GRÊMIO: Balanço 2014

Pirateado do amigo Hélio Paz – www.heliopaz.com

Infelizmente, advice a bola pune: as derrotas do nosso Grêmio para Cruzeiro e Corinthians nos eliminaram da Libertadores 2015. :”(

Muitos gremistas esbravejam nas redes sociais da internet sobre preferirem não  enganar a si mesmos nem sentirem-se enganados pelo clube caso ele obtenha uma vaga à competição continental com um plantel de baixa qualidade. Pois eu penso no dinheiro extra e – sobretudo – na visibilidade de estar na vitrine: afinal de contas, se é ruim entrar na Libertadores sem chances de conquistá-la, muito, mas muito pior MESMO é estar fora dela.

Na hora H, no dia D, perdemos em casa para a Raposa. Na hora I, no dia E, perdemos um confronto direto para o alvinegro do Parque São Jorge. Na hora J, no dia F, o Tradicional Adversário passou a vencer na bacia das almas tanto dentro quanto fora de casa. Na hora K, no dia G, o Galo conquistou a Copa do Brasil, mas não abriu uma quinta vaga porque não entrará entre os quatro primeiros classificados ao final do Brasileirão 2014.

Não há nenhuma “teoria da conspiração” minimamente honesta que possa ser levada em consideração. Nem mesmo um suposto “azar”, pois as limitações que apresentamos durante toda a temporada apenas nos deram uma trégua no Grenal 403 e na goleada subsequente contra o lanterna e já rebaixado Criciúma.

Sempre tendo a torcer MUITO por QUALQUER dirigente, técnico e jogador que vista a nossa camiseta iluminada. No entanto, agora que a poeira baixou, já curado da decepção e da raiva, acho que o meu parecer sobre o plantel tricolor neste ano que se encerrará em dois domingos pode chegar a um bom equilíbrio.

GOLEIROS: em princípio, Marcelo Grohe me parece OK. Não é genial, mas é muito bom. Prata da casa, maduro, identificado com a torcida.

LATERAIS: Pará é fraco, mas todos os seus reservas e os guris da base são piores. Contratar para a posição urge. E, caso o salário do Marcos Véio seja alto demais para um reserva, prefiro negociá-lo. Pelo lado esquerdo, temos que ver se o interminável, qualificado e cidadão Zé Roberto permanecerá. Esse é outro que não possui banco. Mas, de todos os jogadores caros, até por ser exemplar, este seria a minha opção para manter.

ZAGUEIROS: Rhodolfo é muito bom. No entanto, ele não possui reserva. Geromel, infelizmente, não permanecerá, pois é muito caro e tem propostas de vários clubes. Douglas Grolli e Saimon estão muito aquém do nível exigido por um grande clube e não me servem nem como reservas. Já o sempre criticado Bressan é promissor e está aprendendo. Eu começaria a temporada com ele ao lado de Rhodolfo, mas contrataria um reserva e subiria um ou dois da base.

CENTROMÉDIOS: esta é a posição mais carente do clube. Ramiro erra passes demais, não tem velocidade e é constantemente envolvido pelos meias adversários. Fellipe Bastos é bom jogador, mas não é veloz e alterna altos e baixos. Riveros é maduro e tem personalidade, um ótimo pé canhoto, avança com qualidade, mas é lento e não aguenta os 90 minutos. Edinho nem no banco tem ficado. Precisamos de pelo menos dois novos jogadores para a posição, com mais passe, mais velocidade e mais vitalidade. Os únicos que possuem essas características são Matheus Biteco (mais técnico e mais veloz) e a grande revelação da temporada, o jovem Walace, que terão um futuro brilhante.

MEIAS: Alan Ruiz é lento e caro. Giuliano precisa se curar para desempenhar o seu melhor. Luan deveria ser vendido, pois não acredito que irá vingar e é preciso aproveitar o momento em que ele tem sido constantemente convocado para as seleções de base. Na falta de alguém da base, precisamos contratar.

ATACANTES: Barcos é dedicado, porém caro e apresenta muitas dificuldades contra adversários de alto nível, justamente quando mais precisamos dele. Gosto da pessoa, respeito o homem e valorizo algumas qualidades do jogador. O complicador é que todos os outros são bem piores do que o Pirata. Dudu não sabe arrematar e só consegue jogar em velocidade contra times desorganizados. Além disso, é muito caro e não vale nem metade dos seis milhões de euros que o Dínamo Kiev pede por ele. Lucas Coelho é fraquíssimo.

Com menos dinheiro e com uma torcida bastante cética, eu aconselharia a direção a manter Grohe (e os goleiros reservas), Pará (com possibilidade de ser reserva), Zé Roberto, Rhodolfo, Bressan, Matheus Biteco, Walace, Ramiro (como reserva), Giuliano e Barcos (de preferência como reserva). Daí para a frente, precisamos aproveitar muitos guris das categorias de base e fazermos contratações para compor o grupo. Precisamos investir pesado em um meia.

Hélio Paz.

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA

Participe da discussão

35 comentários

  1. Chegamos numa fase que podemos filosofar o que quiser sobre o Grêmio que tudo será verdade.

    Grêmio não nos surpreende mais pois todos os problemas são sabidos… está tudo caindo sempre de maduro.

  2. Qdo tem de bater, bato, mas o elogio tb tem de ser registrado: Sobrinho do maior jogador brasileiro de basquete(Oscar), Bruno Oscar, inexplicavelmente GREMISTA, jogará vôlei praia pelo BR nas Olimpíadas, quer conhecer Arena com sua esposa! Beto Carvalho os convidou para o jg contra o Fla! Parabéns, Grêmio! Bruno Oscar Schimit é carioca da gema e adora ao Grêmio!! Sentimento impressionante! Esse é o meu Grêmio!

  3. Enfim… Opiniões são opiniões e eu posso estar enganado. No entanto, apesar de não conhecer o João Luiz (e, justamente por isso, não tenho nada contra nem a favor dele), parece que é mais um dos que julga as pessoas por ter ouvido falar a partir de terceiros de outros movimentos políticos.

    Ainda bem que parei de avaliar as pessoas dessa forma.

    Paz e bem.

  4. Pelo empurrão no juiz o tal bacamarte do Thiago Heleno deve pegar um gancho cavalar e nao deve vir para o Grêmio. Quem disse que não temos sorte?

  5. Amigos! Não sou daqueles que acham que temos que dispensar todo mundo e jogar só com os garotos no ano que vem. Mas reforço a necessidade de dispensar alguns jogadores que não têm motivação suficiente pra fazer parte do perfil de time que queremos

  6. QUANDO OS QUERIDOS E MEDIOCRES RAMIRO … GROHE … FOREM REFERÊNCIAS NO GRÊMIO … ESTAMOS PERDIDOS …

    PENSAMOS ERRADO FUTEBOL … DENTRO E FORA DO CAMPO …

    OS VERMELHOS SE DIVERTEM …….

  7. JEFFERSON … GOLEIRAÇO … CARLINHOS ( FLU ) … LIVRES …

    CORAGEM PARA FAZER O ÓBVIO …

    ALIÁS … TEM OFERTAS PELOS brilhantes RAMIRO … GROHE … ??? !!!!!

  8. É essa a base pro ano que vem? Cadê o teste dos meninos da base que prometeram pra esse jogo?
    Dizem pra torcida manter o gremismo até o último jogo, mesmo sem chances de nada, mas como conseguir se o próprio time titular não tem vontade de jogar pra vencer o time C do Flamengo?
    E alguém pode me explicar por que raios a Brigada foi pegar no pé da torcida só por causa de uma faixa? Não se pode nem mesmo mais expressar opinião pacífica na Arena?
    Mas, como sempre, a torcida é culpada de tudo

  9. Será coincidência que a única partida boa que fizemos no campeonato tenha sido justamente o Grenal em que foi oferecida a premiação extra pros jogadores se ganhassem?

  10. Uma vergonha a atuação tricolor contra o Mengo com meio time de férias. Vexatória. A começar pela escalação dos três volantes onde o caríssimo treinador Sr. Scolari ainda fez a proeza de tirar o Fellipe Bastos do time… a atuação e o resultado falam por si só. Mas a culpa é do Luan… do Fernandinho, do Alan Ruiz, do Lucas Coelho, etc. E o menino Éverton hoje passou o atestado de incompetência do Sr Scolari que o arquivou desde sua chegada pra tirar toda e qualquer concorrência do bruxinho Dudu.

    Aliás, qual o custo beneficio do Sr Scolari? Para fazer esse trabalho porco de acabar em sétimo lugar se arrastando com três volantes contra o Mengo C do profexô precisa treinador medalhão?

    Além do mais para o ano que vem, formação de plantel, é um perigo treinador medalhão com diretoria bunda-mole pois o prejuízo acaba sendo imenso ao clube já que suas predileções e indicações acabam sendo determinantes na medida que a direção não manda nada e as escolhas dos treinadores figurões acabam sendo privilegidas. O último plantel formado pelo Felipão que adora Parás, Dudus e Ramiros… foi o do Plameiras rebaixado… aliás, daquele time ele quer nos trazer Juninho e Thiago Heleno… olha, com Felipão formando o elenco e uma diretoria formada por um matusalênico Koff com os seus fiéis escudeiros rapazes alegres Kroeff e Rui Costa, já estou antevendo aqui outro ano perdido. Diretoria fraca, insegura com treinador medalhão é fracasso quase na certa. De novo, iremos para mais uma no contra todas as probabilidades. Tem sido duro ser gremista.

    E Felipão ainda chorando para comprarem o Dudu que fez três míseros gols no campeonato. O Alan Ruiz já dispensado, jogando bem menos, fez quatro… Oras, Dudu é jovem pode crescer e tudo mais, mas a questão é objetiva: vale 6 milhões de euros? Por um atacante com imensa dificuldade de fazer gols?

    Com todo respeito ao Felipão, mas tá na hora do presidente mandar ele as favas quando vir pedir a contratação do Dudu triatleta… o Grêmio tem outras carências e prioridades no plantel, para o ataque temos Fernandinho, Erick e Éverton e há outro Erik nos juvenis que é muito bom atacante. Não é aí que precisamos investir milhões! Paciencia se o Dudu estourar em outro lugar depois, a não ser que tenhamos investidores e mesmo assim não sei se o melhor não é abrir passagem… Felipão Adora o Dudu pois ele volta pra marcar… é um volante no ataque…

    Só sei que a politica de futebol é perdedora e os nossos comandantes são fracos. Como já disse havia dito quando Felipão foi contratado, se viesse como salvador – como já fora Koff – iria morrer abraçado a esse grupo politico de perdedores que se escoram no passado de Koff e que trata o Grêmio como se fosse uma ação entre amigos. A bola pune a falta de profissionalismo e a incompetência dessa gente.

    No sub-20 já esteramos perdendo com três volantes… ou o presidente do Grêmio assume e pára com essa farra da ação entre amigos e confrades na instituição ou serão mais dois anos perdidos do profissional a base. Conseguiriam a façanha de acadelar até a nossa base.

  11. SEM DINHEIRO … MAS COMISSÃO TÉCNICA CARÍSSIMA !!!!!!

    ARGEL MAIS PREPARADOR FÍSICO … DIRETOR SEM REMUNERAÇÃO …

    P

  12. SEM DINHEIRO … MAS COMISSÃO TÉCNICA CARÍSSIMA !!!!!!

    ARGEL MAIS PREPARADOR FÍSICO … DIRETOR SEM REMUNERAÇÃO …

    SEM DINHEIRO … PAREM DE FALAR EM TÍTULOS !!!!

  13. Paulo “desafio” Paixão…

    Douglas Seu Boneco…

    Juninho Palmeiras quase rebaixado…

    Thiago Heleno ferida…

    Vâmo que vâmo…

  14. Podemos questionar todo o time, mas me desculpem, questionar o Marcelo Grohe é entender pouco de futebol. O time para o próximo ano, começa exatamente com Marcelo, o melhor goleiro do brasileirão.

  15. O GREMIO ” DIRIGENTES” velozes e furiosos OPSSSSS == ( PASSIVOS e LENTOS ) ! LATERAL DIREITO == BUFARINI san lorenzo / 1 ESQUERDO / 1 zagueiro / AROUCA / 2 MEIAS velozes / 2 atacantes TBM . NO GREMIO torcedor e TOTALMENTE = protestar PASIFICAMENTE ok , ( TORCIDA SO SERVE PARA ” PAGAR MENSALIDADE e VOTAR nas GLORIOSAS eleicoes OK ” . ######## ACORDA GREMIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO e DIRECAO INCOMPETENTES !

  16. Nem tudo é noticia ruim….Dudinha “Pedro Bó” Kroeff não fica para 2015.

    Um Pedro Bó a menos. Só fica o Ruim Costa.

  17. O helio é o típico membro de grupo político do Grêmio: se falam dele, é porque é culpa de outro grupo político. Sem mais comentários.

    Sobre o time: tão falando na volta do douglas. Olha, fecha de uma vez essa merda. Pelo menos assim o fim é mais honroso.

    Esses sujeitos que estão dentro do clube querem acabar com qualquer réstia de esperança na torcida, só pode.

    Se é pra trazer esse cachaceiro, aposta no maxi.

    Depois não sabem porque o quadro social é cada vez menor.

  18. Ao que tudo indica ano que vem será o ano para queimar os jovens atletas do tricolor.

    Para um time aproveitar os jogadores da base, há necessidade de tempo, pois cada um tem o seu tempo de maturação e trabalho específico para eles. Tempo é o que menos temos neste momento e espero que a comissão técnica tenha capacidade para desenvolver os guris. Também acho que um garoto, é melhor aproveitado em time que está encaixado e ganhando.

    Além do fato da torcida tricolor necessitar de resultados imediatos, historicamente ela não tem paciência com os jovens formados no tricolor. No 1º tropeço do guri, já caem de pau e a vaia come no estádio.

    De positivo, no ano que vem teremos um Depto. de Futebol alinhado, Presidente->Vice->Treinador, o fato de serem experientes(Koff e Felipão) e terem o respeito da torcida. Fatores que podem contribuir para bancar a titularidade de algum dos guris da base ou a manutenção deste no grupo principal, apesar dos intempéries da torcida tricolor.

    Só com respaldo, inclusive da torcida, é que teremos o real aproveitamento da base, senão ficaremos só no discurso vazio de todas as direções que passam por lá.

    Outro ponto positivo para o ano que vem, é a continuidade do trabalho, tanto da direção, quanto comissão técnica. Sou adepto do mandato de 3 anos para o presidente, acredito que seja um tempo ideal para gerir e implementar as suas idéias no clube neste futebol “profissional” de hoje em dia.

  19. Coincidentemente o período de “seca de títulos” no Grêmio tem seu início quando do acirramento da disputa política no clube.
    É curioso que nesse tempo, os dirigentes sempre procuraram soluções mágicas para compensar a ausência de um melhor desempenho em suas administrações. Exemplos não faltam e todos aqui, independentemente de suas preferências políticas, sabem do que estou falando.
    Pessoas e seus feitos devem ser sempre lembrados, admirados e homenageados. Representam os períodos mais pujantes de nossa centenária existência. Foram os alicerces de nossos feitos e da gloriosa história do nosso clube. Mas, a vida continua e é preciso ter grandeza e humildade para reconhecer o momento de parar.
    Esse fenômeno de “apegamento”, de continuísmo, não é exclusividade do Grêmio. É algo que se enraizou nos diversos segmentos da sociedade. Para alguns, é uma rara oportunidade de evolução do patrimônio pessoal. Para outros, nada mais é do que a necessidade de se manter em evidência, pela visibilidade e pelo prestígio que o poder proporciona.
    Portanto, a instituição se vê refém de apetites, os mais variados, que nada tem a ver com o seu objetivo maior que é o futebol.
    Então ficamos assim: ao sabor do improviso, de “soluções” imediatistas, do “compadrismo” e da omissão do Conselho Deliberativo que dá sustentação ao oba-oba vigente.
    Planejamento? Se é que existe, está muito mal executado. A dívida cresce assustadoramente. As respostas dentro de campo – com exceção de algumas poucas categorias – demonstram a instabilidade do setor, que praticamente virou uma “barriga de aluguel” para alegria de empresários e “investidores”, cabendo ao clube algumas “patacas”, para tapar o “rombo” de finanças mal administradas.
    É com um misto de desolação e pessimismo que acompanhamos o dia a dia do nosso clube.
    Dizem que uma das iniciativas prioritárias do futuro presidente será “enxugar” a folha do futebol.
    Embora esteja de acordo com essa solução pois entendo que na mão de um mau administrador “dinheiro na mão é vendaval”, me preocupa a continuidade das mesmas cabeças na gestão do futebol, uma vez que entendo que quem com mais não soube fazer, não o saberá com menos. Simples assim. “Nem só de pão vive o homem”.
    E que não me venham com “desculpas esfarrapadas” para justificar o que não der certo.
    Paguei ontem, na Arena, minha última mensalidade do ano de 2014. No fim do mês, vou adiantar os três primeiros meses de 2015.
    Vou apostar mais uma vez no Grêmio. Lá por Abril, já saberemos se vai valer a pena continuar sonhando ou se tudo não passará de mais um engodo para iludir o torcedor. Haja fé!

  20. Sorte que ficamos em 7º e não vamos direto pras oitavas da CB. Assim teremos ainda rendas de TV e alguns jogos no 1º semestre, além da possível Sulamericana, título mais plausível pra clubes de segunda linha como virou o Grêmio nas mãos de tantos incompetentes.

    Felipão perdeu a chance de lançar a gurizada, vamos ver agora se o faz no ruralito, campeonato ideal pra testar todas as opções.

    Espero de 2015 um ano de pés no chão e que o discurso da austeridade chegue na prática. Botar ordem na casa, mandar os medalhões ineficientes embora e apostar DE VERDADE na gurizada.
    E que apareça o homem de vestiário que não temos desde a saída do Pelaipe. Mais uma vez estão terceirizando a função pro treinador e já vimos o que aconteceu quando fizeram isso com Luxa e Renato.

  21. E que golaço fez nosso centroavante campeão da Copa do Brasil 2013 e do Brasileiro 2014, joga pouco!
    Pena que os bons não ficam no Grêmio e vão ser campeão fora daqui.
    Bom mesmo é Duda Kroeff, sabe muito!!!!

    Tínhamos no início de 2013 um centroavante com 22 gols e afirmado no clube. Luxa ganhou comando do vestiário e torrou o Moreno. Preferimos gastar 4 milhões pra trazer o Barcos e manter pagando o salário do Moreno pra reforçar nossos concorrentes. Isso é o que eu chamo de gestão!!!
    Barcos fez um 2013 horrível e quando precisou decidir em 2014 NUNCA decidiu. Já o Moreno…

    Agora temos esse pepino novamente. Barcos mostrou que jamais vai ser o cara decisivo, será que irão errar de novo?

  22. Ficamos 2014 todo com Zé Roberto, Leo Gago, Felipe Bastos, Giuliano, Dudu, Ramiro, Pará… alternando cobranças de escanteios e faltas e no último jogo viram que o Luan é quem entende do negócio!
    Esse é o Grêmio!!!

  23. Eu tenho vontade de fazer aquilo que muitos torcedores estão fazendo, quebrar a minha carteira e deixar de pagar as mensalidades, mas o meu momento de raiva passa logo e volta a minha esperança. Vamos fazer do limão uma limonada. Alguém parece que já disse isto. O Grêmio tem que jogar mais e mais e portanto jogar o Gauchão, Copa do Brasil, Sul Americana e Brasileirão é muito bom. Se abre um leque de oportunidades para os jogadores mais jovens e se abrem mais possibilidades de títulos.

  24. Meus Deus!
    A se confirmarem as últimas notícias do Grêmio, é de arrepiar a volta do Douglas. Não poderia ser diferente. Com o advento da prática do “mais do mesmo” para dirigir o Departamento de Futebol do clube, não seria nenhuma novidade a volta de jogadores ultrapassados e em fim de carreira como o que está sendo especulado. Pedro Ernesto, muito bem informado lá dentro do clube, pegou de surpresa os torcedores que reagiram, não só com surpresa, mas, também, com indignação ante a mais esta prova de desprezo para com os torcedores.
    Peço, encarecidamente, aos blogueiros identificados com a atual diretoria do clube, que se unam aos apelos da grande maioria da torcida que não vê com bons olhos os rumos iniciais da nova gestão que se aproxima. É de “corar um santo de pedra” a falta de respeito e o pouco caso para com a paixão do torcedor.
    Todos sabemos da situação desconfortável porque passa o clube, mas, é de se esperar um salto de qualidade na sua administração, o que só vai acontecer se a autoestima do torcedor não for pisoteada e que as notícias sejam encorajadoras. Dar uma paulada na cabeça e depois fazer um afago não é o melhor caminho a ser perseguido.
    A saída de Duda Kroeff – diga-se de passagem, um grande gremista – é o início da renovação prometida e o prenuncio da chegada de novos ventos ao clube. Aguardaremos com ansiedade a designação do novo comandante do setor. Esperamos que seja alguém com a competência e a disposição necessárias para tirar o futebol do clube do marasmo em que se encontra e alavancar seus próximos passos.

  25. Felipe Neri fez uma bela análise.

    Eu cansei de falar no Éverton desde o tempo do Enderson.

    Acho que na base temos bons valores.

    Para quem gosta do Barcos não pode criticar o Coelho. No mínimo, Barcos e Coelho estão no mesmo nível. A diferença é a idade.

    Felipão colocou o Felipe Bastos no Banco e mais uma vez o volante mostrou que é titular.

    Felipão não é o mesmo. Na beira do campo, reclama dos jogadores que não fazem o que tem que fazer.

    Escalou mal mais uma vez.

    O Grêmio tem um lateral que é o Zé Roberto.

    Na base, o melhor lateral esquerdo que eu vi jogar tecnicamente se chama Júnior Tavares, mas parece não ter um bom empresário.

    Um meia atacante que eu gosto é o garoto Lima, embora e ele seja um pouco desligado, mas tem muita técnica. Outro que é interessante é o Dionathan do juvenil, jogador rápido e habilidoso.

    O Nicolas Careca é um jogador promissor. No grupo juvenil, temos muitas promessas.

    No Júnior, temos o volante Arthur. O Mancini é bom zagueiro.

    Lateral direito temos o retorno do Tinga que foi bem na segunda divisão. Além dele, temos o Raul e o Parrudo.

    O problema é a idade dos garotos. São jogadores inexperientes.

    Acho que o Geromel não precisa ficar. Pará deve ir embora.

    Duda Kroeff pediu para sair . Graças a Deus!! Não entende coisa alguma.

    Outro que deveria pedir e e pagar para sair é o tal Rui Costa. Outro que não entende muito pouco de futebol.

    Pará só tem a vontade e falta-lhe muita qualidade. Qualquer jogador do interior faria a mesma coisa que ele faz.

    O Grêmio é candidato ao rebaixamento ano que vem se perder as poucas qualidades técnicas do time como Zé Roberto, Felipe Bastos e Luan.

  26. Sou contra a “juvenilização” pura e simples. Agora, colocar os jogadores da base pelo critério de qualidade para jogar, sou a favor. Também não aceito as “escolhas” forçadas por empresários e investidores que só pensam no lucro a curtíssimo prazo.
    Uma coisa é certa. A reformulação de critérios e métodos é uma necessidade imediata. O Grêmio não forma um grande jogador há muito tempo. Os que estão em evidência, vieram de fora.
    Pará – veio do Santos
    Geromel – veio do exterior
    Bressan – veio do Juventude
    Rodolpho – veio de São Paulo
    Zé Roberto – veio do exterior
    Walace – Veio de São Paulo
    Felipe Bastos – veio do Vasco
    Ramiro – veio do Juventude
    Luan veio – de São Paulo (não sei o lugar)
    Dudú veio da Russia(?)
    Barcos – veio do Palmeiras
    Alán Ruiz – veio da Argentina
    Giuliano – veio da Ucrânia
    Lucas Coelho – veio de fora (não sei o lugar)
    As exceções no grupo são o Marcelo Grohe e o Biteco. Um titular, o outro ainda não se firmou no meio dos cascudos, embora seja seguidamente convocado para as seleções de base do país.

    Em vista do exposto pergunto: para que serve a nossa categoria de base? Tanto investimento, tanto tempo perdido por muito pouco. Tá na hora do pessoal acordar e atentar para esse fato. Logicamente que não vamos produzir um craque por ano, mas, pelo menos, deveria causar preocupação o fato de termos apenas um jogador oriundo da base do clube, como titular (Grohe).
    Será que os dirigentes se deram conta disso? Do jeito que andam as coisas no Grêmio, fica no ar a interrogação.

  27. OLHA.. QUE RAMIRO, FELIPE BASTOS, RIVEROS, LUAN, DUDU E BARCOS NAO SÃO OS MELHORES EU JA SABIA… AGORA TU VIM ME DIZER QUE NO MEIO DESSE BANDO DE PERNA DE PAU.. MATEUS BITECO E WALLACE SÃO PROMISSORES… SÃO IDENTICOS AOS OUTROS, MATIS BITECO TEM UM POUCO DE VELOCIDADE , MAS SÓ É BOM SEM A BOLA NOS PÉS, DE RESTO É SO CAGAAADA. WALLACE É MAIS LENTO QUE OS OUTROS E ERRA TANTOS PASSES QUANTO OS OUTROS. SE TU FOR ANALIZAR USE O MESMO CRITERIO PARA TODOS. QUANTO AO PARÁ QUALQUER PIOR JOGADOR NAO VAI PRODUZIR MENOS DO QUE ELE QUE NAO TEM NEM OS CONCEITOS BASICOS DE UM LATERAL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.