade de o Grêmio lutar pelo segundo lugar. É lógico, é óbvio que ser segundo é muito melhor do que ser terceiro, pela premiação, tanto da CBF quanto dos patrocinadores.

    A questão é que, pelo menos na minha impressão, os jogadores estão se lixando pra isso. Lembro de uma entrevista com o Giuliano no fim de uma partida em que ele foi questionado sobre ser importante passar o Atlético e ficar no segundo lugar. Ele enrolou, enrolou, mas não deu uma palavra que confirmasse ser importante pra ele ou pro elenco ser segundo. Não há no grupo essa motivação, na minha opinião. É uma meta só do clube como instituição mesmo.

  13. perfeita a comparação do ramiro com o itaqui. eles são iguais, apesar do itaqui pelo menos saber bater falta.

    o ramiro está em todas as partes do campo, fazendo um monte de falta desnecessária na defesa, meio e ataque, errando passe ou dando passinhos laterais que até eu depois de 2 cirurgias nas costas acertaria, e se posicionando muito mal, o que acarreta em sobrecarga para outros jogadores. ele é o pior jogador de se ter: como é esforçado e obedece o treinador, sempre joga, barrando jovens que tem mais potencial, mas não tem a sua “versatilidade”.

    mas não adianta, a torcida adora porcarias assim. afinal, o pai dele é consul, ele é gremista, ele se esforça, bla bla bla…

    já pro luan, everton, wallace, pedro jr, marcelo grohe (eu lembro o que falavam dele…), felipe mattione, traidorzinho (vaiado mais de uma vez no olímpico), tinga (vaiado no olímpico), anderson polga, etc, etc, a torcida não reserva esse mesmo amor. pra esses é porrada, caso depois de 5 min não tenham feito 2 gols e dado 2 assistências.

    já disseram e concordo: se o neymar tivesse vindo pro Grêmio com 15 anos, com 17 era lavador de carro, porque não iam deixar jogar, por ser displicente, sem noção tática, fominha, etc. enfim, porque não é que nem o ramiro!

  14. pois é João, nós discutindo aproveitamento da base, falando em ver o Junior jogar na esquerda em 2016 e eis que:
    http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/gremio/noticia/2015/11/lateral-junior-esta-proximo-de-trocar-o-gremio-por-clube-europeu-4902449.html?utm_source=Redes%20Sociais&utm_medium=Hootsuite&utm_campaign=Hootsuite

    É isso aí, vão emprestar o único lateral esquerdo do grupo que tem um bom apoio, pra ficar com o Hermes (só sabe defender) e o peladeiro do M. Oliveira (que tem deixado um buraco na lateral).

    Tava feliz com a renovação do Raul, mas é capaz de contratarem o Rodinei e mesmo assim ficarem com o Galhardo, daí o Raul não vai jogar nunca no Grêmio.

    Como gostam de rasgar dinheiro!!! Avaliam o Junior em 3 milhões de euros, é uma piada!!!!!!!!!!

  15. Targa, a fonte não é boa, mas eu não duvido que o junior saia. Queria saber quem é o empresário do hermes e do marcelo “pará” oliveira…

  16. Acerca do Ramiro, da minha parte, não há nenhum ódio.

    Simplesmente, ele joga pouco na minha opinião. Para grupo, até serve. Mas não é o jogador que me agrada.

    O Itaqui jogava mais do que ele. Não errava tantos passes.

  17. Sobre a empréstimo do Júnior, não me surpreende a direção se livrar de mais um jogador promissor.

    Provavelmente, eles entendem que o Marcelo Hermes é melhor do que o Júnior. O interessante é que nenhum clube se interessa por Hermes, somente a atual direção do Grêmio.

    Não é a toa que essa direção vem fracassando em todas as competições.

    E, com os atuais entendidos de futebol, continuará nesse caminho, porque estão satisfeito com os laterais, com o meia Douglas e com as apostas que fazem número.

    Renovar com Vitinho só pode ser piada. Eles mandam embora um potencial e o clube fica com um que até agora não mostrou condições técnicas.

    O que mais assusta não é o fato de emprestar um jogador com bom potencial, mas é ver quem eles contratam e quem eles deixam na posição.

    Isso, por si só, é sinal de novos fracassos. E há quem acredita que 2016 será diferente.

  18. Essa situação com o Galhardo é a famosa “Situação” de Merda. Acho o Galhardo um lateral fraco, em alguns jogos muito fraco inclusive. Foi contratado na famosa modalidade “Jogadores que fizeram algum gol diferente no Grêmio”, no caso dele, o gol de falta pelo Bahia. Veio como ~referência~ em bolas paradas, mas a atuação dele tem sido pífia nesse quesito. Os escanteio cobrados por ele,são uma tristeza. Até acertou alguns, mas a maioria deles, segue no padrão Grêmio dos últimos anos (primeiro-pau e na altura da cintura).

    A merda disso é que realmente não consigo pensar em nenhum nome que possa substituí-lo. Dos ruins, talvez ele seja o “menos ruim”. Falta vontade em muitos lances dele. A pouca noção de marcação também prejudica bastante. Se trocarem por Fernandinho ou Pedro Rocha da vida, é válido. Outras trocas ou desembolsar algum valor, acho bem inviável.

    Galhardo é da escola Paulo Sérgio de laterais-direito no Grêmio, dá uma enganada com aquele cortezinho pro meio no bico da área, que ainda tem marcador que cai.

  19. Só pra constar, não odeio o ramiro como pessoa, mas sim como jogador.

    Sei lá, é bom esclarecer pro pessoal “do bem” não ficar enfezado…

  20. Simplesmente não entendo essa política de “manutenção de grupo”. Todos sabemos que continuidade é boa, tem a questão do entrosamento e blá, blá, blá… mas manter 60% não é suficiente? Tem que manter Galhardo, Vitinho etc. pra quê? Agradaram tanto assim como?

    Eu ainda estou esperando desde o início do ano o tal aproveitamento da base. Colocar o Luan e o Walace, que já estavam no time, além de dar picos de oportunidade a Yuri, Everton, Moisés etc. pra mim não são suficiente. Os guris mais promissores e aparentemente mais talentosos, que a galera mais comenta, seguem arquivados. Cadê Raul, Júnior, Batista, Nicolas Careca etc.?

  21. O que não entendo é quererem sempre um jogador com qualidades de Messi para posições que não precisam. A qualidade que tanto cobram do Ramiro é a qualidade que deveria haver na posição do Douglas e no ataque.

    Não sei o que querem que o Ramiro faça com a bola pra ser “digno de fardar” por aqui. Temos problemas muito piores. Enquanto outros mais atrapalham do que ajudam estando no grupo, por servirem como opções em horas que precisamos que eles façam o que eles não sabem, o Ramiro serve perfeitamente pra grupo.

    E, só pra constar, nada disso significa que eu “amo” o Ramiro, como os 8 ou 80 gostam de interpretar comentários assim.

  22. Gosto desse rapaz, o Maicon. Muito bom jogador. Mas deixa a defesa desprotegida, pois não sabe marcar e nem dividir, basta vê-lo jogar. Afinal, se é escalado como um volante, deveria fazer o trabalho de um. Mas não faz, porque não é. É só um armador recuado, que tenta marcar só por estar naquela posição.

    O volante moderno é um cara que sabe fazer os dois, armar e marcar. Não sabendo um desses, não é volante moderno. Não temos no grupo quem faça os dois. Walace, Moisés ou algum outro da base pode ser que sejam esse cara um dia, mas por enquanto não. E, francamente, estamos no futebol brasileiro, não na Europa. Exigir um Pogba na posição é pedir demais. Sendo assim, prefiro o cara que marca e tem uma saída de bola mediana ao cara que sai e arma recuado muito bem, mas não manja nada de marcação.

  23. Tem um volante no Sport chamado Rithely que é mais eficiente do que o Ramiro. O meia Régis do Sport é um jogador a ser observado assim como o Marlone.

    Na base, eu cito um que é melhor do o Ramiro. O Kaio é mais jogador, mas ainda não teve oportunidade, pois não veio do Juventude, nem foi trazido pela atual direção. O próprio Babuíno não recebeu chance e tem potencial para ser melhor do que o Ramiro. É cobrador de falta e tem bom arremate de média distância.

    Jogadores que não foram trazidos pela atual direção têm menos chances do que outros trazidos. Quem não está na lista deles tem mais dificuldades, isso é fato. Até pode ser coincidência, mas todo jogador ruim que essa atual direção contrata recebe muito mais chance do que os garotos da base, especialmente aqueles não trazidos por eles.

    O Batista cansa de colocar a bola nas redes jogando pela base. E nessas competições profissionais de segundo semestre da FGF foi artilheiro da equipe.

    Que chance recebeu? Nenhuma.

    Eu não sei que resposta dará o Batista, mas eu vi assim como todo mundo que o Vitinho é um jogador comum.

    Suspeito que ocorra algum tipo de esquema com determinados empresários. O empresário facilita a negociação por um determinado atleta, mas em contrapartida pede que um jogador juvenil representado por ele receba chances nos profissionais ou que o clube contrate algum outro jogador desconhecido representado pelo empresário. A chamada venda casada.

    É incompreensível que determinados atletas recebam chances e outros com bom potencial não.

    E quanto mais as ruindades trazidas pela direção recebem chances, mais eles dirigentes se queimam perante a torcida. Os dirigentes devem ser masoquistas. Os a fé deles é muito grande por acreditar que as ruindades que eles costumam trazer dará certo em algum momento.

    A explicação mais razoável para o Batista não receber chance é que ele faz gols. Jogadores que fazem gols não costumam ser contratados pela atual direção.

  24. Impzone, o ramiro não faz nada do que tu disse. Ele não marca bem, não passa bem, não chuta, não lança, não dribla, não cabeceia e nâo carrega bem a bola, além de se posicionar mal.

    Mas ele é gremista, raçudo, etc,etc, etc. Então, joga e é ídolo.

    Não me surpreende, afinal o tcheco foi escolhido pela torcida como titular do time da história do olímpico…

  25. O Tcheco titular foi a ofensa aqueles que realmente jogaram muito e deram títulos para o Grêmio.

    Mas eu não duvido que essa escolha não tenha sido manipulada pelos dirigentes, pois o Tcheco é o ídolo que foi na contramão aos grandes momentos de glória.

    Tcheco foi um bom jogador com as devidas limitações. Não ganhamos coisa alguma com ele.

    Eu não fui consultado sobre o time titular da história do Grêmio em 2012. Esses dirigente pegaram meia dúzia e enfiaram o nome do Tcheco.

    Pela qualidade técnica, há muitos jogadores superiores ao Tcheco.

    Dener ganhou um Gauchão e foi vice-da-Copa do Brasil. Em 06 meses de Grêmio, jogou mais do que Tcheco. O Cuca também marcou época, fazendo golaço em Grenal. Podemos citar tantos nomes que jogaram mais do que Tcheco.

    Se foi realmente a torcida que escolheu, deve ter sido o público mais jovem, aquele que público que adora castelhano ruim e ficam com orgasmo nas arquibancadas.

  26. Ramiro é um jogador mediano, não é nenhuma desgraça, mas também tá longe de ser suficiente pro meu nível de apreciação de futebol.
    O que espero de um volante é exatamente o que o Maicon faz, sai com qualidade, acerta passe, lançamento e acalma o jogo. Se o Maicon fosse melhor marcador estaria na Europa, seria completo.
    Por isso precisa de um roubador de bola ao seu lado e o Walace me agrada pra isso.
    Só que quando não temos o Maicon disponível a qualidade cai demais, pois daí entra o Ramiro, que não acerta tantos passes, não lança, não controla a bola tão bem, mas compensa com a correria que faz.
    Precisamos de um estilo de volante parecido com o Maicon. Na base tem o Arthur.

  27. Gente, o Ramiro não jogou praticamente o ano todo. Se machucou, me parece, no Gauchão. Então, não dá para culpar o cara de nada na atual campanha. Nem no bom momento do primeiro turno, nem agora quando a equipe está instável. Acho que no grupo atual, se não for o Ramiro, só o Edinho tem experiência para o ocupar o lugar do Maicon. São jogos decisivos contra clubes grandes. Sou contra improvisação e testar jogador da base em jogos decisivos, não é uma solução inteligente. Ramiro erra muitos passes, dizem. E o Douglas, o Giuliano, o Galhardo, o Marcelo Oliveira e o Wallace? O Grêmio é o segundo clube que mais erra passes. Só está atrás do Vasco. Que não gostem do futebol do Ramiro, até entendo, mas, inventem outra desculpa. Parece que Roger gosta do Ramiro. Eu tenho minhas restrições, mas, se ele conseguir recuperar as suas características, acho que deve permanecer no grupo. Essa é minha opinião e encerro aqui o assunto.

  28. Alguém aqui culpou o Ramiro de algo??

    Eu não culpo Ramiro de nada.

    Particularmente, penso que ele não é solução como titular para o Grêmio.

    E as críticas a respeito dos erros de passes se estendem aos jogadores como Douglas, o carimbador Galhardo, o Walace, Marcelo Oliveira.

    Ou o os jogadores treinam as dificuldades que possuem no passe ou não podem servir para titularidade do Grêmio.

    Testar jogadores em jogos decisivos é complicado. Mas o jogador pode surpreender. Mário Fernandes estreou num Grenal. O Walace estreou num Grenal. O Anderson estreou num Grenal.

    E todos os citados foram bem. Não comprometeram.

    A responsabilidade pela escalação do Ramiro é do Róger. E ele colocou o jogador que não estava com ritmo. Ramiro foi muito mal contra o Sport. Deveriam ter marcado amistosos do time de transição para que ele Ramiro pudesse ter melhores condições físicas e técnicas.

    Ele não é um jogador ruim para volante, mas, tecnicamente, ele não estaria a altura de titularidade do Grêmio.

    Até o Jamir era melhor que o Ramiro.

  29. Não é raro um gremista falar “técnico X do Grêmio gosta do jogador Y e há quem goste. 15 anos é pouco!”. Inclusive já vi falarem aqui. A bola da vez é o Ramiro

  30. acho que ninguém tá criticando o Ramiro pelos resultados de 2015, ao menos eu não estou. A questão é pensar já em 2016. Precisamos de jogadores melhores, não dá pra desejar vencer a Libertadores ou qualquer outro título grande com o jogadores do perfil do Ramiro, vejam bem, o perfil.
    Isso se repete em outras funções do time, como nas duas laterais, como no camisa 10.
    Precisamos de jogadores decisivos, que chamem a responsabilidade. Ramiro, M. Oliveira, Galhardo, Douglas… são jogadores medianos, na hora do aperto normalmente somem do jogo.
    Quero um camisa 10 que participe ativamente do jogo e não fique se escorando em “uma enfiada” milagrosa, que, quando não sai, mata o ataque de fome.

  31. concordo com o targa, a questão não é 2015 mas sim ano que vem, se começar o time por marcelo “pará” oliveira, doga10 e ramiro como substituto do maicon será mais um ano de fila.

    e só o Grêmio tem medo de colocar guri da base em jogo decisivo, mesmo que, como o cristiano ferreira demonstrou acima, a história mostra que eles tenham correspondido.

    aqui, em vez de testar o guri, colocam o velho bacamarte porque é “cascudo”, aí ele afunda, como sempre, e perdemos o guri e o bacamarte. e então passamos a contratar mais bacamartes e tudo se repete…

  32. a última pros fãs do pequeno grande homem: a IVI tá em campanha aberta pra que o ramiro seja titular.

    tirem suas próprias conclusões sobre isso…

  33. Vou aguardar a resposta da equipe na partida contra o Fluminense. Fiz a minha escolha antes do jogo. Espero que dê certo para o bem do Grêmio. Se não der, vou reconhecer os erros de avaliação do treinador e meu para o atual momento. Agora, comparar as performances de Anderson, Mario Fernandes e Wallace, depois de uma estréia em que se saíram bem, é covardia. E se não tivessem dado certo como já aconteceu com Robson, Geverton, Pessali, Saimon e tantos outros que eram o xodó de uma parcela expressiva da torcida? A culpa ficou só com o treinador, por botar os jogadores na “fogueira”, na hora errada, etc, etc. Ninguém bota a “mão no fogo” de graça. Sempre haverá uma desculpa para o que não saiu conforme a nossa previsão. Roger está fazendo as coisas com um percentual de acerto de 70%. Seus 30% de erros estão na razão direta das opções que tem em mãos: Bryan, Bobô, Fernandinho, Vitinho e outros menos votados. Conhecendo Ramiro, Edinho e Moisés, Roger optou por Ramiro. Essa também é a minha escolha para o jogo de quinta-feira.

  34. Eu não concordo. Acho o Ramiro um jogador bom para grupo (vejam bem, para grupo, não disse titular, antes que distorçam e me chamem de fã dele de novo). Obviamente não teremos 4 Pogbas (e nem dinheiro para contratá-los) para o ano que vem.

  35. Pessali jogou três partidas. Se ele tivesse tido as mesmas chances de várias ruindades que passaram, teríamos uma melhor avaliação.

    Não acho que é covardia comparar as estreias dos jogadores citados por mim. Claro que se eles não tivessem dado certo não seria covardia. Mas eles estrearam e foram bem. Poderiam ter se saído bem. Mas só mostraram o potencial porque receberam chance. Sem isso, não temos como saber se o jogador da base está pronto ou não.

    Se o jogador com potencial não receber chance, não tem como avaliá-lo corretamente.

    Nem todos os jogadores darão certo. Mas sem receber oportunidades numa base já entrosada, não tem como saber.

    Agora, vamos pegar os demais nomes. O Éverton ainda teve alguns momentos bons em outros clubes. Inclusive chegou a ser contratado pelo Inter.

    Roberson recebeu chances e não confirmou o seu potencial. Chegou a ter um bom momento no Juventude e depois sucumbiu.

    Pessali jogou poucas partidas. E estava vindo de lesão. Tinha sido escolhido o melhor jogador da Taça BH, competição vencida pelo Grêmio.

    Guilherme Biteco foi outro que recebeu algumas oportunidades, mas nunca teve o mesmo número de jogos que o Pará, o Barcos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.