Amigos tricolores!

Mais uma vitória do Grêmio na Libertadores. Placar mínimo contra o Toluca na Arena com gol inesperado do Ramiro numa bela jogada executada pelo time comandado pelo Roger. Gol de quem treina e muito movimentação e infiltração, prostate toques e passes curtos, viagra order além de paciência para concluir a jogada com perfeição.

O Miguel Fraga também deu seu pitaco sobre a vitória no Drops #6 do MBG, confere aí!

Quem quiser participar do Drops, comenta aí que a gente faz o contato. Na sexta-feira, pós jogo do Gauchão, teremos mais uma edição.

Participe da discussão

11 comentários

  1. Assistindo Red Bull x América MG, quem eu vejo jogando os gloriosos Maylson e William Magrão. Que fase que passamos num passado nem tão longe.

  2. O departamental médico do grêmio tem que cair todo. Não pode sobrar ninguém. O Geromel pegou caxumba. Não tem desculpa tinham que ter vacinado todo o time.

    Amadorismo é elogio.

  3. Sim, tem que cair o dep. médico todo e o dep.de futebol. São muito incompetentes. Há quanto tempo se avisa por aqui e muitos torcedores reivindicam o mesmo que o Grêmio precisa de laterais e um zagueiro xerifão com imposição na bola alta. Quantos vezes avisei aqui que em jogos decisivos o fator bola aérea e a fragilidade das laterais poderiam por tudo a perder e nos eliminar!?

    Hoje mais uma vez as laterais foram duas avenidas quando exploradas. Wallace Oliveira e Hermes são fraquíssimos defensivamente. O Helder do Juventude é muito melhor que esse Oliveira, bruxo do Rui Costa, passou por cima do fraco Hermes (que tecnicamente até é superior ao Marcelo Oliveira), mas o fato é que não temos um lateral esquerdo sequer de qualidade no grupo, é uma vergonha! E na direita o Ramiro improvisado é o melhorzinho. E o que foi a trapalhada mais uma vez da direção em deixar a contratação do Zeballos para última hora e não ter tempo hábil depois de toda a negociação praticamente fechada! É muito fraco esse dep. de futebol! Aliás, como tenho dito o time é cagão como a direção! É a cara dessa direção! E na hora decisiva, sucumbe mais uma vez.

    Não pode tomar dois de time da série C, dois gols de bola parada, não pode perder simplesmente todas as bolas altas na defesa e no ataque, time sem imposição, sem brios, sem personalidade, time de cagão, feito a direção!

    Agora vamos ter de contar como poderio ofensivo em casa, contra o Juventude é capaz de reverter, mas e como será na Libertadores com esse time que vaza pelos lados e pelo alto de tudo quanto é jeito e que não mostra personalidade em mata-matas?

  4. Não tem como ser campeão de nada com marcelo groe de goleiro com marcelo hermes com pedro rocha time amarelão.

  5. Era para ter entrado com o que tinha de melhor, sem poupar, resolver o jogo é aí sim ir trocando. Fizeram o inverso. Se fuderam. Vai ter que reverter a desvantagem que é imensa, logo são se desgastar para a Libertadores. Aí é nem mel nem porongo. A vaca do gauchão já foi com corda e tudo para o brejo.

    Culpa de péssima avaliação do Dep de futebol e direção.

  6. O Grêmio falhou na bola aérea. Bola que passa na pequena área, o goleiro tem que se impor. Na minha opinião, falha do Marcelo Grohe no primeiro gol.

    No segundo gol, a falha da zaga. Não pode deixar um zagueiro daquele tamanho pular sozinho.

    Eu tenho minhas dúvidas se o Grêmio reverte contra o Juventude.

    Esse atual grupo do Grêmio quando precisou fazer placar na Arena não conseguiu fazer para reverter a situação.

    Talvez contra o Juventude consiga fazer. Mas a zaga que jogará é muito fraca. E o time do Juventude é perigoso, apesar de ser time da Série C.

    O Róger contribribuiu para a falta de reação. Substitiu mal outra vez.

    Com as entradas de Luan E Bolano, perdemos articulação. Pedro Rocha e Bobô não estavam bem na partida. Eram eles que deveriam ter saído.

    O W. Oliveira é muito fraco. Ao menos, até o momento, não mostrou bom futebol.

    Enquanto o W. oliveira recebe chance, o Grêmio não deu uma única chance ao Tinga, hoje destaque no Bahia.

    O lateral direito Raul serve a seleção, mas não serve ao profissional do Grêmio, nem para jogar uma partida sem laver alguma coisa.

    E, agora, outro lateral direito começa a ser convocado, chamado Petterson. Será que receberá chance? Provavelmente, não.

    Júnior foi totalmente arquivado. Ninguém sabe o motivo. Toto mundo especula, mas ninguém entende como um jogador melhor do que o Hermes é arquivado.

    São coisas do futebol.

    Tecnicamente, o Grêmio é superior ao Juventude. Tem mais time. E tem condições técnicas para reverter.

    Como é um jogo decisivo, outro fatores podem influenciar para o time fracassar. Juventude, apesar de ser inferior tecnicamente, demonstra mais poder de superação, demonstra mais união dentro de campo, tem força na bola área.

    O Grêmio , apesar de ser mais time, tem uma sistema defensivo frágil sem Geromel que joga pelos laterais e pelo Fred, ou seja, joga por três.

    A bola pune. Futebol não perdoa a incompetência.

    A caxumba é uma doença que fica incubada e demora para se manifestar. Se um manifestou a doença os outros podem já estar com o vírus. E aí dependerá de caga organismo. Alguns podem se manifestar e outros não.

    Apesar disso, era recomendável a vacinação de todos os atletas até pela epidemia que já estava ocorrendo.

    Em relação aos reforços, falta dinheiro. E também conhecimento de mercado.

    Um clube da grandeza do Grêmio não pode mirar em apenas um jogador. Com todo o respeito ao Zeballos, é o nome que estava sendo falado desde fevereiro.

    Na minha opinião, demorou demais a direção. Era para estar atenta a outras alternativas. O uruguaio Zeballos é um jogador desconhecido para nós. Então, se fosse para buscar alguém desconhecido, tinha a direção como opção, nalisar outros mercados e o mercado interno.

  7. Não foi por falta de aviso. Mais uma vez saltou aos olhos a precariedade da nosso setor defensivo. Fred, Wallace Oliveira e Marcelo Hermes, assim como Bressan e Marcelo Oliveira que ontem não jogou, têm comprovado, com atuações de baixo nível, que os sobressaltos e a preocupação dos torcedores com seu futebol não é por acaso. Está mais do que provado que jogador de precária qualidade individual, dificilmente poderá acrescentar algo de bom ao coletivo. Na minha modesta opinião, com exceção de Geromel, os demais componentes da defesa, não estão à altura das exigência técnicas do clube. Em contrapartida, há a convicção dos comandantes do futebol – direção e equipe técnica – de que estamos bem servidos nessas posições. Há muito tempo o Grêmio não tomava tantos gols, consequência de sua má formação defensiva. Salta aos olhos, até do torcedor menos avisado, o mau posicionamento, a desatenção e o desconforto da defesa nas bolas alçadas para a área. Marcelo Grohe, que ultimamente tem alternado grandes defesas com saídas equivocadas pelo alto, também tem sua parcela de culpa na instabilidade do setor. Vamos, agora, para um jogo decisivo no domingo, onde teremos que fazer três gols para nos classificarmos. A empreitada, em meio a uma maratona de jogos seguidos não vai ser fácil. O desgaste físico e emocional será posto à prova e a resposta dos jogadores é uma incógnita. Acendeu a luz de alerta. É preciso que os dirigentes caiam na real, uma vez que a prática é bem diferente do discurso ufanista. Uma reavaliação nos critérios de contratações não pode ser descartada, sob pena de se pôr a perder todo o planejamento do ano. Bater no peito e dizer: onde foi que eu errei?, é meio caminho andado para dar a volta por cima enquanto ainda é tempo.

  8. Disse César Pacheco: “nós não vamos nos entregar. O Grêmio é muito grande, muito forte e tem um ótimo plantel”.
    Ótimo plantel? Menos. Pacheco! Goebells, fazendo escola no Grêmio. Temos, isso sim, alguns bons jogadores, outros em afirmação e muitos abaixo das exigências de um clube que quer ganhar alguma coisa e que, quando entram, fazem com que o rendimento da equipe caia muito. Ontem, foi o que se viu. Um outro Grêmio. Instável, medroso, desarticulado e com algumas individualidades jogando um futebol varzeano, em que pese ter pela frente uma equipe nada mais que medíocre. Ainda assim, conseguimos tomar dois gols e sequer ameaçar o adversário durante os 90 minutos. Acho que o nosso “Pinóquio tricolor” exagerou no elogio ao plantel. Tivéssemos a qualidade de elenco que os dirigentes e o técnico alardeiam, não haveria com o que se preocupar. Mas, parece que o pessoal lá no clube não está preocupado e tem como favas contadas o avanço do clube nas competições que disputa. Geromel com caxumba! Mais um “mico” que pode trazer sérios problemas para o plantel e comprometer todo o trabalho feito até agora.

  9. Na minha opinião, o trabalho do Grêmio já começou comprometido. Iniciou contratando o Kadu e depois o zagueiro Fred.

    O Erazo é mlhor do que os dois e, mesmo assim, exigíamos zagueiro de melhor qualidade, já que havíamos perdido o Rodholfo.

    Trouxemos na lateral direita um jogador que não conseguiu se firmar na Europa apesar de ser considerada uma promessa. Até o momento, mostrou pouca efetividade defensiva e, no apoio, alguma participação e nada mais.

    O futebol não perdoa a incompetência exagerada.

    Estamos no final de abril e a direção se mexeu pouco para eliminar as carências que vem comprometendo desde o início do ano.

    Não bastasse isso, o eterno departamento médico do Grêmio somente agora resolveu vacinar os jogadores.

    Isso já deveria ter sido feito quando o Luan teve caxumba há mais de 30 dias. como medida de prevenção.

    Se mesmo assim ocorresse mais casos de caxumba, o departamento médico poderia alegar que fez o que tinha que fazer, uma vez que a pessoa pode ter o vírus e a doença não se manifestar ou vir a se manifestar depois d 15 dias.

    O Departamento médico foi incompetente como vem sendo sempre quando um atleta tem uma lesão no joelho.

    Alguém sabe da situação médica do zagueiro Gabriel?? Alguém o viu treinado esse ano?

  10. No primeiro caso de caxumba já deveriam ter vacinado quem não tinha contraído essa.doença. A epidemia se espalhou e não vacinaram pq não era necessário, segundo DM.

    Agora, que o Geromel pegou e mais casos podem estarem incubados o DM resolveu vacinar o grupo. Amadorismo e elogio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.