Participe da discussão

49 comentários

  1. Golaço do Jonas, o segundo. Mas o Borges vem ai, só hoje ele foi ultrapassado em gols. Penso que com ele … Bom, não dá prá não dizer. O Grêmio tem vindo bem e muito bem.
    obs.: a torcida de juventude fez avalanche no gol ….morro e não vejo tudo, pobre juventude !

  2. O Magrão deu a demonstração de que está clínica e tecnicamente recuperado, precisa jogar, precisa de ritmo, Enfrentou a partida mais difícil que jogamos campo molhado e uma disputa viril. Deixá-lo fora do time é INADMISSÍVEL. Ele tem de começar os próximo jogos eliminatórios.

    Rochemback é uma CALAMIDADE, foi dele a culpa pelo primeiro gol, deu passe bisonho o Victor teve que se virar e na cobrança rápida o juventude pegou nossa defesa TODA fora do lugar. O caminho dele é o mesmo do Túlio e Orteman a RECISÃO

    Bergson em 90 minutos fez mais do que o William em 5, 6 jogos tem futuro e é da posição

    Foi nosso jogo mais difícil e nos saímos bem, até o Jonas foi decisivo finalmente, em um jogo que a rigor não valia nada…

    vale a pena acompanhar o Calixto do Juventude pra ver qual é.

  3. Fecho cm o Marcos, partidação do Magrão, partidaçõ do Bergson, belo jogador. E o Rochemback, pelo amor de Deus Pai todo Poderoso, mas esse moço é uma tortura, nem no banco pode estar. Joga menos que o Tulio jogou, porque atrapalha enquanto o Tulio se omitia mas não estragava. Impressionante.

  4. não vi o jogo, mas vou comentar os lances de gols. Que belo gol do Jonas, o segundo. Incrivel como ele faz gols tão bonitos e perde uns tão fáceis…
    Hiago do Juventude é uma grande promessa, já tinha mostrado na copa sp junior desse ano, foi dele o passe pro gol do Ju. Bem que o Grêmio poderia fazer um negócio com o Ju que anda mal das pernas…
    Não entendi pq o Mithyue não jogou, devo ter perdido alguma informação no feriado…

  5. Dessa vez estava em um aniversário e infelizmente não pude ver o jogo do Tricolor.
    Mas vou dar uma opinião….

    Quero ver o que farão com os medalhões…

    Mandarão embora…

    Esses jogadores são bruxos do MEIRA, por isso ainda estão no Grêmio… FORA MEIRA E FORA MEDALHÕES…

  6. o gremio vem evoluindo como time, mas precisamos de um volante 5, para jogar com o magrao e um lateral esquerdo, um atacante pra disputar posiçao com o jonas, nao porque o jonas venha mal, mas porque se sair ou jonas ou borges, nosso ataque fica totalmente capenga, queria ter essa mesma esperança com bergson, mas nao vi futebol suficiente nele ainda.
    precisamos dispensar urgentemente o fabio rochenback, e o willian batore, e trazer o primeiro volante e o atacante para as respectivas vagas deixadas por esses dois, se o meira fizer isso, começo a acreditar que ele nao é totalmente incompetente.

  7. acho que o Rochembach continua entrando no time prá ter alguma valorização num futuro negocio: unica explicação, só pode ser isso. Não acredito que o Meira esteja pressionando prá ser escalado, por ser seu bruxinho.

    no mais, tô engolindo o Jonas, mas vamos ver nos jogos mais decisivos, qdo normalmente ele se esconde ou se atira prá cavar faltas ou é expulso. mas isso pode ter mudado.

    mas com o Borges melhora mais.

    ótimo jogador o Bergson e o Magrão é um crime ser reserva. sobra o Ferdinando.

    O Pelotas mesmo no Olimpico não vai ser moleza, tem bom time e bom treinador.

    cbimbi

  8. O Grêmio bateu o recorde de vitórias consecutivas de um time de futebol sul-americano. A vitória de hoje, 2×1 contra o Juventude, representou a 15ª em sequência. Com ela, o Imortal supera em 2 jogos o recorde anterior que pertencia ao San Lorenzo, da Argentina.

    Em termos mundiais, estamos na 6ª posição. O ranking de vitórias consecutivas de clubes da história recente está aí embaixo.

    01. Benfica: 29
    02. Dinamo Zagreb: 28
    03. Celtic: 25
    04. PSV Eindhoven: 22
    05. Inter (*): 17
    06. Grêmio: 15
    06. Real Madrid: 15
    06. Bayern Munich: 15
    07. Arsenal: 14
    07. Bristol City: 14
    07. Preston North End: 14
    07. Manchester United: 14
    07. DC United: 14
    08. San Lorenzo: 13
    08. Reading: 13
    09. Barcelona: 12
    10. Roma: 11

    (*) Calma, morangos, é a Inter de Milão.

    http://blogremio.blogspot.com/2010/04/recorde-sul-americano.html

  9. O Grêmio tem definido: Victor, Mário Fernandes, Rodrigo, Willian Magrão, Maylson, Douglas, Jonas e Borges, estes são titulares. Edilson ainda não me conveceu, Fábio Santos, Rochemback, Ferdinando, Willian e Hugo podem mandar embora que não irão fazer falta nenhuma, pelo contrário, ajudarão muito em economia, e em seus lugares temos: Adilson, Fernando,
    Bérgson, Mithyue. Se a direção(Meira) olhar bem, vai ver que temos lateriais tanto direito como esquerdo que disputam o Gauchão melhor que este Edilson e Fábio Santos, e custam bem menos. Quanto ao Silas, acho que ele esta no caminho certo, não é fácil montar um time, e logo a torcida estara aplaudindo ele.

  10. Temos que lembrar SEMPRE da sorte. Alguns cancros do time saíram por lesão. Entre eles o o maior de todos os nossos problemas: Souza.
    Souza é desagregador, não joga metade do que acha que joga, não joga um terço do que fala e nem um quinto do que recebe.

  11. Estamos arrumando a casa, só falta um Gre-nalzinho para aparar as arestas e tudo vai ficar azul.
    O camisa 5 que tanto queremos não vem, coloquem o Magrão com a 8 e o Adilson com a 5 e estamos conversado, não olhei o jogo pois estava trabalhando, mas dizer que o Rochemback não jogou nada é redundância. Adilson com a 5, pega uns conselhos com o Dinho e abra a caixa de ferramentas e estamos resolvidos, do pescoço pra baixo é canela.
    O Jonas está me quebrando o bico, vamos dar a mão a palmatória, vai nos ajudar na reta final dos campeonatos.
    GREEEEEEEEEEEEEEMIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!

  12. O Anderson falou algo que eu já vinha pensando a tempos: Souza. Ganhamos em conjunto com a saída dele! Era decisivo em alguns momentos, mas sempre fominha, tentava mais um drible e estragava ataques! Acho que, se ele voltar, a lateral seria o único lugar que ele teria vaga. Tirar Douglas ou Maylson prá ele entrar? Dae tem que mandar internar o Silas. Maylson tá bem ali, naquele lugar que vem jogando. Se mexerem na posição dele estraga! Acho que apesar da teimosia do Silas, o Willian Magrão entrará na vaga do Ferdinando ao natural! É muito mais jogador, nem se discute isso…
    Abraçoss

  13. O post do Rafael tá no correio de hoje, este blog bombeia direto.
    Os pessimistas e derrotidas desaparecem quando o time anda bem. Mas não se apoquentem, no primeiro tropeço eles voltam,a, voltam, sem dúvida. Vi um bom jogo e um time que vai se ajeitando. Ei Borges tb é medalhão e tomara que volte logo. Hugo é muito útil, precisamos de grupo, é bom lembrar disto. Fabio R, tem que ir embora, este é ruim, não é medalhão, é merdalhão.

  14. Parece que o time está engrenando mesmo, que venha um adversário forte logo (o avaí não faz nem sombra)!!!

    Curioso que o time engrena graças à saída de jogadores caros do time:

    – Souza
    – Hugo
    – Rochembach

    Só aí veja quanto dinheiro desperdiçado todo mês… mais de meio milhão na lata do lixo, ou melhor no bolso desses três!

    Sou da política de valorização de quem joga bola, é o que faz o barcelona, que embora tenha contratos longos em vigor, os renova todo ano dando reajuste aos que merecem como messi, bojan, pedro, etc.

    É o que pregamos seja feito com Victor, Magrão, Adilson, Maylson, Mario, Mithyuê, Bergson, etc.

    Assim se mantém a base do time, e por favor, parem de jogar dinheiro fora com jogadores sem identidade, falastrões, baladeiros, que não contribuem em nada com o clube.

  15. Estamos evoluido e ganhando TODAS.
    Se os adversários são umas nabas, azar deles.
    VAMOS PATROLAR O PELOTAS!!!

    AGORA VAI.

  16. Fábio Santos até quebra um galho, mas até o lateral do Noia é melhor, o tal do Paulinho, se não me engano. Além do fato de que ganha muito menos.
    A direção diz querer renovar com Fábio Santos e Rafael Marques, o que seria um absurdo!
    Ferdinando vem se mostrando útil, eu passei a confiar mais nele, não acho que deva sair agora do clube.
    Porém William, gordo Roca, Lucio, Souza, Joilson não podem continuar no Grêmio além do meio do ano!
    Roca, William e Joilson poderiam ir embora hoje, Lúcio vai em agosto e Souza poderia ser vendido pras arábias ou emprestado.

  17. 1. Souza serve como reserva para posição do Douglas. O problema é que ele é fofoqueira de vestiário. Acho que é o tipo de jogador que não fica na reserva. Vai fazer pressão para jogar ou para sair.
    2. W. Magrão na segunda volância, dono absoluto da vaga.
    3. Adilson e Ferdinando disputam vaga de 5. Não confio plenamente em nenhum deles. Adilson não é muito melhor que Ferdinando, que joga mais simples e acaba comprometendo menos.
    4. Precisamos de volantes reservas, campeonato brasileiro longo + sulamiranda. Atualmente temos 3 (fernando, rockembach e adilson ou ferdinando)
    Manda o Roca embora, economiza uma banana e traz um volante novo, de algum time pequeno, ou sobe mais um junior, para esquentar o banco.
    5. Troca o William por outro mangolão que pelo menos jogue de pé e não deitado.
    6. Analisar a situação do herrera para o futuro. Teve sequencia, tá fazendo gols no botafogo, melhor que o William ele é com certeza.

  18. E olha que vários me falaram que eu fui um louco ao dar graças pela lesão do SOUZA.

    Desde que o SOUZA pisou no estádio Olímpico um grande jogador para mim deixou de apresentar um bom futebol “TCHECO”. Sempre fui fã dele, mas quando souza veio para o Grêmio o futebol do TCHECO deixou de ser aquele que me fez seu fã.

    É como falaram acima, SOUZA é peladeiro e fominha e é uma das causas porque perdermos o brasileiro 2008.

    Graças as lesões o SILAS ainda é treinador do GRÊMIO e os guris começaram a jogar….

  19. Caríssimos amigos tricolores,

    Não dá pra ser simplista e simplesmente pedir pela dispensa de A ou B. Afinal de contas, os contratos estão em vigor e as multas por quebra de contrato são monstruosas. Se não há motivo para justa causa, infelizmente, é necessário permanecer com os “bondes” até o final do compromisso legal deles com o clube.

    Por exemplo: como não conseguimos repassar o lateral-esquerdo Jadílson como foi possível fazer com o perdedor e fraco volante Túlio para o Goiás, ele saiu do clube apenas na semana passada ou retrasada. Ele estava aqui, treinando em separado.

    Rochemback, se não me engano, é dono de seus direitos. Ele não tinha mais mercado na Europa – tanto é que meus amigos jornalistas do blog Desportugal se apavoraram após a notícia da contratação do jogador pelo Grêmio e me indagaram via Twitter:

    – O QUÊ?! O GRÊMIO ESTÁ A CONTRATAR O GORDO ROCA?!

    Ontem, vi que, depois de nove meses, o jogador finalmente perdeu a sua louca pança. Mesmo assim, dizem que ele recebe absurdos R$270 mil. Isso poderia ser repassado a Victor e, aí, completar a diferença (já ouvi dizer que Victor recebe 50 mil, outros disseram 80). Enfim… Após julho, bastará usar o dinheiro mal aplicado no (agora ex) Gordo Roca e pôr algo entre 50 e 80 mil para Victor.

    O salário do jogador é pagável. O problema são os 6 paus para seus investidores e demais fatiantes dos seus direitos federativos.

    Souza, depois de quase um ano fora, ficará ainda mais dois anos no clube. Se não me engano, o contrato foi de três anos. E, se não me engano, ele recebe algo em torno de 220 mil. Devido à idade, mesmo que volte bem fisicamente, não possui mais mercado.

    Foi dinheiro posto fora. Afinal de contas, não se contrata jogador apenas no nome ou por causa da experiência: ou se contrata alguém com no máximo 27 anos, ou não se contrata. Afinal de contas, não somos o Chelsea, que pôde se dar o luxo de pagar cerca de 40 milhões de euros pra tirar Ballack do Bayern München aos 31 anos.

    []’s,
    Hélio

  20. Jogamos mal, muito mal. Valeu a vitória, mas tão somente pela estatística e pela história. Pois, parece que não sabemos o porquê estamos vencendo. E isso não é nada bom.

    Mithuê era pra ter jogado ontem. Nada contra o garoto Bérgson (que joga bem sim e tem um ótimo futuro), mas o Mithuê tem que se firmar. Mais ritmo!! É a hora!! Porque Hugo e Rockembach estão voltando ao time?? Tá errado!! Edílson por Joílson?? Não iria consertar um problema que não é individual, mas sim coletivo. As laterais vazam. E o lado esquerdo vazou tanto quanto o direito no jogo de ontem.

    Concordo com o Sassen Paz, substituições equivocadas, e fecho com o Sidnei e o Kegler na preocupação. Aliás, em 2008 não perdemos o Brasileiro somente por causa das eleições tumultuadas, mas porque também tínhamos que arranjar um lugar para o Souza no time.

    Pra não dizer que não falei de flores… então, o óbvio: Victor, Mário Fernandes e Douglas são diferenciados; Rodrigo fechou bem com o Mário; W.Magrão nos deixa cheio de esperanças nesse seu retorno; e Jonas, bueno, as vezes fica difícil não criticá-lo, mas as vezes fica difícil não elogiá-lo, baita golaço o 2º, típico de homem de área. O primeiro também muito bonito.

    De resto, só tem um time que pode nos surpreender no Gauchão: o Caxias.

    Saudações.
    Cláudio Medeiros

  21. Vcs repararam que o Grêmio Novo aposentou o DE CANELA? Agora eles não torcem mais por lesão de jogadores do Imortal?
    Será a proximidade das eleições?

  22. Abro aqui o coração, a lesão do SOUZA não era mais torcida e sim um sonho meu.
    Ele estaria até hoje no time, tirando o lugar de alguém mais coletivo e menos peladeiro.
    Sei que como Gremista é triste eu falar isso, é triste eu torcer contra um próprio jogador do meu time, mas é a realidade amigo.

    Pena o MEIRA não se lesionar para sair do Grêmio, pois amigos, os medalhões irão voltar se o Meira Continuar.

  23. Contratos:
    Roca: 31/8/2011
    vale mais pagar a multa ou R$ 4.320.000 (270 mil x 16 meses) até o fim do contrato???

    Souza: 30/6/2012
    vale mais pagar a multa ou R$ 5.720.000 (220 mil x 26 meses) até o fim do contrato???

    O problema maior em mandar embora é admitir que as contratações desses medalhões não deram certo. O Souza e o Roca valem a categoria de base inteira durante um ano e ainda sobra dinheiro!

    Outro erro foi emprestar o Herrera. Não jogou nada em 2009, mas também não teve grandes chances de se firmar. Agora ta com sequencia e fazendo gols no Botafogo e o Grêmio segue pagando parte do seu salário. Seria um jogador mais útil que o William, por exemplo, e já era nosso.
    Não sei até quando é o contrato com o Botafogo, mas é do Grêmio até 31/01/2011

  24. Verdade é que desde a chegada do Souza não ganhamos mais nada, jogadores que vinham bem pioraram e nem esperanças mais tinhamos no time.
    Ele sai e até lesionado perturba a paz. Fica criando caso. Chato demais.
    Empresta ele por parte do salário que já ta bom. Vende barato que ganhamos igual. O rochembach jogou no “nal”. Só uma anta pra contratar um cara assim.

  25. Os problemas de contratações mal feitas são, na maioria das vêzes, irreversíveis. Quase sempre trazem prejuízos técnicos e financeiros e deixam os seus mentores num sério dilema: como acomodar o ego do atleta diante da realidade dos fatos que depõem contra sua performance. Medalhões, salvo raras exceções, mais comprometem do que ajudam. O que se tem visto no Gremio de Meira/Silas é a confirmação de que as contratações açodadas de atletas com currículos em estagnação ou em visível processo regressivo, tendem a criar um clima de constrangimento entre técnico e jogador quando da necessidade de sua substituição por um colega. Da mesma forma, retarda a ascensão de talentos emergentes em melhores condições. São decisões difíceis e de competência exclusiva do técnico, que não pode se deixar levar por sentimentos outros, senão o de escalar os que estiverem jogando melhor. Enquanto isto for feito, contará com o apoio incondicional da torcida. Ao clube compete oferecer ao jogador a infra-estrutura necessária para um bom desempenho. Cabe ao jogador, em campo, mostrar sua real condição. Depois de um razoável período de treinos, atuações em jogos e avaliações, eis que se aproxima a hora da verdade. Esperemos que o nosso treinador tenha a serenidade e o discernimento necessários para escolher o que for melhor para o GREMIO.

  26. Pra rescindir o contrato com os jogadores, basta pagar a multa (50% da remuneração até o final do contrato). Geralmente, é feito um acordo e esse valor fica menor que os 50% e o pagamento se dá de forma parcelada, como foi feito com o Túlio. No caso do Roca, acho que vale a pena a rescisão do contrato. Ele já mostrou que tem muito pouca utilidade no time. É melhor gastar 130 mil mensais do que 270, e com a diferença, dá pra trazer um volante melhor e sobra dinheiro.
    No caso do Souza, não acho que seria caso de rescisão. Ele tem mercado para ser negociado e futebol para jogar no Gremio (como reserva, no momento).

  27. Claudio,

    O Souza é útil e, pela idade, não tem mercado no exterior. É mais do que certo de que ele não se adaptaria nem ao mundo árabe, nem ao Extremo Oriente. Só se ele fosse para algum clube do centro do país, tipo um Atlético-MG ou Fluminense da vida. Porém, o Grêmio não ganharia um centavo.

    Jogador pra bancar pesado e pra ficar com ele a vida inteira é Victor. O resto, se não tiver sido formado nas nossas categorias de base, deve ser contratado com, no máximo, 25 anos pra ter chance de se valorizar e ser negociado ou, então, que tenha não mais do que 28 anos e feche contrato de três anos e ceda ao Grêmio pelo menos 15% de seus direitos federativos.

    Aliás, essa cláusula teria evitado a ida de Roger Chinelinho para o Oriente Médio.

    Nesse sentido, infelizmente, precisamos admitir que o T.A. é anos-luz melhor de negócio do que nós.

    E, realmente, os dados que o Rafael Targanski trouxe são estarrecedores: se o orçamento das categorias de base é de pouco mais de 7 milhões e bancamos Souza e Roca anualmente por quase o mesmo valor, ou poderíamos ter um verdadeiro celeiro de craques, ou poderíamos manter os melhores da base por pelo menos dois ou três anos.

    O Grêmio só é refém de agentes erradamente chamados de empresários porque quer. E a culpa não é diretamente da gestão Duda, pois essa prática nefasta vem de muito longe.

    Manter uma boa relação com os agentes dos melhores jogadores é uma coisa. Mas dar exclusividade (ou quase) a apenas meia dúzia deles e aceitar eventualmente alguns pacotões onde se gasta muito e se aproveita pouco é inadmissível.

    O maior problema financeiro do Grêmio decorrente da herança maldita não é exatamente ter que honrar com os credores de curto prazo: a falta do dinheiro para investir pontualmente naquilo que mais precisamos é resultado de uma política totalmente equivocada.

    Mesmo torcendo MUITO para a continuidade e para o aperfeiçoamento do trabalho das categorias de base com o Mauro e com o Edson agora sob a batuta do honesto e experiente cel. Élvio, Duda disse a Paulo Deitos que aceitou a palavra de Meira sem ouvir a sua versão, o que tornou a sua demissão tão irreversível quanto equivocada.

    Mas o que ficou claro nesse episódio é a visão (a meu ver) equivocada de Duda e de Meira, que consideram o Dpto. de Futebol Profissional mais dissociado do que integrado às Categorias de Base. Hoje, felizmente, está havendo um aproveitamento bem maior e um diálogo entre a comissão técnica de Silas e a base. Porém, isso se deu mais à necessidade de repor peças para as lesões dos medalhões do que propriamente de considerar a opinião de quem faz um trabalho muito bonito de educação e de formação de cidadãos e de craques.

    []’s,
    Hélio

  28. Hélio, o querido amigo Élvio é honesto, experiente e há mais de dez anos presta excelentes serviços ao tricolor.
    O fato da gente elogiar o trabalho do Deitos não desqualifica o Élvio. Esse eu conheço muito bem. Se o nosso clube tivesse outros conselheiros dedicados como ele, nós estaríamos em outro patamar.
    Que bom que tu fizestes referências elogiosas ao Élvio. São merecidas, mas pouco lembradas.
    O meu filho, que não participa da política do tricolor, me disse há alguns anos que o Élvio era fundamental para o Grêmio.

  29. O Jonas tem uma importância tão grande para o tricolor, que ainda vou ver daqui a dois anos a campanha ” Fica Jonas”. Que maravilha.

  30. agora tão querendo me enlouquecer, essa de torcer pela lesão do souza tem raízes em outro lugar, não aqui, caso não saibam a administração do jogador, especialmente com a lingua, cabe aos homens do vestiário, se o souza fala demais o meira que mande ele fechar a boca e policie ele caracas, ele é importante ainda que para banco e no grenal do século ele foi decisivo ( até no gol deles, eheheheheh ), dizer que desde a chegada do souza não ganhamos mais nada serve para o Vitor também, até porque não ganhamos nada desde 2001, a rigor, porque sair da segundona foi obrigação e dois gauchões é muito pouco para o Grêmio, então esta não cola mesmo, por fim o Borges vem ai e o Jonas levou todo este tempo para pasar ele na artilharia, a diferença entre os dois é abismal, o Jonas é útil, o Borges imprescindivel, só esta a diferença

  31. Alex não se discute que o Borges é imprescidível. É um baita jogador. Porém, o Jonas tem características diferentes. O Jonas já deu,no mínimo, oito passes que redundaram em gols este ano. Alguns para o Borges. Só para o Maylson foram quatro. Já o Borges é mais finalizador, mas dá poucas assitências. O Paulo Nunes fazia menos gols que o Jardel, mas era o pai dele.
    O importante é que temos, em princípio, dois atacantes qualificados e que se completam.
    Também penso que o Souza seria mais útil neste momento.
    Esse é o melhor Grêmio dos últimos anos. Agora se vai ganhar títulos é outra coisa. Eu acredito e muito nesse time.

  32. Alguem ai sabe me dizer o que o Fabio Santos fazia na meia lua, enquanto o juventude fazia um gol la na pela esquerda?

    Me desculpem o teclado sem acentos, etc..

  33. E aí meu caríssimo “procurador” Artur! Rapaz, de tanto que escreves sobre o Jonas, começo a pensar que o corte de cabelo dele foi sugerido por ti (risos). Escrevendo sério, caríssimo Artur. O Jonas calou-me. Está jogando muita bola. Errando muitos gols? Sim. Mas e o grande Nilmar? Lembram? Espero que o Jonas continue jogando essa bola redonda tb no Brasileirão e na Copa do Brasil. Ele e o Borges poderão fazer a diferença. Gostaria ainda de um 5. Adilson? Pode ser. Ainda acho que o Leandro (jogando o q jogava no SP) pode ter lugar no time. No resto, penso que havendo comando de vestiário (acho que o grupo fechou com SILAS), temos boas chances de sermos campeões da C. do Brasil, desde que tb haja muita dedicação e humildade. Um passo de cada vez, pois o AVAÍ é de outra turma. Trata-se de um bom time. Torcida e garra serão imprescindíveis.

  34. Vitor
    O Jonas tem uma trajetória parecida com a tua, vocês melhoram a cada dia. O corte do cabelo foi sugestão minha. A dancinha não.
    Olha Vitor, não tenho certeza quem seria o melhor volante. Gosto do Fernando,mas penso que não seria ele. W. Magrão é um baita jogador, mas não parece ser o 5. Adilson poderia ser? O Ferdinando é o que tem as características de um volante.
    Vitor Hugo, China, Dinho (como dizia o Cacalo ” Violento é o chute do Dinho”).
    Tivemos o Jadir e o Orcina , que jogavam pouco mas eram volantes.
    Sérgio Lopes era muito bom, mas seria um bom volante?

  35. Vitor e Artur,

    Embora opinião seja como c… (cada um tem a sua), insisto que, no 4-4-2 em duas linhas de 4 + 2 atacantes, não existe essa de 1º volante ou 2º volante, ou de um 5 ou do cabeça de área. Cabeça de área ou volante 5 só existe no 4-3-3 ou no 4-4-2 onde, ao invés de uma 2ª linha de 4 homens, tem-se um losango. O Grêmio, a maioria dos times brasileiros (à exceção dos times comandados por Roth, Tite, Muricy e Ricardo Gomes, todos adeptos do 3-5-2 à brasileira que não possui líbero e é um verdadeiro chama-derrota) os times da Inglaterra, da Alemanha, da Itália e de Portugal como um todo além da esmagadora maioria das seleções de nível médio para cima atua no 4-4-2 em duas linhas de 4.

    Os dois volantes têm como obrigação saber marcar na bola, sem dar pau, e saber sair jogando, com um bom passe e também a capacidade de chegar na frente como elemento surpresa. Eles também precisam triangular com o lateral e com o meia do seu lado de campo, além de inverter de posição entre si para evitar uma marcação óbvia.

    Essa história de “xerife” e de “volante brucutu” não existe mais, graças a Deus. Time que não sabe jogar é punido pela bola. Marcar e chegar junto sabendo jogar é uma exigência muito mais forte, que exige mais maturidade do jogador. Todo mundo fica, todo mundo vai. A figura do cão de guarda já foi superada: quem insiste nela é time pequeno.

    No Brasil, o primeiro exemplo claro do sucesso desse esquema foi o Santos de 2002, com Paulo Almeida e Renato. Daí para a frente, é só procurar pelos times campeões brasileiros: nenhum deles possui a figura do “prendo e arrebento”.

    “Hay que endurecerse per sin perder la ternura jamás!” Ernesto “Che” Guevara

    []’s,
    Hélio

  36. Pô Hélio,

    Vou discordar de ti quanto ao Paulo Almeida, mas compreendi o que quis dizer. Mas, assim óhhh, o Paulo Almeida batia e muito hein. O Renato sim, não era muito de sujar o calção.

    E saindo em defesa dos brucutus, cara, o Dinho sabia fazer um lançamento de 30, 40m. Virava o jogo. O China batia de três dedos. Enfim, nós vamos encontrar um sem número aí, ou talvez nem tantos, que sabiam dar aquela chegada, pegada no tendão, e jogavam uma bola fenomenal.

    Mas, te compreendi Hélio. Por exemplo, Coicito e Fabinho só sabiam bater, aliás, nem isso sabiam fazer direito, e erravam passes de 2m. Esses aí não me servem. A não ser pra ficar no banco de reservas e quando o bandeirinha fizer uma porcaria contra o Grêmio, tu só dá a ordem pra eles “podem ir e divirtam-se”.

    Cláudio Medeiros

  37. Se eu entendi o Hélio, ele não está dizendo que não pode jogar forte como fazia o Dinho. Nem tampouco que o Paulo Almeida não batia. O formato com duas linhas de quatro funciona (segundo ele) melhor que o meio em losango.
    Está dizendo então que precisaríamos dois Dinhos. :D
    Hehehe. Até concordo, mas conseguir um só já tá difícil, dois então…

  38. Rafael, essa é uma grande notícia e uma antiga reinvidicação do Torcedor que é Sócio. Mais do que na hora. Acho que Leram os e-mails.

    Ahhh, parabéns a direção.
    Cláudio Medeiros

  39. Marcos Moraes:

    Pegaste a senha exata! E, Cláudio, fora a questão do Dinho (que sabia muito bem o que fazer com a bola), de resto pegaste o espírito da coisa.

    Ser viril, chegar junto, intimidar o adversário não é sinônimo de berrar, de puxar o calção do cara, de bater sem bola ou de aproveitar que o árbitro não está olhando: é ser inteligente o suficiente pra saber se posicionar pra ser firme e poder sair jogando sem precisar apelar.

    O mesmo Dinho, se fosse MESMO açougueiro, não teria ficado no SPFC do Telê Santana. Aqui, credito o seu rótulo mais a certas deficiências que eram mascaradas pelos títulos sucessivos do que à deliberada maldade. Ruindade, nem pensar: ele jogava MUITO!

    Se formos ver ao pé da letra, Goiano errava passes pra dedéu naquele time. E, muitas vezes, sempre que Roger, Arilson e Carlos Miguel iam com tudo para cima (principalmente quando o Grêmio contra-atacava fora de casa), naturalmente a sua volta era mais lenta e menos coordenada. Consequentemente, isso sobrecarregava Dinho e Goiano.

    A circunstância de haver um timaço vindo do Sul com homens experientes mesclados a uma geração de ouro vinda da base que atropelava os investimentos multimilionários dos paulistas mexeu DEMAIS com os brios de uma imprensa que vive de patrocinadores que atingem preferencialmente o vasto contingente demográfico dos 40% da população do país que vivem naquela região.

    Um clube de fora de SP (pode até mesmo ser carioca, berço da Globo, que dá quase no mesmo porque quase todo o resto da mídia corporativa de alcance nacional se concentra na Paulicéia; mineiro, apesar da proximidade com RJ e SP e da grande população daquele estado) INCOMODA MUITO à forma da mídia negociar a sua moeda audiência em troca do dinheiro dos anunciantes mais graúdos do país.

    []’s,
    Hélio

  40. Hélio,
    Nesse sentido, hoje os únicos volantes com características de bons marcadores e habilidosos seriam W. Magrão e Fernando.
    Rochemback seria tb, mas ta mais pra ex jogador.
    Adilson e Ferdinando são mais marcadores e não têm boa chegada na frente.
    Porém o Silas da a entender que seu time necessita de um protetor da defesa (antigo 1º volante) na frente da zaga e ele se chama Ferdinando, que aliás vem fazendo muito bem essa função.
    Enfim, preferiria ver W. Magrão e Fernando juntos, mas não crucifico o Silas por prefirir hoje o Ferdinando.

  41. Rafael,

    Nesse ponto, discordo do Silas, pois ele deveria exigir dupla função. Te digo que, hoje, Willian Magrão parece estar marcando ainda melhor do que antes da lesão. Naquela época, considerava Rafael Carioca um jogador mais completo. Hoje, acho que o Magrão tem a possibilidade de ser ainda melhor do que o seu ex-colega.

    Também vejo um receio exagerado de lançar o menino de 17 anos que já provou várias vezes que não amarela, marca bem e tem qualidade na saída de bola.

    Até concodo que Adílson e Ferdinando são úteis. Porém, são limitados perto de Magrão e Fernando.

    Se o time embalar e for mais efetivo com a volta de Borges, essa discussão poderá até parecer menor. Independentemente da minha concordância ou não com essa escolha dos volantes, o momento felizmente não é mais o de pedir a cabeça de Silas.

    Enfim… Quem decide, quem tem a sua própria convicção e quem define os critérios de confiança em função do trabalho do dia a dia é ele. Só nos resta torcer.

    []’s,
    Hélio

  42. ARTUR, teus elogios são suspeitos, meu querido amigo! HÉLIO, concordo com o que escreves, mas isso é o IDEAL, parceiro. Ter 2 volantes do nível do W. Magrão (q saibam jogar). Acho até que o Adilson sabe jogar, no entanto tem de melhorar seu passe e guardar posição. Vejam bem: o 5 (cinco) que quero é um jogador posicionado (varrendo a frete da área, dando cobertura aos laterais, mas jogando muita bola). Gosto do PIERRE do Palmeiras. Acho que temos o VOLANTE em casa – insisto: MATHEUS MAGRO. Alguém já o assistiu jogando. Ele veio do NH em 2008 (acho). Joga muita bola. Perguntem ao Deitos. O Fernando também é bom jogador, mas prefiro o MATHEUS, até porque o Fernando não seria o primeiro volante (desculpe, Hélio). Alguém daqui tem acesso ao CEL ÉLVIO, a fim de perguntar sobre o MATHEUS MAGRO. Vocês vendo esse cara jogar, entenderão a minha admiração (deixo claro que não conheço pessoalmente esse jogador, tampouco conversei com ele).

  43. Vitor,

    Pois é: primeiro e segundo volante não existem quando se pensa em linha. E nem mesmo em losango: mesmo neste caso, seria um único volante, com características quase que totalmente defensivas (modelo ao qual me oponho). E o Fernando sabe jogar e sabe marcar. Diria que, com chance de jogar, tende a se tornar mais valoiso do que o Magrão (bem mais jovem, ainda sem lesão, é um motorzinho quase a la Tinga e Guiñazú, porém com um poder de finalização ainda melhor).

    O Fernando me lembra muito o Ramires, do Benfica (ex-Cruzeiro, que merece ir para a Copa mas o Dunga prefere o Felipe Melo e o Josué): marca, corre feito doido e finaliza muito bem.

    Quanto ao Matheus Magro, confio totalmente na tua palavra. Porém, o Grêmio poderia ser menos subserviente e covarde nos contratos de TV e bater pé contra Globo e RBS que vai, sim, pôr as preliminares das categorias de base de volta. Ir até Eldorado é um impeditivo para a maioria das pessoas. Então, acabamos sem acompanhar esse trabalho.

    []’s,
    Hélio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.