Já nem quero mais contar os minutos de Marcelo Grohe sem levar gols, illness não quero zicar a boa fase do nosso excelente goleiro. Basta saber que ele já um dos dez goleiros menos vazados da história do brasileirão.

Vitória mais que importante no Maracanã no domingo que passou, o Grêmio enfrentou o Botafogo e conseguiu guardar em duas das várias oportunidades que teve. Barcos marcou duas vezes.

(Foto: Alexandre Cassiano)
(Foto: Alexandre Cassiano)

Muito bom ver o Grêmio jogando assim, propondo o jogo. O Botafogo não consegue manter uma regularidade em sua defesa e isso ajudou também o tricolor que ao contrário do alvinegro se destaca justamente pela consistência na defesa.

O jogo contra o Botafogo, agora que passou, parece que valeu mais que os três pontos. Serve para dar confiança para o ataque. O Grêmio fez muita pressão no primeiro tempo, inclusive com uma ótima chance de Barcos aos 11 minutos. Fico na dúvida se foi excesso de qualidade de Jefferson, goleiro alvinegro, ou um gol perdido para Barcos. Nesse lance o camisa nove gremista ainda tinha pelo menos uma opção para passe, mas resolveu arriscar o chute e mandar pro gol. Tudo bem, ele é o atacante e tentar é a sua responsabilidade.

Esse gol perdido até teria um efeito negativo se no segundo tempo Dudu não tivesse feito boa jogada, observado Zé Roberto ultrapassando pela esquerda e por fim Zé ter cruzado/passado para Barcos sozinho. Que teve tempo de pensar, dominar e mandar para o gol.

Muitos que reclamavam no twitter não lembrar como se comemorava, voltaram a comemorar. Obrigado Barcos.

O Segundo gol foi um misto de sorte e posicionamento do Pirata. O zagueiro que afastou a bola nos pés de Felipe Bastos deu condição para nosso atacante ficar cara-a-cara com Jefferson e mandar para o gol. Barcos novamente teve um bom tempo para pensar e pensou direito.

Esse tipo de jogo que serve para reabilitar um ataque e mostrar que a equipe está em evolução, não está estagnada. Grêmio está em uma ótima sequencia e espero que não termine por aqui.

Alguns destaques.

  • Parece que Ramiro tem treinado os escanteios. Mais um dos processos de evolução do time.
  • Eu sempre critiquei Zé Roberto, sempre. Acho-o um bom jogador, mas não o camisa dez que pensavam, sempre disse que seria melhor como volante. Acertei e errei. Acertei em dizer que ele não é um meia armador e errei em dizer que ele é melhor como volante. Ele é melhor como lateral e de preferência com a água batendo na bunda. Zé Roberto é o tipo de jogador que joga melhor quando tem que provar algo.
  • Maracanã é um bom estádio e como o Grêmio gosta de jogar bem nele.

@faneinbox

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Participe da discussão

3 comentários

  1. O Grêmio parece jogar muito melhor quando não tem a responsabilidade de propor o jogo, ainda que proponha de fato. Na Arena sábado terá novamente a responsabilidade de propor, por isso espero um jogo difícil.
    Gostaria de ver nosso ataque atual evoluindo ainda mais, embora mesmo que aconteça não devemos descartar a necessidade de contratações pro ano que vem.
    E, mais do que ter garantido o Rhodolfo, espero que o Grêmio esteja encaminhando a permanência do Geromel. Uma zaga assim é pra ganhar títulos.

  2. Eu disse que o Zé Roberto poderia ser melhor aproveitado na lateral esquerda.

    Algumas pessoas entendiam o contrário, que ele era meia.

    Ele tem qualidade para jogar na lateral esquerda, meia e como terceiro volante.

    No momento em que o Grêmio não tinha lateral confiável, o Zé Roberto era o melhor nome, pois era um grande lateral e sua qualidade como lateral fez ele virar meia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.