O Grêmio ainda está a procura da sua melhor forma, pills procurando sua identidade e evoluindo. No jogo contra o Caxias na Arena, venceu por 3 a 1 o time da Serra. Douglas foi um dos personagens do jogo. O meia marcou o primeiro gol olímpico da Arena e colocou o Grêmio na frente do placar. No segundo tempo Marcelo Oliveira roubou a bola no meio do campo e passou para Everaldo que conduziu a bola até a área e chutou cruzado, o goleiro grená defendeu e no rebote Marcelo Oliveira mandou para dentro. A tranquilidade foi abalada por uma saída do gol estranha de Grohe e gol de Vanderlei. O terceiro gol saio dos pés de Yuri Mamute, que marcou seu primeiro gol do ano.

07mar15_gremioxcaxias_122_l
Foto: Lucas Uebel

Dos destaques positivos: Mamute fez um bom primeiro tempo, bastante lúcido e no segundo tempo marcou o seu em um contra-ataque rápido quando o Caxias tentava o empate. Mamute já tinha jogado bem no clássico e deu continuidade ao seu bom futebol.  Douglas, o “maestro” (haha), estava jogando normal até o gol olímpico. No segundo tempo o meia cresceu bastante, fez bons passes e inclusive o passe para o terceiro gol. Sua função está facilitada com a presença de Giuliano dividindo a marcação no meio. Fora os dois, Marcelo Oliveira, jogou muito bem no meio de campo roubou boas bolas, inclusive a que virou um ataque para o seu gol. Destaques negativos: Galhardo fez um primeiro tempo terrível, tanto ofensivamente (muitos impedimentos) quanto defensivamente (deixou um espaço na zaga). No segundo tempo melhorou e ficou na média da equipe. Os 5 minutos de desespero que resultou em gol do Caxias. Incrível ver como o Marcelo Grohe é um pilar para o Grêmio e quando o jogador falha a equipe sente. Felizmente Yuri Mamute fez o terceiro gol e corrigiu o que seria um injustiça, o empate do Caxias.   Vitória importante para a equipe que tem se reforçado agora. Chegou já o Braian Rodrigues, atacante uruguaio que deve jogar assim que seu nome constar no BID. Maicon, meio-campo que era do São Paulo também chega a Arena para somar o elenco. E dizem que mais um nome está por vir, mas não vou queimar cartucho aqui. Esperarei para saber quem é.   @faneinbox

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Participe da discussão

11 comentários

  1. No embate entre o pior Caxias contra o pior Grêmio dos últimos 15 anos, deu Grêmio 3×1. Típico resultado enganoso de Gauchão. A atuação do Grêmio foi confusa e ruim. Péssima no primeiro tempo, deu uma melhorada no segundo, mas na média foi ruim.

    Acontece que o adversário era muito pior. De doer. Foi o pior time do interior disparado que vi jogar contra nós. Não por acaso tomou 3×0 de um time pequeno do interior paulista no meio de semana.

    Estávamos vergonhosamente em nono no Gauchão e agora melhoramos nossa posição ao menos. Mas em termos coletivos, Felipão parece não conseguir definir um padrão de jogo, assim, tática e coletivamente continuamos muito mal. Quem disser que isso é corneta é porque certamente não viu o próprio treinador dizendo “Só assim mesmo…” quando do primeiro gol olímpico com ajudinha do goleirinho mão de alface.

    O Grêmio infelizmente segue sem jogadas, não cria nada quando tem de furar o bloqueio do adversário, tanto que nossos dois gols foram de contra-ataque depois do já estarmos ganhando e do Caxias precisar atacar. O maior problema é quando temos de criar jogadas contra um oponente retrancado. Aí não sai NADA… e a quantidade de erros de passe é enorme, muito abaixo da crítica para um time grande. O próprio Douglas vinha muito mal até fazer o seu gol e ganhar moral. A partir daí fez boa partida.

    Marcelo Oliveira foi outro destaque no segundo tempo, apesar de que pra mim é um carregador de bola e não gosto do seu estilo de jogo no meio-campo. Como é esforçado, vai ganhando espaço e moral. Mas tanto ele quanto Douglas deverão ir para o banco com as contratações de Maicon e Christian Rodriguez. Assim espero, pois no Brasileirão vai ser mais difícil de enganar. Com esse futebol coletivo de hoje, por exemplo, sem força ofensiva alguma, seria difícil ganhar de qualquer time da série A jogando em plena Arena.

    Luan e Giuliano, ambos voltando de lesão, não foram bem. O primeiro me pareceu sem embocadura e o segundo cansou no segundo tempo. Tecnicamente alternaram lances de habilidade com erros de passe. O coletivo não ajudou, pois tentamos muitas jogadas pelo meio.

    Mamute que fez seu golzinho pareceu fora de lugar como centroavante e só foi melhorar e fazer gol no contra-ataque ao ir para o lado do campo depois da entrada (nula!) do Everaldo, um dos bruxinhos inexplicáveis do Felipão.

    Não gostei dos dois laterais, pouco exigidos na marcação, podiam ter apoiado mais. Marcelo Hermes foi o que mais se apresentou, mostrando desenvoltura mas até o momento não teve nenhuma atuação acima de Júnior para explicar o fato deste último esperar no banco. Mais inexplicável ainda é o Raul nem ter pego banco com a suspensão do Diarréia Rodriguez. Mas o Araújo, é claro, entrou… Já o Éverton teve 2 minutos para mostrar seu futebol…

    E assim o Felipão vai continuando a fazer suas escolhas pra lá de questionáveis que até esta rodada nos mantinham em nono no Gauchão… e que mesmo com a vitória que se não atende a um olhar mais exigente, ao menos empolga um pouquinho que seja o carente, sofrido, mas sempre presente (mais de 20 mil hoje) torcedor tricolor.

    Agora, esse time atual do Grêmio, é preciso dizer, infelizmente, pra ruim ainda falta muito. A qualidade segue muito baixa. Se há esperança de alguma melhora com os reforços, ao mesmo tempo preocupa a falta de velocidade e de jogadores de drible ou fazedores de gol. Há carência desses jogadores no plantel e a direção não pára de contratar apenas meias e volantes.

    Precisamos atacantes velocistas e dribladores ou vamos penar não só para fazer gol no Gauchão… mas muito mais ainda no Brasileirão. Com o futebol apresentando até aqui ainda não somos nem candidatos a meio de tabela na série A. Vamos brigar pra não cair. É preciso buscar mais jogadores de ataque com faro de gol. Urge. Mas é claro, essa avaliação que faço é com base no futebol mostrado até o momento. Precisamos melhorar muito.

  2. O Grêmio evoluiu em relação ao próprio Grêmio, mas ainda possui algumas dificuldades.

    Talvez, com os reforços o time melhore alguns pontos.

    Marcelo Oliveira foi razoável, fez o gol. Não comprometeu. É jogador que se entrega bastante para a equipe.

    Não dá para entender o treinador que simplesmente do nada arquivou o Júnior. Não há justificativa.

    Marcelo Hermes foi razoável também.

    Douglas fez uma partida boa, mas o verdadeiro teste é contra os grandes clubes.

    Vamos ver como vão ser encaixadas as novas contratações.

    Ainda, o técnico e a direção veem o Ramiro como uma referência técnica.

    O técnico arquiva o Júnior e não dá chance ao garoto Raul.

    Ainda, falta um vice-de-futebol que cobre as razões da não escalação do Júnior. Se lesionou? Jogou mal? Está treinando mal?

    Se o Marcelo Hermes e o Marcelo Oliveira fossem muito melhores tecnicamente, eu entenderia.

    Não dá para se iludir com essa partida, embora, o Grêmio demonstre evolução.

    Acima de todos os defeitos que o Grêmio possa ter e pretende corrigir com contratações, a vitória foi importante para dar mais confiança especialmente aos jovens atletas.

  3. Concordo com o Felipe Neri. Apenas faço a ressalva que há um certa evolução tática. Falta muita coisa para acertar é claro. E poderá acertar com jogadores de qualidade.

    Cristian Rodrigues não é o tipo de jogador que gosto, mas ele é um meia que sabe dar combate. Acho que no meio de campo teremos uma melhora significativa.

    O Brian Rodrigues é um jogador irregular e dependente. Pode dar certo ou não. E dependerá do sistema de jogo para abastecê-lo. Seu melhor momento na carreira foi no Chile. Vejo com desconfiança. Só resta-me torcer que dê certo.

    Maicon eu não conheço bem. As partidas que eu vi, achei um jogador regular. Vou ficar com a avaliação do Felipe Neri e ter a esperança que seja uma boa contratação.

  4. Valeu pela vitória. O treinador continua testando alternativas. Tem um grupo de jogadores, mas não tem um time. As constantes mudanças não dão estabilidade a equipe. Falta entrosamento. Também falta qualidade no passe. Erramos demais. Dá para notar o esforço dos jogadores, mas, a precariedade individual em algumas posições tem dificultado o jogo coletivo. Houve uma sensível melhora da equipe, mas não o suficiente para deixar tranquilo o torcedor. Aguardemos as novas contratações. Quem sabe um sangue novo é o que estava faltando para dar início a uma nova fase da equipe. Que o treinador saiba tirar proveito disso e que defina rapidamente as mais aptos a ocuparem a titularidade na equipe.

  5. bah, o cebolla tá contratado! baita contratação! vou dar folga de cornetear o rui costa por 1 mês depois dessa!

  6. acho o Cebolla Rodriguez muito bom, ajeita o meio campo pois sabe marcar e sair jogando com qualidade. Alem de tudo tem muita vontade, algo que os ultimos portenhos nao mostraram por aqui. O problema ta no contrato somente ate junho, vamos acabar servindo de barriga de aluguel e ele ainda vai ter jogos pela selecao. Mas vale o esforco pra traze-lo, parece que a direcao acordou depois de tanto a torcida pedir, agora se fala ate no retorno do Alan Ruiz…

  7. A contratação do Cristian Rodriguez lembra a do Luizão. A diferença é que o centroavante vinha de lesão. E o uruguaio está em plena forma.

    Se mostrar um bom futebol, quem sabe possa ser prorrogado o contrato dele.

    Em 03 meses, será possível avaliar uma aquisição em definitivo ou a prorrogação do empréstimo.

    Não acredito que o Grêmio faça uma contratação apenas por 03 meses sem essa possibilidade.

  8. Analisando a escalação do Grêmio para amanhã, algumas coisas são incompreensíveis.

    O treinador dos 7X1 tira o Luan, mas mantém seu xodó, Marcelo Hermes. Hoje, o Grêmio é Marcelo Oliveira + 10.

    Estou me convencendo que o melhor é demitir mesmo Luis Felipe Scolari.

  9. O melhor é que o Cristián Rodríguez foi expulso no último jogo dele pelo Parma por quebrar um cara chamado D’Alessandro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.