#GRÊMIO30AnosCampeãoDoMundo “Saint Portaluppi’s Day”

GRÊMIO FBPA: Mazarópi ;Paulo Roberto, Baidek, De León e Paulo César Magalhães; China, Osvaldo (Bonamigo 25 do 2°t) e Mário Sérgio, Renato, Tarciso e Paulo César Caju (Caio 33 do 2°t)
Técnico: Valdir Espinosa
Reservas: Beto, Leandro, Casemiro, Tonho e César

Não existirá na história, nem mesmo na história do próprio GRÊMIO, um dia como 11 de dezembro de 1983!

#GRÊMIO30AnosCampeãoDoMundo

#30AnosDoMundial

#NadaPodeSerMaior

Saint Portaluppi’s Day

“Pegou a bola Renato. Vai lá garoto! Driblou o primeiro, ,driblou o segundo, bateu no canto….. GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLL!!

Golaço! Golaço! Golaço! ”

Nosso muito obrigado a Renato Portaluppi, o homem gol!

http://t.co/c1k5RrLw8n

A Gerência

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

27 comentários

  1. num dia desses uma Briga de Lokas entre 2 rapazes do Conselho do Grêmio na RaGrenal … prova que torcem pelo Esporte Clube Vaidade , q resolvam isso numa sauna e larguem o Grêmio de mão !!

  2. viva as eleições no Grêmio, viva meu cargo político, ano que vem tem de novo!!!
    Que se exploda o clube e o time em campo, o importante é mobilizar a torcida pra votar!!

  3. http://globoesporte.globo.com/platb/olharcronicoesportivo/2013/12/10/4345/

    1- Má gestão gera desequilíbrio das finanças
    2- Mesmo sem condições de investimento, gestores continuam endividando o clube para montar equipes competitivas
    3- Situação financeira se torna insustentável levando à necessidade da vinda de novos gestores, para sanear o clube
    4- Processo de saneamento imposto pelos novos gestores precisa ser duro, reduzindo momentaneamente a capacidade de investimento no futebol
    5- Falta de investimentos leva à piora nos resultados
    6- Saneamento vem, mas pressão política e dos torcedores abre espaço para a volta dos gestores menos responsáveis e sem preparo
    7- recomeça o processo

    esse é o círculo vicioso de um clube perdedor

  4. Grande dia, mito Renato, excelente equipe, emocionante lembrança, mesmo para quem não lembra do dia, afinal tinha pouco mais de 1 ano de idade.

    Segue para quem quiser ter em casa o jogo, está dividido em duas partes, por isso dois link’s, qualidade de dvd:

    http://l.bitcasa.com/HtUexEmL

    http://l.bitcasa.com/fOlRkvyB

    senha: _s3nh4_

    Consegui outros jogos, a medida que eu for subindo eles em algum servidor da internet eu posta para quer quiser ter de recordação.

    Abraço e parabéns a nós gremistas.

    Obs.: caso o Reanto não permaneça como treinador para o ano que vem, quero o Espinosa.

  5. Lendo o noticiário, Espinosa querendo voltar a treinar. Vai acabar no Grẽmio por 2 motivos:
    1- A história incontestável
    2- Salário que deverá ser dentro do podemos pagar.

    Fico com medo de tentar resgatar algo de 30 anos atrás. Que perigo..

    Mas, na fase que estamos, capaz do improvável ainda dar certo.

    Que momento.

  6. Com todo respeito, mas Espinosa é mais um pensamento mágico.
    Quem sabe trazemos o Baltazar, Paulo Isidoro, Mário Sérgio, China…

  7. Falta de vergonha na cara dessa direção? Vão contratar o Paulo Paixão?
    Será que já esqueceram que o Paulo Desafio Paixão deu uma banana para essa direção e foi para o aterro?!
    É muita cornisse!!!!

  8. Eu penso que o preparador físico que substituiu o Paixão fez um excelente trabalho.

    Que deu uma banana ao Paixão foi o próprio Grêmio ao deixá-lo como o segundo Preparador do Luxemburgo que preferia o trabalho do Mello.

    Paixão não quis ser subordinado e aceitou novos desafios.

    Mas o trabalho físico que foi feito no clube no campeonato brasileiro foi excelente.

    O Grêmio correu muito, pois a bola era pequena.

  9. Tem uma reportagem na zh e no clic sobre os anjos da geral e o odono que alguns daqui tinham que ler.

    E eu tô loco pra começar a ler as desculpas sobre os pobres anjos geraldinos… como é fácil dar apoio incondicional ganhando dinheiro…

  10. Eu li e também achei um absurdo os argumentos adotados pelo Odone.

    Penso que o clube pode custear e fomentar as organizadas desde que todas sejam tratadas da mesma forma e o dinheiro eventualmente investido seja controlado pelo próprio clube..

    Agora, começamos a entender os motivos que levavam tantas brigas entre torcidas organizadas diferentes e entre membros da própria torcida organizada.

    Mas o que é mais interessante e grave, é a contradição de Paulo Odone.

  11. Vamos esperar agora uma reportagem séria sobre a conduta das torcidas do co-irmão. Aqueles “anjinhos” que bateram na Brigada lá no Beira-Rio, num jogo contra o Flu, ou, se quiserem, aquelas que tem elementos que ameaçam e agridem com faca os próprios companheiros ou que lançavam pedras, foguetes e bombas caseiras nos ônibus da torcidas adversárias.
    Odone foi o presidente que mais grana deu para as torcidas e o que mais se utilizou deste expediente com fins políticos. Mas, será que foi o único? Cadê os outros? Desde que me conheço por gente, sei que este favorecimento estava institucionalizado no Grêmio. Era prática corrente. Odone apenas sublimou a prática.
    Agora, salta aos olhos, que, sempre que o clube passa por momentos delicados, procura-se um ex-dirigente – não por acaso, o desafeto do presidente – para “botar lenha na fogueira”, alimentar a briga de bugios e expor o clube à sanha dos seus detratores, que não medem esforços para tentar macular a imagem do Grêmio junto à opinião pública.
    O que realmente deveria preocupar a nós gremistas, é a falta de informação sobre o porque da atual fase financeira do clube e como se formou a atual dívida, a fim de que possamos avaliar, baseados em fatos concretos, a responsabilidade dos dirigentes.
    Pelo que dizem por aí, em um ano, a dívida chegou a quase 90 milhões, o que representa quase 8 milhões por mês.
    Agora, vem cá. E os milhões da TV, dos contratos de publicidade, da FGF, dos patrocinadores, dos licenciamentos, etc, etc.? Esses valores não foram contabilizados como receita? Se entraram no caixa, então o déficit mensal extrapola em muito os 100 milhões? Como deixaram a dívida chegar a esse ponto?
    Vou aguardar o balanço de 2013 para conferir o que existe de verdade em tudo isso. Não acredito em palavra de dirigente, porque é sabido que sempre que estão em apuros, creditam a terceiros a culpa por suas dificuldades.

  12. Errata…
    Em vez de:”então o déficit mensal extrapola, em muito, os 100 milhões?
    Entenda: “então o déficit ANUAL extrapola”, em muito, os 100 milhões?

  13. De qualquer forma, as críticas valem para todos os dirigentes que administram mal as organizadas do clube.

    Agora, deu para entender os motivos de tantas brigas.

  14. 1,1 milhão de reais em 2 anos pra Geral. O Alemão e o resto da banda trabalharam muito mais pro Grêmio que todo o nosso ataque, que sai 1,5 milhão por mês.

    Se os chefes da organizada fossem funcionários do clube, com a função de organizar viagem, compor músicas, contratar a banda, organizar toda a festa, acabariam as brigas internas, pois pra participar disso teria que ser empregado do clube. E se alguém começasse a criar caso na volta, os integrantes teriam autoridade pra chamar a segurança pra por pra fora.A torcida faz parte do espetáculo, quem já saiu do RS sabe que quando começam a falar de futebol com gremista, em dois toques já estão falando da Geral.

    “Ah, mas eu não vou pagar pra alguém fazer isso!” Não se esqueça que o Grêmio tem gente paga no marketing.

  15. Sobre a utilização de jogadores da base do São Paulo:

    “No profissional, eles ganharão mais experiência e, talvez, já poderão até jogar. Idade não quer dizer nada”, justifica Muricy,

    Tudo no futebol é questão de oportunidade.

    O Barcos joga todas as partidas e não cumpre sua principal função que é fazer gols.

    Um garoto da base muitas vezes é colocado numa fria em times mistos e mal organizados pelo técnico. Às vezes, é colocado na partida aos 35 minutos do segundo tempo. Se não corresponder já imediatamente descartado.

    Garoto não recebe sequência. E aqueles que vão bem, consegue uma continuidade, mas, na primeira vez que vão mal, já são questionado e dão lugar ao medalhão.

    Nós vimos o Trairucho ficar no banco. Nós vimos o Andershow ficar no banco. Luca Leiva ficou no banco.

    E a justificativa é sempre a mesma. Ainda não estão prontos.

    Estranho é que os que estão prontos não dão resposta alguma.

  16. Pelas informações, a dívida de R$ 100 milhões seria oriunda parte da dívida com a Arena que giraria em torno de R$ 80 Milhões e outra parte seria do futebol.

    Mas não tenho certeza dos números. A direção afirma que o déficit seria em razão da parceria, o dinheiro que clube teria que dar para depois retornar na forma de lucro.

    Há outros que afirmam que é dívida do futebol.

    Não há muita transparência nisso.

    Curioso que a promessa de campanha era de total transparência a mesma cobrada do Odone pelos demais candidatos.

    Em época de campanha política, tudo é prometido. Fundos de investimentos, profissionalização, títulos, etc, etc, etc.

  17. Não concordo com a atitude de dar dinheiro as organizadas pela gestão anterior. Mas ficou evidente que os documentos vazados vem de DENTRO do clube. Resumindo: estamos na mesma história do ódio, da raiva e das brigas políticas. Enquanto isso o clube mais uma vez fica exposto. Que venham as proximas eleições, e que a torcida tenha a sabedoria de eleger alguém que ponha um fim nisso. Pelo bem do clube.

  18. A divulgação da notícia não arranha a imagem do Grêmio, e sim o fato em si.
    Parece que o Odone tem imunidade parlamentar e imunidade futebolística . Pode tudo.
    O pior é que é igual a Lula: Não sabia de nada.

  19. Arthur Ferreira!

    O fato de ver documentos oficiais do clube sendo expostos nos jornais, justamente no momento em que a dívida atual do Grêmio é questionada internamente e nas redes sociais, me leva a conclusão que foi o interesse político que motivou tal exposição, como resposta à entrevista de Odone feita há poucos dias atrás em relação ao assunto.
    A partir de agora está liberada, oficialmente, a “guerra de bugios”, independentemente dos danos que venha a causar à instituição.
    Segundo a ótica de interesse de cada lado, tudo o que foi dito não passa de “mentira”. Quer dizer: tudo é invenção ou mera “intriga da oposição”.
    Quanto à grana para a Geral, Odone não sabia…. Quanto à dívida atual do Grêmio, Koff sabe, mas não diz ou esconde…
    Isso tudo nos leva a refletir sobre a falta de respeito que os dirigentes do clube tem para com os torcedores.
    A falta de transparência é tanta que determinadas ações, quase sempre urdidas na surdina e, ainda que contestadas, são implementadas sem dar a mínima satisfação ao sócio/torcedor.
    Somos massa de manobra que somente é lembrada para tirar o clube do atoleiro e tapar os buracos deixados por dirigentes irresponsáveis.
    Por isso, caro Arthur, não entro nessa de livrar a cara de A ou B, porque quando o interesse aperta, a ética vai pro brejo.
    Infelizmente, isso não é novidade no Grêmio.
    Meu medo é acordar e ver estampado, no jornal da manhã, matéria com novas denúncias e documentos “fresquinhos” em exposição. E assim, sucessivamente. Ou alguém dúvida que coisas mais “cabeludas” não nos surpreenderão nos próximos dias.
    E durma-se com um barulho desses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.