* Este texto foi postado originalmente no site do Movimento Grêmio do Prata.

Gremistas-e-o-Futebol-1

No longínquo 1977, prostate o Grêmio fechava um ciclo de perdas de títulos no Estadual. Começava 1978 com muita gana e vontade para alcançar os objetivos traçados. Assim, o tricolor partiu para completar o anel superior do Estádio Olímpico. O Presidente era Hélio Dourado. Homem de pulso forte, determinado e amor ao Grêmio, percorreu o interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, colhendo material para conclusão da casa tricolor, essa era a Campanha do Cimento, iniciada em 1976. Além disso, na sua gestão foi realizado o Bolão Tricolor, campanha financeira que também serviu para concluir as obras do Olímpico.

Campanha de Divulgação  do Grêmio para o Futebol de graça para as crianças.
Campanha de Divulgação do Grêmio para o Futebol de graça para as crianças.

Mas Hélio Dourado era obstinado e visionário. O Presidente percebeu que a participação do sócio como torcedor, apoiador e contribuinte era essencial para o futuro do Clube. Ele foi além, era preciso que o sócio na época não só mantivesse os pagamentos em dia, mas era necessário mais. Era preciso pensar nos novos torcedores, nos novos sócios, em manter viva a chama tricolor no coração de inúmeros gremistinhas. Por isso, a campanha Futebol de Graça. A ação era destinada para que crianças menores de dez anos pudessem assistir a todos os jogos do Grêmio do ano de 1978, no Olímpico, totalmente de graça. Para isso, o adulto ou responsável apresentava a documentação no Estádio e era confeccionada uma carteirinha para a criança.

Com certeza uma iniciativa simples como essa, do eterno Presidente Hélio Dourado, proporcionou que muitos torcedores, hoje com mais de 30 anos de idade, sejam apaixonados pelo Grêmio.

Fonte: Revista Bolão Tricolor nº 3 – 1977

Participe da discussão

65 comentários

  1. Acabou a pré-temporada “Circo dos Horrores do Felipão” com mais uma atuação calamitosa do time.

    O craque do nosso time no jogo: o “bandeirinha”, claro, que validou um gol em impedimento escandaloso de Lucas Coelho. Foi nosso jogador mais efetivo esse bandeirinha.

    De resto um show de horrores e de escolhas mal feitas de titulares, de parceiras em setores e nas combinações completamente equivocadas de jogadores!!! Tudo dentro do óbvio esperado por qualquer torcedor que acompanhe medianamente futebol, ou até mesmo pela imprensa “isenta” que deve ser a grande culpada por esse futebol patético deste time formatado pelo Felipão (17a1). Até a tia-avó do Wianey Carlet sabe que Barcos e Moreno juntos dificilmente darão certo. Some-se a ele o lerdo e indolente Barriga de Cadela e temos um time que joga praticamente em câmara lenta. Mas o Felipão não vê. Nem o Preiss…

    Não bastasse escalar mal os titulares, inclusive insistindo BURRAMENTE com Mathias “El Diarréia” Rodriguez que falhou bisonhamente no gol do Cascavel sendo driblado ridiculamente, Felipão consegue a proeza de usar pior ainda os reservas…

    Eis que de repente Éverton e Erick são alijados da partida para termos que assistir Everaldo (que não foi titular nem no Figueirense!?) entrar de segundo atacante (?), e como se não bastasse isso para o sofrido torcedor tricolor, ainda somos obrigados a aturar a reedição de “Marcelinho Burrinho” atacante da era Obino agora reencarnado na pele de Paulinho Avestruz… olha é pra liquidar com o torcedor. (Se Erazo for o novo Baloy com alguns dizem, como a ficar assustado…)

    Ah claro, o Luan que o Felipão não gosta, saiu aplaudido e carregou o time nas costas de novo, outros medalhões saíram vaiados como Douglas e Barcos. Culpa da imprensa IVI.

    Mas pro Felipão “17a1”, treinador de meio milhão ao mês, a solução pro Grêmio é juntar contratar o máximo de jogadores medíocres NOTA 5 para termos bastante transpiração, posse de bola e não criarmos quase nada. Felipão riscou do mapa tricolor a palavra “velocidade”… seu time não precisa… aliás, jogador de velocidade ou que jogue bola deve lhe lembrar a Alemanha… seu trauma… por isso não tem vez no seu Grêmio.

    Deve ser por isso tb que Lincoln que era o primeiro que tinha curiosidade de ver entrar foi o último na escolha do treinador, mal teve tempo pra tocar na bola, obviamente.

    Certo está Felipão de esbravejar contra imprensa ou nos treinos contra os jogadores (pela suas péssimas escolhas!), certo está o Dr. Planejamento Estratégico Preiss em dizer que a imprensa atrapalha a dupla Barcos-Moreno (pondo o dois juntos o Felipão está conseguindo proeza de desvalorizar os dois sob os aplausos da turma do Obino na direção!).

    Mas o time deve ter sentido a falta mesmo é do Ramiro (deve pensar o Felipão)… ou certamente deve pensar que quando puder escalar todas as contratações medíocres NOTA 5 juntos, vamos melhorar muito… Erazo (não vi jogar, mas foi mal demais no Mengo preferiu até o Bressan), Galhardo, Marcelo Oliveira, Douglas… enfim contra o Cascavel o que seu viu no primeiro tempo foi duas avenidas nas laterais com Hermes (no apoio até foi bem) e Rodrigues (mal demais) no primeiro tempo e uma avenida Galhardo (no apoio bem) no segundo tempo. Marcelo Oliveira (discreto) não apoiou uma vez sequer embora o Cascavel não atacasse pelo seu lado… esses jogadores somados já sabe desde já não serão solução pras nossas laterais… mas é claro que Felipão meio milhão e as Obinetes da direção serão os últimos a perceber.

    Mas, felizmente, a base oferece alternativas: Raul e Júnior Tavares. Porém, já sabemos, esses jogam futebol. E disso Felipão não gosta. Ele já tem que suportar o Luan (mas deve ser só para ter bode expiratório par substituir quando o time for mal).

    Sem direção e com um treinador cuja arrogância é muito maior que o salário, só nos resta orar.

  2. Grande lembrança do blog. Mas, era um outro tempo. O perfil dos dirigentes mudou. Não havia dinheiro para gastar. As receitas eram escassas, ao contrário de hoje. Ser dirigente era um ato de doação. A paixão a serviço da instituição.
    Dourado é o maior exemplo de dirigente preocupado apenas com o clube. O Grêmio acima de tudo. A empatia dirigente-clube se perdeu. Hoje, não é mais assim. Por isso, a autoestima do torcedor está na descendente. Não sentimos “firmeza” nos quadros diretivos. O clube está na “corda bamba” tanto nas questões administrativa e financeira quanto no futebol. Isso é visível, apesar do discurso “fora da casinha” e diversionista dos nossos comandantes dentro e fora de campo. Nem vou falar do jogo com o Cascavel, porque o que eu vi, foi muito diferente do que disseram os dirigentes, Felipão e os jogadores após a partida. Eu vi outra coisa.

  3. Com esse time aí, o Grêmio só não cai se os adversários for pior, caso contrário, vamos amargar a segunda divisão pela terceira vez se não tivermos reforços.

    E o treinador ainda não sabe as razões do 7 a 1.

  4. Faz parte do planejamento estratégico o Grêmio correr riscos.

    Segundo o planejamento, a culpa será da Arena do Grêmio.

    Vão dizer que o clube ficou sem dinheiro para investir no futebol.

    Farão um link ao Odone.

    Aí aparecerá o vice-de-futebol do clube, cujas férias são ilimitadas, mas usufrui da estrutura funcional do clube, tendo segurança particular e profissional para cuidar da sua agenda.

    Hoje, o futebol do Grêmio está largado às traças.

  5. time horroroso!!! De novo as escolhas erradas vao nos atrasar, de novo a base nao vai jogar, mais um ano chupandovo dedo e secando…

  6. Cascavel deve estar treinando há pelo menos um mês. No entanto, para nós não é necessário seis meses pra perceber que não temos laterais, ou que Barcos e Moreno juntos não darão certo, ou que Douglas não salvará a criação do time sozinho. Para os haters do Pará, a surpresa do ano é saber que conseguimos piorar a lateral-direita.
    Pra falar a verdade, eu via uns jogos do Galhardo quando ele jogava no Flamengo. Parecia um garoto promissor. Surpreendeu-me quando o Flamengo o vendeu, pois ele era bonzinho e parecia ter potencial. Mas uma coisa é ter potencial, outra é se tornar um jogador efetivamente bom. E nenhuma vez o Galhardo recebeu chances desde que foi passado ao Santos. Por que será? Não sei o que esperar dele. Porém esse Matías Rodríguez não entraria nem no meu time B. Acho melhor bolar logo um esquema sem laterais. Do contrário, sentiremos saudades do Pará.

  7. E outra, nosso time sempre tem tido um problema crucial com algo chamado motivação. Motivação traz mais sucessos do que talento ou técnica. E está claro pra mim que os guris que vêm da base têm muito mais gremismo e vontade de mostrar serviço do que alguns veteranos. Há muito mais futuro em apostar naqueles que estão claramente tentando provar seu valor (caso dos guris da base e talvez do Galhardo) do que em veteranos que ou se encaminham pro final da carreira (caso de Barcos e Douglas) ou mostram já não ter motivação pra jogar no clube (caso de Matías Rodríguez e talvez Fellipe Bastos).
    Na minha opinião, pra nós hoje vale muito mais formar um time de garotos complementando as posições carentes com os veteranos do que fazer o contrário. Mas nunca vai acontecer, especialmente pela necessidade de justificar o salário de alguns veteranos.

  8. Não precisaria nem colocar pra jogar Dois centroavantes com as mesmas características nunca deu certo no futebol mundial.

    O técnico que tentar isso quer inventar ou provar que o mundo está errado.

  9. Para dar algum resultado, tem que colocar jogador que cruze com qualidade. Aí teria que puxar o Raul para fazer cruzamentos.

    O Felipe Neri faz avaliação correta.

    O Felipão arquivou o Éverton de novo. E não testou o Erik.

  10. O mais incrível é a volta do Paulinho. Nada com o rapaz, que deve ser um ótimo menino, mas NÃO PODE JOGAR NO GRÊMIO!!!! Teve a bola do jogo no final e chutou igual a cara dele.

  11. Cristiano!
    “Reforços” vieram, mas com que qualidade?…
    Mais um ano empilhando jogadores classe “C”. Acho que antes de tudo, devemos rever a política de negócios do clube, que vende jogadores jovens e promissores que, em sua maioria, sequer são testados no time principal e trazem, a peso de ouro, “medalhões” em fim de carreira para a titularidade incontestável, mesmo que estejam em franca decadência física e técnica.
    É dinheiro posto fora, com raras exceções como o Zé Roberto. Vejo com desconfiança cada anúncio de aquisição de jogadores, pois os responsáveis pelas contratações não tem sido felizes nas suas apostas. Isso demonstra, claramente, que o clube carece de gente qualificada para vasculhar o mercado e garimpar atletas. Esta volúpia de sair às compras e amontoar jogadores medíocres no plantel, é uma das causas do endividamento do clube e parece que o mau exemplo das últimas administrações vem fazendo escola. Foi preciso o clube ficar à beira da falência para os dirigentes “se tocarem”. Enfim, como nada temos de interessante para comentar nesse início de ano, pois a amostragem evidencia as enormes dificuldades que teremos para cumprir com dignidade os compromissos fora e dentro de campo, resta-nos aguardar, com um fio de esperança uma reviravolta, pois, “a esperança é a última que morre”, diz o ditado.

  12. Darcílio,

    É preciso apostar na base, mas um grupo só de garotos ainda não afirmados enfrenta muitas dificuldades.

    Então, o clube deve mesclar os jovens com jogadores bons e mais experientes.

    O Grêmio mescla com jogadores ruins. Fica mais difícil.

  13. essa história de apostar na base é cascata, mais uma mentira dessa direção.

    ontem o everton, promessa e que já teve bons jogos no time de cima, nem fardou. o mesmo pro erick. em compensação, lá estavam o everaldo e o paulinho, duas nabas.

    e sobre eles só um comentários a mais: é o segundo ano que o Grêmio aposta neles, só pra depois mandar embora. ou seja, tem dedo de empresário no meio. daí, quando o BR15 começar, vai ser igual ao ano passado, os reservas não terão sido testados, porque os jogadores de algum empresário precisavam jogar pra valorizar.

    mas, pelas manifestações que li ontem no twitter, quem criticar o time agora é colorado e corneteiro. o verdadeiro torcedor tem que aplaudir e dizer viva! então, vamos lá: viva o Grêmio! viva o goró do douglas! viva o empresário do paulinho! viva o empresário do everaldo! viva o rui costa! viva o futebol lento e sem objetivo!

  14. Gosto do esquema 4-2-3-1, por inundar o setor ofensivo com meias. Os amantes do 4-4-2 clássico terão que me perdoar, mas o problema do Grêmio necessita desse tipo de esquema.
    Foi assim que o Atlético-MG conseguiu sair do anonimato pra campeão da América. Bernard e Diego Tardelli carregando a bola pelos lados com velocidade, e o Ronaldinho parado feito um bocó no meio tentando criar jogadas. A presença de outros dois meias sedentos por bola não deixavam um jogador indolente, desmotivado e em vias de fim de carreira como o Ronaldinho ficar sobrecarregado, permitindo a ele se omitir do jogo à vontade e ainda assim conseguir ser útil às vezes uma vez por jogo com passes pontuais ou bolas paradas. Nesse esquema até o péssimo Jô se tornava útil na área.
    Se Ronaldinho conseguiu um título importante com seu estilo de jogar “devagar quase parando”, não vejo por que Douglas não poderia dar certo. Quem viu os jogos do Atlético-MG, sabe do que estou falando, sabe que Ronaldinho jogou muito pouco. Seu estilo pesado e que não ajuda na marcação até se assemelha ao do Douglas. No entanto, pra isso Douglas não pode ser tratado como nosso principal armador, mas sim ser apenas mais um deles. Douglas com Luan e Éverton na meia poderiam ser uma opção. Ou Lincoln no lugar de um deles. Ou Giuliano, se voltar bem. Na área, eu deixaria o Moreno, porque já deu de Barcos pra mim. Não só o acho mais pesado que o Moreno, como o vejo pior em técnica, posicionamento, movimentação e bolas aéreas.

  15. Raul, Júnior Tavares e Arthur chamados por Felipão. Ótima noticia. Faltam jogadores que saibam jogar futebol nesse time. Luan joga praticamente sozinho, falta parceria, é muito cabeça-de-bagre junto num plantel só, muito jogador nota 5.

    O gringo é teimoso, mas não é burro, se botar esses três a jogar, tenho palpite que não saem mais do time.. vão encantar a torcida… os três sabem o que fazem com a bola.

    Felipão cansou da carne de pescoço e de segunda e resolveu experimentar filé. Esses meninos jogam o fino da bola.

    Podia ter chamado o zagueirão Lucas Silva tb até porque o tal de Gabriel já tá vendido e não tenho gostado do que tenho visto…

  16. se o artur ganhar uma chance no lugar do ramiro mentirinha não sai mais, sabe passar, lançar e carregar a bola, tudo que o perna curta não consegue.

    o raul só não vai ser titular porque tem o matias e coalhada na posição dele, e como foram duas contratações do rui costa, não deve ter chance concreta.

    o júnior é 500x mais jogador que o horroroso marcelo oliveira e o coitado do hermes (tem nome de loja falida, não tem como dar certo). mas, como o marcelo foi contratado por 2 anos (e a contenção de gastos, como fica?), o júnior deve amargar esporádicas aparições no banco e longos períodos só treinando, igual ao everton.

    aliás, a volta do paulinho tatu e do everaldo são muito estranhas… alguém tá levando algum, eles não tão de volta por causa da exuberância do futebol deles… enquanto isso, na liga da justiça, o everton não tá fardando. é bucha…

  17. Considero o Raul um pouco verde pela idade. O forte dele é o apoio, então, não dá para exigir dele um desempenho bom defensivamente.

    O Júnior Tavares é um jogador inteligente. Não tem a mesma qualidade do Raul nos cruzamentos, mas costuma fazer bons cruzamentos. É um jogador técnico, sabe sair jogando. O forte dele é o apoio quando tem boa parceria.

    Ambos sabem sair jogando. O Raul pela idade costuma errar algumas saídas. Mas o cruzamento dele e os lançamentos para a área são muito bons.

    Marcelo Morenos bem municiado fará gols.

    O Arthur é bom jogador. Já jogou de lateral esquerdo. É um segundo volante técnico.

    Entre Arhtur e Kaio, eu preferiria o Kaio, pois tem maior poder de marcação e saída mais rápido para o ataque, é jogador mais objetivo e quando apoia cai para as laterais com facilidade.

    O Arthur segura muita a bola e, por ter jogado na lateral esquerda, poderia aparecer também na linha de fundo para fazer cruzamentos.

    O que eu acho mais estranho é que o Felipão demorou demais para chamar os garotos.

    O Marcelo Hermes era um meia que não deu certo. Foi colocado na lateral porque era insuficiente como meia.

    Ele tem nome de Avenida.

    Av. Marcelo Hermes.

    Em todos os grenais em que jogou pela lateral, a avenida Marcelo Hermes contribuiu por 70% dos gols colorados.

  18. infelizmente o Felipao vai insistir com as tranqueiras do Barcos, Douglas, M. Oliveira, Galhardo pra justificar contratacao e a lideranca do pirata, prejudicando o clube. Mas poderia montar um meio/ataque com alta qualidade e vontade de vencer com Walace, Giuliano (Bastos), Luan, Lincolm, Ewerton e Moreno. Mas ai precisa ter sangue nos olhos e vontade de ser vencedor, o que nao parece ser o caso do cada vez mais acomodado Felipao.

  19. Corneta forte no Felipão num texto que fala sobre ingresso grátis pra gurizada. Tu vê.

    Os fakes do grupo político aquele perderam a vergonha, não ficam nem vermelhos (quer dizer, vermelhos eu acho que são, de coração, pq não é possível secarem tanto se não forem).

  20. Felipão tem sua responsabilidade atenuada. É difícil se Presidente, Executivo, vice-de-futebol, diretor de futebol e, ainda, ser treinador.

    Agora, tem gente que está satisfeita com 2X2 contra o Novo Hamburgo, 1X1 contra o Cascavel e o 0X0 contra o Gramadense.

    Então, vamos falar do passado, porque presente e futuro não deve ser interessante discutir.

  21. Sei que ninguém quer saber minha opinião, mas não acho legal a lembrança constante do 7 a 1. Não tem nada a nos acrescentar (aos gremistas). A derrota não foi nossa. A mídia e a opinião pública já têm caído em cima da gente como se tivesse sido.

    Porém não acho legal tachar os outros pelo teor das críticas. Não quero que o Sempre Imortal se torne como alguns outros blogs por aí onde qualquer crítica ao Grêmio se torna uma crítica à diretoria feita pelo grupo político opositor.

  22. mas olha só…

    segundo estão informando, o erick, guri da base, vai ser emprestado, para ganhar experiência.

    esse é o maravilhoso aproveitamento da base! viva a base, viva!

  23. Felipao monta o grupo com 7 volantes e 3 meias, dispensa o Erick, que ja tava no profissional, e fica com o Pedro Rocha, sendo que ja tem outros 4 centroavantes no grupo, sem falar que fica com o pessimo Paulinho. Mas o problema sao os “secadores da oposicao”… A cultura da mediocridade tomou conta do Gremio!

  24. Impozone, a derrota não foi nossa? Ué não somos brasileiros? O Grêmio não é um time brasileiro? O currículo recente do Felipão não vale só o passado vitorioso conta então? Esse coitadismo e essa incapacidade de conviver e superar as críticas está transformando nosso clube cada vez mais acadelado, sim temos apanhado de todos os lados, dentro e fora do campo.

    Mas a resposta não é pautar os críticos, isso faz parte da mentalidade perdedora que assola o clube, a transferência de responsabilidade, a vitimização para manter as próprias ilusões e empáfia são características predominantes em todo perdedor convicto. A culpa é sempre dos outros. O problema tá sempre nos outros.

    O Felipão dá amostras de ainda não ter aprendido nada com os 7×1, esse é o prolem. A resposta tem de ser dentro do campo, a imagem ruim se desafaz com vitória, não lamuriações ou ataque a imprensa ou aos críticos. o gringo está formando um time lento e medíocre, dispensando todos os nossos jogadores de velocidade pra jogar com dois centroavantes e temos de fazer o que? Bater palmas quem sabe? Ignorar seus últimos trabalhos fracassados inclusive com nosso próprio time ano passado? Ignorar que esteja de dono do Grêmio mandando e desmandando e dilapidando o patrimônio do clube porque nossos dirigentes são um bando de ultrapassados, neófitos e alguns até covardes a outorgar-lhe a responsabilidade? Ignorar que a turma do Obino reassumiu o Grêmio escorada no mito Koff e agora se escora no mito Felipão? Ora, se não querem enxergar o óbvio e continuar perdendo sem nem ao menos berrar ou criticar o atual estado decrépito do clube é um direito que cabe a cada um agora só não venham querer dizer que são mais gremistas ou que quem reclama é colorado, pois daí vão estar dando razão aos críticos pela mais absoluta falta de argumentos futebolísticos baseados no que se VÊ no campo no recente-presente momento.

  25. Desculpa, amigo, o que eu quis dizer foi que a derrota não foi do Grêmio. Muricy cometeu o mesmo erro no mundial com o Santos, achou que podia jogar de igual pra igual, escalou Neymar e Borges. Resultado: não viu a cor da bola. Nem por isso Muricy deixou de ser um dos melhores técnicos do Brasil.
    O próprio Scolari quando chegou ao Grêmio adotou um estilo mais defensivo, quem sabe por causa do que sofreu na seleção. Muitos críticos com dor de cotovelo pela derrota da seleção ironizaram esse fato
    E não sei quanto a você, mas eu pessoalmente não torço pela seleção. Scolari pode ter sido um dos responsáveis pelo que aconteceu, mas, ainda assim, o menos responsável. Enquanto todos apontam o dedo e o crucificam publicamente, tachando-o de incapaz, ao mesmo tempo engolem o “vitorioso” Dunga e sua conduta militar de volta.

  26. E eu não estou dizendo que você não pode criticar o Scolari. Eu o critiquei várias vezes ano passado. Mas essa conversa do 7 a 1 realmente acho muito chata.

  27. Pelo que percebi, a pauta do blog é idolatrar Hélio Dourado por suas ações do passado.

    Parabéns Helio Dourado pelas ações grandiosas! Obrigado por ter contribuído pela grandeza do Grêmio!!

    Enquanto o Grêmio apanhava do Inter, alguém fazia ações extraordinárias para nunca deixar o Grêmio decair em sua grandeza.

    Esse foi uma dos maiores Presidentes!

    Pronto. Agora, podemos voltar ao presente.

  28. Amigos, não deixemos que os maus tempos nos façam esquecer que somos todos gremistas! Tenho certeza de que todos aqui torcem pelo Grêmio e não por indivíduos.

  29. Concordo com o Felipe Neri.

    Eu torci pela seleção por causa do Felipão. Foi um grande técnico. O técnico que mais ganhou grandes títulos sob o comando do time.

    Agora, ele não é mais o mesmo. Em 94 e 95, ele respeitava a direção, baixava a cabeça, ouvia, e era subordinado aos dirigentes.

    Nessa passagem atual, ele veio com nariz empinado. Mandou recado para futuro Presidente, atualmente, Romildo Bolzan.

    Vem cometendo os mesmo erros dos técnicos que passaram ultimamente no comando técnico. Deixa no time quem não está rendendo. Mantém os veteranos quando jogam mal. Dificulta as oportunidades para os jovens jogadores.

    O Paulinho é o espelho do Rodrigo Graal. Se não fossem diferentes, eu diria que são gêmeos univitelinos. Felipão gosta desse tipo de jogador que não sabe correr ou que corre de cabeça baixa.

    Felipão lançou Graal e quer apostar no Paulinho.

    E aí tem algumas pessoas que não aguentar que critiquem o técnico que coloca dois centroavantes com características parecidas, porque um ficará magoado se ficar no banco.

    Quero ver aqui alguém apontar algum time que jogou uma competição inteira com dois centroavantes das características de Moreno e Barcos e foi campeão.

    Futebol não é como matemática, mas, em sua essência, segue uma lógica na sua formatação.

    Na cabeça de alguns, tudo envolve questões políticas. Parece uma paranoia sem fim.

    Quando se critica, a razão só pode ser alguma vinculado a algum grupo político ou é apontado como colorado.

    Vamos ficar debatendo quem é verdadeiro gremista e quem não é.

    Pois bem, o Grêmio caiu para a segunda divisão com o Preis. Posso deduzir que Preis não é gremista, mas colorado que deixou o Grêmio cair.

    O Grêmio caiu duas vezes para segunda divisão por causa de dirigentes desprovidos de competência ou porque eram colorados infiltrados no Conselho.

  30. – Para mim, este é um bom debate. Gosto do confronto de opiniões a respeito do Grêmio. Mas os fatos aí estão, diante de nossos olhos. Evidentemente, cada um os vê sob a ótica particular. Os 7X1 são um marco na história do futebol brasileiro e mundial. Infelizmente todos perdemos, principalmente o Felipão. Isso será lembrado negativamente pelos seus críticos e desafetos, sempre que houver oportunidade para contestar sua conduta fora e dentro de campo . Caso o treinador dê a volta por cima – o que no momento atual do Grêmio é algo improvável – as críticas amenizarão a sua contundência e o lado positivo de sua vitoriosa carreira será revitalizado. Assim são os humanos. Valorizam demais as coisas negativas e se olvidam das positivas, sempre que avaliam os feitos de alguém diante de um acontecimento extraordinário, como foi a derrota para a Alemanha numa Copa do Mendo em território brasileiro. Felipão terá que conviver com isso por toda a vida, queira ou não.

    – Não podemos, simplesmente, creditar somente ao treinador o momento atual do futebol do clube. Padecemos de um vazio diretivo que não consegue sair da arapuca em que se meteu por pura incompetência e que se espraiou por todos os setores. Estivéssemos navegando num mar azul, não estaríamos hoje aqui a tecer criticas aos nossos comandantes. A crítica não pode repousar somente na individualidade, mas, sim, num comportamento coletivo que responde a um conceito de administração que tem se mostrado ineficaz. Quando ganhamos, ganham todos. Quando perdemos…
    Não esperem do Felipão milagres. Com o que tem na mão, o máximo que vai conseguir é ter a defesa menos vazada e ficar entre as dez melhores equipes do campeonato. Do meio pra frente, conta com os mesmos jogadores que não conseguiram dar aquele algo mais de qualidade para a equipe ir mais longe. Os jovens são apostas que precisam de tempo para entrosamento. Barcos e Moreno custam caro e jogam pouco, assim como o Douglas que está com sua validade vencida. Nem falo nos demais contratados, pois são “refugo” de outras equipes e não conseguem empolgar o torcedor. Como gremista, fico torcendo para que surpreendam e me façam queimar a língua, mas não levo muito fé. Fazer o quê?

  31. eu ainda espero um bom trabalho no futebol feito pelo preiss. ele é honesto, gremistão, parece boa gente, mas como diretor só participa de fracassos. e é muito exaltado, em especial por aqui.

    aí junta ele com o rui costa e tá feita a merda. por isso o trabalho do felipão deve ser muito difícil, ser treinador e diretor de futebol ao mesmo tempo é foda, e um dos trabalhos acaba tirando o foco do outro.

  32. O 7 a 1 só expôs publicamente uma realidade que já se sabia: o futebol brasileiro está atrasado, o que inclui dirigentes, jogadores e treinadores. Sem o 7 a 1, a realidade continuaria a mesma. O que mudou foi que com o 7 a 1, aos que não tinham se dado conta disso, a realidade caiu como um raio.

    Mas pro nosso futebolzinho doméstico, que disputamos com outros times igualmente defasados, alguns dos nossos treinadores estão de ótimo tamanho. Melhores que Scolari não há muitos, e as possíveis respostas estão atualmente empregadas. Pessoalmente acho que o Grêmio se beneficiaria muito de um intercâmbio de treinadores, por isso torci pela vinda do Sabella. Mas alguns torciam pela vinda de um gaúcho e se prendiam à ideia de que só um treinador gaúcho traria ao Grêmio de volta o futebol que ele perdeu. Não sou contra, mas acredito que o Grêmio pode aprender novas formas de jogar em vez de depender eternamente dos treinadores “do bairro”.

    Mas não foi o que aconteceu, quem veio foi o Scolari. E ainda prefiro mil vezes o Scolari que certos outros técnicos por aí. Se Scolari está atrasado, o que se dirá de outros técnicos atualmente em atividade, especialmente os que nunca trabalharam fora do Brasil. Não temos essas opções todas. Estou feliz que tenha sido Scolari e não outro. Não estou feliz com as contratações nem com o desempenho do time na pré-temporada. Mas voto pela continuidade, que é uma coisa que não temos tido. Ainda há muita temporada pela frente, o time pode melhorar ou continuar igual.

  33. A questao eh que o Felipao pode fazer mais e melhor com as opcoes que tem, mas nao faz pois se acomodou, tem medo ou quer acomodar os medalhoes no time. Todos times vencedores tem se destacado pela velocidade, Bayern, Barca, Real, M. City, Cruzeiro, Galo, Alemanha… ja o Gremio parou nos anos 80, com jogadores lentos e que pouco se movimentam. E ai entra a gurizada, temos opcoes melhores e menos experientes, chegou a hora de arriscar! Ou vamos ficar no quase de novo e sem receitas de vendas de jovens, nosso circulo vicioso de 14 anos

  34. Scolari será criticado com razão toda vez que fizer algo errado. Vai ser o mesmo esse ano se continuar com o estilo do ano passado. Mas ainda é cedo pra dizer qualquer coisa. Não creio que o Grêmio esteja montando um time vencedor, com Douglas e afins. Mas espero me enganar.

    Por enquanto, as atitudes do presidente estão me envergonhando mais do que as do técnico. Primeiro quer a volta do mata-mata, agora propõe mudanças na Lei Pelé. Não sei exatamente suas intenções, mas a mensagem que tem passado é que não quer ver o clube se responsabilizar pelo que acordou nem quer seguir o modelo de competência a longo prazo.

  35. Em relação as mudanças propostas pelo Presidente do Grêmio acerca do campeonato brasileiro, penso que é ruim você ter a mesma regra de competição sempre. Acho que a cada dois anos, poderia ter um sistema de mata-mata.

  36. Ruben Bota pode vir??Será??

    Não sei se é uma boa a troca do Rodholfo opor Ruben Botta.

    O ideal seria trazer o argentino sem envolver o zagueiro.

    O Grêmio corre o risco de tornar a zaga carente e não conseguir qualidade esperada ao trazer o argentino.

    Existe o problema de adaptação.

    Pelos vídeos, Ruben Botta parece ser um bom reforço se vier.

  37. Andershow pode parar no inter por apenas R$ 4 milhoes e contrato de 4 anos, praticamente de gratis pra jogador desse nivel. Parabens a direcao do Gremio que nao vai fazer nada pra traze-lo, pois gastou 3 milhoes de euros mais 300 mil de salario pra trazer o Fernandinho! Genios!!! Andershow iria ajustar nosso meio campo, alguem que aprendeu a marcar e sabe chegar na frente. Mas teria que vencer a concorrencia com o craque da direcao e do Felipao, o Ramirinho

  38. treino de hj com Grohe, Matias, Rhodolfo, M. Oliveira, Hermes, Araujo, Bastos, Galhardo, Douglas, Luan e Barcos. Um dos piores rimes do Gremio desdd 2005. Nem aquele do do Roth de 2008 era tao desgracado. Oliveira vai jogar em todas as posicoes e sera vaiado em todas ate o Felipao resolver tira-lo. O mesmo vale pro Galhardo, outra improvisacao pra manter os 3 volantes e valorizar a ruindade. Barcos segue dono do time, mesmo com o Moreno sendo mais efetivo. Matias segue de titular, inacreditavel! E os bons da base vao entrar bem devagar, pois sao muito “verdes”

  39. Acho muito dinheiro R$ 4 milhões por um jogador que tem problemas extracampo.

    Não tenho convicção se o Anderson daria certo em seu retorno. No Porto, foi meia atacante. Na Inglaterra, o técnico o colocou como volante. Não foi bem na seleção brasileira, embora não tenha recebido tantas chances.

    E ainda, tem o fator extracampo. Ele não tem mais os 17 anos quando tinha em 2005. Jogador de 27 anos + noite = 0 rendimento.

    Manchester está se livrando do Anderson. A relação é quase a mesma em relação ao Kléber. A diferença é que o Kléber ainda tem mais 2 anos de contrato e o Anderson 6 meses.

  40. por 4 milhoes nao se contrata nenhum meio campista vindo da Europa. O Anderson faz 3 funcoes no meio, alem de saber driblar, passar e chutar. Daria uma injecao de moral na torcida, mas agora pode fazer isso no inter. Enquanto isso o Felipao monta o time com o Galhardo de titular e o Lincolm no banco.

  41. ahaahhahahahaha

    o douglas não tem condição de jogo, por isso não joga sábado! que diretoria amadora!

    pra mim é uma ótima notícia, mas que mostra o quão “preparado” está o Grêmio pra esse longo ano que está só começando…

  42. Até pode ser barato R$ 4 milhões, comparada as cifras que envolvem o mercado mundial. Mas o Grêmio está com salários atrasados.

    Na realidade, o Anderson já jogou na base como lateral esquerdo, ponta esquerda e meia esquerda.

    Como segundo volante ele jogou no Manchester.

    É difícil saber se no retorna vai dar certo ou não. Mas nos últimos tempos o Anderson quis saber mais das festas do que com a bola.

    O argentino Ruben Botta pode dar mais resultado do que Anderson.

  43. Douglas sem condições? Novidade nenhuma. Par Beber e fumar ele tem condições.

    Só não largo o grêmio de vez pq não tenho vergonha na cara.

  44. O fato do Douglas não ter condições legais de jogo soa estranho. A atual diretoria conseguiu inscrever o Vargas em tempo recorde.

    Eu fico em dúvida se tal situação foi provocada pelo Grêmio.

  45. essa direcao do Gremio nem precisa de oposicao, atingiram nivel maximo de amadorismo! Melhor assim sem o Douglas, nem deveria ter sido contratado. Sobre o Botta, tem visao de jogo, sabe driblar, passa e cruza bem, como Alan Ruiz e Maxi, logo, nao se adapta no estilo de jogador que querem no Gremio. Pra jogar aqui precisa correr maratona e marcar, o resto nao importa.

  46. Erik emprestado para ganhar experiência. Inacreditável! Como o grêmio tem o poder de auto flagelo.

    Paulinho que nao consegue correr e pensar ao mesmo tempo fica.

  47. se o meio/ataque for Araujo, Bastos, Luan, Lincoln, Everron e Barcos acho que sera um grande acerto do Felipao. Tem mais eh que botar a gurizada pra jogar no ruralito, pra testar de uma vez, sem medo! Mas nao gosto da defesa com improvisacao do M. Oliveira na zaga, o bruxismo foi forte nessa!

  48. Felipão colocou Moreno ao lado de Barco. Não gostou dos gols marcados pelo Éverton no treino de ontem.

    Como ele mesmo afirma, os garotos oscilam.

    Hoje um torcedor bateu boca com o Felipão no treino.

    O problema do Grêmio não é o Felipão, mas os dirigentes desprovido de competência no futebol do clube.

    Eu preferiria o Éverton no ataque e o Moreno como centroavante.

    O técnico está tentando montar um time com o material humano que tem. O tempo fará o Felipão mudar de ideia ou manter as convicções equivocadas ao meu ver.

    A atuação técnica do Grêmio nos amistosos e jogo amador foi ruim. Os garotos têm capacidade técnica para melhorar a equipe, mas necessitam de segurança para desenvolver toda essa capacidade.

  49. guri da base: joga 5 minutos, em um jogo perdido. se não fizer 3 gols e der 1 assistência, é ruim ou não tá pronto.

    medalhão, com salário alto, ou contratação naba com aval do treinador: 5000 partidas, e mesmo depois disso, ainda não é suficiente pra ver se ele é ou não a solução.

  50. O zagueiro Gabriel não foi inscrito para jogar o Gauchão. É estranho o fato porque ele foi titular nos três amistosos.

    Um hipótese poderia ser a questão da renovação de contrato. No entanto, ele já teria sido vendido. Como a direção não é transparente em nada que faz, não sabemos se poderia ser alguma questão contratual.

    Outra poderia ser o rendimento técnico. o rendimento técnico pode não ter agradado o técnico. E aí resolveu tirar da lista.

    Também poderia ser o fato do clube estar contratando alguém, mas parece pouco provável.

    A inscrição de 24 jogadores é um indicativo de que foi pedido reforços.

  51. aí o Grêmio não inscreve o douglas e o dirigente do twitter vai largar piadinha pra torcida. pra que? é muito amadorismo e falta de noção, não ganham nada e ficam fazendo piadinha como se nós fossemos todos idiotas…

      1. falou em “gremistas”, e disse “to bid or not to bid”.

        até foi bem sacada a tirada, mas não era hora e muito menos o cara tem qualquer moral pra fazer graça, nunca ganhou nada e ninguém sabe a real utilidade dele no clube, a não ser usar o twitter e defender o cel elvio…

  52. Depois de tudo que tenho lido e ouvido nos últimos anos, cheguei a conclusão de que existem dois “Grêmios”: um dos dirigentes e outro dos torcedores. Talvez por aí se explique a nossa situação atual. Há uma exagerada dose de racionalismo nas ações diretivas que, quando contestadas, são, eufemisticamente taxadas de ações “pé no chão”. No entanto, o endividamento crescente do clube tem demonstrado que nem toda palavra que sai da boca, corresponde aos atos e fatos da realidade. Do outro lado estamos nós, os passionais, que damos sustentabilidade ao clube e, ao contrário do que pensam os racionais, não somos desprovidos de inteligência nem de visão. Vemos o Grêmio com os olhos críticos de quem espera dos que comandam o clube um comportamento condizente com sua grandeza. Por isso é que nos insurgimos contra os “malfeitos” e “trapalhadas” que amiúde vem comprometendo a imagem da instituição. O cenário atual demonstra que o tal “planejamento” é uma obra de ficção. A coisa funciona como as “obras viárias do FAC da Copa”: os buracos são apenas remendados e maquilados e sua restauração definitiva, sabe Deus quando acontecerá. Assim está o Grêmio. Nada tem previsão a curto prazo. Tudo é “empurrado com a barriga”. É o tal do “deixar ficar para ver como é que fica”. As medidas anunciadas não sensibilizam nem empolgam. O discurso de austeridade não se completa com ações que animem o torcedor a acreditar na sua eficácia, uma vez que as “soluções” apresentadas não são garantia de que o prometido, em campanha e aos microfones, dará certo. O Grêmio é um clube de futebol. São os resultados positivos fora e dentro de campo que lhe darão fôlego para reafirmar sua grandeza. Com uma equipe “à meio pau” e com dirigentes procurando soluções políticas paliativas para minorar os problemas de gestão, principalmente do futebol, vai ser muito difícil motivar o torcedor para “embarcar nessa canoa furada”. Dizem que estou sendo muito amargo e negativo nos meus comentários. Lamento, mas não posso enganar a mim mesmo. Ah, como eu gostaria de estar sorrindo agora!!!

  53. Foi explicada a situação do Gabriel. Não foi inscrito por causa dos documentos. Como foi vendido para o clube alemão,foi emprestado para o Grêmio. Aí virou uma transação internacional. E toda a transação internacional é burocrática quando chega aqui no Brasil.

    O Inter também não conseguiu inscrever o Réver. O jogador já está há duas semanas.

    Então, por aí se nota que o problema da inscrição do Douglas não passou apenas pelo Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.