Haroldo Santos e a Comunicação Social do Grêmio

Conforme havíamos postado anteriormente, mind por sugestão do nosso leitor e conselheiro tricolor Alexandre Aguiar buscamos um contato para uma entrevista com o responsável pela área de Comunicação Social do Grêmio HAROLDO SANTOS.

Como o contato foi estabelecido, cialis estamos publicando para a leitura de todos os que interagem com o nosso Blog a entrevista. Agradecemos imensamente a atenção do Haroldinho e, price publicamente, colocamos o nosso GRÊMIO SEMPRE IMORTAL a disposição da Comunicação Social do Grêmio.

Leia, comente e recomende.

– Como é desenvolvido o trabalho de Comunicação Social do Grêmio? O clube é futebol. Deste ponto importantíssimo, partimos para os demais que estão no entorno.

– A equipe é composta por profissionais de quais áreas? O clube possui uma Assessoria de Comunicação que conta com cinco jornalistas e quatro estagiários estudantes de jornalismo. Um dos profissionais trabalha ligado apenas ao futebol profissional.

– Como se dá o trabalho da Comunicação Social do Clube junto as diversas áreas do Grêmio? O clube é focado principalmente no futebol. Sendo assim, todas as áreas, desde o profissional até as categorias de base recebe atenção. Um exemplo disso é que em competições como a Copa São Paulo de Futebol Junior, a Taça BH, o Efipan (sub-13) e a Copa Santiago (Juvenil) tem cobertura com um funcionário da Assessoria de Comunicação nos locais dos jogos.
 
– Hoje temos a transmissão dos jogos do Grêmio pela Grêmio Rádio, via internet. Em 2009, surgiu a notícia de que o Clube estaria buscando uma frequência FM para a transmissão dos jogo do Imortal Tricolor. Como está essa questão? Continuamos na busca mas o mercado de rádios está fechado pela RBS e pela Pampa e não existe concessão de rádios novas FM em Porto Alegre.
 
– A Comunicação Social tem a quantificação de acessos a Grêmio Rádio durante as transmissões esportivas e dos programas da GrêmioTV? O pico de acessos da Grêmio Rádio é de 1.300 simultâneos. Na Grêmio TV, a média de acessos aos programas fica em torno de 300 por edição.
 
– Existe um entendimento que o Grêmio tem utilizado de forma ainda tímida a colocação de vídeos “oficiais” (entrevistas com dirigentes, atletas, personalidades tricolores) no youtube. A Comunicação Social tem alguma avaliação quanto ao uso dessa ferramenta de divulgação? Temos colocado algumas matérias no youtube. Também utilizamos o dailymotion para que os vídeos sejam publicados na GrêmioTV.
 
– Em nosso blog, foi apresentada a sugestão de que o Departamento de Comunicação passe a ter uma seção fixa para falar bastante sobre as categorias de base, considerando que o nosso “produto” precisa aparecer mais e melhor. Esse material poderia ser editado com outro sentido diferente do técnico-tático: o de fazer nossos jogadores aparecerem também para a CBF, a fim de que tenhamos mais jogadores convocados para as seleções de base. Existe a possibilidade de isso vir a ser implementado? Concordamos com isso, mas precisamos tomar cuidado pela supervalorização dos jogadores, pois lá na frente podemos pagar três ou quatros vezes em cima do atleta pela pressão do empresário, da imagem criada e trabalhada. É preciso tomar cuidado. Jogador da base que for superdimensionado logo quer aumento salarial.
 

Obs: quem faz a canalização entre os jogadores e a CBF são os olheiros. A CBF não se guia pelos sites ou canais de comunicação. Ela é influenciada por empresários e olheiros.
 
– Outra questão que tem surgido em nosso blog diz respeito a postagem de entrevistas da GrêmioTv, legendadas em vários idiomas; apresentação de perfis dos meninos e demais atletas do grupo principal. Essa sugestão, a princípio simples de ser implementada, pode ser avaliada pela Comunicação Social? É uma belíssima ideia, mas tem que ser bem trabalhada porque não pode haver nenhum erro. A linguagem do futebol é bastante específica.
 
– Em relação aos atletas do grupo principal, o direito de imagem dificulta o trabalho da Comunicação Social ou isso não é problema? Não é problema, até facilita. A estrutura tem que saber trabalhar com isso.
 
– O resultado de campo ajuda no trabalho da Comunicação Social ou indepente uma coisa da outra? Independe uma coisa da outra. A produção tem que seguir a mesma.
 
– Das emissoras que já trabalhaste (Guaíba, Bandeirantes e Pampa), poderia dizer qual a que possui o maior número de gremistas em seus quadros? Pampa.
 
– Tu já escreveste que é um gremista com data de aniversário. Como foi esse “nascimento”? Meu cunhado me trouxe pra ver a final de 77 no Olímpico, no dia 25 de setembro. Desde aquela data, sou gremista.
 
– Na condição de gremista, como é trabalhar no Grêmio nessa área tão importante e, principalmente, narrar os jogos do Grêmio? Um presente de Deus.
 
– Frequentemente se tem batido na tecla da necessidade de isenção da imprensa esportiva gaúcha, onde são poucos os seus integrantes que assumem suas cores clubísticas. Qual a sua opinião sobre esse tema? Sou a favor de assumir as cores e manter a honestidade de ser jornalista ou radialista.
 
– Uma manifestação final para os nossos leitores. Todo dia que eu acordo tenho a obrigação de buscar iniciativas em prol do clube e encontrar parceiros para os meus objetivos de melhora na comunicação do mesmo.

Participe da discussão

78 comentários

  1. Já falei aqui sobre o Haroldo. Chegou ao clube em 2005 por indicação minha e, diga-se a verdade, quando levei o seu nome ao Presidente Odone este me disse que já tinha recebido indicação de um assessor seu na politica e aceitou de imediato. Seu trabalho no clube foi e vem sendo revolucionário, nunca foi feito nada igual no Grêmio do tipo. Confesso que sabia que ele iria cumprir uma grande tarefa e que a faria com grande competência, mas sua dedicação, competência e talento suplantaram a minha expectativa. Tivesse, hoje, a liberdade e autonomia que necessita alguém com criatividade, teríamos um resultado infinitamente superior ao que se tem. Ele é bom, demais, pena que na área não haja um Vice à sua altura.

  2. Endosso as palavras do Josias quanto à dedicação e consequências positivas do trabalho. Em 2003 e 2004, quando da elaboração do Plano Estratégico, sob coordenação do então Vice-Presidente Adalberto Preis, um dos pontos estudados para inclusão no plano foi a exploração das midias digitais. O Haroldo soube implementar muito bem, e creio que com pioneirismo entre os clubes, estas plataformas no Grêmio. O grande lance dos próximos anos e que já está sendo trabalhado fortemente nos EUA e Europa é a tecnologia mobile. Sobre uma frequência, o Haroldo repetiu o que já tinha informado. Não temos por falta de disponibilidade, não por falta de esforço da Comunicação Social. Se gozássemos de uma situação financeira mais confortável, a redação da ACS poderia ser reforçada.

  3. Parabéns ao blog pela entrevista. Excelente iniciativa que surgiu por sugestão do Aguiar.
    Melhor ainda foi ler sugestões que surgiram no blog serem apresentadas ao Haroldinho e ele ter gostado. Vamos torcer para que o lapso de tempo para uma possível implementação das mesmas seja curto.

  4. PARABENS JOSIAS !!!! ( ALGUEM TEM NOTICIAS DO ATERRO 2014 ??????? ) OU SERA que ESTE JAAAAAA NAUFRAGOU no GUAIBA ??????? . A IMPRENSA ISENTA NAO FALA MAIS NADA . PQ SERA ????? .

  5. Não sei se é papel do Haroldo e equipe isso, mas vamos lá.
    Falei isso ontem ao Bernardon, a mídia é traiçoeira e nossos dirigentes educados e complacentes demais, por vezes honestos e sinceros demais nas declaraçoes; falta uma certa malandragem… A CS ppode ajudar em muito montando várias frases feitas. Isso se reflete no vestiário onde cada um fala o que quer e por vezes não preservam e orientam os jogadores. Exemplo: as declarações do Souza no campo ao término do jogo que antecedeu o polemico jogo com o Flamengo, nisso o SCI dá de relho jogador lá é proibido de dar entrevista…. Vide Sandro

  6. Grande Haroldo. Uma grata satisfação. Sempre atencioso e ágil em suas ações. Profissional engajado nas coisas do Grêmio. Sempre aberto a sugestões e críticas. Implementou vários programas para o QS em 2009. Parabéns ao blog por mais esta entrevista.

  7. O trabalho que a comunicacao do Gremio vem fazendo eh excelente. Moro nos Estados Unidos e acompanho tudo pelo site. Nao so os jogos pela TV e radio como as informacoes diarias. Percebo que a assessoria esta super bem dividida. O Haroldo comanda e sabe fazer TV. O Marcio Neves tem um texto sensacional (tenho ate hj um texto que ele escreveu sobre a Batakha dos Aflkitos) e o Rafael Pfeffer e a Taina mandam bem na radio. Eh assim que funcionam as grandes empresas. saber usar o que a pessoa oferece de melhor. parabens.
    Felipe. San Diego CA

  8. Preciso discordar de algumas afirmações.

    Conheço os meninos da base muito mais pelas entrevistas do Ricardo Vidarte paa o Final Sports do que pelo site do Grêmio.

    Outra: o uso das mídias digitais é meramente instrumental. Não se aproveita a sua maior virtude, que é gerar repercussão de boca a boca e funcionar como a ferramenta de relacionamento mais barata e mais global que existe. A única tentativa (ainda tímida, que tem funcionado) é o trabalho da assessora Bianca Ramos na lista de discussão com os blogueiros que participam do Exército Gremista.

    É preciso investir tempo e manter uma pessoa para iniciar, manter e ampliar laços. O pensamento do departamento como um todo deve ser pensar em rede, pois não existe um povo nem uma massa tricolor e, sim, dezenas de nichos de gremistas com hábitos e atitudes diferentes.

    Existe falta de investimento, uma noção menor da importância desse departamento em relação à gestão Odone e o marketing funciona de maneira muito insatisfatória. Acredito que não deva haver esse vínculo tão estreito entre marketing e comunicação, embora sejam atividades parceiras: afinal de contas, embora o objetivo seja comum porque parta dos valores e da missão institucionais, a natureza, os meios e os públicos são diferentes.

    []’s,
    Hélio

  9. Me desculpem, mas acho o trabalho da Comunicação Social do Grêmio fraquíssimo. Se o Haroldo se dedica tanto, onde isso se reflete? É fato que ele foi inovador trazendo a Grêmio TV, e merece os créditos por isso (infelizmente o clube não se aproveita mais dessa belíssima ferramente criada pelo HS). Entretanto, o que mais é feito pela CS do Grêmio? O que mais faz o Haroldo?
    Todo mundo, TODO MUNDO, reclama do site do Grêmio, que tem um conteúdo paupérrimo. Por que não reclamam aqui agora? Parem de rasgar seda! O site do Grêmio é de responsabilidade deste departamento, e se ele não produz conteúdo, a culpa é de quem?
    Pelo amor de Deus, olhem o http://www.ducker.com.br e depois olhem o site do Grêmio, depois perguntem para a torcida qual site é melhor. Qual a dificuldade de se fazer algo similar, uma vez que tem 5 jornalistas e mais 4 estagiários sendo pagos para trabalhar full time para o Grêmio?
    Me desculpem a sinceridade, mas parem de puxar saco publicamente.
    Vejo o principal meio de comunicação do clube com a torcida ( o site) largado, sem conteúdo bom… Uma vez chegaram a colocar a Madona como mascote, dizendo “au au au, estou feliz com a vitoria do Grêmio, lambidas para os amigos tricolores”.

  10. O Harodo é um profissional de mão cheia e no Grêmio tem feito um trabalho brilhante.
    Este é daqueles que devem permanecer independente do grupo político que assumir o poder.
    Parabéns pelo trabalho profissional e sério!

  11. Tenho acompanhado a Gremio Radio TV e o trabalho è excelente. Se mais ´nao faz na verdade é q muita coisa é atribuicao do marketing
    Assino embaixo da observaçao do Marcelo de que certos profissionais devem permanecer nos cargos independente dos grupos q subirem. outros náo.
    Assino embaixo da obs. do Marcos Almeida: frases prontas e posionamentos sáo usados do lado de là, e falta mesmo amalandragem nas declaraçoes, alem de blindar jogador com tendencia a falar digamos… fàcil

    cbimbi

  12. técnicamente falando tento assistir e ouvir a tv e rádio gremio sem sucesso, tenho bom dominio das máquinas em windows e mac e apanho para acessar… Mas sobre isso o Helio conhece mais. Não usar o youtube é burrice.

  13. O problema da Comunicação do Grêmio não é a qualidade nem o comprometimento dos profissionais da área mas, sim, a total falta de:

    1) Compreensão de que o Jurídico, o Financeiro, o Marketing e o Quadro Social não são maiores nem menores do que Comunicação: todos, cada um na sua e com os fundamentais atravessamentos que geram cooperação e solidariedade rumo a cada objetivo, visam tornar o futebol cada vez maior;

    2) Falta de pessoal e falta de dinheiro;

    3) A agência de publicidade SL&M Standard é muito experiente. A agência digital W3Haus é uma das melhores do continente. Porém, sei que a maioria das ideias desses parceiros não são concretizadas em função de 1 e 2.

    Um sociólogo já defendeu uma dissertação de mestrado sobre o Núcleo de Mulheres Gremistas. Um historiador recentemente defendeu TCC sobre a sinergia entre gremistas e colorados no período em que o Beira-Rio estava sendo construído…

    …Além da recente relação de amizade e da minha vontade de me envolver mais com a política do clube, eu leio não apenas este, mas muitos outros blogs gremistas não apenas por prazer, pra me manter informado ou pra discutir: eu tô quebrando a cabeça pra tentar descobrir como fazer as coisas funcionarem.

    Em um primeiro momento, me parece difícil crer que exista algum plano de metas e objetivos independentemente da agenda de cobertura dos fatos cotidianos do clube. Isso eu credito à subordinação parcial do departamento a um marketing que prioriza o licenciamento de produtos (no que não está errado) e à falta de um homem da área no Conselho de Administração.

    Por hora, um grupo de conselheiros seria suficiente pra modificar esse quadro. Não digo para mandar no Haroldo – longe disso. Se falta dinheiro e se falta gente especializada para detectar problemas, apontar soluções e planejar, novamente repito: O FURO É MAIS EM CIMA.

    Duas cabeças pensam melhor do que uma. E cinco cabeças de um perfil que – até onde consigo enxergar – não existe em quantidade no CD, pensariam melhor ainda.

    []’s,
    Hélio

  14. Sim. É uma maravilha mesmo. Fico surpreso com a inacreditável quantidade de pessoas espetaculares que trabalham no GRÊMIO. Gente da mais alta capacidade. Fina flor da competência. Só não sei onde se relete isso. A gente olha, olha e olha… e nada.
    GRÊMIO TV??? Rádio GRÊMIO?? Trabalhos no QS?? Quando? Quem? Onde?
    O site é ruim, a comunicação com o associado é MUITO ruim.
    Não estou contestando o Haroldo, nem conheço ele, mas não sei de trabalho nenhum.

  15. olha, não chegaria ao ponto do comentário do anderson, que criticou tudo e todos, mas também acho estranho os comentários que dentro do Grêmio só existam pessoas altamente competentes em todas as áreas.

    pra mim, funcionam bem (ou muuuito bem): financeiro, jurídico e base.

    eu não tenho reclamação do quadro social, mas já vi muita gente reclamar.

    agora, futebol, mkt(?) e comunicação social não dá pra elogiar. só sendo amigo/correligionário pra tecer elogios para esses setores…

  16. Tem gente que sonha em trabalhar no clube por isso só queima!!! I’deia que é bom ninguem apresenta!!! I’deia que dê retorno porque M tá cheio

  17. Não estou entendendo mais nada…
    Com todas as pessoas que converso que tem ligação com o clube, falam a mesma coisa: que o Haroldo quer aparecer, que só pensa na Grêmio TV e rádio (e suas viagens para transmissões), e que a comunicação do Grêmio pe péssima.
    Agora entro aqui e vejo só elogios… Se alguém aqui acha a comunicação do Grêmio boa, é louco, ou desconhece completamente o que é comunicação. O mesmo para os que gostam do site do Grêmio (onde aparece fotinho do Haroldo toda semana na capa do site).

    O Grêmio precisa se mexer!!! O tempo passa e o clube estaqueou no tempo. O Grêmio parece viver ainda no tempo que não havia internet.

  18. abel:

    não tenho moral nem procuração, mas esse teu comentário não serve pra esse blog, já que tem muuuuita gente aqui que propõe várias soluções para os problemas que eles acham que o Grêmio tem…

  19. Tirando o pioneirismo de algumas ações do Grêmio como o lançamento da TV Grêmio, Radio e o próprio site anos atrás, não vejo nada de tão louvável no trabalho da CS. Há algum tempo já que essas mídias ficaram defasadas no Grêmio e não temos um material de bom conteúdo e fácil acesso. Os vídeos da TV Grêmio, com todo o respeito, são de qualidade amadora e não se encontra nenhum histórico deles.
    Sequer uma revista do clube é oferecida aos seus associados!
    O site do clube é fraco e como disse um companheiro anteriormente, é só comparar com o site do Ducker. Aliás, o Richard foi alguma vez chamado para ajudar nessa área? Acho que traria uma grande contribuição…
    Enfim, respeito o Haroldo pela dedicação e por ter trazido idéias novas ao Grêmio, mas me parece que a qualidade do trabalho nessa área caiu muito.

  20. Se quiserem, posso repassar o e-mail que enviei à Bianca Ramos com uma série de sugestões e propostas de ideias simples, muitas delas com custo zero de Comunicação. A Bianca é a assessora de imprensa mais ligada ao marketing e é quem cuida do relacionamento com os blogueiros que promovem o Exército Gremista.

    Conversei com ela sobre o Twitter e tem funcionado. Ela é super receptiva a novas ideias. Lembro que, em um jantar no Costela no Rolete, disse ao presidente Duda para ele pronuciar-se pelo menos uma vez por semana no You Tube. Ele falou apenas uma ou duas vezes.

    MARCOS: a TV Grêmio não precisaria utilizar o site DailyMotion, nem tampouco depender de plug-in para rodar. Também não é necessário investir em alguma empresa que forneça hospedagem para o conteúdo gerado em vídeo (mesmo que seja barata, mesmo que seja de um bom amigo), desde que se use o YouTube.

    Se o problema é sair do site do Grêmio para utilizar todos esses serviços, basta abrir a mão e pagar para a W3Haus desenvolver um mashup, isto é, embuti-los dentro do site do Grêmio. Vale a pena não apenas pelo baixo custo, mas principalmente porque são sites com os quais o internauta está familiarizado (os nativos digitais, aqueles que nasceram a partir de 1987, compõem a esmagadora maioria dos usuários hoje em dia).

    Normalmente, a maioria dos jornalistas tradicionalmente formados para o trabalho na mídia corporativa têm ojeriza a ter que gravar, editar, publicar e divulgar conteúdo na internet, por mais fácil que o seja. Isso se deve ao fato de terem se acostumado a trabalhar com técnicos altamente especializados.

    Programas de áudio no estilo rádio que podem ser baixados por qualquer MP3 chamados podcasts também são uma baba pra gravar e publicar.

    Fotos? É só comprar um usuário no Flickr por 50 pilas/ano.

    As notícias do site deveriam ter espaço para comentários, como a maioria dos portais hoje o faz. Isso gera engajamento e ajuda a espalhar a notícia por e-mail e por Twitter.

    Blogs no WordPress, repositórios de fotos como o Flickr e de vídeos como o YouTube permitem a folksonomia, isto é, a indexação do conteúdo a partir de palavras-chave definidas pelo próprio autor. Isso multiplica a vontade de um torcedor lá no Amapá enviar fotos para o clube, ou do cônsul em Xique-Xique/BA relatar o churrasco com telão pra assistir ao próximo Grenal.

    Enfim… A colaboratividade faz com que o conteúdo se espalhe feito uma praga de gafanhotos pela internet e gera repercussão. Eu acho lamentável não poder ter mais do que 1500 acessos simultâneos porque a tecnologia da TV Grêmio não comporta ou ter apenas 300 acessos em média à programação (da TV ou da rádio?! Não importa) voltada para um público potencial de sete milhões de torcedores, sendo que 1/3 desses tem acesso à internet de alguma forma.

    O acervo do museu e toda e qualquer foto, vídeo, áudio ou notícia que envolva o Grêmio nos pertencem no mínimo parcialmente: um canal do Grêmio no YouTube com gols, compactos e entrevistas históricas com o conteúdo de toda a mídia poderiam ser digitalizados com uma qualidade bem melhor do que a que qualquer mané costuma subir para a internet (seja no YouTube, no Vimeo ou em outro serviço parecido).

    Se o problema do clube é falta de dinheiro e de expertise, basta apenas boa vontade, receptividade e, acima de tudo, COMPROMISSO pra fazer o serviço funcionar bem sem deixá-lo à míngua depois que os dirigentes perderem a empolgação pela novidade.

    Vou dar um exemplo, que gostaria que todos visitassem e lessem com bastante atenção (pra não aparecer ninguém pra dizer que não há propostas)…

    …O curso de Comunicação Digital da Unisinos possui currículo diferenciado e único, bastante renomado no país inteiro. Divide-se em três anos e é dividido em três trimestres. O primeiro trimestre é teórico, para abrir a cabeça dos alunos. No primeiro ano, todos aprendem de tudo um pouco. Depois, quem quiser se especializar em produção e gestão de conteúdo, em design e em marketing e empreendedorismo escolhe a sua praia.

    Temos alunos nas principais agências digitais brasileiras, sendo algumas delas premiadas internacionalmente daqui, mesmo: W3Haus, Rage, AG2. Terra e Globo.com, os portais que mais se preocupam com a facilidade de uso e com inovação em seus serviços, tem vindo buscar a gurizada aqui. A maioria dos trabalhos de aula já possuem nível profissional.

    Pois bem: certas disciplinas possuem trabalhos práticos que são disponibilizados ou gratuitamente, ou a um custo muito baixo ao mercado.

    O vice-prefeito e secretário municipal especial para a Copa 2014, José Fortunatti, foi até a ComDigi (Centro 3 – Ciências da Comunicação da Unisinos no campus São Leopoldo) dar uma palestra sobre o seu trabalho e sobre como ele deverá impactar a capital. Foi praticamente um BRIEFING no qual os alunos e professores debruçaram-se para oferecer uma solução de comunicação digital adequada às necessidades da Prefeitura.

    No caso do Grêmio, tudo é muito, muito complexo, burocrático, depende de conchavos e de boa vontade, mas poucos departamentos envolvem especialistas. E, infelizmente, falta aquilo que os judeus chamam de chutzpah (uma mistura de eureka com cojones).

    De início, diria que, mesmo com boa vontade, nem o Grêmio saberia dizer o que, como, quando, por que, aonde e com qual intensidade pretende fazer em termos de Comunicação. E as ofertas costumam ser ou engavetadas, ou, se não podem ser executadas, sequer se preocupam em dar satisfação a quem as enviou.

    Enfim, confiram:

    http://www.unisinos.br/digital/produtos/copa-do-mundo-2014-ja-comecou-no-comdig/

    http://www.unisinos.br/digital/produtos/comunicacao-digital-planejara-acoes-digitais-de-porto-alegre-para-copa-2014/

    Eu adoraria propor algo para a ComDigi fazer pelo Grêmio. Só que não posso passar por cima de nenhum dirigente ou funcionário especializado.

    []’s,
    Hélio

  21. é so ler o Helio e entender porque as criticas há algo que foi pioneiro mas que está estagnado, culpa da equipe da CS? Não apenas, isso é reflexo do clube.
    Proponho que a Gremio Tv promova uma série de programas sobre o assunto, convidem gente da área e o Hélio, por favor. Uma área vital como essa não deveria estar atrelada aos mando de VPs DEVE ser autonoma para a definição das ferramentas e o conteúdo sim pautado desde cima.

  22. 1. HELIO E MARCOS. HELIO,PERFEITO. MARCOS, LÁ NOS VERMELHOS, A COMUNICAÇÃO DELES TINHA UM CARA QUE AGORA ESTÁ NO FUTEBOL E VAI NOS DAR TRABALHO E DOR DE CABEÇA, QUE COMANDAVA O SETOR COM INTELIGÊNCIA: ROBERTO SIEGMAN. AQUI, NÓS JÁ SABEMOS COMO FUNCIONA. FICA E CONTINUA VALENDO O MEU PRIMEIRO COMENTÁRIO, LÁ EM CIMA, O PRIMEIRO DO POST. O HAROLDO ESTÁ MAL COMANDADO. SENHORES, ELE É FUNCIONÁRIO DO CLUBE SOB O COMANDO DE UM DIRETOR DO TIPO ABNEGADO. SE QUEM ESTÁ NO COMANDO NÃO TEM BALA NA AGULHA O COMANDADO FICA LIMITADO, O HAROLDO NÃO AFUNDOU PORQUE É MUITO BOM.

    ANDRÉ. DÁ O NOME ´DAS PESSOAS COM QUEM TU CONVERSAS` E QUE TE DIZEM ISTO. EU TENHO NOME E SOBRENOME E TE REAFIRMO TUDO O QUE DISSE AQUI. SE ´AS PESSOAS COM QUEM TU CONVERSAS` EM NÃO POSSUINDO NOME E SOBRENOME SÃO COVARDES OU NÃO EXISTEM. SE NÃO EXISTEM … BORRACHINHA NELAS …. SE APENAS SÃO COVARDES TE MENTEM TE MENTEM ! POR UMA OU POR OUTRA NÃO POSSUEM A MENOR AUTORIDADE DE FALAREM SOBRE O ASSUNTO. ENTÃO SE É PARA CONTINUAR ASSIM, NO ANONIMATO E OFENDENDO, MENTINDO, ENCERRA O ASSUNTO, TU TÁ DESTOANDO !

  23. André Seibaich e Rafael Targanski,
    Concordo plenamente com a opinião de ambos. Acho o site do Ducker excelente. O trabalho da comunicação social do Grêmio está tão-somente a contento. Nada mais. O Grêmio é muito grande e poderia ir além.
    Sou um otimista e defendo essa direção, porque acho que a mesma é composta, em sua maioria por pessoas que pensam no clube. Porém, ao contrário de alguns grandes gremistas que expressaram o seu contentamento ,diria que o trabalho é apenas regular, o que é pouco para esse maravilhoso tricolor.

  24. HÉLIO. É O VELHO DILEMA DO GRÊMIO, PREFEREM PAGAR 180 MIL POR UM PERNA DE PAU, E NÃO INVESTIR NUM DEPTO QUE PODE DAR UM EXTRAORDINÁRIO RETORNO.

    MARCOS: TEU ULTIMO COMENTÁRIO, TB É PEFEITO.

  25. A PROPÓSITO, NÃO SEI SE FOI COMENTADO AQUI O ASSUNTO, NAS FÉRIAS, MINHA AUSÊNCIA, SEI LÁ, MAS SE NÃO E PRÁ QUEM NÃO SABE:

    A COMISSÃO DE MARKETING SE DEMITIU EM MASSA, CAIU FORA. SEM AUTONOMIA, SEM NENHUMA CHANCE DE APRESENTAR UM TRABALHO E COM TODO O PODER CONCENTRADO NO PACHECO QUE, COMO SE SABE, ENTENDE TANTO DE MARKETING QUANTO DE ASTRONOMIA, SEUS INTEGRANTES DEBANDARAM. EU CANTEI A PEDRA AQUI, ADOREI A COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO MAS PULEI NA FRENTE, NÃO VÃO CNSEGUIR, O ´CARA` PENSA QUE ENTENDE DA MATÉRIA E VAI GLOSAR TUDO PORQUE NÃO QUER NINGUÉM SE DESTACANDO MAIS.
    ALIÁS, NA ÉPOCA FIQUEI SABENDO QUE O GUERRA NA OCASIÃO TERIA FEITO UMA FRASE: SABE-SE QUE QUANDO NÃO SE QUER QUE UMA COISA FUNCIONA NOMEIA-SE UMA COMISSÃO, MAS AQUI VAI SER DIFERENTE !
    NÃO SE DESAFIAM DITADOS SE NÃO HOUVER MUITA CERTEZA. AFUNDOU A FRASE E FICOU O DITADO.

    O DUCKER, POR SINAL, ESTAVA NELA. SOBRE O SITE. HÁ ALGUM TEMPO PERGUNTEI AO HAROLDO SOBRE O SITE E ELE ME RESPONDEU = NÃO É MAIS COMIGO, NÃO SOU EU QUEM FAZ MAIS… NÃO SEI COMO ESTÁ HOJE MAS … ! ENFIM,

    “I ASI PASAN LOS DIAS”

  26. MAIS
    O EVANDRO ESTAVA NA COMUNICAÇÃO LEMBRAM-SE ? LEMBRAM-SE QUE ELE FOI UM DOS MENTORES DA COMISSÃO DE MARKETING ? LEMBRAM-SE QUE ELE ESTAVA NA FOTO DO LANÇAMENTO DA COMISSÃO ? O QUE ACONTECEU COM O EVANDRO ? SAIU, POR QUE ? ADIVINHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE !

  27. depois de ler esse comentário, me revoltei demais…

    gostaria de saber como a gente pode fazer para mudar isso. sério mesmo. chega de conchavo político, colocando em cargos chave do tricolor gente incompetente mas amiga do rei!

    ps. começo aqui a campanha hélio pra vice de mkt!!!

  28. João Luiz,

    Menos, muito menos: eu indicaria para vice de mkt e remunerado aquele senhor que conduziu o brilhante projeto que sei lá se será utilizado ou não que foi apresentado pelo Movimento Grêmio Acima de Tudo. Trata-se nada mais nada menos do profissional que criou a garantia estendida, hoje amplamente utilizada pela esmagadora maioria das lojas de departamentos e de eletrodomésticos de todo o país. Perdão por ter esquecido do nome dele.

    A capacidade desse homem reunir cabeças tão admiráveis que trabalharam mais de dois meses DE GRAÇA só pra ver o Grêmio crescer é admirável.

    De maneira geral, creio que a CS do Grêmio não saiba ao certo quem é seu público: afinal de contas, não se pode restrigir-se a acreditar que todo gremista é igual ou que todo gremista espera a mesma coisa. O pensamento voltado para as massas é insuficiente para dar conta da personalização, da colaboratividade e do boca a boca que, hoje, são maiores do que o resultado de uma comunicação que pretende matar todos os coelhos com uma única cajadada.

    Isso precisa ser investigado para podermos determinar produtos diferentes. Parece caro, parece demorado, mas não necessariamente o é.

    []’s,
    Hélio

  29. longe de propor a imprensa chapa branca, entendam e pensem

    sendo essas ferramentas de CS do clube agéis, fáceis e amigáveis TIRAMOS audência do PÉSSIMO jornalismo praticado na RBS, BAND e GUAÍBA…

    como torcedor quero ouvir o clube, e essa é a banderia dos caras, bandeira que eles se agarram com unhas e dentes para FORMAR OPINIÃO e NÃO PARA INFORMAR

    só ligo o rádio pra ver a escalação e ouvir as vozes do clube se pudesse fazer isso sem intermádiários MARAVILHA

    isso é que deve ser entendido e praticado pela instituição, só trará benefícios

    os ditos “JORNALISTAS” só querem fofoca, mídia, especulação e manchete; são incapazes de relatar o que acontece no campo

  30. corroborando o que o marcos disse ouvi quarta antes do jogo o seguinte diálogo do gordo bola murcha da band e um reporter qualquer que não lembro o nome:

    reporter qualquer (RQ) – garcia, o rochemback está melhor em comparação com ele mesmo, não acha?

    garcia (G) – eu não sei, não tenho acompanhado os últimos jogos dele, então não posso opinar, mas acho que sim.

    RQ – e o douglas, o que está achando?

    G – ah, esse ainda não mostrou a que veio, ainda não convenceu.

    AGORA VEJAM SÓ: os dois estrearam como titulares juntos, contra a ulbra. então, quem viu um jogar, viu o outro. isso é fato. e o comentarista, aparentemente, não sabia disso, ao falar que não tem visto um jogar e que o outro está mal… ora, mas pra que falar isso? só pode ser pra jogar a torcida contra o douglas, vai ver que como o anão argentino não correspondeu, o armador do Grêmio tem que ser achincalhado como forma de ser “isento”…

    nossa imprensa esportiva é lamentável, fatos que nem esse que narrei ocorrem em TODAS as transmissões que ouvi. por isso, não ouço mais rádio em campo, só depois e antes, pra não me irritar…

  31. Josias,

    estás defendendo um cara que disse “PERGUNTEI AO HAROLDO SOBRE O SITE E ELE ME RESPONDEU = NÃO É MAIS COMIGO, NÃO SOU EU QUEM FAZ MAIS… NÃO SEI COMO ESTÁ HOJE MAS …”

    É isso? O cara da Comunicação Social que não sabe como está o site???? Talvez este seja um dos motivos da coisa não funcionar…

    Alguém falou algo muito certo aí: por que precisamos saber das notícias do Grêmio pela imprensa, se temos “5 jornalistas e 4 estagiários trabalhando na CS”?

  32. 1- Se pareceu que eu fiz terra arrasada em todas as áreas do clube, peço desculpas. o financeiro funciona! e deu…
    2 – Não existe muito que possamos fazer quanto a situaçõ do GRÊMIO hoje.
    Existe no GRÊMIO uma colossal estrutura adversa a qualquer mudança que retire do poder os que lá estão, é só parar para pensar um pouco. Todos que estão lá já estiveram em algum momento e fazendo as mesmas bobagens de hoje. O GRÊMIO nunca teve um dep de marketing que funcionasse, nunca teve uma estrutura que se preocupasse com seu sócio e seu torcedor, muitas vezes é até o contrário disso. Quando surge algo novo, surge algo expontâneo é imediatamente esmagado (haja vista a força que fez a atual gestão contra a GERAL). Não vejo muitos méritos em quase nada no GRÊMIO hoje e, talvez, a algum tempo.
    Não tenho a capacidade do Hélio de escrever sobre esses assuntos, minha linha é bem mais emocional, mas vejo a incompetência gerencial do GRÊMIO como uma chaga que temos arrastado por anos a fio. E é por isso, por sermos liderados e/ou geridos por pessoas que não conseguem organizar um departamento de comunicação, um marketing, não acertam nem mesmo contratos de jogadores (é sempre uma lambança) que temo pelo caso do Projeto Arena. Ou será que os responsáveis pela Arena serão iluminados pelo divino exatamente nesta hora…

  33. Sugestão de Comunicação enviada em 17/09/2009:

    Há tempos, tenho usado muito mais o Twitter do que o meu blog. Inclusive deixo uma dica: o site do Grêmio precisa de um blog.

    Uma dica: o Grêmio poderia digitalizar todo o acervo sobre o clube que está emblolorando nos depósitos de toda a mídia corporativa. Afinal de contas, ao longo de tantas décadas, as rádios, jornais, TVs e revistas já ganharam tanto dinheiro e audiência usando a imagem da nossa torcida, de nossos atletas e dirigentes ao longo do tempo que chegou a hora de mover o Jurídico pra que isso não se perca.

    O site do Grêmio seria fenomenal e único caso pudesse oferecer toda essa informação ao torcedor e à imprensa de outros estados e países. Dependendo da infraestrutura necessária, diferentes valores (e até mesmo a gratuidade) poderiam ser rateados como mensalidade de acordo com a categoria de sócio.

    Poderia até funcionar a partir de uma parceria com – sei lá – Globo, RBS, Band e assim por diante: eles cobram de seus assinantes (Terra, UOL, Globo.com, iG, etc.) e o associado gremista não paga nada.

    Enfim… São idéias que considero fundamentais pra podermos alavancar ainda mais o Grêmio.
    __________

    Em novembro, a Bianca me convidou para visitar o Dpto. de Mkt. e CS. Dei a ela dicas sobre o uso do Twitter e demonstrei a folksonomia (definição de tags ou etiquetas) do Flickr e do YouTube.

    Ela tem utilizado o Twitter. E provavelmente envie menos chamadas do que o torcedor do Grêmio que segue o perfil @imortalnews esperaria receber. Mas é o tempo que ela possui atualmente para trabalhar o relacionamento. No mais, ela é bastante receptiva e participativa na lista de discussão gremionaweb@googlegroups.com e é uma excelente anfitriã. À Bianca, meus sinceros elogios.

    O problema é que a ideia de pensar em rede ainda não se multiplicou por todo o departamento.

    []’s,
    Hélio

  34. Dica enviada no dia 17/09/2009, em função do pedido de outro gremista que participa da lista:

    Não sei se seria responsabilidade do Patrimônio ou de qual outro departamento, mas Comunicação e Marketing poderiam fazer um trabalho sensacional.

    Tenho amigos cicloativistas (pessoas que defendem tratamento igual e respeito às leis de trânsito por parte dos motoristas para com os ciclistas) que estão listando os estádio de futebol do país com bicicletário.

    O twitteiro @pedalante frequentemente posta essas dicas sob a hashtag #vadebike. Ele me disse que os estádios do Juventus (São Paulo) e do Avaí (Florianópolis) possuem bicicletários para seus torcedores.

    Entre a Gremiomania e o Quadro Social ou entre a Ouvidoria e o bar nas imediações da capela e dos banheiros químicos seguramente haveria espaço para isso, bem como ali onde hoje é um estacionamento do lado da Geral, sobre o antigo Carecão.

    Não é difícil fazer a segurança e orientar o trânsito. E, caso a direção do clube não considere a idéia válida, que pelo menos tente alguma parceria em algum espaço próximo ao estádio.

    Fica a dica!
    __________

    A Bianca encaminhou a alguém. Mas esse alguém, como quase tudo no Grêmio, deu de ombros. Eu, por exemplo, não tenho nem carteira de motorista. Caso tivesse um bicicletário, chegaria no estádio mais rápido do que de T2.

    Para o Humaitá, onde quase todo o caminho a partir da 3ª Perimetral será plano, então, nem se fala.

    []’s,
    Hélio

  35. Dica enviada no dia 25/09/2009:

    Eu tenho um amigo sociólogo que mora em São Paulo e é gremistão, o Maurício Rombaldi. Ele sempre se incomoda com o fato de que o Grêmio carrega consigo o rótulo de racista.

    O conselheiro Carlos Josias escreveu um artigo tentando desmentir esse fato no Sempre Imortal. Hoje, eu escrevi outro no meu blog:

    http://heliopaz.com/2009/09/25/bananas-carameladas-racismo-e-sexismo/

    Acho que daria pra tentar encontrar algum sócio gremista que seja professor de História ou de Sociologia e também pedir a presença de outros sócios negros.

    O Maurício tocou nesse assunto porque sente falta de uma postura mais clara nesse sentido do marketing e da comunicação. Deu como exemplo o lindo comercial de TV que o tradicional adversário veiculou com aquele velhinho que esperava a família vir assitir o jogo com ele. Uma de suas noras era negra. Mais adiante, no Dia dos Pais, eles puseram a foto de um pai e de um filho negros com a camiseta fragária vibrando.

    Seria muito legal se o Grêmio investisse mais nessa questão. Também dá pra pegar pessoas da comunidade LGBT em um outro programa.

    Finalmente, amigos que visitam frequentemente cidades do interior dos estados do sul verificam que, normalmente, a maioria dos torcedores da zona rural (exceto fronteira c/Argentina e Uruguai) é gremista. Acho que dá pra incentivar essa galera a gravar vídeos bem curtinhos (p. ex. gritando “Dá-lhe Grêmio!” ou fazendo chamamento p/jogos e p/Exército Gremista c/não mais de 30s cada um). Eles podem mandar pelo celular, postar no You Tube, etc.

    Outra coisa que tu podes fazer: pedir sugestões de pauta via Twitter.
    __________

    Hoje, mais de 18000 gremistas seguem o @imortalnews no Twitter. Em apenas 140 caracteres, centenas desses poderiam propor sugestões de pauta para a CS tricolor.

    Todo site de notícias que possui informação sugerida ou adicionada pelos próprios interagentes (NOTA: na internet, todos interagem e não existe a figura do receptor ‘passivo’ como muitos pensam ainda existir na mídia de massa) é muito mais citado. Portanto, recebe muito mais visitas.

    Isso nunca foi feito, pois é normal o jornalismo ortodoxo ter medo de perder lugar. Esse tipo de raciocínio é um enorme equívoco, pois os jornalistas cada vez mais dependem do público para não ficarem desencaixados da realidade. Isso só valoriza o seu trabalho, pois eles serão cada vez mais solicitados pelo torcedor.

  36. Em 19/10/2009, minhas considerações sobre o telão que não permaneceu:

    Sei de uma série de empecilhos (e devo desconhecer outros tantos) acerca das formas de utilização de imagens no estádio. Por exemplo:

    – A Globo não permite que se transmita o jogo a partir do telão. A câmera da Grêmio TV é uma só e possui uma série de limitações contratuais de transmissão em função da exclusividade.

    – Em lugar nenhum do mundo a FIFA permite o replay de lances polêmicos.

    Apesar dos pesares, achei extremamente parcial o excesso de imagens da Tradição durante o 1º tempo e o intervalo. No 2º tempo, depois de ter mostrado a Tradição ainda com bastante insistência, a Geral também teve alguns minutos de fama. Ideológica ou não, considerei a superexposição de uma torcida e a exposição menor de outra um erro (ainda mais pelo fato de muitos integrantes da Geral antipatizarem e fazerem lobby contra a atual direção). Simpatia ou represália são medidas totalmente descabidas.

    O placar do Maracanã mostra mais imagens de torcedores avulsos (isto é, que não são das organizadas), destacando velhinhos e velhinhas simpáticos, amigos confraternizando, famílias, crianças e seus pais e mensagens de utilidade pública. Repetem os gols e mostram um replay.

    Apesar deste contrato inicial ser amplamente vantajoso (três meses sem custo do aluguel para o Grêmio e 20% do valor da publicidade), achei exagerado o excesso de jabá.

    Deixo algumas sugestões:

    – Diminuir a quantidade de anúncios repetidos;

    – Prospectar empresas e marcas mais relacionadas ao público predominante entre os associados;

    – Tomar cuidado para não posicionar a câmera ou focá-la de qualquer jeito pra não ficar com cara de amadorismo ou desleixo;

    – Sempre que mostrar a campanha EXÉRCITO GREMISTA, adicionar a URL http://www.exercitogremista.com.br e apresentar algumas vantagens de se cadastrar;

    – Conseguir (nem que seja via câmera de celular ou de câmera digital amadora) imagens de gremistas espalhados pelo mundo assistindo e vibrando com gols de jogos recentes – na frente da TV, em churrascos, etc;

    – Exibir também fotos de gremistas (carros tricolores como aqueles que desfilaram recentemente na pista atlética; casas; casais de namorados fardados; gremistinhas correndo na entrada do time em campo).

  37. Dica de 24/10/2009 para que associados (conselheiros ou não) especializados fizessem trabalho voluntário eventual, prestando um serviço social em nome do Grêmio ajudando a criar o conceito de RESPONSABILIDADE SOCIAL do clube, reforçando o valor da imagem de marca e atraindo novos torcedores, aproveitando o EXÉRCITO GREMISTA para alavancar esse projeto SIMPLES e BARATO:

    Algo que o Cruzeiro e o T.A. realizam há um bom tempo e que o Grêmio precisa tomar a frente no futebol brasileiro chama-se RESPONSABILIDADE SOCIAL. Isso valoriza exponencialmente a imagem de marca, possibilita uma presença maior do torcedor que não pode ir ao estádio (distância, custo, não é sócio, etc.) e dá um retorno do clube para ele sentir-se mais incluído. Atrai crianças, mulheres e idosos, rechaçando os péssimos estigmas de clube elitista e racista que o Grêmio carrega consigo há décadas.

    Sempre pensei em medidas bastante simples a CUSTO ZERO para que o Grêmio se insira na responsabilidade social. Vou dar alguns exemplos:

    – Quantos dias e horários a sala de imprensa, o salão nobre do CD, o Ovelhão, o CTG e a capela ficam ociosos?!

    – Quantos advogados de família, trabalhistas, tributaristas, etc. o Grêmio possui entre seus associados e conselheiros?

    – Quantos engenheiros, psicólogos, professores, médicos, dentistas, securitários?!

    Dicas sobre economia doméstica, sobre investimento no mercado de capitais, sobre declaração do IR, sobre empreendedorismo, sobre controle da natalidade, sobre relações entre pais e filhos adolescentes, medidas de profilaxia e prevenção de doenças, reformas, planejamento urbano, sucessão,sexo na 3ª idade, etc. ISSO NÃO TEM FIM!!!

    DE GRAÇA para cadastrados no EXÉRCITO GREMISTA.
    __________

    Ficou apenas na lista. Não sei se foi repassado ao MKT e à direção. Nunca recebi nenhuma satisfação acerca da proposta. No mínimo, poderiam ter me dito que precisaria ser alterada assim ou assado em função da legislação, blá, blá, blá, mas nem isso.

  38. Enfim… Não vou copiar e colar tudo aqui. Há muito mais. Aí, pergunto-lhes:

    – O relacionamento com o associado, consumidor, cliente, simpatizante é suficientemente bom?

    – Quem entra em contato com o Grêmio recebe qual tipo de retorno? E sob quais condições (quando deveria ser sempre)?

    – MKT e COMUNICAÇÃO FUNCIONAM A CONTENTO?!

    []’s,
    Hélio

  39. Pra encerrar: fiquei brabo porque disseram que só se malha e pouco se propõe. Não colei 20% do que eu já propus.

    A estrutura do Grêmio é arcaica. Muito mais do que as sempre mencionadas roubalheira e incompetência nas financas e ruindade no futebol, infelizmente o nosso clube transborda má vontade e ignorância.

    Essa estrutura faz com que bons funcionários estejam perdidos ou restrinjam-se à executar suas funções de maneira burocrática. Essa estrutura esconde a fraqueza e a mesquinharia dos medíocres.

    Infelizmente, pensei que isso mudaria nesta gestão. Eu acho que não encho os dedos das duas mãos com pessoas que entraram com Duda e fizeram a coisa andar: Irany e Diehl nas Finanças, Kaspary e Alexandre Mello no Quadro Social, a já conhecida competência do Jurídico e… E…?!

    []’s,
    Hélio

  40. Pois então Marcos… Não sei. Não posso responder agora uma pergunta dessas por dois motivos óbvios:
    1- se digo sim, sou rotulado e tudo o que eu disser a partir de hoje será assim visto.
    2- O Odone não disse ainda se será candidato e se for o que pretende fazer como Presidente.
    Não acho que as gestões dele (89/90)e 2005/2008 tenham sido excelentes. Mas dou a ele o crédito de ter pego o GRÊMIO na segundona e posto na final da Libertadores. O Odone, bom ou ruim, colocou o GRÊMIO em 2 Liberadores em 4 anos, entendeu a força da torcida e apoiou isso, viu nisto, me parece, a verdeira força do GRÊMIO. Não sou partidário dele, nem de ninguém (agora depois do que fez Fábio Koff na última eleição então).
    Poucas pessoas acreditam tanto quanto eu na necessidade de renovação. Ando de “saco cheio” de ouvir e ver os mesmos. Acho siceramente que falta ao GRÊMIO força, liderança, raça entre seus dirigentes.
    Mas, Marcos, se for entre o Odone e o Duda. Vou de Odone, acho ele mais forte o Duda é muito duda (me fiz entender?). Mas deixo claro pra ti uma coisa. Entre o Odone e eu(Grêmio do Prata) sou mais eu. E digo: Vou ser Presidente do GRÊMIO!
    É isso? Abraço

  41. Parabéns ao Hélio por toda a contribuição! Se 10% do que ele propõe fosse realizado, estaríamos em um outro patamar…
    Quanto a Bianca, é talvez a única que responde emails la pelo Olímpico, sempre me atendeu prontamente.
    Sobre o site, Grêmio TV e rádio, defendo que deveriam ser pagos já na mensalidade de sócio ou do Exército, como opção de serviço extra.
    Pelo menos haveria um serviço mais qualificado e tenho certeza que muitos iriam aderir. O Corinthians é exemplo nessa área e tem forte adesão…

  42. Não era essa a intenção, mas o assunto ficou bom.
    Eu que votei, não voto mais nele, já fez o seu papel como todos os outros, que o clube se renove com outras lideranças.
    Vaidades pessoais é que vem minando o Grêmio aos poucos e delas não sou partidário.
    Citaste algo muito maléfico ao futro processo eleitoral o impasse-suspense dos candidatos e os fantasmas que virão com isso; uma medida séria seria definir isso com a maior brevidade possível; creio que o Odone vai pra eleição sim, mas para a do TRE.
    E boa sorte pra ti, confiança e objetivos são virtudes também.

  43. cada vez me convenço mais que o hélio tinha que ser o vice de mkt, queira ele ou não! hehehe

    e concordo com o marcos, temos que achar lideranças novas para o clube.

    o problema é: onde? sinceramente, não sei onde elas possam estar, já que ainda não ouvi nenhum cara novo se lançar para eleição do fim do ano…

  44. MAL PREPARADO PARA O CARGO E PARA ENTREVISTAS…

    19/02/2010 | 21h53min

    Silas: Ferdinando é o jogador que mais corre e marca
    Técnico minimiza erros cometidos pelo volante no Grêmio
    Tatiana Lopes
    tatiana.lopes@rbsonline.com.br
    Ferdinando se tornou o alvo das críticas dos torcedores. Há os que implicam com outros atletas, mas o foco, no momento, é Ferdinando. O volante é cobrado principalmente por errar muitos passes. O técnico Silas, porém, minimiza a situação. Ele entende que ele erra porque tenta muito.
    – Não tem preocupação nenhuma, é um jogador experiente já. Ele é o jogador que mais corre e mais marca no nosso sistema de jogo. Mas futebol é feito em cima de scout (números). Agora, se você pegar o scout desse jogo (diante do Veranópolis), tem outros três jogadores que erraram mais passes que o Ferdinando. A questão foi que ele errou três seguidos, e isso marcou – avaliou o comandante tricolor.
    Silas ainda lembra que o outro volante, Fábio Rochemback, também foi vaiado.
    – Muita gente vaiou o Rochemback, e não lembra que quem deu o passe para o Borges fazer o gol foi o Rochemback. Eu, técnico, estou aqui para acertar os erros e reconhecer os acertos – destacou.
    Para o treinador, os jogadores erram porque tentam muito. Ele cita exemplos para explicar o seu pensamento.
    – Se o Rochemback pegar 50 vezes na bola e errar cinco passes, está bom. Se o Ferdinando pegar 45 e errar quatro, está bom. Existe todo um estudo em cima do jogo, e não sobre dois ou três passes errados – resumiu.

  45. OUTRO QUE ESPERO QUE NEM VOLTE
    VAI PAGAR UNIMED MISERÁVEL

    19/02/2010 | 14h42min

    Falcão na Gaúcha: Souza revela mágoa por ter de pagar metade de cirurgia
    Direto de São Paulo, meia do Grêmio falou sobre operação no joelho
    Fora dos campos por cerca de seis meses, o meia Souza é a atração do programa Falcão na Gaúcha deste sábado, às 13h. Em longa entrevista por telefone, direto de São Paulo, o jogador falou a Paulo Roberto Falcão sobre sua recuperação da segunda cirurgia de ligamentos cruzados do joelho esquerdo. Souza optou pelo mesmo médico que fizera a cirurgia anterior, em 2003. Desta forma, teve de pagar a metade do custo da operação – o Grêmio pagaria tudo se o procedimento fosse feito em Porto Alegre. O meia não escondeu seu descontentamento com o episódio.

    Confira a entrevista completa a partir das 13h deste sábado na Rádio Gaúcha.

  46. Gostei da entrevista. Quem acompanha o trabalho do Aroldo na rádio e na TV do Gremio, tem notado uma gradual evolução na divulgação das coisas do clube. A meu ver, se mais não faz, é porque o setor se ressente de uma maior autonomia.

  47. O Falcão deveria fazer uma entrevista com a família do falecido e lendário massagista Moura dos vermelhos. Precisou entrar na Justiça para receber a dívida que detinha por lá. Fizeram dois ou três acordos judiciais com ele e não cumpriram ….. sei sei acontece com todos, se procurarem, lá no olimpico tb deve ter algo do tipo, mas engraçado, o Falcão escolheu um do nosso lado. Deveria escolher, tb, um do lado deles, e convenhamos o Moura era efetivamente uma lenda.
    Grande falcão, não ganhou libertadores por ele, tentou contra o Nacional de Montevidéo, não conseguiu, não ganhou campeonato mundial na decantada seleção de Telê e na copa de 86 melancolicamente nem no banco ficou no ultimo jogo, veio para o S Paulo foi banco do Pita, não teve jogo de despedida, como treinador foi corrido do América do México, corrido da Seleção e culminou com uma ´corrida` do próprio SCI. Hoje se vale de um ghost writer para ter uma colunnha mediocre na ZH e um programinha de rádio que, entre outras coisas, faz este tipo de reportagem. Bem feito, casou com a ex do Bonamigo, ouviu o que ouviu dela em cadeia e revista nacional, internet, e hoje está casado com a filha do Ranzolim: bem feito de novo !

  48. Tchê. Quem, sendo brasileiro, escreve “expontaneo” e “a pouco”, só para dar dois exemplos de inúmeras outras incidências prova não ter nível para criticar os outros.

    Tem de primeiro ir aprender primeiro. Alfabetizar-se.

  49. Todos no Grêmio só fizeram “bobagens”.
    Aqui algumas “bobagens” que fizeram segundo a capa de uma comunidade do Orkut:

    descrição: PRINCIPAL COMUNIDADE DO GRÊMIO FBPA NO ORKUT

    1° Colocado no Ranking da CBF

    PRINCIPAIS TÍTULOS:
    ★ Campeão Mundial: 83
    ★ Bicampeão da Libertadores da América: 83 e 95
    ★ Bicampeão Brasileiro: 81 e 96
    ★ Tetracampeão da Copa do Brasil: 89, 94, 97 e 2001
    ★ Supercopa do Brasil – 90
    ★ Campeão da Recopa Sul-Americana: 96
    ★ Campeão Gaúcho: 35 Vezes

    PRECISA VIR UM SUJEITINHO QUE NUNCA FEZ NADA PELO GRÊMIO CRITICAR TUDO E A TODOS COMO SE NINGUÉM PRESTASSE.

    MENOS CARA! MENOS! TRABALHAR PELO GRÊMIO É SÓ QUERER. E OS QUE FIZERAM TUDO ISSO O FIZERAM GRATUITAMENTE. SEM $$$$$$$$$$$$.

    RARÍSSIMAS POUCO HONROSAS EXCEÇÕES SE É QUE PODEM SER INCLUÍDOS ENTRE “OS QUE FIZERAM”.

    Todos no Grêmio só fizeram “bobagens”. E qual foi a “bobagem” que fez o declarante dessa insanidade?

  50. Já perceberam a megalomania assustadora? Insana.

    O sujeito, dizendo que, até hoje só foram feitas “bobagens”, no Grêmio, tem o peito de se apresentar com o futuro Messias pra livrar o Clube das “bobagens”.

  51. Josias o problema não é o Falcão. Postei a notícia pois ela te m tuda haver com o assunto deste post, Comunicação.

    Estamos diante de um caso de um jogador que nunca foi posto no seu devido lugar por quem o dirige, que nunca deu resultado efetivo, que foi tirado do isolamento na Europa e de mais um dos tantos repatriados cujo perfil é de ” “profissional”, aquele que fica incomodando pedindo passagem e ingresso pra família ganhando milhares de reais por mês.

    Mas voltando ao Falcão ele deve um a entrevista sobre mágoas com o Chiquinho e o Fernandão

  52. Outras “bobagens”:
    títulos internacionais
    Libertadores – Campeões e Vices
    Mundial Interclubes – Campeões e Vices
    Recopa – Campeões e Vices
    1998 – Taça Hang Ching – China – Final
    1997 – Troféu Colombino – Final
    1996 – Troféu “Agrupación Peñas Valencianas” – Final
    1996 – Copa Renner – Final
    1995 – Sanwa Bank Cup- Copa da Amizade – Final
    1995 – Mundial Interclubes
    1995 – Libertadores
    1995 – Libertadores – Campanha
    1987 – Copa Phillips – Final
    1986 – Copa Phillips – Final
    1985 – Copa Rotterdam – Final
    1985 – Troféu “Ciudad Palma de Mallorca” – Final
    1983 – Mundial Interclubes
    1983 – Libertadores
    1983 – Libertadores – Campanha
    1983 – Copa Los Angeles – Final
    1983 – Troféo “Cel – El Salvador” – Final
    1981 – Troféu “Ciudad de Valladolid” – Final
    1981 – Copa “El Salvador Del Mundo – Final
    1981 – Trofeo Torre Del Vigia (Copa Punta Del Este)
    1979 – Torneio Ciudad de Rosário – Final
    1972 – Taça Cidade de Salvador – Final
    1971 – Taça do Atlântico – Final
    1971 – Copa Internacional de Porto Alegre – Final
    1968 – Campeão da Copa Río de La Plata

  53. Outra “bobagem”

    Construção do Estádio Olímpico e do CT de Eldorado.

    Entre outras “bobagens” que esses “incompetentes” fizeram.

    “Tem que botá nóis lá que nóis sabe tudo. Se não for expontaneo, se não for por bem vai por mau. A pouco ainda comentei com um amigo dizendo que por hora tamo meio quieto, mais se não mudá botemo fogo. Chega desses véio incompetente que só fazem bobagem.”

  54. Perdi totalmente a minha paciência com Silas. Havia muito tempo que eu não sentia isso: consegui ser parcimonioso até mesmo com Roth e Autuori. Acontece que ele ainda está muito “verde” e possui imensas dificuldades para se expressar.

    Ora, pois: o comandante do nosso plantel afirmou que Mário Fernandes ainda precisa desenvolver certas características para poder jogar melhor por dentro (zaga) e irá DISPUTAR POSIÇÃO.

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Gremio/0,,MUL1497826-9868,00.html

    []’s,
    Hélio

  55. Falcão poderia tb fazer uma reportagem com ele mesmo, explicando porque foi corrido do SCI quando foi treinador, porque entrou no sala de redação e chamou o Lauro Quadros de ´sem vergonha` ( assim, chamou assim ), explicar o boato aquele de ter sido flagrado no banheiro da RBS, enfim seria muito interessante ouvir isto tudo do ´bola-bola`.

  56. José Dias. Pensa bem… Tu acha que esse sujeitinho aqui não sabe disso tudo. Nós estamo falando de outros assuntos aqui. Ou toda a vez que se fala em alguma coisa temos de enumerar os feitos do GRÊMIO??
    Quando falo das bobagens, é bem fácil de ver do que estou falando né.
    E se ainda não fiz nada é porque ainda não consegui.

  57. Perdão pelo assassinato da língua pátria. hehehehe
    E o que eu quero dizer é que: Poderíamos ser muito maiores do que somos.
    E eu não me apresentei como Messias de nada. Mas aceito a incumbência. O fato é que todos falam em renovação mas na hora todo mundo corre para o mesmo lugar.

  58. Grêmio fecha patrocínio para a clavícula (?!)

    http://www.lancenet.com.br/noticias/10-02-19/703491.stm

    5 milhões por um contrato de 10 meses parece ser um ótimo negócio, porém ficam dúvidas:
    1- a Tramontina, que hoje paga 1 milhão para patrocinar as mangas, segue?
    2- se sim, com dois patrocínios na mesma região, não deixa a camisa muito poluída?
    3- se a diferença entre os dois patrocínios é de 4 milhões, não valeria a pena deixar a camisa mais limpa e romper com a Tramontina?

  59. Conheci o Haroldo em 2003, na condição de dirigente de futebol, quando ele era repórter setorista do Grêmio pela Pampa. Poucas vezes vi um profissional tão dedicado, que sofria muito pelo seu gremismo e o momento delicado que o Grêmio vivia à época, mas que sempre teve uma postura profissional e altamente respeitosa. Chorou em campo na Invasão de Criciúma, quando saímos alí do rebaixamento. Acompanhei nesses anos todos a revolução que a comunicação social do Grêmio teve, a partir do comando do Haroldo, desde 2005. Não tenho dúvidas de que as inovações de rádio, TV, site e internet servem como referências para clubes de futebol que buscam “Benchmarking” na comunicação esportiva. Trabalhei diariamente com o Haroldo no ano de 2009 e pude constatar a sua preocupação em sempre estar “descolado” da politicagem do Clube, mas totalmente envolvido na governança institucional e no respeito aos seus dirigentes comandantes, independentemente do grupo a que pertencem. O Haroldo é sério, extremamente dinâmico, criativo e competente. Um grande profissional e, hoje, um grande amigo.

  60. Bom Dia Amigos,
    Gostaria de saber porque o Haroldo Santos não está mais narrando os jogos do nosso tricolor na Grêmio TV.
    Obrigado
    Dalhe Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.