GRÊMIO (Marcelo Grohe) 1×0 Fluminense

Creio que todos viram o que eu vejo e defendo há muito tempo. O GRÊMIO não precisa contratar goleiro há anos.

Acho que o GRÊMIO precisa parar com a política de contratar qualquer perna de pau em detrimento da gurizada da base. Se é para errar, cialis vamos errar barato.

Marcelo é o maior exemplo de como o GRÊMIO colocou dinheiro fora nos últimos anos. Ter um craque em casa e contratar ex-goleiro por indicação de técnico é burrice!

Urge que a direção e a torcida comecem a ter confiança na gurizada da base. Os jogadores no Brasil, price salvo alguma rara exceção, são todos mais ou menos, então dá para apostar tranquilamente na base e dar tempo para eles. Ou alguém vai me dizer que não conseguimos formar um jogador do nível do Pará? Se não conseguimos é melhor fechar a categoria.

Outro jogador que não entendo a reserva é o Saimon! Vão me dizer que o Werley joga mais que o Saimon?? Saimon além de jogar muito, tem sangue TRICOLOR nas veias. Precisa de alguém que oriente sua atuação, mas isso é responsabilidade dos estudiosos do futebol.

Enfim… Acho que precisamos acreditar mais na base do clube e menos no papo de empresários, mídia e outros jaguanés. Mas isso, eu acho.

Anderson Kegler

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

27 comentários

  1. Quanto dinheiro foi botado no lixo pagando o Dida por um ano?
    Até quando as contratações do Grêmio serão baseadas em critérios de gente como Paulo Santana?

  2. o Grêmio de ontem repetiu as atuações do time de 2013 do Renato, jogando por uma bola e vencendo no aperto, com verdadeiros milagres do Grohe.
    Pouco mudou em relação ao último campeonato, seguimos repetindo os mesmos erros, mas por enquanto os resultados estão vindo. Não achei tudo isso a atuação do Werley, pra mim ele falhou de novo, como sempre, mas o Grohe salvou aquela cabeçado do Fred. Zagueiro bom não deixa centroavante cabecear sozinho na área, foi uma falha grotesca do zagueiro macarrão, igual aos grenais do gauchão.
    E assim vamos, mascarando nossos erros, Pará péssimo de novo, Barcos cada vez pior (contra time grande não faz nada), Werley o mesmo de sempre…
    Breno entrou nervoso, deu muito espaço pro Bruno, mas tem que ter sequência! Gostei do Maxi entrando, acho um erro negociá-lo, ainda vai ser muito útil nesse campeonato longo.

  3. Olha, sou totalmente a favor do aproveitamento da base, mas isso deve ser uma prática baseada num conceito de futebol, numa filosofia que está longe de ser a empregada pela atual comissão técnica e direção.

    Gostaria muito de ver um garoto da base no lugar dos Parás da vida, no entanto, não é o que acontece e a falta de dirigente com liderança de vestiário prejudica nesse tipo de situação pois privilegia-se os donos do grupo como Barcos e Pará, os jogadores de empresários, os indicados por treinador, etc e a gurizada só entra emergencialmente tendo que mostrar bola pra ontem como aconteceu com Luan, ou então, perde espaço.

    Agora as coisas não deveriam ser excludentes, podemos contratar e aproveitar a base. Devemos contratar pois o momento mais favorável de testar a gurizada é nos regionais depois a pressão é maior e é injusto cobrar-lhes desempenho correndo risco de queimar jogador. Breno, por exemplo, está sentindo a pressão e não está com confiança, fica difícil avaliar seu real potencial assim e é preciso paciência ao mesmo tempo em que se cobra resultado do time.

    Além do mais, com Enderson de técnico e uma direção frágil não sinto firmeza no lançamento de jogadores, por isso,
    contratar se faz necessário e então mesclar com os garotos sem a pressão de vingar de imediato.

    Já falei aqui que os anos sem títulos exigem nesse momento da direção que contrate não só pela técnica mas pela personalidade. Se não vier jogador com culhão não vamos sair da fila. E tenho dito… e repetido…

  4. Mas o Breno fez ontem a primeira partida como titular de fato. Concordo que foi mal, nitidamente nervoso e com medo de arriscar, pegava a bola e soltava pra não se complicar.
    Mesmo assim acho que tem que ter sequência, não temos base pra avaliá-lo ainda.
    E o lateral esquerdo já foi contratado, Marquinhos.
    Vejo que temos carências no grupo no camisa 9, na direita e na zaga.

  5. Goleiro irregular. Nunca se sabe se vai fazer um milagre ou tomar um gol defensavel. Semana passada falhou bisonhamente no gol da chapecoense..ontem fez milagres..Quando tiver uma sequencia de jogos sem falhar ai mudo de opinião. Por enquanto o acho insuficiente…e goleiro tem que ter ESTRELA!! Tem que fechar o gol em jogo DECISIVO!!

  6. Borges,
    Não se trata de goleiro irregular. Qualquer goleiro falha. Assim como atacantes perdem gols chamados imperdíveis.
    Penso que com o retorno do Luan com mais confiança depois da lesão e do excelente Rodolpho a tendência é melhorar.
    Maxi deveria permanecer.

  7. O marcelo falhou semana passada quando podia, no final de um jogo que estava 2 x 0.

    quando importou, fechou o gol, igual fez contra o fluminense.

    torcedor de tese é bucha…

  8. Grohe é um bom goleiro e todos suas virtudes e fraquezas. Porque arriscar num outro que, provavelmente, vai sair muito mais caro e cuja resposta é uma incógnita? Qual o goleiro que não comete erros? Esse não é o nosso maior problema. Acho que no momento, a nossa zaga deve ser composta por Rodolfo e Geromel, porque este, é melhor que os concorrentes no jogo aéreo, tem bom passe e sabe sair jogando.
    Mesmo reconhecendo que está difícil encontrar laterais de qualidade no mercado, contraditoriamente a direção vendeu o lateral esquerdo Wendell e enfraqueceu ainda mais o elenco, posto que Breno, reserva imediato para a posição não deu ainda uma boa resposta e o recém contratado, Marquinhos, ainda não foi testado.
    Na direita, Pará, continua sendo “bruxo do diretor de futebol e do treinador, apesar de ter seu futebol contestado pela grande maioria dos torcedores.
    Estamos dependentes de uma meia-cancha que não consegue achar o ponto de equilíbrio entre defender e atacar porque se ressente de qualidade.
    Rodriguinho e Dudú deram velocidade à equipe, mas, ao mesmo tempo, abusam da individualidade e da retenção de bola o que compromete o trabalho coletivo.
    Já o nosso centroavante Barcos tem é que aprimorar as finalizações e as tabelas e falar menos, pois não foi feliz nas suas declarações sobre a torcida.

  9. é brabo!!!
    Se o Marcelo Grohe não presta, então me deem um goleiro brasileiro melhor!
    Fábio? Victor? Dida? Cavalieri? Ceni? Cássio? Felipe? Jefferson?
    Jogador da base só pode jogar no Grêmio se for o melhor do mundo na posição!!! Não é por acaso que a direção contrata cada naba, afinal a própria torcida despreza os bons jogadores formados aqui.

  10. sobre Saimon:

    consta que o assessor de futebol – após aquele video postado no youtube – entrou alarmado na sala do Presidente
    ” Presidente , temos um grande problema ,.. e mostrou no laptop as cenas ”
    …. ouviu então que :
    ” pois até nisso estamos melhorando.. antes era na poltrona 36 …
    oferece advogado e manda o guri dizer prá noiva que o video é antigo ”

    não duvido que os 2 entendidos do depto de futebol tenham proibido o treinador de escalar o Saimon em detrimento do entregador esse que anda jogando

  11. sobre Saimon:

    consta que o assessor de futebol – após aquele video postado no youtube – entrou alarmado na sala do Presidente
    ” Presidente , temos um grande problema ,.. e mostrou no laptop as cenas ”
    …. ouviu então que :
    ” pois até nisso estamos melhorando.. antes era na poltrona 36 …
    oferece advogado e manda o guri dizer prá noiva que o video é antigo ”

    não duvido que os 2 entendidos do depto de futebol tenham proibido o treinador de escalar o Saimon em detrimento do entregador esse que anda jogando

  12. Se escalar o Barcos de zagueiro, a zaga melhora uns 50%. E é bom que resolve dois problemas de uma vez.
    Ah, e é interessante perceber como os corneteiros do Marcelo Grohe não aparecem numa hora dessas.

  13. Impzone,
    Já apareceu o Borges com a sua convicção, a qual respeito mas discordo. Há poucos dias li neste espaço que Marcelo, assim como Danrlei é um goleiro inconfiável.
    Darcílio, concordo que a zaga titular deve ser composta pelo Rodolpho e Geromel. O primeiro excelente e o segundo bom zagueiro.
    Quanto à venda do Wendell esse é o tipo do atleta que já vem com prazo certo para ser negociado. Ou tu aceita as condições ou deixa de ter no plantel um jogador desse nível. Era para ficar até o final da LA. Além do mais, se ganhou um bom valor por um atleta que pouco se investiu. O ideal era ter ficado com ele e pago o Londrina e os empresários, mas o dinheiro está curto.

  14. http://www.gremiolibertador.com/desta-vez-nao-fomos-coperos/

    Pois é, por arrogância ou falta de esperteza, fomos pelo caminho mais difícil na Libertadores, em nome da melhor campanha da 1ª fase (que não dá nenhuma vantagem real). Poderíamos ter, com um simples empate contra o Nacional, ido por um caminho menos turbulento. Assim tb se ganha campeonato, sem arrogância de dizer que não se escolhe adversário.
    Quando o time não é confiável, nosso caso há anos, escolher adversário ajuda sim a dar confiança e fazer uma campanha crescente.
    O fato é que os piores times da 1ª fase estão na semifinal, destroçando a ideia de que é importante ir bem na 1ª fase e decidir em casa. Importante sim é classificar e tentar ao máximo fugir de grandes confrontos, com muita humildade.

    1. Bingo!!!!
      Isso mesmo Targa
      Quando ganhamos do Nacional, achei o pior negócio do mundo.

      Temos que ganhar logo um campeonato e quando tivemos oportunidade de usar o regulamento para facilitar as coisas, simplesmente nos afundamos por que achamos que imortal tem que meter qualquer um.

      Quanto ao Grohe, melhor goleiro que apareceu desde que o Danrlei saiu. Danrlei tinha estrela ? Sim, todo aquele time tinha estrela.

      Temos que nos reconstruir e a base é a melhor opção para que esse caminho aconteça da melhor forma.

    2. Targa, acho que não foi só arrogância. É que a patrulha do politicamente correto é forte e “fica feio” jogar para escolher adversário. Aí mistura a arrogância de uma parte que acredita na frase feita “time campeão não escolhe adversário” com a ingenuidade de outros que repudiam qualquer malandragem e acham que se deve ganhar no fair-play dá nisso. Sobre isso eu já havia comentado há um tempo atrás e repito agora:
      “Poderíamos ter pego o Lanus, deixando pro San Lorenzo a tarefa de eliminar o Cruzeiro (nossa eterna touca em mata-matas), mas a parte da torcida não queria usar de uma estratégia que sempre foi usada por times vencedores, a de jogar com o regulamento embaixo do braço e escolher adversário SIM. O nosso clube desaprendeu tanto a ganhar, que na tentativa de fazer um contraponto às maracutaias coloradas, viramos adeptos de um fair-play ingênuo que nunca foi a nossa cara: o Grêmio nunca foi mocinho – a Portuguesa era a namoradinha do Brasil em 96, lembram? Parte da mídia do centro do país SECOU o Grêmio na final contra o Ajax, lembram? O Grêmio sempre esteve mais para o anti-herói (para não dizer o vilão).”

  15. duvido que essa direção use a base como solução. até agora o indicativo de aproveitamento é muito baixo.

    tem irmão de vice do Grêmio no twitter detonando juvenil com 2 minutos de jogo da sua primeira partida. a mesma figura pede paciência com jogadores contratados a peso de ouro e rendimento baixo.

    e ele não é exceção. já vi conselheiro corneteando o luan no meio de jogo.

    enquanto não usarmos nossa base de maneira mais efetiva, vamos ficar dependendo de barcos e gladiadores da vida. e já tá claro que não tá dando certo.

  16. Pra mim, entre Rodolfo, Werley, Bressan e Geromel, o mais zagueiro, mas zagueiro das antigas, do Gremio, com personalidade, que mete o dedo na cara de atacante é o Bressan. Foi lá defender o Barcos na confusão em Chapecó depois do gol e ontem se meteu na frente do Fred para que este não chegasse perto do Alan Ruiz, depois de ter sido expulso. O Saimon tb tem este perfil.

    Não tô aqui defendendo qualidades técnicas.

  17. boa, Marcelo.. só um detahe:
    o Bressan é meio baixa-estatura.
    prá fazer isso, bem feito, tem que ser um cara alto-forte-meio-ignorante..
    sou mais Saimon, Rhodolfo…
    sei que eles tem orientação de não bater, é uma politica de futebol e não é de hoje
    tipo o Serginho ou o Escudero do Criciuma, que o argentino-supercraque se escondeu o jogo inteiro

  18. Em 1981 o Grêmio atravessada uma crise técnica, perdendo muitos jogos e Enio Andrade radicaliza. Coloca no time de uma só tacada os prata da casa Paulo Roberto,Newmar e Casemiro, permanecendo apenas De Leon na defesa. No ataque coloca Odair. Em seguida vem PC Magalhães, Renato, Baideck, Remi, Bonamigo e outros.

    Está provado que os garotos quando entram querem mostrar futebol e correm feitos loucos. Claro que se o garoto não joga nada não vai resolver, mas se tem talento, vai jogar mais que os medalhões. Hoje no Grêmio apesar de não ter uma grande safra, acho que Saimon, Mateus Biteco e Lucas Coelho vão render mais quer os titulares. Guilherme Biteco que eu não sei se foi emprestado é o melhor de todos.Joga de ala esquerdo, meia e atacante. Não falo mais no Tinga porque acho que este garoto amarelou ou está sempre machucado. E o Mamute, melhor jogador do torneio de Cannes, está sem contrato e pode assinar com qualquer clube. Está explicado porque ele não jogava.

  19. Em relação ao Rodolpho acho muito bom zagueiro, mas tem uma coisa que me incomoda nele. Todo gol que o Gremio toma tenho a impressão que ele se exime de culpa reclamando de todo mundo.

    Talvez eu esteja errado.

  20. A Arena já tem quase um ano e meio de vida e, mesmo assim, os arautos do apocalipse, em busca de visibilidade, continuam a conspirar contra o negócio. Se utilizam de todos os meios, inclusive de espaço em colunas de conhecidos jornalistas que são notoriamente anti-Grêmio. Todos sabemos que se o Grêmio encontrasse um comprador e vendesse o Olímpico, não conseguiria o suficiente para construir um estádio sequer parecido com a Arena. Por outro lado, se fosse fazer no Olímpico uma “reforma” como a do co-irmão, teria que repartir todos os custos com a construtora, uma vez que clube nenhum pode conseguir financiamento junto ao BNDS e tampouco tem grana própria para sustentar, sozinho, os custos de construção. Quer dizer, então, que sem parceria nada poderia seria feito, nem “lá” nem aqui.
    A Arena está de pé e pelo que eu sei, vai continuar assim enquanto o torcedor acreditar nela. De nada adianta pactuar contratos, aditivos, etc, se o torcedor não comprar a ideia. O dirigente é apenas um representante do clube na negociação e o clube é o seu torcedor. A Arena é um negócio e como tal deve ser tratada.
    Acontece que a “politicagem” que impera no clube, tem agora em que se apegar para desviar o foco do que realmente interessa ao torcedor que é a capacidade dos dirigentes de bem administrar os negócios da instituição.
    Assunto palpitante, a “polêmica” sobre a Arena se presta para dar visibilidade e promoção pessoal para os “expertos”. Nada como aproveitar os holofotes da mídia sensacionalista para dar um “upgrade” na própria imagem.
    A Arena está mal administrada essa é que é a verdade. Culpa da OAS ou do Grêmio? Acho que de ambas as partes.
    Todos querem ganhar. Não pensem – a exemplo dos “sonhadores” do lado de cá e do lado de “lá” – que seremos presenteados com um estádio novo pela nossa linda “cara” e que os empresários da construção são os “novos mecenas” e que estão aí para fazer caridade. Santa ingenuidade!
    Quando terminarmos de pagar, daqui a vinte anos, tomaremos posse definitiva de todo o complexo. Simples assim, e eu estarei vivo, se Deus quiser, para ver. Guardadas as proporções, é como um apartamento que compramos financiado e que pagamos mês a mês.
    Estamos dando um salto de qualidade gigantesco e é preciso que as partes entrem num acordo para que a Arena seja um negócio rentável e que todos saiam ganhando. Que me perdoem os ufanistas, mas, não existe solução mágica!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.