GRÊMIO x Flamengo – 17h Arena do GRÊMIO

“Buenas e me espalho! Nos pequenos dou de prancha e nos grandes dou de talho! ” CAMBARÁ, sales Rodrigo.

O GRÊMIO entra em campo hoje em casa para acabar com a maré ruim dos últimos dois jogos e garantir a vaga para a Libertadores de 2016!

O Flamengo virá desfalcado e praticamente a passeio, não almeja mais nada no brasileirão. Não há desculpas para não vencer! Chega! Bora ganhar esse jogo!

GRÊMIO x Flamengo tem arbitragem de Braulio da Silva Machado e será auxiliado por  Bruno Boschilia e Carlos Berkenbrock.

Avante GRÊMIO!

A Gerência

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

18 comentários

  1. Primeiro tempo e o grêmio não chutou uma mísera bola no gol do flamengo. Já estou temendo perder a vaga na libertadores.

  2. Sério que estamos tomando um vareio de bola do Flamenguinho em plena Arena? Marcelo Oliveira entregando todas, Moisés parece estar jogando machucado. Perdemos o meio e perdemos a segunda bola sempre. O ataque não acerta nem o próprio nome.

    Jogando assim, temo pelo Grenal

  3. Amigos, vitória obrigatória e só. Desculpem, mas não consigo comemorar essa vitória. É só nossa obrigação não deixar essa vaga escapar. Vamos continuar empilhando pontos e esperando o fim do ano, como tem sido de costume.

    Algumas observações:
    1. O Grêmio só joga um tempo.
    2. Apesar da pifada, Douglas hoje é 10% Riquelme e 90% várzea.
    3. Uma coisa é o Grêmio com Douglas e Bobô. Outra coisa é o Grêmio ou com Douglas ou com Bobô. Sabem o que quero dizer com isso, né?
    4. Sem Geromel, estaríamos uns 20 pontos atrás.
    5. Réver (contra)

  4. Uma coisa tem de bom Goiás e Coritiba dois times desgraçados e asquerosos que só servem para nos complicar vão cair e que fiquem por muito tempo na série B

  5. Quem conhece os dois times sabe que no Paraná quem é asqueroso é o Atlétíco-PR. Quem dera fosse ele a cair. Os pontos que o Grêmio perde para o Coritiba são pura incompetência mesmo.

  6. vitória importante, mas que não convence. De novo o time foi sofrível e deve ter levado um xixi forte no intervalo, pois voltou muito melhor pro 2º tempo.
    Por sorte o Flamengo consegue ser ainda mais sofrível, defesa amadora e meio campo recheado de quebradores.
    Do lado do Grêmio não gostei nada do posicionamento do meio/ataque. Dessa vez quem fez a função do falso 9 foi o Douglas (por mais incrível que isso possa parecer) e acumulou com sua função de falso 10. Pois na única jogada em que saiu da posição mais adiantada e foi armar o jogo no meio foi quando fez o lançamento pro Luan armar o 1º gol. Não consigo entender o que o Roger tenta com isso, de novo matou o Luan deixando-o preso na lateral e matou o Douglas, que nada fez no 1º tempo.
    Depois do gol o time melhorou, pois Douglas recuou e abriu espaço pro Luan, mais avançado.
    Everton entrou muito bem de novo e já merece ser titular.
    Mas Roger precisa recolocar Luan onde rende.

    Não entendi também a ausência do banco do Maxi, foi arquivado novamente! É outro mistério, pois quase sempre entra bem no time, mas sobra do banco pra entrar Schuster e Braian. Vai entender…

    Hermes, como esperado, fechou o buraco da lateral esquerda que o Marcelo Oliveira criou. Com Hermes não sofremos tanto perigo, apesar da falta de apoio ofensivo. Pra mim é outro que deveria ser titular, pois o Oliveira tem sido um verdadeiro peladeiro. Foi inclusive peladeiro no meio também! Mas deve seguir jogando de volante pela falta de opções.
    Moisés foi mediano, com muita dificuldade pra sair jogando, não vejo muito futuro pra ele no Grêmio.

  7. Moisés ficou mancando algumas vezes ontem. Talvez entre na lista de baixas.

    Já que não temos perspectiva de títulos, mesmo reconhecendo o grande trabalho do Roger, vou destrancar aqui a jaula da corneta e reclamar de algumas pequenas coisas que me incomodam de vez em quando.

    Ontem, ganhando por 2 a 0, Flamengo com um a menos, faltando 10 min e o Roger me coloca Schuster? Por que não dar moral para algum dos guris que foram relacionados? Que custa? “Fechar a casinha” não cola. O jogo estava resolvido. Não havia fogueira nem nada que um guri novo pudesse fazer naquele momento para ser queimado com a torcida para sempre.

    A impressão é que foi só pra justificar a presença desse indivíduo no grupo, que não ficará por muito tempo. Sua chance de renovar seria só se fizesse um hat-trick no Grenal. Me incomoda quando alguém assim entra desnecessariamente e impede um guri de entrar no jogo pra ganhar algum ritmo, experiência, moral ou mesmo impressionar com algo imprevisível e ganhar espaço.

    O discurso é “inserir os guris da base aos poucos”, mas esse “aos poucos” em alguns casos parece que se resume a um jogo por ano.

    Talvez eu esteja reclamando demais. Vimos jogar Luan, Walace, Pedro Rocha, Everton, Mamute, Moisés, Hermes, Thyere, Tiago. Mas os dois primeiros soam mais como descobertas milagrosas pontuais. O resto parece ter sido usado ou promovido pro time principal só pela necessidade mesmo. Sei lá, pra quem fala em compor um time com a base, esperava mais.

    Sei também que tem questões contratuais envolvidas com esses guris e blá, blá, blá. Mas, francamente, se o guri não jogar, como vamos saber se vale a pena renovar? Alguns já foram sem nem marcar presença aqui e estão se destacando em outros clubes.

  8. com este TIME / BASE no MAXIMO === ” OITAVAS DA L A ” ano que VEM e !!! ne . FALTA = 1 zagueiro , 1 camisa 5 , 1 LATERAL cada LADO , 2 MEIASSS e 2 muito BONSSSSSS ATACANTESSSS natos !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! oremos .

  9. O Grêmio ganhou. Fez o dever de casa. Eu tenho exigido muito da nossa equipe, mas, convenhamos, ela está indo longe de mais, dadas a falta de regularidade em algumas posições. Uma equipe que tem no conjunto a única saída para equilibrar a falta de uma melhor qualidade em algumas posições, quando tem desfalques de jogadores essenciais, que são poucos, tende a alternar bons e maus momentos. assim tem sido o segundo turno do Grêmio. Ontem, o primeiro tempo, foi de um Grêmio sonolento e burocrático. Foi preciso um “puxão de orelha” no vestiário para o time voltar com outra cara.
    A entrada de Everton no lugar de Pedro Rocha, foi promissora. Sua velocidade e efetiva participação nas jogadas de ataque, além de não ter medo chutar em gol sempre que possível, deu um acréscimo substancial na articulação das jogadas. Luan jogou o suficiente para mostrar que é indispensável na atual equipe e, mesmo não sendo brilhante, saíram de seus pés a grande jogada do primeiro gol e as jogadas mais efetivas da equipe. Bobo fez um belo gol. Que seja o prenúncio de sua volta por cima.
    Um elogio especial para o Geromel: o melhor zagueiro odo campeonato por sua regularidade e liderança. Esse tem que ficar no Grêmio. É “xerifão” e tem muita categoria.
    Os demais não comprometeram. Fizeram o básico.
    Agora é o Sport. Jogo difícil que vai exigir muita entrega e ambição. Se o Grêmio vencer em Recife, dará um grande passo para garantir a vaga na Libertadores. Teremos jogos com grandes equipes daqui pra frente. Serão testes para por à prova nossa capacidade de superar os obstáculos. Cabeça erguida e que venham os adversários, porque assim como nós, eles terão, também, suas “pedreiras” pela frente. Temos um grupo mediano com raras exceções, que graças ao treinador, encontrou no conjunto a forma de superar suas carências individuais. Essa é sua força e dela não pode se afastar, se quiser chegar a algum lugar.

  10. Metade do primeiro tempo e um bando de corneteiros vaiando o Luan. Estes trastes merecem mais 15 anos de jejum. Estes trastes merecem os Herreras, os Miralles da vida. Merecem ter no time um bando de castelhanos perebas que não jogam nada,pois ai estes os corneteiros da geração batalha dos aflitos têm orgasmos múltiplos;

  11. O jogo contra o Flamengo serviu também para provar algumas coisas. Eu venho dizendo aqui que não se gasta dinheiro com volantes, que o Grêmio é o maior formador de volantes do futebol brasileiro. Depois de perdermos Walace, Edinho, Maicon e Ramiro, parecia que não tinhamos solução. Pois ainda temos Moysés, Kaio, Arthur, Araujo e Balbino. No ataque Everton é ainda a melhor alternativa ao lado do Luan.

  12. Muitas vezes as convicções dão com os “burros n’água”. Roger não era convicção da diretoria, Luan não é convicção de parte da torcida e Everton não é convicção de Roger. Muitas vezes o destino se mostra mais confiável. Senão vejamos: perdemos um longo tempo à procura de um técnico, quando o mesmo estava aqui bem perto. Foi preciso que os treinadores preferidos declinassem do convite, para que os olhos da diretoria se voltasse para Roger.

    Luan, o melhor jogador do elenco e um dos candidatos à Bola de Prata da Placar, é vaiado a céu aberto pelos convictos da hora, mesmo sendo o goleador da equipe. Seus erros são imperdoáveis para os que dele esperam um desempenho à la Messi.

    As qualidades do Everton há muito são elogiadas aqui no blog pelo Cristiano. Foi depois de um depoimento dele que comecei a prestar atenção no jogador. É mais ousado e contundente do que o Pedro Rocha e isto tem mostrado em campo, mesmo entrando no segundo tempo. Acredito que sua permanecia na equipe tende a melhorar o entrosamento com o Luan, além de lhe dar a confiança necessária para desenvolver todo seu potencial. A sequência que foi dada a Pedro Rocha, é o que lhe falta para assumir a titularidade, pois se mostrou melhor adaptado ao esquema de jogo implantado pelo treinador.

    Como podemos ver, nem sempre as convicções acertam o alvo. O “imponderável de Almeida”, pelo menos nesses casos, tem sido mais eficiente.

    Essas são pequenas constatações sobre alguns acontecimentos do dia-a-dia do Grêmio. O que está certo se elogia, mas, os equívocos, precisam vir a tona, não para censurar ou “cornetear” os seus agentes, e sim, para que reconheçam que nem sempre as convicções são a única saída.

  13. o Everton teve grande passagem pela base, era goleador, apesar de pouca força física. É talvez um dos mais promissores atacantes que surgiu nos últimos anos, ao lado do Luan, mas ainda vai oscilar muito.
    A torcida do Grêmio não consegue entender isso, não consegue pensar no futuro próximo, quer que Luan e demais sejam Messi ou Cristiano Ronaldo de uma hora pra outra.
    Lembro do jogo contra o Goiás no 1º turno em que a torcida ficou louca com o Everton e já o tinham rotulado de perna de pau (como já foi feito com Luan, Pedro Rocha, Yuri…).

    Sobre o Moisés, acho um jogador regular, espero mais pra função. Considerando que tem Walace, Maicon e Ramiro na frente, além de Balbino e Arthur (esses sim com qualidade de passe), não vejo muito futuro pro Moisés. Mas também é preciso ver mais, prefiro que o Grêmio dê chances a ele do que ao Edinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.