Participe da discussão

26 comentários

  1. Acredito que o Grêmio tenha chance, tem realizado boas partidas mesmo com todas as dificuldades, peca na afobação, na ansiedade. Quando atingir uma maior maturidade e com alguns acréscimos, pode dar resultados maiores.

    A torcida mista é uma bobagem, só não deu problema ainda porque os dois grenais terminaram empatados e sem gols, quero acontecer algum.

    Para variar, a torcida sendo mal tratada na chegada ao remendão-lixo pela ‘organização fifa’ e brigada. Direção, não se cale e exija maior respeito, precisa dar um basta.

  2. Maicon não é marcador, e Fellipe Bastos só marca o D’Alessandro. Isso abre muito espaço pros outros jogadores do Inter.

  3. Inter sobrando em preparo físico em cima do Grêmio..

    Levamos 2 gols, 1 por culpa do fraco Matias e outro pelo peladeiro Felipe Bastos.

    Estamos sendo atropelados.

  4. Mais um Grenal que colocamos volante pra não tomar mais. Vou lhes dizer… pode ser só um estadual, mas é difícil pro torcedor ver isso.

  5. Walace é um guri bom… ele entrou e a festinha do inter diminuiu significativamente …

    Demos 2 gols a eles e achamos 1 gol que nos coloca na briga…

  6. fim do 1º tempo e temos um dos resultados mais lógicos dos últimos tempos.
    Felipão conseguiu a proeza de repetir o time lento e que pouco arma do 1º jogo, enquanto o inter joga de moto, de novo.
    E pra variar Walace entrou e acabou a festa no meio campo.
    Mas sabe como é, jogador da base tem que ser Messi pra ser titular do Grêmio…

  7. Justiça seja feita: Scolari melhorou nosso time, que seja dado o crédito. Mas que seja dado o crédito também quando ele for o responsável pela derrota, e essa derrota ponho na conta dele. Não só por insistir com Fellipe Bastos, mas porque não dá pra jogar contra time de série A com qualquer formação com Maicon de segundo volante. Não é culpa dele, ele não é marcador. É terceiro jogador de meio-campo, não o segundo. A marcação fica nas costas do primeiro volante. Marcação itinerante é função do segundo volante, primeiro volante tem que guardar posição. Sabe quem nos faz falta? Ramirinho. E que atirem a primeira pedra.
    Um detalhe desses na escalação, jogando no estádio deles e contra o árbitro, isso foi fatal.

  8. E parabéns ao Inter, pelo penta e pelo crescimento nos últimos anos. Temos muito o que aprender. É hora de baixar a cabeça e engolir mais essa calado.

  9. Aposto que no intervalo o vovo Felipão mandou dar uma pegadinha nos valvídas e sachas que sumiram de campo..

    Time do Grêmio desaprendeu a jogar final de campeonato. Da uma chegada nesses lebreiros.

    Levamos 2 gols e ambos foram por perdermos uma bola dominada por nós. Não pode acontecer isso numa final, não pode acontecer isso num Grêmio.

    Matias e F. Bastos não deveriam fardar mais.

  10. Concordo com o Impzone em seus últimos comentários.

    Faltou eu falar da arbitragem antes, do papel que ela teria. Ela truncou de tal jeito o segundo tempo, que ele não desenvolveu, especialmente após os 25.

    Melhor preparo físico do time do aterro? Eles morreram no segundo tempo, não fizeram nada.

    Faltou organização e qualidade para o Grêmio, quando falta isso, tem que ser na correria, o que acontecia o ano passado com o preparador físico do ano passado, não tem nem como discutir. Por favor, Luan nunca mais, não saiu absolutamente nada dos pés dele, digo, saiu entregada para o adversário.

    Será mais um ano em branco, então que sirva de lição e organizem-se para os anos vindouros, chega de erros.

  11. Só espero que não me venham com conversa de que temos que ganhar estadual antes de ganhar outra coisa. A organizadora desse campeonatinho já mostrou quanta atenção merece que demos pra esse campeonato. Vamos, que vamos, reforçar esse time pra seguir brigando, que o ano não acabou pra gente.

  12. Derrota merecida. Em nenhum momento na partida o Grêmio se impôs, foi contundente ou deu maior esperança de título ao seu torcedor, perdeu ao natural para um adversário que só precisou jogar uns 15 min e depois administrou sem maiores dificuldades.

    O Grêmio é um time fácil de marcar, joga com um grandalhão desengonçado na frente e três meias que tentam tabelar quase sempre pelo meio pela inoperância dos dois “barnabés” laterais que demoram um século para fazer uma passagem, enfim, um time ridiculamente previsível, burocrático e enfadonho que é a cara do seu treinador enfarado de treinar e que poderia fazer um favor ao clube de aceitar a proposta da China que está mais de acordo com o seu momento decadente. Repito, a China tem tudo haver com o retrato de momento da carreira do Felipão.

    O Grêmio continua estruturado para perder, já estou exausto de afirmar que falta um dirigente mais enérgico e tarimbado no dep. de futebol que não poderia ser nunca o insonso e defasado Pacheco que tem não tem perfil de liderança assim como o perdedor imortal Rui Costa, o executivo que quanto mais perde, mais permanece no cargo, verdadeiro imortal.

    Podemos discutir os volantes, agora o Ramiro vinha jogando antes e o time tinha as mesmas dificuldades, lance de Bastos foi infeliz mas em nenhum momento o Grêmio ameaçou tirar esse título do Inter e os nosso problemas são outros bem mais graves a passar pelos bruxinhos indicados por Felipão que não podem ser titulares juntos e absolutos de um time que tenha ambição, como Douglas, Matias e M. Oliveira pra mim três das piores figuras em campo hoje.

    Matias Rodrigues é disparado o pior lateral dos últimos 20 anos que já vestiu a camisa tricolor. Esteve envolvido na origem (erro de passe) e no lance de área (foi driblado ridiculamente pelo Valdívia) no primeiro gol de Nilmar. E era o último homem no lance do erro de passe de Bastos levando pateticamente uma meia lua do Nilmar. Quem escala Matias tendo Raul na base merece perder sempre.

    Como havia afirmado, Felipão ia morrer abraçado aos seus bruxos.

    O presidente Bolzan deveria colocar urgente um dirigente com culhões no futebol que se quiser algo esse ano. Com esse time seremos meros coadjuvantes e não disputaremos nem de longe vaga na Libertadores. Há mais de 10 times superiores a esse plantel atual do Grêmio no Brasileiro. Resta a Copa do Brasil mas vejo em Felipão um treinador enjoado, que precisa se reciclar ou se aposentar e que está longe de ser a referência que o clube precisa.

    Precisamos de um treinador que tenha ambição, que oxigene o vestiário e se desapegue dos bruxos indicados, alguém que tenha a paciência, o discernimento e a confiança que não vi o sr Scolari ter para com alguns meninos da base e que principalmente resgate o futebol moderno em velocidade que deixou de ser prioridade no clube nos últimos tempos.

    Precisamos atacantes de velocidade. Laterais apoiadores, não os barnabés esforçados que o treinador preferiu ao invés de dar sequencia aos dois melhores laterais surgidas na base recentemente que são Raul e Júnior. E o cúmulo da decadência, jogador símbolo dessa fracassada era Felipão, dessa família Scolarissauro, é craque Douglas da década 70 trotando em campo em todas as partidas e sendo útil só em bola paradas.

    Teve quem disse que nosso problema no primeiro tempo(?) era preparo físico… pô, com todo o respeito mas alegar falta de preparo físico nos primeiros 30 mim é não enxergar que a questão era um time com opções de velocidade contra um time lento sem nenhuma opção desse tipo e por opção do treinador. O mesmo que em alta velocidade viu a Alemanha passear com 7×1 sobre si e que até agora ainda não assimilou o que houve.

  13. Futebol é complicado, mas é mais simples do que parece, especialmente no Brasil. Aqui não temos gigantes e jogadores galácticos. Fórmula básica pro sucesso: ter meio, ter um ou dois goleadores e ter preparo físico. Uma defesa sólida também ajuda, mas em campeonato fraco como o Br, quem tem esses três é multicampeão, como foi o Cruzeiro. E era um time absolutamente sem veia nenhuma pra decisões, tanto que decepcionou nos mata-matas que participou. Mas pelo menos ganhou títulos.

  14. Fui eu que disse que o time estava com o preparo ruim simplesmente porque o time do Grêmio não achava um jogador do inter se quer…
    Eles passavam como queriam por nós e nenhum jogador conhecia chegar neles..
    Para quem joga futebol, um dos motivos da marcação não achar o ataque é a falta de explosão, falta de perna.

    Mas concordo, time do Grêmio não se reduz a isso, falta qualidade, isso é fato.
    O Douglas eu tenho vergonha de ver ele jogando no Grêmio.. gordo.. sem pique.. perdendo a bola e cedendo contra ataques.
    Matias é nada, simplesmente não sabe o que faz em campo.
    E o Brian meu caros amigos gremista, nos faz ter saudades do Tuta, como já disseram por aqui.

    Grêmio melhorou quando o Wallace entrou, ele tem imposição física, sabe marcar, sabe dar o bote e tomou conta do meio de campo.
    Com ele o Maicon cresceu de produção.

    Jogamos contra um time de lebreiros e todo boleiro deveria saber jogar contra um time desse tipo.

    Mas sei lá, não sou estrategista.

  15. O Inter tem mais time do que o Grêmio. Tem mais opções. Jogou melhor no primeiro tempo. Controlou o Grêmio nos primeiros 25 minutos e depois tirou pé.

    O Inter venceu ao natural.

    Em relação a arbitragem, a única falha que eu vi foi a expulsão do Rodholfo. Achei que o cartão amarelo era o mais indicado, caso contrário todo e qualquer carrinho seria punível com cartão vermelho…

    Como sempre, faltam critérios pré-estabelecidos.

    O Grêmio vai ter que se reforçar em alguns setores.

    O Felipão cometeu erros e esses erros não poderiam simplesmente ser corrigidos em decisões. Como por exemplo, chances para o garoto Raul.

    Marcelo Oliveira é fraco e tenta na base da superação suprir suas dificuldades técnicas.

    Felipe Bastos teve uma falha individual. Deveria estar mais atento. Todo mundo sabe que o Nilmar não desiste fácil dos lances e vai até o fim.

    Não sei se falta dirigente com culhão. César Pacheco é experiente. Falta saber se temos dirigente que entenda de futebol.

    A derrota do Grêmio passa por um conjunto de erros que culminaram no fracasso final da competição.

    O Grêmio tem que erguer a cabeça e saber os motivos da derrota. Por aí teremos um recomeço e projetar a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

  16. Mais uma vez perdemos todos. Sim, porque acreditamos que poderíamos vencer com um time que tem muitas carências. Não dá para ser campeão com Douglas como cérebro da equipe, com Felipe Bastos, Bryan e Matias. Felipão morreu abraçado no Bryan. Será que teremos que aguentar Douglas, Felipe Bastos e Bryan durante a Copa do Brasil e no “brasileirão”? Vitória justa e, mais uma vez, com uma “entregada” no meio de campo, logo no início do jogo, o que desestruturou toda a equipe. Não adianta ter um grande goleiro se o meio de campo não segura a onda?. São cinco anos consecutivos de derrota. O que será que passa na cabeça de nossos dirigentes? Quando esses “gremistas” terão vergonha na cara? A cada ano dão uma demonstração de total incompetência. Assistem seu maior adversário ganhar títulos e não esboçam nenhuma reação? O que se pode dizer então? Cinco anos, meus amigos. Cinco anos é uma eternidade. Agora vão sair por aí a contratar. Esqueceram que o Grêmio é um time de futebol e precisa ter na sua direção gente capaz, principalmente no Departamento de Futebol. Queriam ganhar com um time da “base”. Só não perguntaram para os adversários se eles estavam de acordo. Agora, espero que o pessoal das “convicções” não saia por aí a contratar à granel e sem nenhum critério. E a lesão do Cristian? Porque mentem para o torcedor? O que realmente está acontecendo? Pelo jeito, contrataram um cara “bichado”. Com o discurso de que o clube não tem recursos, saem por aí a contratar qualquer um, demonstrando um total desconhecimento do mercado. Felipão! Wallace é titular desse time! Chega de apostar em “cabeças de bagre”. Temos que contratar um 10 urgente. Chega de jogadores gordos e lerdos que atravancam o meio de campo e são a causa maior do marasmo nas ações ofensivas. Tudo isso salta aos olhos do mais ingênuo torcedor. Jogamos com 10 jogadores um tempo inteiro: o Bryan entrou em campo? Para nossa infelicidade, mais uma vez erramos por pura falta de atenção e qualidade. Temos que parar de dar “sopa” para os adversários. O despreparo técnico e emocional de alguns jogadores, põe por terra todo um trabalho. A torcida está esgotando sua paciência. Quem afundou o Grêmio e o deixou nessa situação de penúria, inclusive entregando o Departamento de Futebol para gente despreparada, terá condições de dar a volta por cima? Esta é uma pergunta que martela a cabeça do torcedor. O Grêmio está precisando de uma nova mentalidade diretiva. Gente que entenda realmente de futebol, o que é mais importante. Como esquecer que o Grêmio vem sendo humilhado ano após ano e que sua torcida não merece mais andar de cabeça baixa. Discursos motivacionais, promessas de contratação e desculpas após jogo, não mais sensibilizam o torcedor. O Grêmio tem que sair dos gabinetes e “botar o bloco na rua”. Nossas economias foram muito mal administradas durante anos. Hoje, nos restaram dívidas e ausência de títulos. Que nome podemos dar a essa situação? Deixo a cargo dos gremistas – os que querem ver seu clube vencedor – a resposta a essas questões. Que credibilidade tem essa “gente”? Depois de cinco anos de promessas e tristezas, alguém aqui acredita em Papai Noel? Quando isso tudo vai parar?

  17. Em relação a preparação física, fui um dos críticas pela contratação de Darlan Schneider.

    Continuo achando que o vínculo de parentesco não poderia ser o fator preponderante para a contratação.

    Até o momento, o trabalho de Darlan Schneider tem sido bom. Poucas foram as lesões.

    No primeiro Grenal, o Grêmio achou o Inter. No segundo Grenal, não achou.

    O Grêmio cedeu muitos espaços a jogadores de velocidade. E você não marca junto, o velocista passa por cima.

    Parece que faltou mais compactação na marcação.

    Pode ser que tenha faltado explosão.

    A preparação física do Grêmio tem sido boa, mas não excepcional.

  18. Wallace e Maicon … nossos melhores volantes …
    Eles imprimiram um ritmo intenso no tempo 1 e cansaram no tempo 2 …
    Vuaden , outra vez, segurou o jogo no segundo tempo … a expulsão do Rodolfo foi risível …
    Nosso lateral direito reserva é muito superior ao titular …
    Não temos bons atacantes …
    Duas ótimas rendas … temos time mais barato …
    Chega de colorado chefiando a fgf …

    1. Maicon e Wallace tem cara e jogam como volantes de time A.. o resto é balela.

      Douglas ta acabado como jogador, destoa de tudo e de todos.

  19. E sempre o conformismo. Na realidade o grêmio ha 15 anos é a confraria dos amigos. Saem os amigos de um grupo, entram do outro grupo político.

    Os times covardes nesses anos são o espelho das direções (todas).

    Uma frase que mostra esses anos de covardia e cagalhonice. Na posse do Fernando carvalho, disse ele: Podemos não ganhar nada, podemos não ganhar de ninguém, mas deles (grêmio) nós vamos ganhar. E é isso que vem acontecendo. Eles tomam goleada da chape, perdem para times ridiculos da libertadores, mas contra nós eles PASSAM POR CIMA. O GRÊMIO VIROU A PUTINHA DELES.

  20. No primeiro gol os caras entraram, mais uma vez, tabelando dentro da nossa área e o culpado é o goleiro? Me desculpe, mas a avaliação do lance está equivocada. Inclusive o Grohe fechou o angulo, mas a bola bateu nele e foi morrer na rede. No segundo, o Felipe bastos entregou para o Nilmar. Ele é goleador e agradeceu a papinha. Me pareceu que o Matias dormiu no ponto também e não teve velocidade para se antecipar. Na sequência, Nilmar
    serviu o Valdívia que estava sem marcação dentro da área. Aquele gol até eu faria.Será que só eu vi assim?

  21. Um viva para as “convicções”! Viva o acadelamento! Viva a resignação! Viva os “senhores” deste Grêmio mortal!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.