Que vitória, prescription amigos. Que vitória. Goleada de 1 a 0 nos morangos dentro daquilo que eles ainda insistem em chamar de estádio.

Consistência, search continuidade, padrão de jogo, competência e SORTE, muita sorte. É assim que o Grêmio vem se encaminhando ao longo destes últimos dois meses, onde, quando a qualidade não resolve, a sorte ajuda, e assim como quarta-feira contra o coritiba, o Grêmio teve mais sorte do que juízo nesse GREnal do aterro em frangalhos.

Com chuva, frio e clássico, era previsto um jogo truncado, mal jogado e com poucas chances de gol, e o Grêmio aproveitou a única chance que teve quando Elano, ainda em campo, fez o gol solitário dessa vitória maiúscula que os 1000 gremistas presentes no meio estádio puderam gritar com a força de todos os gremistas do mundo. O mesmo Elano, que saiu logo após ter feito o gol, faz muita falta ao time, ele consegue dar equilibrio ao meio, consegue atacar nas pontas, tem jogada individual e foi visível a diferença entre o Grêmio dos primeiros 10 minutos e do resto do jogo. Não que os morangos tenham sido muito melhores no jogo, tiveram uma falsa sensação de domínio, mas o Grêmio jogou pouco, contou com outro gol de xiripa e com Marcelo Grohe debaixo dos paus fechando tudo.

Grande vitória que não esconde algumas deficiências, principalmente as laterais. Discordo da maioria dos gremistas e acho que Pará e Pico fizeram um jogo “bom” porque não foram exigidos com tanta força. O Grêmio precisa dos laterais para criarem jogadas, quando os meias estão presos, que foi o caso de ontem, e isso não tivemos, sempre marcando o adversário no campo de defesa e atraindo-0s em vários momentos para dentro do nossa área. Corremos riscos desnecessários, mas que não apagam a magnífica vitória num jogo de 6 pontos. Os 6 pontos que nos distanciamos deles.

Quarta-feira, no mínimo 40 mil para botar o Monumental abaixo e seguir rumo a liderança, caçando os líderes ponto a ponto, que em algum momento eles vão vacilar.

Dá-lhe Grêmio, sigamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.