Participe da discussão

17 comentários

  1. É a volta do Grêmio IMORTAL!!!Se deus quiser os anos de sofrimento vao acabar , vamos reerguer uma taça e a auto estima de uma naçao apaixonada..Eu nasci em 1992 e era muito pequeno em 95 , sofri minha adolescencia inteira , mas agora essa gangorra vai virar , tenho certeza , o gremio copero vai voltar e as glorias maravilhosas tbm ao começar pela copa do brasil deste ano hehe.O legal é que a imprensa do centro do país ja fico bolada e puta com felipao de novo entao tudo a de se repetir.Gremioo , greeeemiooo seremos campeoes da AMERICA!!!

  2. Me lembrei de uma marchinha do Getúlio.

    Bota o retrato do velho outra vez
    Bota no mesmo lugar
    O sorriso do velhinho
    Faz a gente trabalhar
    Eu já botei o meu
    E tu, não vai botar?
    Já enfeitei o meu
    E tu vais enfeitar ?
    O sorriso do velhinho
    Faz a gente se animar

    Que o meu Grêmio volte com ele.

  3. Eu acho que o time vai correr mais, vai ter mais pegada, mais vibração. Isto parece o obvio, pois é uma característica do Felipão. O que eu não tenho certeza é se a equipe vai jogar mais, se o Felipão tem esta capacidade de fazer o time jogar mais e melhor. Pode ganhar, como já ganhou em outras oportunidades, mas pode perder, como já perdeu em outras ocasiões, por sinal, muito recentes. De qualquer modo, se esta não foi a melhor solução, acho que foi a melhor solução possível.

  4. a IVI tá em polvorosa, eles nunca estiveram tão desesperados!

    o malfica, o saraiva, baldão, et caterva, estão todos num desespero que quase, só quase, me deixou com pena deles.

    isso é o maior sinal que foi acertada a contratação.

    tô loco pro próximo jogo na arena, alguém sabe quando é?

  5. Melhor avaliação da aceitação ao Felipão é a reação dos coloridos. Estão apavorados!!!! Maior acusada de golpe dos últimos anos!!!!

    Grêmio tem um dos grupos mais bunda moles de todos os tempos, mas agora tem treinador. Felipão será capaz de controlar o vestiário e tirar o máximo de cada jogador. Chega com uma baita estrutura, com Ivo Wortmann de auxiliar, além do Murtosa.
    Espero que consiga tirar o Chitolina e o Rui Costa da linha de frente, chega de perdedores no vestiário!!

  6. Fábio Koff não aceitou um não do Felipão. Foi lá pessoalmente para trazê-lo pelo braço.

    Agora, falta a mesma atitude em relação ao Chitolina.

    Existe uma diferença enorme entre o dirigente morno e o temperamental.

    Falta um dirigente com comando, senão nem Deus salva.

    Agora, vamos ver se Felipão será Felipão, porque ultimamente tem montado um time de bundões.

  7. infelizmente Koff não formou dirigentes como propôs na campanha. Chitolina não evoluiu, pelo contrário, sucumbiu nas horas que deveria ter se imposto.
    Precisou o Koff centralizar novamente as ações e ir até SP. É claro que conta sua relação com o Felipão, mas fica evidente que faltam dirigentes de qualidade no futebol do Grêmio, gente que chame a responsabilidade pra si.

    Os nomes dessa direção que ainda me agradam e gostaria de ver no futebol são os de Adalberto Preis e Ico Roman.

    O que será do Grêmio quando o centralizador Koff não estiver disponível mais?

  8. Tudo o que peço é foco total na Copa do Brasil 14.
    Brasileiro será muito complicado com um trabalho iniciando agora. Mas do que isso, formar um grupo pra 2015, com perspectiva de manter o Felipão e não reiniciar tudo novamente, após 6 meses.
    Que a palavra planejamento se transforme em realidade.
    Agora temos treinador de qualidade e uma base de time. Faltam reforços, mas já podemos brigar pra valer!

  9. Felipão volta ao futebol vinte dias depois do 7 x 1. Ele não conseguiu dizer não ao Grêmio e a Fábio Koff

    Publicado em 29/07/2014, 17:19 /Atualizado em 29/07/2014, 17:25Paulo Vinicius Coelho

    3Compartilhar ‘Felipão volta ao futebol vinte dias depois do 7 x 1. Ele não conseguiu dizer não ao Grêmio e a Fábio Koff’Compartilhar ‘Felipão volta ao futebol vinte dias depois do 7 x 1. Ele não conseguiu dizer não ao Grêmio e a Fábio Koff’Compartilhar ‘Felipão volta ao futebol vinte dias depois do 7 x 1. Ele não conseguiu dizer não ao Grêmio e a Fábio Koff’

    Felipão não vai dizer com todas as letras, mas não foi por dinheiro nem por amor à profissão seu retorno ao futebol menos de um mês depois do 7 x 1 sofrido pela seleção brasileira contra a Alemanha. Ao primeiro contato de Fábio Koff, ainda no final da semana passada, Felipão disse NÃO! E então o presidente do Grêmio viajou a São Paulo.

    Como se disse no Linha de Passe de segunda-feira, Fábio Koff diria a Felipão que precisava dele. E Felipão tentaria se esquivar. Não conseguiu.

    À primeira negativa veio outro pedido de Koff e Felipão não conseguiu dizer NÃO!

    A amigos, Felipão confidenciou que não poderia dizer não ao Grêmio e a Fábio Koff, suas referências no futebol.

    Felipão acredita que pode fazer o bom trabalho já existente no Grêmio se transformar num time capaz de ganhar títulos. Não já neste semestre. A lógica é o Cruzeiro ser campeão brasileiro, mas a sequência da temporada pode ser favorável. Serão dois anos e meio de contrato e neste período o objetivo é ser campeão.

    Felipão é gremista e o Grêmio acredita em Felipão. Pode dar certo.

    Sem mais!

  10. Preferia o Tite, mas Felipão pro momento me serve.

    Agora, se não reformular o departamento de futebol e substituir Rui Costa e Chitolina ou colocar alguém mais tarimbado e com voz de comando no vestiário a frente deles vamos reeditar a era Renato e Luxa de treinadores com plenos poderes que é o mesmo que flertar com o fracasso, não dá certo. Treinador com plenos poderes sem dirigente cascudo em cima é desastre certo vide o próprio Felipão na Copa que até hoje não sabe porque tomou de 7.

    É preciso um dirigente politico mais experiente no futebol ou vamos enfrentar logo, logo os mesmos problemas de desvarios de treinador isolado no comando vestiário. Até o Enderson Moreira fez o que quis. Até o Barcos manda mais no Grêmio que o departamento de futebol. Já falei aqui mas não aprendem, “comandante fraco, tropa marchando pra morte”. No Grêmio atual o Barcos peita até os vices do Koff e não acontece nada, fica nisso mesmo.

    Enquanto vigorar essa falta de comando e a mentalidade perdedora do atual dep. de futebol, a bunda-molice irá imperar. Não digo que falte o Cacalo no futebol, mas falta um Cacalo, falta alguém com um perfil que tenha mais moral no vestiário.

    Já está mais do que provado que a linha direta do Koff com o futebol não funcionou, quantos treinadores mais vão fracassar até o próprio se aperceber disso, falta alguém que faça essa ligação da presidência com o futebol com moral e competência, e não pode ser alguém com perfil de assessor, dócil como Rui e o Chitolina que podem ser até úteis como comandados, mas que já provaram não ter comando. E time sem comando é time marcado pra morrer, pra perder.

    Mesmo Felipão daqui pouco começar inventar a teimar demais, a comter erros sucessivos a contrariar o obvio e o ululante, acha que sabe mais do que todo mundo, a imprensa não presta, o torcedor é passional e pronto, tá feito o estrago, como os 7×1 da Alemanha que não pode ser explicado de forma simplista senão que por uma sucessão de erros
    que começaram desde o alto escalão da CBF até o treinador que morreu abraçados as suas convicções.

    O problema é que as pessoas confundem convicção com teimosia burra mas linha é muio tênue entre ambas e a prepotência tende a cegar quem está no poder. O Sr Enderson deu entrevista sobre isso para confirmar o que digo, disse que não aceitava pressão e iria seguir suas convicções. Resultado, demissão. O Felipão mandou a imprensa pro inferno na coletiva da Copa e acabou ele ele vivendo um inferno astral… quem tá no poder precisa estar atento pra não perder a sensibilidade do entorno do futebol (termômetro) na relação com as suas convicções e tentar manter a humildade, o que é muitas vezes é o mais difícil.

  11. Com Felipão, temos chances na Copa do Brasil. É possível sonhar, porque ele sabe jogar no mata-mata.

    Como Felipe Neri falou, falta um dirigente competente no futebol. Alguém que tenha comando.

    Chitolina consegue ser pior do que o César Pacheco, Vallandro, Meira e outros.

    Caracterizaria o Chitolina como um morto-vivo.

    Rui Costa é o diretor de futebol. Isso foi dito pelo Cacalo que estranhou não ter ido com Koff falar com o Felipão.

    Também estranhei a viagem de Gabriel Vieira.

    Para fazer o contrato do Felipão, bastaria Koff ter levado um guardanapo.

  12. Ouviremos amanhã na coletiva: “fiquei encantado com o projeto”, “o Grêmio está no caminho certo” – “Vamos fazer uma integração com a base como nunca foi feito em um clube de futebol”, “Felipão estará integrado ao projeto SAP”, “Espero que Felipão fique muitos anos aqui no Grêmio e que sejamos campeões esse ano”, “a negociação foi muito difícil”, “Felipão ficou convencido após ver o projeto”, “fizemos uma engenharia financeira para contratar o Felipão”, “estamos recebendo apoio de investidores”.

    Se Felipão for o Felipão de outrora, o Grêmio deixará de ser um grupo de bailarinos.

  13. MAIS DE 30 se ASSOCIARAM hoje OK . e TU tche ?????????????????????????? 77 MIL SOCIOS em DIA . VAMOS ” REERGUER O GREMIO denovo OK ! ( KOFF falou QUE A NEGOCIACAO sobre a ARENA ( COMPRA / administracao DELA ) ESTA BEMMMMMMMMM AVANCADA ok !!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.