Participe da discussão

12 comentários

  1. Vencemos, mas nao da pra tomar dois da Portuguesa e deixar empatar um jogo ganho desses! O Gremio é um time que não sabe o que fazer quando está vencendo, já tinha detectado isso na vitória contra o mengo. É um time q só sabe jogar pra frente e acaba dando muitas oportunidades ao adversario.

  2. Perdemos a sula e a libertadores por não saber administrar vantagens e vamos perder a copa do brasil se a postura não mudar. Começa pelos zagueiros e pelo Souza, com uma saida de jogo muito ruim. A bola só fica redonda perto de Riveros, Ramiro ou Zé Roberto. Falta mais gnt pra prender a bola e fazer o outro time correr. No sábado era o Grêmio correndo atrás, não pode!

  3. Os resultados te saído melhor que a encomenda. Já o futebol apresentado preocupa. E muito. A perspectiva pra sequência do ano depende bastante do desempenho e esse tem sido bem pouco entusiasmante.

    Não tenho visto evolução técnica na equipe e a consistência defensiva
    decaiu nos últimos jogos.

    As limitações da equipe são gritantes e se não jogamos com a corda esticada o tempo todo – e ninguém consegue isso sempre – a casa cai.
    O time volta ser frágil psicologicamente e a oferecer espaços demais ao mesmo tempo que encontra enormes dificuldades pra criar jogadas.

    A zaga é totalmente dependente de Rhodolfo. Nos meus critérios, o único zagueiro realmente indiscutível que temos. Com ZR10 o time voltou a deixar os oponentes tocarem a bola, até Lusa teve momentos de domínio quando estava 0 x 0 enquanto o Grêmio chegava atrasado na marcação. Time perdeu o encaixe!

    Volto a pensar que os três volantes são necessário e aí não sei o que Renato pode fazer. Talvez sem Werley, abrir mão dos três zagueiros.
    E jogar com Souza, Ramiro, Riveros e ZR10 no meio, não sei.

    Bressan continua sendo um convite ao adversários, como Alex Telles tem dificuldades pra marcar, por ali ocorrem as principais jogadas de quem nos enfrenta pois Bressan faz uma cobertura ruim. No entanto, assim como Luxa, Renato parece disposto a morrer abraçado a suas convicções e Bressan é uma delas. Pará, outra. E Maxi, mais uma.

    Os alas do Grêmio vem deixando muito a desejar nesse esquema que depende muito deles. Tanto Pará, quanto Alex Telles decaíram nas últimas partidas, o primeiro ainda assume mais responsabilidade e tenta jogadas individuais, o outro depende de tabelas senão toca pra trás e pros lados, quando precisávamos maior incisividade de ambos.

    Renato vem sendo conservador demais e demorando pra substituir, bem como pra testar alternativas diferentes de Maxi. Porque não tentar no 3x5x2 durante os jogos ao menos Ramiro ou Riveros no lugar de Pará, ou até Vargas, porque não tentar Gui Biteco ou ZR10 no lugar do Alex Telles, enfim, dar maior agressividade ao time.

    Mais ainda, Gabriel apesar de limitado tecnicamente passa mais segurança que o inseguro Bressan. Mas a direção deveria ter mesmo é contratado um zagueiro melhor pro lado esquerdo. É esse tipo de politica de futebol da economia burra que me irrita. O mesmo vale pra lateral direita.

    Vá ver quantos zagueiros o Cruzeiro contratou: Dedé, Bruno Rodrigo, Paulão, e já tinham Victorino, Léo, etc. Mas já disse, lá em Minas tem os investidores que aqui ficam só na promessa das direções. Por isso
    a Libertadores foi pro Galo e o Brasileiro tem grandes chances de ir pro Cruzeiro. Se depender de plantel, o deles é o melhor.

    Cruzeiro tem uma tabela ingrata no começo do segundo turno, se atravessar esse inicio de rodadas e se mantiver na liderança, já era, vai sair campeão.

  4. Me recuso a comentar sobre arbitragem, a não ser se for escandalosa.

    Não foi o caso do juiz de Grêmio e Lusa. A arbitragem dele foi apenas ruim, como tem sido tantas outras no futebol brasileiro.

    E finalizo, errou mais contra nós do que a nosso favor nesse jogo.

    Portanto, fez bem o presidente Koff em responder aos folclóricos comentaristas da ESPN.

    Já na base, o lema do dirigente aquele que disse que título não é importante segue sendo seguido a risca com sub23 eliminado noutra derrota acachapante das categorias de base.

    http://www.futebolsemoff.com.br/wordpress/?p=12400

    Vergonha. O Dr Koff vai demitir quando o dirigente que deu tão estapafúrdia declaração?

    Não ganham nada. E até agora não revelaram ninguém.

    É muita incompetência.

  5. A análise do Felipe está correta.

    O Grêmio possui carências.

    O Alex Telles tem qualidade, mas precisa amadurecer e qualificar seus cruzamentos.

    O Pará é jogador limitado e possui a sua vontade e determinação como armas para permanecer na equipe. Mas para a grandeza do Grêmio, é jogador insuficiente.

    Com todos os problemas, estamos vencendo.

    Ainda, acho que podemos jogar mais do que estamos jogando.

    O Grêmio teve um penalti sonegado, um gol impedido mal anulado. E, ainda, o primeiro gol da Portuguesa é discutível. Achei o atacante impedido.

    E alguns comentaristas falam que não foi penalti no Kléber aquele marcado pelo árbitro.

    Há árbitros que não marcariam. E tem árbitros que já marcaram.

    Na câmera detrás, fica evidente que o jogador da Portuguesa usa o braço nas costas do Kléber, deslocando o nosso atleta no ar.

    Uns vão dizer que foi disputa limpa. E outros vão divergir sustentando que foi lance faltoso.

    O importante é que vencemos e estamos na disputa.

  6. Você é responsável por aquilo que escreve. Depois que joga as palavras no ar, não tem mais como voltar.

    É o caso desses dois lacaios da ESPN, o tal de Arnaldo Ribeiro e Flávio Gomes (famosos quem?)…..O tal de Arnaldo meio que voltou atrás. Já o outro imbecil do Flávio Gomes além de ficar “caçoando” em dizer que não tem medo de processo, ainda por cima chamou a Brigada Militar de ridícula!

    O mais importante é que, pelo visto, acabou a farra desses jornaleiros fdp falarem o que bem entenderem e a instituição Grêmio ficar caladinha como em outros tempo.

    Com o Fábio Koff o furo é mais embaixo!!!!!!

    Esses dois crápulas vão tomar um belo processo no rabo….

  7. Emitir uma opinião de que o Gremio havia ganho o jogo com penalti inexistente até entendo. O que não pode é afirmar que o Gremio usa de artificios ilicitos para se beneficiar perante comissao de arbitragem e CBF.
    Isto é negar toda uma historia de um clube centenario, afinal nao foi por boas ou mas arbitragens que fomos campeões do mundo, da america, do brasileirao, da copa do brasil e por ai afora.
    Com muita propriedade o Sr. Fabio Koff esta tomando medidas para fazer com que jornalistas mal intencionados se retratem de suas idéias preconceituosas contra o Gremio, sua torcida e o nosso povo do Sul.
    Parabéns dr. Koff pela sua brilhante atitude em preservar a imagem do clube, de seus torcedores dentro da mais absoluta ordem e paz.

    Avante Gremio, Rumo ao Tri

  8. Tenho ido a todos os jogos do Grêmio na Arena e assisto na TV todos os jogos fora.

    1 – Como gremista, estou satisfeito com as vitórias, com os três pontos, com a colocação na tabela, etc, etc.

    2 – Como gremista, não estou satisfeito com a falta de perspectiva de evolução da equipe, que, a meu ver, chegou a seu limite e com a insuficiência técnica de alguns jogadores que, num Grêmio de verdade, sequer fardariam.

    Uns dizem que não temos reservas confiáveis para algumas posições.
    Outros, que não temos é titulares confiáveis em algumas posições.

    A disparidade técnica do elenco e a instabilidade emocional dos jogadores, são as causas dos repetidos momentos de angústia e aflição a que nós torcedores somos submetidos, mesmo quando estamos em vantagem no marcador e o jogo é na nossa casa.

    Por isso a minha satisfação não é completa. É porque o Grêmio é (está) incompleto.

    Posso até levar em consideração os argumentos dos que tem como referência o Grêmio dos últimos dez anos que perdeu sua identidade, que se apequenou ou foi apequenado por administrações infelizes..

    Esses, saúdam a atual campanha, ainda que interiormente reconheçam que os resultados são melhores que o desempenho em campo. Pagam caro por um produto de qualidade inferior.

    Mas, como estão acostumados ao jejum de títulos, a atual posição na tabela fala mais alto e é o argumento de que se utilizam como resposta aos críticos.

    Para outros, o simplismo de estar e continuar à frente de nosso TA já é o suficiente.

    Sou gremista, sou do Grêmio, nunca vou torcer contra.
    Estou satisfeito com a atual campanha, mas, longe de ser feliz.

  9. Se foi ou não pênalti fica na interpretação. Se uns acharam que foi e outros não, o juiz está isento, entretanto o Kleber estava impedido no lance do pênalti, coisa que ninguém da imprensa comentou, focaram na falta e esqueceram de ver isso. Isso prova como são limitados estes cronistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.