Participe da discussão

101 comentários

  1. O adversário era o Novo Hamburgo!!!
    Pavoroso o que assisti hoje, Alerta ligado o Grêmio não tem NADA.
    O trabalho da semana cheia cadê?
    Os dois volantes e os dois zagueiros não EXISTEM.

    Até a parte física fica sob suspeita, muito jogador pregado e muito jogador caindo por qualquer coisa.

    O Adílson não pode estar na frente do Magrão, nem pra entrar no ônibus, quanto mais pra jogar.

    O Jonas vem mostrando o que é de verdade a cada partida, um zero à esquerda,saiu o Borges foi-se de vez a retenção de bola que vinha desafogando o time… não fosse a sorte, não fosse a qualidade do Victor e do Mário e a voluntariedade do Maylson teria sido um vexame. Passar o segundo tempo inteiro, entocaiado, sem um contra ataque organizado sequer é INADMISSÍVEL. E por favor não me venham com a velha máxima de “pro Grêmio é sempre difícil” pois dessa vez foi vergonhosa a forma como o time se comportou.

  2. completando o circo de horrores…
    o técnico vem a publico detonar o melhor e único jogador de defesa, patrimônio do clube…
    depois de declarar que não se importa com o cargo pois tem as portas abertas em 19 clubes da primeira divisão.

    POIS QUE VÁ, ESTAMOS ERDENDO TEMPO COM ESSE SENHOR !!!

    28/02/2010 | 20h31min

    Silas: Mário Fernandes precisa tomar café da manhã
    Técnico avalia que jogador precisa dar uma encorpada para atuar como zagueiro

    O técnico Silas se mostra disposto a colocar Mário Fernandes para concorrer a uma das vagas no miolo da zaga. Neste domingo, na vitória por 1 a 0 sobre o Novo Hamburgo, que rendeu o título da Taça Fernando Carvalho para o Grêmio, o jogador teve mais um dia de boa atuação na lateral-direita. Porém, Silas lança um alerta para o cotidiano do atleta:

    – Ele pode brigar no miolo da zaga. Mas precisa de algumas coisas que ele ainda não tem para jogar ali. Uma delas é tomar café da manhã todo dia, coisa que ele não faz. É um menino, ele ainda não entendeu que para jogar à tarde não pode ficar da meia-noite até o meio-dia sem comer. Não digo que ele fez isso hoje. Ele tomou café da manhã hoje sim. Mas eu também fazia isso quando era menino – disse o treinador.

    Para que Mário Fernandes possa se habilitar a realmente se fixar como zagueiro, Silar quer reforçar o jogador:

    – O futebol exige muito da gente. O Mário precisa dar uma encorpada para jogar ali na zaga. Ele é muito alto, rápido, mas é franzino, ainda não é muito forte. Tudo isso precisa ser trabalhado para que eu mandar ele ir na bola e ele chegue firme na jogada – completou.

    CLICESPORTES E RÁDIO GAÚCHA

  3. É Marcos, depois eu falo e sou aquele cara que mete pau em tudo.

    O jogo de hoje não é parâmetro para nada, ja avisei várias vezes que não temos time e treinador.

    Silas é o Autuori sem GRIFE e o pior, sem experiência.

    A Direção vive em contos de fadas, DUDA hoje falando sobre JONAS “Esse fica, nem que eu tenha que vender a minha casa”.
    Lembra que um tempo atrás falavamos que a direção era louca e que iriam pagar o que ele pediu. Aí está, falou ao vivo na Gaúcha hoje e eu ouvi.

    Silas amigos, não é treinador. o NH deu um banho no Grêmio, dominou o jogo como um todo, vergonhoso. Só mais vergonhoso foi ver a cara de bunda do Fernando Carvalho. E sobre o que o SILAS falou do Mario Fernades, bom…. sem comentários…. manda passear… se o Vagner Mancini foi demitido daquela maneira, pq ficar com SILAS. (O cara é um treinador pior que está abaixo de Rospide).

    Meira, esse vai afundar o Grêmio.

    Meto o PAU porque não sou cego e nem acredito em PAPAI NOEL quem dirá em Coelhinho da Pascoa.

    Com esse time e esse treinador o máximo que vejo é GAÚCHÃO, e como gauchão não é parâmetro para nada, fico mais Preocupado ainda.

    Agora, é bom ganhar, mas pior é ganhar e ficar preocupado e ver que o NH foi melhor que o Grêmio.

    e ATENÇAO A DIREÇÃO DO GRÊMIO, CONTRATEM O LATERAL PAULINHO E O ZAGUEIRO ALTO DO NH. SÓ QUE FALTA NÃO ACHAREM OS CARAS BONS.

    ABRAÇO A TODOS E….

    FORA SILAS E VOLTA ROSPIDE…
    FIM DO ANO AINDA BEM QUE TEM ELEIÇÃO, ASSIM SE DUDA NÃO TIRA MEIRA EU PELO MENOS VOTO PARA TIRAR DUDA, QUE DAÍ SE DUDA SAÍ, SAÍ TODA ESSA TURMA AMADORA QUE NÃO ENTENDA NADA.

  4. Sidnei, já está a caminho o Ozeia. O Zagueiro alto é o Claudio Luiz jogou ano passado no Náutico, mas hoje não é parâmetro pois pegou o Jonas e o Wiliam Batoré pela.
    Sobre o Silas é inconcebível o que ele fez na lesão do Borges, era adiantar o Hugo e tentar retomar o meio com o Magrão ou o Maylsonque. Ele conseguiu queimar a uma troca, ficar sem um atacante no banco para um desespero e deixar o Hugo perdido fora do lugar…

  5. Fiquei preocupado com o jogo do Grêmio hoje, o segundo tempo inteiro ficamos desarrumados, faltou o dedo do treinador.
    O meio de campo do Grêmio foi uma várzea, o NH não complicou por pouco.
    O Meira só sabe falar… “é evidente”, nosso diretor é fraco.

  6. Mas isso aqui parece um clube do ódio.
    a gente ganhou e estamos na final do gauchão e todo mundo mete o pau?
    que qué isso?

  7. Tudo mesmo, em uns dois meses, vamos passar a ter uma torcida 100% consciente do que ocorreu em campo e com sorte uns 50% de inteligentes.

    Mas pergunto alguém ficou contente com o que viu?
    Vou ao olímpico fazem 30 anos, há 20 tenho uma vaga idéia do que acontece no campo, há 15 uma boa noção e a uns 5 entendimento claro sobre o jogo e como ele foi ganho, empatado ou perdido. Nunca vi uma equipe do Grêmio tão mal organizada e defensivamente frágil como hoje ( e nos últimos jogos), NUNCA. Mas não tomamos gol, a imprensa foi complacente pois só analisa resultado e a geral comemorou como nunca então está tudo uma maravilha.

  8. ALGUMAS OBSERVAÇÕES.

    1. Primeiro jogo de um time novo ( falo de G x Pelotas neste ano e de todos de todos os anos em quaisquer circunstâncias ), falo por experiência de torcedor e dirigente, não serve, nunca, para vislumbrar futuro. FAzer terra arrasada depois do primeiro jogo pode dar certo no futuro – é tiro na galinha que acerta no galo – mas é, sim, ignorância futebolística. Gostem ou não. Recordo, ainda, este ano, a sub 20 nos 4 x 1 pro atlético. Mais adiante, a gurizada passou pelos vermelhos e pelo melhor time da competição, o galo !

    2. O resultado. O resultado, anotem bem, foi o melhor, hoje, desde 2007. Em 2008 não ganhamos nada absolutamente nada e o clube foi entregue aos pedaços para a atual gestão, inclusive com a contabilidade esculhambada e 7 milhões de débito com o condomínio, que nos salvou, comprometendo o trabalho a ser continuado, Inegável. Silêncio por lá. HOje temos um contatiblidade e um financeiro certinhos. E o resultado ? Repito, o melhor desde 2007. Mas eu sou um ´encantado`, e sou apaixonado pelo AL DISNEY. Al Caguete ! Mas opa, não pensem que nasci ontem…não estou Al Vorecendo !

    3. Depois de 10 jogos, bem, ai sim, ai dá pra avaliar bem, embora com riscos como tudo em futebol que é sempre um risco permanente. Eu perguntava ao Mano todas as manhãs no café: tudo bem ? Ele respondia, sim, até amanhã, amanhã nunca se sabe…

    3.1. Bem, mas já temos mais de dez jogos e ai ?

    3.1.1. Falta um n. 5 que imponha respeito e acabe com aquela história do gol que pinta,pinta, pinta e acaba acontecendo. Hoje tivemos sorte, o gol pintou, pintou, pintou e não saiu pq, a meu juízo, foi penalti no careca do NH e o Simon, acuado pelo gol legitimo nosso que ele anulou ( é um péssimo árbitro, mas um fenômeno, quanto mais apita mal mais chamam ele de o nosso melhor árbitro ) deixou de marcar. Posso estar enganado nos dois lances e o vídeo do post não mostra, no estádio foi o que senti.

    3.2. Quando o Borges saiu o Silas tinha que ter ajeitado o time, ali tinha que mostrar que era bom treinador. Não ajeitou, colocou o Willian, o time entortou de vez. Se perdeu.

    3.2.1. Então, SILAS, depois de 10 jogos. Não aprovou. A meu juízo muito particular, tem dificuldades de escalar, de definir estratégia de mudar, mesmo com a falta do 5 e do zagueiro, ainda assim, não acertou a mão. Mandar embora ? Quem viria ? Murici é muito caro. Não sei, mas é trabalho da direção, problema que ela tem que resolver. Teve todas as oportunidades. Não acertou. Não quero ser injusto nem sou precipitado. Se no futuro acertar, reviso. Mas hoje, hoje, hoje, o Novo Hamburgo que é um bom time ( depois que Juventude e Caxias se despediram do futebol, talvez, talvez, seja a nossa terceira força ) nos enchiqueirou em nosso Estádio, e isto não pode, a diferença do G para o NH é abismal. Não se pode admitir isto. Buraco no meio de campo mesmo com a falta de um 5 e de um zagueiro, tinha que ser corrigido. A direção, a meu juízo, está se desentendendo. Exemplo. Gremio chega, perguntam pro Duda sobre novo zagueiro, nova contratação, ele respondeu, nada a dizer, temos uma decisão, nada acertado, não vamos falar sobre isto. Logo a seguir perguntam pra o Guerra, e tem novo contratado ? Resposta, tem, é o fulano …. Epa opa, falta comunicação prá fora e prá dentro. Assim é ruim, é mico.

    4. Ponto da flauta. Fernando Carvalho foi pedalado. De novo, agora na boa, como deve ser, no campo de jogo. Foi gratificante ver ele entregar a taça e ver a nossa festa. A diferença do Kof prá ele é tão abismal quando a nossa para o NH. Bem, ele já reconheceu que o Kof lhe ensinou a ganhar a libertadores. Eles sempre chegam depois de nós ? Prá eles é sinal de orgulho ter uma taça do Kof lá na espelunca que se remenda, prá nós, a taça com o nome de um aprendiz de Kof é um bem menor. O F CArvalho só foi ao Estádio prá não pagar outro mico e porque o Kof, elegante por nauturza e hoje um cidadão do mundo, foi lá ano passado. Em 2006 fomos campeões, na festa da FGF os premiados deles não compareceram, e o Carvalho não deu as caras. Hoje é mais ´desportista` ? Talvez tenha aprendido, mas continuo achando: foi hoje porque o Kof foi no ano passado, mas este é Professor, aquele, aprendiz. Ainda.

    5. E o futuro ? O vestiário não azeitou o Silas. Troca o Silas ou troca o vestiário. Ou os dois.

    5.1. Se não trocar nenhum ?

    5.1.1. O futuro a Deus pertence. Me fudi, desculpem, eu sou ateu ! Mas vou revisar isto, estou pensando em orar ! Oremos ! E torcemos.

    6. Se me enganar ? Serei muito mais feliz do que hoje quando sai do Estádio. Se ficar todo mundo e acertar, choro !

  9. Disse hoje ao Cesar Bimbi e ao Vitor Ruschel que sempre procurei dar chance e ser otimista com os últimos técnicos – principalmente os mais contestados, como Roth e Autuori.

    Ao contrário do meu amigo Christian Gruhn e do David Coimbra, não vi apatia nem falta de garra em nenhum jogador. Se foi a pior partida de Douglas e se Hugo, Jonas e Borges não fizeram nada, é preciso reconhecer o mérito de mais um bom técnico do interior, que conta com um plantel experiente (Rodrigo Mendes, Michel, Gustavo).

    Destruir é mais fácil do que construir. A completa ausência de uma dupla de volantes e de uma dupla de zaga só colabora com a ousadia de não precisar jogar retrancado e no contra-ataque contra o Grêmio.

    Gordo Roca e Ferdinando, a despeito do gol do “título”, definitivamente, não são jogadores nem para o próprio Noia. Se há um alento, esse se chama liberação de Túlio para o Goiás.

    Eu teria demitido Silas após a imperdoável e colossal estupidez que disse na entrevista de hoje sobre Mário Fernandes (o melhor em campo, sem sombra de dúvida). Quer dizer que, caso ele descubra que VICTOR MURALHA (mais uma vez salvador) porventura não tome café da manhã, irá pô-lo no banco de Marcelo Grohe?!

    Cansei: quem foi que me disse que um técnico ruim com uma boa caixa de ferramentas costuma trocar chave de fenda por chave Phillips?! Parece que esse amigo está certo.

    []’s,
    Hélio

  10. Pessoal, não gosto de corneta, mas vou ter que concordar com vcs, o time não vai bem, precisamos de um número 5 pegador, e um terceiro homem de meio campo, que jogue e marque, tipo Tinga(não ele), Cléber Santana,Theco(nos bons tempos)Kléberson, Ibson… Mas acima de tudo, precisamos de um treinador, a entrevista do Silas depois do jogo, foi a prova cabal de que ele ainda não está pronto pra enfrentar o vestiário de um clube do tamanho do Grêmio. Vão me apedrejar, mas já estou com uma pontinha de saudade do Roth(argh!!), pelo menos, com ele, o time pegava, e sem falar que a qualidade do grupo era menor. Mas vamo que vamo né, quem sabe com as entradas do William Magrão e Maylson o meio se torne mais combativo.

  11. Sei lá. Fomos campeões do 1 turno do campeonato gaúcho…
    digo. O GRÊMIO foi pequeno na sua casa. Acadelado!! Reflexo dessa direção. E não me venham com defesas dessa cambada de playboys que habitam nossos corredores.Correndo o risco de ser expulso do blog,mas vou dizer. Essa direção já encheu o saco com essa conversa de contas certinhas!! Gastam uma fortuna com rochembachen, hugos, leandros e outras nabas e vem com essa conversa de “ah, não temos dinheiro”. Não tem competência! E ainda vem o sr. Josias culpar a gestão anterior. Ah tenha a santa paciência. Os caras não acertaram nem no treinador. Silas? Treinando GRÊMIO, como se fosse o Avaí pra enfrentar o S. Paulo. Vão catar coquinho!!
    Vou te contar uma coisa, sério.É desesperadora a nossa situação! O tal de Douglas não consegue driblar um zagueiro do Novo Hamburgo???? O nosso melhor atacante é o Mario Fernandes. E vem esse bosta desse Silas dar moral no guri?? Ah. Sério? Silas, te junta com o meira e vaipra casa. Ou tomar sol no União terça de manhã, vocês sabem com quem. Tchau! Larguei de mão.

  12. Bah Anderson Kegler, torcedores como tu são nefastos para o Grêmio, pessoas com total despreraro emocional para analisar as situações, tu é daquele tipo que se o cara joga um jogo bem, é craque, joga um jogo mal, tem que ir embora… Não sei a tua idade, deves ter vivido bem aquela ano de 1995, e se fosse por ti, o Arce e o Paulo Nunes por exemplo, seriam dispensados do Grêmio, pois demoraram a engrenar… Concordo que o time está mal, mas o que tu escreveu é de um despreparo e de um oportunismo sem tamanho.

  13. O Theco ontem: hora de pega prá capar; perdeu um gol de cabeça que o João Garcia teria feito.

    Anderson, hoje e ai em cima. Largou de mão ? Ótimo, larga aqui tb, tú é um chato que só diz asneira. Bosta por bosta, tu ganha de todos eles. E faz assim, faz um cursinho, baratinho, de interpretação de texto. Estou no segundo ano, mas te ensino se tu quiseres. Mas como tu ´largou`, não vou esquentar. Larga daqui e vai dizer bobagens no De Canela que está sumido.

  14. se o Anderson largar perderemos um futuro presidente. Ontem na Gaucha um consul celerado bradava ao microfone no pos jogo aos 4 ventos porque nao tinha sido paparicado e por sua esposa ser barrada, queria mamata…aos gritos ele prometia o famoso gesto de rasgar carteira….

  15. Estava perto do cônsul idiota que fez aquele papelão. Mas o admirável foi o repórter da gaúcha em meio a festa levar 10 minutos entrevistando um chorão o que gerou uma imensa inconformidade da torcida que estava ali, fato este não registrado pelo ratinho e aprendiz de benfiquinha e abafado criminosamente por quem tem a obrigação de informar. O cônsul tomou vaia e foi corrido gentilmente do lugar. Em torno dos dois se formou um círculo e houve uma vociferação contra o cônsul e contra o repórter. Ora, convenhamos. Ele que rasgue a carteira, torcedor assim o diabo caga aos montes.
    Quanto ao Anderson, sem comentários, ele não leu o meu texto, ou, se leu, então é muito pior: engrossa a tribo que o Millor Fernandes chamou de insuperável na quantidade. Ignorante se ignora. Mas como disse o Matheus, ele largou. Beleza. Vai se juntar a outros tantos como o Al Mirante, o Julio Trindade, o João de Deus e etc. Não fazem falta, ao contrário, cada vez fica mais o trigo.
    Afinal cadê o Tequila ?

  16. Prometeu tem de cumprir.

    FESTA QUE ESSE ANDERSON LARGOU!!!!!!!! FESTA!!!!!!!!!!!!!!!

    Tchê! Cumpre a palavra que ninguém te aguenta. Desaparece

  17. Foi um jogo sofrido, horrível! Jonas voltou a ser Jonas. Sem mais pra dizer em relação a este cidadão. Silas mexeu mal e deu declarações na coletiva passíveis de uma senhora bronca da direção de futebol, se a mesma fosse atuante.

    Não posso me esquecer dos problemas de comunicação em relação ao “grande” zagueiro Ozeia recém contratado. Mais uma vez, falta uma política de comunicação EFETIVA no Grêmio.

    Pelo menos tivemos bons momentos recepcionando calorosamente nosso convidado ilustre no ato da entrega da taça.

  18. Caros colegas de Blog, concordo com quase todas as manifestações, especialmente com o que registraram Marcos Almeida, Josia e Hélio Paz. Em relação ao Sidnei, divirjo apenas do seu final (fim de ano…), porquanto não desejo o retorno de pessoas que fizeram tal mal ao clube, no entanto, os “resultados de campo” decidirão as eleições. Com ref ao jogo de ontem, entendo que a má atuação foi em função do mau desempenho especialmente do Douglas e do equívoco absurdo do sr. Silas ao retirar o Jonas (concordo q o mais correto seria avançar Hugo – no atque com Jonas – e pôr W. Magrão no meio (ou Maylson). Quanto ao SILAS, o que dizer além de tudo que foi dito aqui? ONTEM atingiu seu ápice de prepotência: menosprezou a Instituição e desrespeito o patrimônio do clube – Mário Fernandes. O que a direção fará? O que Meira dirá? DUDA, por favor e pelos 10 milhões de gremistas: AJA!! E o preparo físico? O do NH está superior. Onde está o reconhecidamente vitorioso e brilhante Paulo Paíxão? Na Seleção! Enquanto isso fica o “aprendiz” de fisiologia preparando o MAIOR CLUBE DO SUL! Estiramento ao chutar? Mas e o ALONGAMENTO? Nem isso, Anderson Paixão? DUDA, ainda é tempo de rever o COMANDO DE VESTIÁRIO e o TREINADOR. Por último: reitero que o sr. Paulo Paixão tb tem de ser chamado a trabalhar mais junto ao preparo físico e tb ao vestiário.

  19. O Douglas foi vítima do esquema e dos companheiros… enquanto o Borges estava em campo ele foi razoável apesar da sobreposição com o Hugo que NÃO é meia, saiu o Borges ele ficou cercado pela ruindade, pelo menos em duas vezes no segundo tempo perdemos contra ataque pois o Willian era um peso morto e o Jonas não sabe receber bola que não seja no seu pezinho…

  20. ontem foi triste… e depois da entrada do rodrigo mendes a coisa ficou quase trágica, não fosse e pé do victor…

    a entrevista do silas, que eu não ouvia há um tempo, porque só me irritava, quase fez eu bater o carro de raiva… detonou o guri mario e disse que tem lugar em outras 19 equipes… ué, mas a série D não tem mais times do isso? porque a continuar assim, o lugar dele é lá, treinando, quem sabe, o próprio NH…

    e como estava se desenhando, os guris estão sendo fritados: saimon, mario fernandes, magrão, maylson, roberson, bergson, collaço, fernando (melhor volante do Grêmio), neuton, bruno renan, mythiuê… ou são “elogiados” pelo professor ou nem no banco mais figuram, pra “craques” como gordo rocambole, ferdinando, mauricio, rafael marques, william (o que era aquilo?) jogarem…

    repito: pra que ganhar a sub 20 duas vezes seguidas, se os campeões nunca ganham chance, se preferindo qualquer naba que venha do avaí pro lugar deles?

    dou mais um mês pro silas, e ele vai cair. é quando o Grêmio começar a jogar contra times grandes e a invencibilidade em casa for pro brejo… não é corneta, é constatação: ou muda, ou mudam ele…

  21. matheus, o Tcheco, tentando cabecear parecia um saco de batata jogado do caminhão

    Josias sobre o dito consul em NENHUM MOMENTO o repórter peguntou exatamente sobre o que ele reclamava, nem o nome da criatura; toda pinta de oposicionista raivoso aproveitanto eleitoralmente o microfone…

  22. só pra complementar, esqueci de uma coisa: o duda vai ficar sem casa pra ficar com o jonas… quando parece que as entrevistas não podem piorar, eles me vem com essa…

    alguém tinha que encostar no duda e no meira, e não deixar eles falarem… essa da casa doeu na alma (ainda mais se tratando do jonas…)

  23. O jogo ontem foi muito frustrante, a medida que o ataque não retia a bola, o meio-campo não chegava e a defesa ficava a mercê de tomar uma bola nas costas até que a mesma chegasse no Victor eu me desesperava, nem tanto pelo medo de perder, mas pela tênue razão de chegar a este momento e ver que não temos quase nada.
    Avaliando o trabalho do Silas até aqui eu fico assustado, mas fico mais assustado que nas coletivas ele está caindo na conversa da imprensa local, mas concordo que o porte físico do Mario Fernandes, se utilizado na zaga, pode terminar com um jogador que visivelmente tem muito a evoluir e olha que já tem sido destaque.
    Quanto ao que foi escrito aqui sobre a direção atual me parece latente que os que estavam antes no comando devem ser esquecidos, trazer de volta aquela turma é crescer que nem rabo de cavalo.
    Minha sensação hoje é igual como se tivéssemos perdido um GREnal, apesar de eu saber a importância deste título também sei que queremos mais.
    Por fim alguns jogadores foram totalmente decepcionantes ontem, gostaria de acreditar que foi alguma coisa que eles comeram no café da manhã de sábado, talvez por isso o Mário Fernandes não tenha sido afetado.

  24. Vitor,

    Só vou relembrar um post atrás, lembro que falavam sobre o alto salário pedido por JONAS.
    Alí comentávamos que o Grêmio deveria mandar ele passear, ir… correr do Grêmio. E ainda comentávamos que só louco renovaria com esse cara, pelo que estava pedindo e pelo que joga (não é tudo isso, ótimo reserva).

    Para minha bela surpresa, o que eu escrevi em post anteriores se confirmou, essa direção é amadora e vive em contos de fadas. Nosso presidente disse com suas palavras “esse fica no Grêmio nem que eu tenha que vender minha casa”.

    Com um presidente desse, Silas e Meira não teremos o futuro que sonhamos. Cada ano uma cagada maior que a outra e o pior é que os caras são felizes com o que está acontecendo.

    O que o SILAS falou do Mario é demissão por justa causa, ja que ele falou que tem vaga em 19 clubes da série A do futebol que vá, que ande. Ta na hora desse presidente mostrar atitude ou senão vou achar que ele é um bom BANCÁRIO pois de dinheiro ele entende mas de futebol da pra ver que é um bobo alegre.

    Para muitos ele não presta, mas como escreveram acima, ROTH é 10 vezes melhor que SILAS. Não quero que volte mas seria bem melhor que esse que está aí.

    Chega de passar a mão na cabeça, se o Mancini foi demitido por vitórias e não ter o perfil do vestiário, penso que o SILAS para essa direção tem o perfil de vestiário e de time.

    São amadores sim, acreditam em papai noel… Se é para ter presidente que sabe cuidar de dinheiro e não de futebol trás o “Guido Mantega”.

    Quero uma direção que entenda de FUTEBOL, o Grêmio é um clube de futebol e não banco. Arrumam tanto as finanças que depois de um belo trabalho financeiro colocam tudo fora, pois não entendem de futebol. E se fosse olhar em bolsa de valores, ontem o SILAS fez as ações do Marios despencarem, desvalorizou um jovem do Grêmio.

    Quanto a ser campeão do primeiro turno é igual e ficar em primeiro lugar no primeiro turno do Brasileirão, não diz nada, quero Ser campeão gaucho e não campeão do primeiro turno. Me assusta comemorar primeiro turno, já vi comemorarem o não dar em nada (Brasileirão 2008 – Grêmio) e Brasileirão 2009 _ SCI.

    Podem me chamar de “turma do ódio”, pelo menos vivo a realidade e não me engano.

  25. A história do CONSUL ADJUNTO DE VACARIA, por infomações oficiais, é que ele pretendia uma entrada cortesia para sua namorada. Poxa, fico pensando: gremista de verdade (que verdadeiramente ama seu clube) deveria, pelo menos, comprar um ingresso. Aproveito para pedir à administração do estádio que observe a entrada “GRATUITA” (cartões de terceiros??) de pessoas (gremistas?) pelos portões 2 e 3. A propósito: a pretensão salarial do Jonas e a prepotência do Silas (há 19 clubes interessados no seu trabalho) seria “mera coincidências”? ALÉM DE 2 ZAGUEIROS TITULARES (MÁRIO E OUTRO), 2 VOLANTES (MAGRÃO E OUTRO – UM CINCO DE VERDADE), CONSTATO QUE NECESSITAMOS DE OUTRO ATACANTE (WILLIAM? ONTEM FOI RIDÍCULO).

  26. Quanto a tirar o DUDA no fim do ano não quero dizer em trazer os do passado, pode vir um novo Presidente que entenda de FUTEBOL.

    DUDA vive um conto de fadas amigos, quem ganhou as eleições foi o KOFF e quem assumiu foi o Sr. DUDA que está até hoje encantado com seu cargo. Ele garanto que tem um estátua do PAPAI NOEL e um Coelhinho da Pascoa em seu escritório.

    Não consigo aceitar… que venha no final do Ano alguém que entenda de FUTEBOL.

  27. Encerrado o jogo de ontem, apenas esperei a entrada do Fernando Carvalho em campo, para sair do estádio constrangido pela lamentável atuação do Grêmio. Um time desarrumado, com jogadores e ex-jogadores perdidos em campo e mais uma vez com o Vítor nos salvando. Já no meu automóvel, tentando esquecer e encontrar alguma luz no final do túnel, ouço as patéticas entrevistas de Silas e Duda Kroeff. O primeiro afirmando que Mario Fernandes será reserva da atual zaga do Grêmio.Alguém consegue imaginar Mario Fernandes sendo reserva do Maurício ou do Rafael Marques? Como se isto não bastasse, vem o nosso presidente afirmar que venderia sua residência para renovar com Jonas. Pelo visto vão pagar ao Jonas o absurdo que ele está pedindo. Sem técnico e sem direção, só nos resta orar e secar o Inter na Libertadores.

  28. Ontem, falei com o Ducker. Ele colabora com o Departamento Consular, assim como o Guido Spengler e o Paulo Roberto Ferrer. Todos, sem exceção, trazem lindos relatos sobre a paixão e a alegria contagiante que é proporcionar eventos tricolores no interior: as cidades vêm abaixo.

    Aliás, por favor, adoraria participar de uma caravana dessas num domingo!

    Voltando: até já cansei de falar: desde os tempos de Grêmio Novo (2004/2005); mais recentemente, em papos informais nos jantares do Grêmio Acima de Tudo; nos encontros deste blog no Costela no Rolete; e até mesmo em conversas com o Cesar Pacheco (Encontros com a Direção e Exército Gremista), apresentei uma ideia bastante simples e de custo baixíssimo com um retorno monumental para o clube junto ao interior.

    No entanto, até agora, nada aconteceu.

    O Minwer já fez aquela bela pesquisa sobre os motivos de os gremistas ainda não terem se associado ao Grêmio. E, apesar da distância de muitos, o clube faz pouco (quase nada) por eles.

    Quem paga quer retorno. Esse retorno não se faz necessariamente pelo direito de vir a Porto Alegre assistir aos jogos (para muitos, algo quase impossível) ou pelo singelo benefício de concorrer a sorteios ou a poder adquirir produtos oficiais com desconto: basta Maomé ir à montanha que eles ficarão absolutamente lisonjeados.

    Pelo Grêmio e pela economia local, os cônsules teriam que se virar pra obter patrocínios e infraestrutura. Pela cidade, o Grêmio levaria ex-dirigentes, ex-atletas, atuais dirigentes e atletas lesionados.

    Há lindas cidades e há infinitas maneiras de se demonstrar o gremismo. Contudo, fincar pé apenas em Porto Alegre e meramente contabilizar o sucesso do licenciamento de produtos está muito longe de ser o suficiente.

    Vou dizer com todas as palavras: oferecendo vantagens e, acima de tudo, cobrando serviço, a bela cidade das vaquejadas e capital dos campos de cima da serra não teria um bunda mole como representante.

    E digo mais: é por causa da presença legítima e de iniciativa própria do MGN e do MGI no interior que criou-se o Grêmio Sem Fronteiras. Trata-se de um movimento de oposição agora representado no CD. A situação não faz absolutamente nada pelo interior. A iniciativa é abnegada e pontual, pois não há tempo nem condições desses abnegados tirarem do próprio bolso.

    Puma, Tramontina, Banrisul, o split da clavícula… Todos tem a lucrar. Sobretudo o clube.

    Mas, enfim… Se com uma boa agência de publicidade e uma excelente agência digital o clube não faz bom uso da comunicação, o que esperar de um marketing de foco restrito?!

    Sinceramente, gostaria demais de ouvir a palavra da direção sobre o marketing e a do marketing sobre o que anda fazendo. E o CD deveria estar a par de tudo.

    []’s,
    Hélio

  29. Faço meu o comentário do Eduardo, logo ali acima. Fiquei constrangido em comemorar o “título” desta forma. De bom, só a pedalada no Carvalho. No resto, só preocupação. Não sei se me preocupo mais com o time em campo ou com as entrevistas pós-jogo, sejam de qualquer nível (treinador e direção).
    Falta muito.

  30. SIDNEI, percebo o quanto és gremista. Minha divegência contigo é em relação ao ótimo trabalho institucional do DUDA e dos demais Vices (vamos conversar num próximo encontro no METRÓPOLE). Concordo cotigo em relação ao futebol mostrado até agora e princpalmente ao SILAS. Antes de sua contratação, sugeri o ROSPIDE. A justificativa é de que não teria COMANDO com alguns (Souza,…). Silas pode até “ter o grupo na mão”, todavia sequer SABE LER O JOGO. E, por sua entrevista,mostra-se arroante, pretensioso e ainda esnoba o GRÊMIO. Ontem foi um VEXAME! E o treinador foi o pricipal responsável. HÉLIO, gostei tb da tua SUGESTÃO DE USO DA CAPELA, parceiro! Penso comigo que poderias AUXILIAR O PACHECO NO DEPTO MKT. Em relação às viagens ao interio, fale com o GUIDO, que com certeza convidar-te-á. CONCLUINDO: DUDA, SE É PARA MEXER NO VESTIÁRIO (MEIRA E SILAS) A HORA É AGORA, pois o Brasileirão aproxima-se e não podemos perder a COPA DO BRASIL.

  31. Roberto S.!
    Me diverti muito com tua jocosa e oportuna “sacada” sobre o “café da manhã” do Mário Fernandes. Deu “nos dedos” do Silas. O que não ficou claro, no meu entender, é se a frase do treinador foi uma alusão irônica a algum “deslize” cometido pelo jogador ou o “guri” está mesmo deixando a desejar quanto aos cuidados com a alimentação. O que não é aceitável, é sua intempestiva e autoritária manifestação de contrariedade em público, diante da declaração do jogador de que prefere jogar como zagueiro. Ao contrário do treinador, penso que é um direito sim, do atleta, optar pelo que considera melhor para si. A torcida gremista, por outro lado, se tivesse a autoridade que tem o treinador para decidir sobre a condição técnica de algum dos profissionas do futebol sob seu comando, com absoluta certeza o mandaria, sem pestanejar, “procurar sua turma” em algum outro dos dezenove clubes da primeira divisão, satisfazendo, assim, sua velada ameaça. Quem diz o que quer…

  32. Sid e demais.
    Estou de joelhos.
    Não me falem no Roth.
    O Silas ao menos está começando, pode ser que seja alguma coisa no futuro.
    O Roth já teve inicio, meio e fim.
    E nunca chegou a lugar nenhum.
    Pelo amor de Deus vamos esquecer o Roth.
    Então vou contar uma história.
    Verdadeira.
    Saul e Evandro.
    Grêmio à beira de um ataque de nervos.
    Caindo pra segundona.
    Saul e Evandro vão até a casa do Roth.
    Fazem uma proposta para ele trabalhar de novo no clube.
    Ele dá uma gargalhada, esnoba, faz troça e pede 10 x mais debochadamente.
    Esse senhor deveria ser proibido de passar na Azenha.
    É mau treinador, tem disturbio de humor, e não tem caráter. Não, não é mau caráter: não tem caráter.
    Chega, enchi o saco de ouvir comparações com ele, nada se compara a ele.
    Querem meter pau no Silas, metam, eu tb to metendo, agora esqueçam o Roth
    PELO
    AMOR
    DE
    DEUS.
    E não me façam contar mais históras do cara que botou o RONALDINHO GAUCHO NO BANCO.
    Aliás todo treinador tem isso com estrela, não é privilégio do Silas; o Mano deixou o Anderson trancado no vestiário vendo o jogo pela TV e o colocou em campo as 44 minutos. Tele Santada deixou o Eder no banco e colocou o Oberdan de ponta esquerda no jogo que perdemos a classificação para o Vasco, já na seleção não escalava o Renato Portalupi, também preterido pelo Lazaroni que quando viu a copa perdida colocou ele faltando dois minutos. o Grande Enio Andrade compromenteu um brasileirão e botou fora uma libertadores com Portalupi no banco.
    Enfim, mas colocar o melhor jogador do mundo, 2 x cnsecutivas, no banco ????
    Não tem denominação.
    Então
    P O R F A V O R
    OS SENHORES ENTENDEM UM POUCO DE FUTEBOL: O ROTH NÃO É TREINADOR É ENGANDADOR, OPORTUNISTA, APROVEITADOR E, REPITO
    DEBOCHOU, FEZ TROÇA E POUCO CASO DO GRÊMIO. NÃO ERA PARA PASSAR NA AZENHA NUNCA MAIS. E CHEGA !

  33. Marcos. Este cônsul tem de ser descredenciado. Ele é do tempo que os consulados se prestavam para nichos politicos. Foi assim com o Zé Otávio Detran Germano que distriubiu centenas de ternos de camisetas do clube pelo interior do estado às custas dos nossos cofres e o assunto era proibido dentro do Olimpico, todo mundo sabia e ninguém podia fazer nada, o Guerrero era o Presidente e a coisa rolava frouxa. Depois veio o Odone e os consulados voltaram a virar postos de cabos eleitorais. Tudo, claro, com honrosas exceções, mas assim é que era. Ouvi muitos e muitos se queixarem de ameaças em periodos de eleição até com relação às suas funções pessoais na sua região. Lamentável. Se tem algo que hoje funciona muito bem no clube é o depto. consular. Acompanho de muito perto este trabalho e está sendo revolucionário, exemplar. Qualquer escrevo sobre isto. E repito, este consulzinho, tem que ser defenestrado. Ele que pegasse a namorada e fosse assitir o tiroteio na redenção, lá é de graça !

  34. a situação é SERÍSSIMA, ganhamos o jogo, ganhamos uma taça e a desconfiança aumentou. Ontem o discurso era de que o título dará condições melhores e mais tranquilidade para o trabalho; quando na verdade ele está mascarando o problema. Posso me quebrar, e não gostaria que isso acontecesse, mas não vejo NENHUMA condição deste trabalho ter sucesso; o técnico está perdido e Meira não terá nem respaldo nem posição firme para firmar o Mário na zaga, tirar do time o Rockembach, Rafael Marques, o Maurício,o Jonas e o Ferdinando; com esses caras não tem como dar certo

  35. Tô cansado desses técnicos que não resolvem ronhas de vestiário ou inconformidades com a direção nas internas.

    Pior do que isso, só mesmo a falta de cojones e de feeling pra lidar com a equação medalhões caros e “bruxos” que não jogam nada x guris talentosos pedindo passagem.

    Nem no pior dos pesadelos se pode comparar o menino Fernando com Ferdinando e Roca. E temos também o Maylson. Até mesmo um Adílson errando passes e mal posicionado via de regra joga mais do que Roca e Ferdinando.

    Senhores, as ferramentas para a solução do problema técnico-tático mais grave que temos hoje no Grêmio são CASEIRAS e sempre estiveram disponíveis.

    Embora os resultados contra adversários inexpressivos sejam amplamente favoráveis, em time que ganha jogando muito mal sem um padrão de jogo definido se mexe, sim!

    Não é antipatia nem desconhecimento meu em relação ao futebol apresentado por Fábio Rochemback nem por Ferdinando. O que eu mais queria é que os dois dessem supercerto no Grêmio. Até digo que, embora esteja se esgotando, o prazo de ambos os volantes e do técnico Silas ainda tem validade. Como não seco, torço e prestigio, mas seriamente desconfiado.

    Não sei se a maioria de nós é cega, mas acho que não. Em princípio, gostaria de saber se o técnico interage assiduamente e se dá ouvidos às estatísticas técnicas e à fisiologia de cada jogador. Garanto que em menos partidas disputadas, o menino Fernando e o injustiçado Maylson erraram menos passes, correram mais tempo e reduziram mais vezes o espaço entre os volantes e os meias de ligação e fizeram os laterais jogarem melhor.

    Mas o que foi que Silas fez ontem?! Depois de dois jogos bem-sucedidos, jogando um futebol convincente pela primeira vez em um 4-4-2 com a repetição da escalação, no momento em que o Grêmio se defronta com um técnico do interior bem mais experiente do que o nosso e ainda jovem, tanto os “bruxos” fizeram água como nem os nossos meias e atacantes conseguiram se desvencilhar da marcação.

    Aí, o treinador tricolor recorre novamente ao tenebroso 3-5-2, o esquema “chama-derrota”. Ele escala mal e mexe pessimamente. Não piorou o time tecnicamente, mas as alterações foram na hora errada e no lugar do homem errado.

    Josias, te entendo e confio em ti. Mas, se é pra compararmos um técnico ruim com outro, mesmo que espere que jamais haja espaço para Roth novamente no Grêmio, infelizmente, o jovem Silas de hoje ainda é um treinador para clubes pequenos sem grandes ambições.

    Silas ainda é, no máximo, um Zetti, um Bonamigo, um Portaluppi, um Hélio dos Anjos da vida. Dessa safra, quem faz o time jogar com mais fluência infelizmente é fraco de vestiário (Caio Jr.). Vagner Mancini e Dorival Jr. são os únicos que aparentam ter uma carreira bastante promissora.

    Quem precisa tomar café da manhã reforçado com Karo e Sucrilhos é Silas e não Mário Fernandes.

    []’s,
    Hélio

  36. Meus amigos!
    Durante muito tempo diversos colaboradores do blog, inclusive eu, vimos reclamando da fragilidade do sistema defensivo e da meia cancha do Gremio, cada uma dando a sua versão sobre a necessidade urgente de se contratar um nº 5, zagueiros, laterais, enfim, “qualquer coisa” que viesse a resolver o problema. Ontem, todos pudemos constatar onde está o “furo”. O que na realidade está faltando, é treinador. Alguém que seja realmente capaz de colocar o jogador certo na posição certa, que tenha sabedoria para reconhecer a potencialidade e a qualidade diferenciada de alguns e coragem para definir titulares e reservas imediatos, que estabeleça um sistema de jogo e suas variações conforme o desenrolar da partida, que tenha consciência de sua condição de treinador de um grande clube, que seja comedido e tenha humildade nas entrevistas para não dizer bobagens ou manifestar contrariedade com as contestações ao seu trabalho, mesmo quando as críticas forem pertinentes. Falta tudo isso ao nosso treinador. Ganhamos o turno, é verdade, mas isto não é garantia de que estamos no rumo certo, como ele apregoa.

  37. Não sei o que foi mais imbecil, se o consul dizer que veio do Rio com a “namorada” só prá ver o jogo.. bom o cara paga taxi pro aeroporto, paga passagem de avião, paga novo taxi pro estadio e aí se revolta pq tem que pagar ingresso prá ” namorada “.
    Mas será mais imbecil que o reporter que em plena comemoração, monte de assunto prá ouvir, gasta 10 minutos com o tal “consul” num papo furado de estourar qualquer saco..

    cbimbi

  38. Sobre técnico e a nossa situação como torcedores do Grêmio.

    1. Acho que ninguém aqui quer o Roth. Se alguém falou deve ter sido apenas uma forma escrachada de manifestar descontentamento com o Silas.

    2. O Silas já deu. É necessário sempre dar um tempo para o treinador. Mas este já foi dado. Ontem a fragilidade (na leitura do jogo, nas substituições, nas declarações, etc.) ficou mais do que escancarada. Se quisermos ainda pensar em CB a troca de técnico precisa ser agora.

    3. Sugestões: Rospide ou Gilmar iser.

    4. Mas o Duda não tem perfil de quem toma este tipo de atitude. Portanto temos que nos contentar com contabilidade e financeiro arrumadinhos e esperar o final do ano para ver se conseguimos ter um presidente que saiba cuidar do futebol sem esculhambar com as finanças além promover renovação, profissionalização e ainda uma completa revolução no marketing.

    Não tá fácil ser gremista. Menos mal que temos história (que com mais 5 anos do jeito que está pode virar pré)

  39. Pior do que um secador é um corneteiro a beira de uma ataque de nervos – é o que temos hoje.

    Tudo é ruim, nada presta,e precisamos trocar tudo, inclusive de estádio.

    Mas quem já viu o Jadir, o Orcina e o Sérgio Peres na frente da zaga até acha que Ferdinando não é tão ruim assim, afinal até bate falta com uma certa competência.

    Convenhamos que o Duda não é o presidente dos sonhos, mas devo reconhecer que nos momentos de aperto não foge para Punta, tampouco para a fazenda no interior de São Borja. O Meira pode ser um tanto lento, para ser educado, mas leva a vida com uma certa dignidade e não usa o tricolor para “proveito” político, como a figurinha da ex-capital do arroz.

    Fui ruim? Foi. Pode ficar pior? Pode. Então, que tal uma certa prudência, caldo de galinha e paciência não fazem mal para ninguém. Afinal, esse bolo pode abatumar, com a gritaria e precipitar uma decisão equivocado, tipo Mancini.

    Saudações tricolores e quarta recomeça.

  40. O Minwer bem lembrou no blog dele: FUTEBOL É RESULTADO.
    E o resultado tem sido favoravel pro Imortal. Estamos na final do ruralito e isso não pode ser desmerecido.
    A direção fez e continua fazendo a parte dela, contratando jogadores que, tirando um ou dois, ninguém pode reclamar. Mas reclamam…
    O resultado tem sido favorável, repito.
    Meio campeonato foi conquistado.
    Eu quero ganhar sempre. Azar se jogar mal.
    Paro por aqui pra fugir das pedras que virão.

  41. Jorge Vieira:
    Subscrevo.
    Interessante notar que o Silas tem uma carreira vitoriosa de técnico.
    Parece um “incompetente”(?) que ganha.
    Vou procurar uma postagem interessante lá no blog do Minwer sobre isso.
    Faz “tudo errado” e ganha.

  42. Gostei desse comentário.

    http://colunas.globoesporte.com/minwer/2010/03/01/meia-taca-do-cafezinho-ta-servida/comment-page-2/#comment-72186

    25
    renato:
    1 março, 2010 as 11:28 O que o Grêmio tem de melhor hoje é seu técnico, que sabe perfeitamente que no futebol o resultado é que conta. Mostrou isso aqui em Santa Catarina, sabe das coisas, o Avaí não era campeão do estado há 13 anos e ele conquistou, o Avaí não subia para a série A há 30 anos ele subiu o time, o Avaí não disputava um Copa Brasil e Sulamericana e ele também conseguiu, e mesmo com as limitações do time Catarinense fez a melhor campanha de um clube daquele estado, ficando em sexto lugar no último brasileiro, inclusive, na frente do Grêmio. Sendo que agora foi com o Grêmio, que fazia tempo que não ganhava nada ,e já conquistou umaTaça, esta na final e nosso grande rival vai ter que correr atrás ainda para estar lá. O Silas pode ter “Cara de tolo”,mas é uma fera, sabe das coisas e sabe que futebol é conquistas, qualifiquem melhor o elenco e logo estaremos disputando grandes titulos.

  43. Jorge Vieira, Eduardo Bernardon e “apenas” Carlos,

    Por essa ótica, vocês me convencem a voltar a agir como antigamente, quando eu tinha muito mais paciência com os técnicos.

    De qualquer maneira, caso o número de lesões graves e de suspensões não aumente e tenhamos a agradável surpresa de contarmos com contratações pontuais para as laterais e o aproveitamento efetivo dos “pratas da casa”, então volto a considerar a Copa do Brasil (o mais longe que pudermos chegar) e até a terceira ou quarta rodada do Brasileirão como limite.

    Pra ser otimista, lembremo-nos do horror que foram o Gauchão e a Copa do Brasil de 2008 com Roth e a arrancada que ele deu já desde a estréia contra o São Paulo no Morumbi.

    Enfim… A arrumação das abóboras na carroça ainda está muito lenta e preocupante.

    []’s,
    Hélio

  44. jogamos contra um time “grande” esse ano e perdemos. contra galinhas mortas, tomamos sufoco em 90% dos jogos…

    não evoluímos, muito pelo contrário. continuo dizendo: se ele não mudar, cai. é fato, não corneta.

    repito uma coisa que disse antes: chega de ganhar jogos, quero ganhar títulos! e não apenas de primeiro turno (já tenho o do brasileiro de 2008…), quero do campeonato inteiro.

    conformismo não, por favor. isso faz com que as coisas não melhorem…

  45. Futebol não é resultado, resultados se tem com Futebol. Pois títulos dependem que usemos o plural…que tenhamos muitos resultados.
    Procuro ser sensato mas no campo ontem tive meus momentos de Paulo Santana, que abomino, ele alarmisticamente nos coloca no rebaixamento desde que voltamos.
    Um time armado daquela maneira e com aqueles nomes no miolo de zaga e nas volâncias NAO TEM SOLUÇÃO.
    O time que vem jogando com todas as deficiencias visíveis com o Vitor salvandoo SEMPRE assim não ganhará nem o Ruralito, senhores não tivemos adversário o SCI fez o favor de cair fora graçcas a Deus ou teríamos sofrido outra saranda lá no aterro ou alguém duvida? Terminando, o Ferdinando que vá cobrar falta no Avaí, ou querem outro Itaqui? Que fez UM gol na vida e virou batedor?

  46. Bernardon…

    Ainda bem que te conheço…
    Não ha pedras, somente gargalhadas…

    Se continuar assim Berna, logo logo tu entra para a “Turma do Ódio”….

    Fora SILAS, MEIRA e no fim do ano DUDA (O Banqueiro que está a frente de um clube de futebol)

    O Cara vai renovar com o JONAS ( e se for necessário vai vender a casa dele), o que eu vou falar pro meu filho em casa.

  47. Marcos Moraes.
    e amigos, vamos ver quem agrada a maioria, nem digo a todos, vamos ver !

    O iser deixou o melhor jogador do time no banco ontem. Quando entrou o R Mendes desiquilibrou o jogo e por uma teta e um pé que não empata. O Rospide já falei aqui sobre isto, não tem cndições. Um cara daqui que eu tinha grandes esperanças nele quando pintou foi o Zimerman que andou pelo Brasil, mas porraloqueou, se perdeu. O Desessarts murchou. O Lisca pintou otimamente bem nas categorias, tudo cm ele dava certo, se queimou com o time B deles e afundou na porcaria que é o Porto Alegre, estacionou. Beto Almeida, excelente pessoa, mas não passará de times do interior, é muito modesto, muito ´curto`, o cara tem que ter o espirito ambicioneiro do Mano, até no trajar …. Todos até aqui bons treinadores, para times do interior. Leandro Machado…pois é, talvez daqui um que quem sabe dê prá apostar, não sei, me lembro dele batendo boca com o patricio desnecessariamente à beira do gramado, talvez tenha evoluído. O Julinho Camargo, me surpreendi com uma palestra dele no MGI mas acho que tem que amadurecer mais como treinador de time de cima, digo profissional, pode queimar etapa se vier logo em seguida – digo isto pensando no Felipão, Mano e Tite como estavam, aonde, e como chegaram aqui. Bonamigo, bom ex atleta, grande contribuição ao clube, mas parece que não acertou mais por onde foi. China, este vive louco maluco para treinar o G, mas não tem experiência tirante a de Atleta e hoje de Ex Atleta pelo interior jogando nos Veteranos. Tonho ? Sem chances. Mazaropi, tivesse começado antes e se dado bem, tava ai um grande nome, idolo, sanguineo, mas tem muitas etapas a cumprir e acho que esperou muito tempo para se lançar como treinador. Argel, olha, acho que este cara tá pintando muito bem, mas, marca vermelha nele, não fosse isto talvez o melhor nome. Olha, salvo engano, acho que por aqui é isto.

    E de fora ?

    Um cara que tinha pinta de dar certo era o Zeti, levou 8 deles, aqui não treina mais, nunca mais, e morreu. O Murici, nem pensar, pede 400 paus, não tem como e ainda por cima tem a marca vermelha, no primeiro grenal que perdesse, ou antes disto no primeiro pnto pertido ia ser chamado de colorado…. Cuca ? Se não fosse tão deprimido … mas eu não lhe confiaria este cargo no meu G. o W Mancini, imagina a corneta se voltasse, sem chances. Lembram do Zé Sergio que treinou eles ? Sem chances. Aquyele rengo do Góiás foi o responsável pelo Grenal de 5 x 2 logo pro Roth, só se me matarem. Picerni, deus nos livre, Chamusca, incendiou. Portalupi, nem pensar. Carpegiane, ESTE EU GOSTARIA de ver, gosto dele, mas uma vez cnversei com ele e ele muito sinceramente disse não poderia treinar o G por causa do SCI. O Mário Sérgio, trabalha 3 meses, é o prazo. Joel Santana, seria corrido de novo, e agora não sai mais do Rio, imaginem, BOTAFOGOU-SE e matou FLA e VASCO nasceu pro Rio. Dorival, ahahahahaha, não viria agora com Robinho nem por 600 mil e nos esnobou uma x, nunca mais. Adilson Batista, eu já disse uma vez, acho que no G só quando tiver maturidade, e da ultima vez o que ele fez a mim particularmente soa assim: nunca mais voltes aqui meu chapa. Eu fiquei indignado com a conduta dele. Me caiu os butiás do bolso. De mais a mais do Cruzeiro ele não sai tão cedo a não ser por um fracasso estupendo, e ainda pega o rival com o fregues de caderno dos tempos de Grêmio, o mercenário sedutor de manicure. O Goiano ? Não sei, ainda não fez nada mas era um nome neste meio todo ai em cima. O leão ? ahahahahahahah aiiiiiiiiiiii !!!!!!

    Me ajudem me ajudem vamos me ajudem, to falando sério.

    O Geninho é, talvez, pode ser ! De todos citados até agora quem sabe não é o melhorzinho ?

    E ai como ficamos ?

    Bem, o problema não é nosso é do Meira.
    Assim como o problema Meira é do Duda, sai ele e quem entra ?

    Senhores. Com licença. Vou jantar.

  48. Putz,eu tava a fim de me enganar um pouco que o Silas tava só começando etcetera e tal mas é muito dificil…
    O cara entrega o coração do time, que é o meio-campo pro adversario… joga com o “meio-campo ôco”, como até o W.C. definiu.. exatamente como fez em Floripa contra o SCI, que foi a melhor partida deles onde todo o meio-campo deles deitou e rolou.. é muito dificil acreditar nele.
    Tivesse um diretor de futebol com culhão, tirava o Silas e botava o Rospide aumentando o salario prá 25 mil por mes o toca assim até final do ano pq com os jogadores que vieram esse ano, mais a base, não dá prá perder o ano com mais um aprendiz de Autuori…
    O q mais depõe contra ele são as entrevistas pós jogo..

    cbimbi

  49. Josias então não vamos debater mais nada, vamos simplesmente aceitar a situação?
    Nom

    O Problema de fundo é a direção de futebol, que está no terceiro técnico repetindo os erros. O técnico vema reboque e domingo demonstrou que não viu o jogo.

    O maior de todos o técnico parece comandar o futebol do clube.

    Roth só falava em planejamento e nos fudeu no Gauchão poupando o time perdeu os Grenais e jogou o resto do trabalho pela janela, dito por ele, gostem ou não “os dirigentes são amadores”

    Autuori explicitamente recebeu status de chefe, ia gerenciar até a base… sumiu escafedeu-se sem por sequer uma cara nova pra jogar, o Mário até eu botaria é só olhar o guri correr.

    Silas chega e com ele vem ferdinando, Henrique, William e agora o Ozeia…. no mercado estavam Arouca, Rodrigo Souto, Edno que pra grupo são melhores que esses. É simples contratar hoje em dia? Não! Mas 4 jogadores desse tipo, por indicação direta do treinador é demais

  50. Josias….

    O Alemão IVO… será que não presta????
    Um dia queria ver ele treinando o Grêmio, pois pior que o Sr. SILAS (queima atleta) não pode ser.

    O MEIRA é foda, to perdendo o tesão… essa direção está esfaqueando seus torcedores. É MEIRA é SILAS é Ferdinando é JONAS e Rochembach é sem zaga….

    É muito, nunca vi um torcida tão desmotivada, nunca vi uma torcida tão desacreditada em um trabalho, nunca vi nada igual. Ganhamos e ninguem está animado e isso tudo é reflexo do trabalho que vem sendo feito dentro do Grêmio…

    Estamos mal na foto… mal mesmo…

    Triste saber que o NH deu um banho de bola no Grêmio…

  51. http://infobola.com.br/tecnicos/tecnicos.aspx

    Estatística no Brasileiro dos Pontos Corridos 2003-2009
    Tecnicos / média de pontos/Jogos
    1. Luxemburgo 1,80 234
    2. Muricy 1,78 267
    3. Leao 1,69 180
    4. Andrade 1,67 51
    5. Caio Jr 1,60 114
    6. R Gomes 1,56 68
    7. Adilson 1,56 163
    8. Mano 1,55 114
    9. Celso Roth 1,51 213
    10. Chamusca 1,47 58
    11. Silas 1,46 37
    12. W Lemos 1,45 62
    13. Cuca 1,45 238
    14. M Bittencourt 1,44 54
    15. Tite 1,44 181
    16. Estevam 1,44 134
    17. Dorival Jr 1,44 148
    18. Gallo 1,43 81
    19. P Autuori 1,42 74
    20. Ney Franco 1,41 129
    21. Abel Braga 1,41 167
    22. Renato 1,36 179
    23. J Santana 1,34 123
    24. Geninho 1,34 220
    25. R Fernandes 1,33 67
    26. A Lopes 1,31 178
    27. H dos Anjos 1,31 141
    28. Carpegiani 1,30 40
    29. V Mancini 1,29 68
    30. M Sérgio 1,25 105
    31. Rene Simões 1,21 28
    32. Nelsinho 1,20 9

  52. 01/03/2010 | 09h33min

    Grêmio iguala marca de invencibilidade do Inter em casa
    Tricolor não perde no Olímpico há 46 jogos

    Cleber Grabauska
    cleber.grabauska@rdgaucha.com.br

    Com a vitória por 1 a 0 diante do Novo Hamburgo, neste domingo, o Grêmio chegou a 46 jogos sem derrotas no Estádio Olímpico e igualou o recorde regional alcançado pelo Inter no período de 1973 a 1975 em jogos no Beira-Rio. A sequência gremista tem 34 vitórias e 12 empates e a colorada, 37 vitórias e nove empates. As informações são da coluna do Plantão, de Cleber Grabauska.

    A última derrota do Tricolor em casa ocorreu em 13 de setembro de 2008, quando levou 2 a 1 de virada do Goiás. Naquela época, o time liderava o Brasileirão.

    O recorde no Brasil pertence ao Palmeiras que, entre 1986 e 1990, chegou a 68 jogos sem derrota no Parque Antárctica.

    Os 46 invictos do Inter
    Foram 37 vitórias e nove empates
    123 gols marcados e 15 gols sofridos
    Derrota anterior
    28/11/1973 – Inter 0 x 2 Santos – Brasileirão
    Início da série
    8/12/1973 – Inter 1 x 1 Guarani-SP – Brasileirão
    Final da série
    23/07/1975 – Inter 1 x 3 Grêmio – Gauchão

    Os 46 jogos do Grêmio
    34 vitórias e 12 empates
    111 gols marcados e 34 gols sofridos
    Derrota anterior
    13/9/2008 – Grêmio 1 x 2 Goiás – Brasileirão
    Início da série
    4/10/2008 – Grêmio 2 x 1 Botafogo – Brasileirão
    46º jogo da série
    28/2/2010 – Grêmio 1 x 0 Novo Hamburgo – Gauchão

  53. 1. SID. O Alemão Ivo foi outro que não aconteceu, acho que nem pintou.

    2. Marcos. Não esotu propondo não debater, ao cntrário, minha proposição é exatamente esta, vamos debater. O que pediu foi uma sugestão em que a maioria concordasse. Veio ? Não, não só não veio uma para a maioria concordar, como não veio nenhuma. ENTÃO COMO DEBATER SE NÃO TEM SUGESTÃO ? Veja bem, eu to lá em cima dizendo que o Silas não aprovou, também quero encontrar alguém, mas quem ? A pontuação é interessante, mas vamos ver quem o cara pontuado treinou. Um cara como o Luxa que ganha um milhão com sua comissão só treinou time de ponta e já faz tempo que não ganha nada, sua fase áurea foi com a Parmalat, que apanhava do nosso Felipão todos os dia.

    2.1. Eu sugiro o Felipão. Tragam-no. Como ? Não sei, mas acho que este seria unanimidade, mudava a cara pálida que vivemos hoje, e contentaria a todos. Não tenho outro para indicar, é isto que estou dizendo.O que pagamos pelo Autuori, pelo Silas, pelo Roth, etc, soma tudo e dá prá ele – nem sei se precisaria tanto. Mas é ele. Acho hoje que é o único que pode lenvantar a massa, virar o Estado de ponta a cabeça, como um tsunami ! Alguém concorda ??????????

    3. Ta ai estou debatendo. Felipão no Olimpico na Arena, na Baixada. Não vejo mais ninguém. O resto é tudo Japones que custando barato ou caro não muda nada.

    Ou estarei enganado ?

    Me tragam um Presidente que traga ele e ta terminada a conversa, pode ser o Antonini !

  54. Pronto, gostaram da sugestão ? Dei mais de 30, acho, só o Sid levantou mais um, o Ivo: um treinador até agora muito pequeno para o clube. Ninguém se atreveu a dizer é este, ou aquele salvo o Sid e pouco convicto. Larguei no Felipão.

    Mas vamos mais. Vamos debater o homem do futebol. Sai o Meira. Quem sugere quem ?

    Vamos ver por grupo.
    GAT – Fadel ? Talvez, não sei, tem que perguntar para ele se ele quer e pode. Seria um bom nome ? Penso que sim. Mas alguém deste grupo ? Me recordem, sério, não é desafio, é esquecimento, Bernardon, por favor, me ajuda.

    MGI – Sugeri o Belini ao ODONE, ele Odone, não quis, isto lá, antes do Renato Moreira. Vários do MGI passaram por ali e não tiveram exito, Vicente, Cacaio Maineri, outros pela direção, também não foram muito felizes, Pegoraro ? O Belini, de novo, sugesão, toparia ? Não creio ! Conheçoo um que teria sido sondado, me disseram que sim, seria um excelente nome, ficou de me contar o que houve, não tivemos mais oportunidade, seria um belo nome, vou revelar, Cesar Cidade, faço gosto, mas toparia ? Não sei, penso que não.

    Gremio Sempre. Preis ? Não quer mais tá na GE. Quem mais poderia ? Repito a mesma dúvida sobre o GAT ! Quem ?

    MG Imortal, meu grupo de origem. Renato Moreira ? Em que pese não estar mais no grupo … Não quer, nem pensar, nem para Presidente quis, não pode, sei lá. Juliano Ferrer, não pode, agora, ao menos e nem quer, tb ao menos por agora. Alguém mais ? Digam. Raul Régis, é o P do CD, não quer mais o Dr. Grenal, e por motivos profissionais tb já descartou no passado. M Herman ? Tb não teve sucesso quando esteve lá e já passou…

    G Unido. Quem ? O Krieger foi contestado aos montes ! TEria mais alguém ? Digam ?

    MGN. Quem, o de canela ? Me digam. Nenhum de lá tem experiência para assumir, talvez uma assessoria, mas não a titulariedade.

    Nucleo das Mulheres ?

    Os jurássicos: Cacalo, já se sabe, não vai mais, Rafael Bandeira, incendiariam o Olimpico antes da Arena estar concluída, muito antes, Nelson Olmedo, largou, não quer mais.

    Mais recentes. Pelaipe ?

    Da atual direção: O sempre fardado Pacheco ? Meu Deus, já passou lá em 1997, o Cacalo teve que intervir, foi quando asusmiram M Herman e Duda, se a memória não me trai. Quem mais ? Ninguém.

    Da direção passada ? Quem ? Talvez só o próprio ex Presidente Odone e, quer saber ? Seria um puta hmem do Futebol ( já disse e repito, não misturo questões pessoais com o bem querer do clube … acho que como Presidente ele já deu o que tinha que dar e somente admitiria pensar nisto se ele conseguir um psicanalista 24 horas que lhe impeça a vaidade tomar conta de seu cérebro …. mas no futebol … ) nome daqueles de mudar o rumo, virar a casa de pernas pro ar, como o Felipão, como o Cacalo se assumisse, mas tanto quanto este, ele não toparia ( acho que não … até porque está bem situado na área politica, se estivesse a perigo … sem dúvida ia … ).

    Olha Felipão de Treinador, Odone no Futebol, ou Cacalo … ai Bernardon, ai VAI !

    Mas amigo Marcos, vamos debater vamos, vamos lá, to contigo nesta quero debate.

    Vou repetir, não coloco meus conceitos pessoais acima da minha inteligência.

    Mas tem que ter o nome e hoje acho que só uma revolução seria cngregrar todos os gremistas, e essa revolução passaria por Felipão, Odone ou Cacalo.

    O Restante, meu amigo, ou não quer, ou não pode, ou não é hora, ou vamos ficar noites, manhas, e tardes debatendo e não vamos chegar a lugar nenhum.

    Mas tai ai, fica a minha sugestão para treinador e futebol !

    Habilitem-se.
    Boa noite, vou dormir e antes de adormecer vou dedicar um longo suspiro de saudade do SALIN.

  55. Josias.
    Desqualificas o Iser porque deixou o R Mendes no banco no primeiro tempo?
    Mas este foi um dos maiores acertos dele! Era o único jeito do Mendes jogar contra o Grêmio sem precisar se amparar numa bengala!
    Se deixar o velho Rodrigo um tempo inteiro no banco foi um erro que o desqualifica para treinar o Grêmio, que vais dizer das 500 aberrações que o Silas cometeu? Este está qualificado para o Grêmio?
    Repito. Sempre fui contra o julgamento rápido e a falta de oportunidade para um técnico mostrar serviço, mas o jogo de ontem foi ASSUSTADOR. Há muito tempo eu não tinha tanta bronca de um técnico. E olha que eu vibrei com a contratação do Silas. Se ele é uma fera como alguém disse por aqui, não mostrou nada disto. Se ficar e mostrar, ótimo. Mas eu preferiria tentar com outro enquanto há tempo.
    E quanto ao Grêmio ter ganho: Ótimo. E se for campeão brasileiro jogando este futebol horroroso? Mil vezes ótimo. Mas isto é possível? Alguém acredita nisto?

  56. quanto aos possiveis homens do futebol não estão todos mais interessados nas eleições? O domingo foi um puta balde de agua fria parece que acabou o ano. Pensar no Felipão excelente, mas perdemos o Adilson pro Cruzeiro e dizem o Dorival pro Santos…
    Para se ter sucesso o comando de gabinete e de campo tem de entender do riscado ou basta um só?

  57. eu estava certo no que disse. mesmo as vezes passando por corneteiro, disse que as melhores contrataçoes seriam borges e leandro, e afirmei que willian batore era pessimo, ai esta, nosso querido diretor de futebol meira NAO ENTENDE NADA DE FUTEBOL!!!!!! trazer essa naba de ozeia, pra zagueiro e o fim ou sera que o avai anda revelando mais jogadores que nos? fora os jogadores que foram para outros clubes(diga-se de pasagem melhores que os que vieram pra ca) veio tres do avai,ferdinando, ozeia,willian batore, fora o henrique da campinense que foi indicaçao do machado, que que o ciro, diretor remunerado faz lá? nao sabe prospectar jogadores vai embora! e ainda tem gente que desdenha o rodrigo caetano, sei que ele foi embora do gremio porque quis, mas dai dizer que podia ser substituido facilmente, fica claro como e “facil” de substituir.

  58. 1- o gilmar isler e cria da midia nao treina nada, cometeu o mesmo erro nos dois jogos contra gremio e eles, corrigindo o erro no segundo tempo, bom treinador nao comete o mesmo erro em uma semana, e ja teve chances em caxias(com um baita investimento pra clube de interior)e nao deu certo,mano com menos, fez sucesso no caxias, e no juventude foi pior ainda.
    2- e sr josias, depois dessa lista de nomes para assumir o vestiario, chego a conclusao, que se o gremio nao conseguir ninguem pro lugar do meira, precisamos urgentemente! recomeçar a prospecçao de novos dirigentes, e dar oportunidade a els, claro que nao no futebol.

  59. 1. Não desqualifiquei ninguém. Disse que o Iser cometeu um erro comum a todos, inclusive ao próprio Silas de quem se está, inclusive eu, reclamando. O Francisco França,no que respeita a este treinador, disse o que tinha de dizer e o que eu havia lhe poupado. Então o Iser tá na vala mais do que comum e, convenhamos, abaixo do atual…. não percorri uma lista para dizer que o Silas é ótimo ou que não pode ser trocado, tb to insatisfeito com ele, e ao percorrer a lista parti do pressuposto geral de todos que ele não serve mais, então vamos ver quem, esta foi a proposta. Estamos debatendo.

    2. O Adilson: o G não o perdeu, simplesmente, para o Cruzeiro. Ele foi sacana com o G, se utilizou do clube para pedir aumento lá. O que o Adilson fez foi vergonhoso e falta de consideração com o clube que mais lhe devolveu. Na ocasião eu cantei a pedra para o Evandro e disse: o Adilson vai nos dar uma bola nas costas. Dito e feito. A direção aqui negava a procura, o contato, e ele lá, com a maior cara de pau do mundo de uma coletiva dizendo ter sido procurado pelo G que lhe fez proposta. O Cruzeiro cobriu. O Dorival abriu o jogo de cara, não queria vir para o G embora tenha revelado a proposta, desembarcou no Santos, escolha dele, ok, então falamos de mais dois que não estavam na lista e nem dá prá incluí-los.

    3. Francisco França. Essa de renovar dirigentes acertasse na mosca, é isto, faz tempo que dependemos dos jurássicos, não temos renovado. O G era, no passado, uma fábrica de dirigentes – e aqui estou falando especificamente no futebol e presidência que muito se cnfundem, já que hoje, especialmente, aquele é assessor de confiança deste – que parou de fabricar. Não nessa ordem mas vejam Nelson Olmedo, Cacalo, Rafael Bandeira, Galia, Petry, Dourado, Kof, Herminio Bitencourt, Pajehu, Pedro Pereira, Irany Santana, meu Deus, vamos passar amanhã aqui. Hoje percorremos os grupos politicos e ficamos sem saber. Os deptos de sempre renovam e muito bem, Juridico, hoje o Financeiro que também penou ( O Martinho Faria fracassou, o Tulio foi mal ), etc … Para futebol e assessor, aonde o Guerra atua, temos vários nomes ( aliás a idéia de colocar um cara nova, mais jovem, junto a um mais experiente, é muito boa, vai preparando o moço para um amanhã até porque a rigor o assessor pode dedicar menos tempo, aparece menos, não é tão procurado para entrevisas, etc, como regra ) mas para a titulariedade falta.

    É duro, dei nomes para treinador aos borbotões, e ai ? Vamos debatê-los. Idem para dirigentes. Vamos lá não se mixem.

    É um problemão. Dificil de resolver. Não adianta só meter o pau no Duda, no Meira e no Silas. Estou propondo que se encontre uma solução, ou do contrário o Meira segue em frente e o Silas também e vamos dizer o que ? Epa opa, não me atirem pedras, guardem elas, atirem nomes ! E depois deles digam: pode e quer está ao alcance !

  60. O Josias tem uma energia inesgotável (ou uma paciência amazônica?). Fico com muita inveja, e gostaria de ter uma pequena porção desse gás para o meu cotidiano de torcedor.

  61. Estou de acordo com a proposta do Josias.
    Só despejar amargura não resolve. Tem de apontar soluções em pensamento mágico com achar que uma criação da mídia vá resolver todos os problemas.
    Me disse um amigo que, a esmagadora maioria que nunca passou pelo vestiário terá sempre muitas dificuldades de entender certas coisas.
    Há, como sempre, honrosas exceções.

    Não estou falando de apreciar a produção do time em campo que, isso, até nós que nunca dirigimos vestiários temos todas as condições fazer.

  62. Estimado Josias, entendo todas as tuas colocações, porém o Cacalo volta e meia fala que suas idéias não são aceitas, idéias do Cacalo. Outro dia mesmo no “sala de redação” o Cacalo lamentou, que as pessoas que tocam o futebol do Grêmio, não escutam e não querem escutar ninguém.
    Tanto que o Cacalo chegou a comentar que o própio Guerra não tinha nada a ver com este time que aí está.
    Eu sei que é difícel largar a vida profissional para se dedicar ao Grêmio, por isto a dificuldade de encontrar pessoas, mas o camarada que toca o futebol poderia ao menos conversar com aqueles que já passaram por lá e aprender algo.
    Este é o motivo pelo qual não gosto da administração do Duda e do Meira, me parece que não aceitam nada, até mesmo idéias boas. O Duda e o Meira, ou são “pavão” ou são “burros”, agindo dessa maneira estes dois pensam que se o Grêmio triunfar, levantar canécos, foi por única e exclusividade das atitudes e convicções deles. Porém temos o outro lado da moeda, e se o Grêmio perder tudo. De quem será a culpa? Do calendário, do árbitro, do Noveleto, da torcida, dos jogadores, da comissão técnica, do leiteiro, do padeiro… De quem será?
    As vezes me pergunto, por que tanta teimosia do Duda e do Meira? Será que atiramos pedras na cruz para ter uns camaradas como estes de diretores?
    Meira, burro não é aquele que erra, burro é aquele que pensa que só ele sabe tudo.
    Para finalizar, o Grêmio é um clube centenário e cheio de taças, duvido que todos os diretores que um dia acertaram, hoje não tenham uma contribuição com palavras para o Meira e Duda.

  63. JOSIAS: parceiro, agradeço-lhe por tanta informação bacana a respeito do nosso clube e principalmente por seu tempo em discutir com a gente. Muito legal isso, caro Josias! DIRETOR DE FUTEBOL: considerando sua característica motivacional – homem de vestiário e de vencedor, será que o Paulo Paixão, já que está “afastado” da preparação física, não poderia assumir essa função? Meira está sendo contestado e o Cícero não mostrou, pelo menos publicamente, quem é! TREINADOR: posso ser ingênuo e ou “cego”, mas INSISTO: Rospide poderia ser tentado, pelo menos até o final do Gauchão, senhores! Acho que, com o Paixão perto, e a boa vontade dos “líderes” do grupo, Rospide trabalhará bem. Claro q errará, todavia acredito em seus acertos. Poxa, o Silas errou TUDO até agora. Pior: escala mal (Hugo no meio com Douglas) e não enxerga minimamente o jogo!!

  64. 1) Pra mim, o Paulo Paixão foi contratado para ser diretor de futebol;

    2) Salvo nos cargos técnicos mais conhecidos (engenheiros e/ou arquitetos para o Patrimônio; advogados para o Jurídico; contadores e economistas para Finanças), não há administradores, marqueteiros nem comunicadores com o burro na sombra pra podermos ter gestões abnegadas porém profissionalizadas, cujo único exemplo é o Paulo Deitos. E o Deitos tem um funcionário de carreira bem mais jovem e altamente especializado disponível, que é o Mauro Rocha – mesmo que o Edson Aguiar resolva sair (ou seja saído por algum dirigente com o rei na barriga ou incompetente);

    3) O Felipão vai treinar o SPFC: mídia do centro do país, clube grande com estrutura para quem ainda não trabalhou e, na volta, aposentadoria como treinador. Quero Felipão de presidente do Grêmio com Roger e Danrlei em cargos burocráticos ligados ao futebol (supervisão, logística, relacionamento institucional). Felipão, assim como Renato Portaluppi, devem ser embalsamados e ter uma câmara mortuária de visitação pública quando nos deixarem dentro de seis ou sete décadas.

    NÃO SE CORRE O RISCO DE MATAR UM MITO: como técnicos, o tempo de ambos já passou!!!

    4) Técnico: O Josias deu um retrato dos técnicos brasileiros e o Marcos Almeida trouxe uma estatística de média de pontos por técnico nos Brasileirões por pontos corridos. Concordo com quase tudo o que o Josias opinou a respeito de cada um dos treinadores citados. O Sidnei trouxe o nome do pior técnico possível. É uma pessoa sensacional, é um excelente professor de educação física, possui muitos anos de estrada, mas, Ivo Wortmann é o pior treinador que existe. Poderia ter sido umdos melhores preparadores físicos do país. Não soube detectar a sua verdadeira vocação. Até Lazaroni e Hélio dos Anjos foram (ou são?) melhores.

    Ou se mantém Silas, ou se traz Gilmar Iser (vá que ele vire um novo Felipão ou Mano). No interior e com uma cara de Grêmio, não existe outro. Se pensarmos em quem sabe mesclar veteranos com a gurizada da base (o que deveria ser política organizacional e financeira básica do clube, tendo em vista que o objetivo de Deitos, Rocha e Aguiar é termos 70% de guris da base no profissional a partir de 2014), cito Dorival Jr. e Adilson Batista.

    Fora disso, outros nomes são incógnitas para as quais o ditado “quanto maior o risco, maiores os ganhos” tem chance mínima de vingar. Todo e qualquer outro nome está, em função do seu resultado, do seu comportamento, e do seu preço, muito aquém das aspirações do Grêmio.

    O leque é pequeno? É. Estou exagerando ou sendo exigente demais? Acho que não, pois os resultados falam por si. Mesmo que fôssemos podres de ricos, Luxa, Leão e Muriçoca estão em franca decadência e Geninho não se estabilizou em grandes clubes. E grande parte dos demais ou só dá certo em clubes pequenos e médios (Zetti, Bonamigo), ou possui perfil estritamente regional (Chamusca interior de SP; Joel Santana RJ, etc.), ou não tem pulso (Caio Jr.).

    Enfim… O técnico de ponta (que é o que precisamos) não nasce da noite para o dia. Não pode receber oportunidade em grandes clubes nem cedo, nem tarde demais. E deve saber administrar a sua carreira, primeiro dando continuidade a bons trabalhos em clubes pequenos e médios, sem romper contrato e, mais adiante, negociando por si sem intermediários.

    Não basta ser gaúcho ou gremista pra ser bom ou pra dar certo aqui. Também não basta ter feito nome na Seleção ou nos clubes do eixo RJ-SP. E ser um mero motivador também não é mais suficiente.

    Assim como há falta dirigentes para o Grêmio, há falta de técnicos.

    É por isso que, mesmo que o Grêmio tenha uma estrutura conservadora demais e que esse seja um perfil mais próximo dos movimentos que hoje compõem a situação e com os quais simpatizo mais, digo exclusivamente por mim que a profissionalização é FUNDAMENTAL.

    O curso da UNISC de Gestão Esportiva e o curso da Perestroika, além da experiência do Paulo Deitos também adquirida em curso na Argentina e praticada no River Plate e no Grêmio deveriam ser investimentos prioritários na formação de novos dirigentes.

    Infelizmente, não há mais como se fiar apenas na personalidade e na vontade de quem quer que seja, mesmo que tenha apenas um ou já conte com 80 anos de Grêmio na sua história.

    []’s,
    Hélio

  65. bah, concordo com o Josias em tudo mas essa do Adilson não foi nada de sacanagem, é exatamente o contrario.

    Houve toda disposição do Adilson em acertar com o Gremio.

    Uma coisa que jamais se poderá acusar o Adilson e a sua comissão técnica é de sacanear o Gremio, ou se acredita nisso ou não, mas esse assunto eu posso afirmar.

    Imagina como estariamos agora, um vestiario com:
    Paulo Paixão
    Adilson Batista

    Claro que um sujeito como o Adilson Batista jamais daria certo com o Dr Meira lhe comandando. Então, foi melhor que não viesse, mesmo, porque parece que o Meira é o dono desse clube e nós seus refens. Sem valor de resgate…

    cbimbi

  66. A questão do consul, o que eu ouvi, não só na gaucha, foi que o Grêmio calculou errado o numero de associados que iriam no jogo e não disponibilizou ingressos suficientes para venda. O cara tentou comprar pra mulher e não havia ingresso! Tirando a choradeira politica dele, o fato é que ouve um erro sim da direção em fechar a bilheteria, algo que foi noticiado pela band e que inclusive ja aconteceu pelos lados do aterro…

  67. Sobre o tal consul que todos comentam, não sei nada, pois não ouço a tal rádia.
    O que eu posso dizer é que existiam lugares EM TODAS AS DEPENDÊNCIAS DO ESTÁDIO.
    Quem chegou cedo entrou sem filas – eu entrei as 15h40min com os piás – e tinha muito lugar. O Hélio entrou bem próximo do horário do jogo e encontrou o seu lugar para sentar sem problemas. Nas cadeiras, nas duas pontas, existiam muitos claros.
    O cidadão esse do interior queria se promover pra “namorada”. Queria fazer valer o carteiraço e se deu mal.

  68. o cara viaja de longe e deixa pra comprar ingresso no dia do jogo, com venda até pelo site? Por favor.
    O ranking dos técnicos coloca bem o Silas. Mas ele não está se criando e nitidamente poem os pés pelas mãos a cada dia, a tendência é o trabalho não dar certo pelo crônico problema de comando e ele acabar pagando o Pato.
    Meu nomes seriam o Caio jr e o Muricy mesmo com o seu 352 a priori… Ças confesso que com o Meira não tenho esperanças. Quanto aos nomes para o cargo me faltam dados afinal não conheço os meandros a cada vez mais parece haver menos gente apta e disposta….

  69. Pra mim, a questão que mais me preocupa no futebol do Grêmio não são as freqyentes cagadas do Silas. Invariavelmente os treinadores fazem cagadas, como já fizeram com o Ronaldinho, o Andershow…
    O inpronunciável colocou o Ronaldinho na reserva do Itaqui! Agora o Silas quer dar lição de moral no Mario, um dos poucos titulares absolutos no Grêmio. Ta errando feio e falta alguém da direção colar nele e dar um basta nesses discursos polêmicos.

    O problema que vejo é a falta de GRUPO de jogadores!!! Pelo segundo ano na gestão Duda, vamos enfrentar o ano sem um grupo qualificado o suficiente frente a nossa folha salarial, uma das maiores do Brasil.
    Vejamos:
    Borges machuca e passamos a depender de William Batoré! Jonas é reserva e não há um atacante titular pra essa posição. Tem o Hugo que pode ser improvisado no ataque, ou o Mithyue, outro improviso.
    Na meia, temos o Douglas que é bom e quem mais? Souza ta fora, Leandro só se machuca e ninguém confia no Maylson. Na volância, não temos o 5! De 2º volante estamos bem.
    A zaga, pelo que o Silas da a entender no seu discurso, será de Rodrigo e Osea (?!), a junção da experiência com a altura. Alguém confia nessa dupla?
    Nas laterais temos um ponto de interrogação na esquerda e 1 opção pra direita, tirando o Mário improvisado.

    Como esse grupo se sairá contra times do brasileiro?

    O que me impressiona são os critérios que a direção usa pra contratar. Me parece claro que falta criatividade e conhecimento do mercado.
    A fonte de jogadores do Grêmio está restrita a ex-jogadores do São Paulo e do Avaí: Borges, Leandro, Joilson, Fábio Santos, Hugo, Rodrigo, Willian, Ferdinando, Osea.
    Esses ai formam mais da metade do time titular do Grêmio!!!!
    Será que o mercado só nos oferece isso?

    Outra coisa é o aproveitamento nulo da categoria de base! Do time atual, só o Mario (que nem é formado no Grêmio) é titular!!! Ou seja, todo aquele discurso de ter 70% do grupo da base é balela!!!! Todo o discurso de não contratar jogador “de grupo” é balela também! Pode fechar a categoria de base, tão gastando dinheiro a toa!

    Ou será que Saimon, Bruno Colaço, W. Magrão, Adilson, Fernando e Mithyue são piores que os hoje titulares Rafael Marques, Fábio Santos, Ferdinando, Roca, Jonas????

    Olhem o Santos ai, novamente mostrando que da pra fazer futebol longe da mesmice…

  70. Faço um apelo aos conselheiros e ex-dirigentes que nos dão o prazer do debate e nos brindam com colaborações tão fraternas quanto críticas neste blog:

    – Por favor, conversem com todos os integrantes do Conselho de Administração e exponham todas essas questões com firmeza.

    Se querem uma pauta mínima, sugiro o seguinte:

    1) Intensificar contatos para a substituição do Meira no comando do futebol: será que de 300 e poucos conselheiros não se tira um grupo de cinco com disponibilidade de tempo?!

    2) Conversar com Silas acerca da insistência dele com jogadores que não têm dado resposta. Foram 12 jogos em 2010 – 11 deles contra adversários inexpressivos sob qualquer aspecto. Dentre seus “bruxos”, os que menos atuaram já disputaram pelo menos oito partidas até aqui. Logo, uma avaliação do seu desempenho é bem plausível;

    3) Pôr a Comissão Técnica E a Direção pra assistir à palestra do Paulo Deitos, do Mauro Rocha e do Edson Aguiar: se o objetivo é o de, até 2014, contarmos com 70% de jogadores oriundos das categorias de base no plantel profissional, acredito que esta seja uma política de estado ou um ponto crucial de governança corporativa: quem está desobedecendo a uma regra básica que não se restringe ao grupo que hoje detém o poder e que precisa também ser seguida pela oposição?!

    Dirigentes contrariados ou técnico melindrado que não sabe que é um funcionário devem ser limados.

    []’s,
    Hélio

  71. bem lembrado, Helio:

    tendo uma politica de prestigio aos jogadores da base, como explicar a escalação de Fabio Santos, Fabio Rochembach, Ferdinando, Jonas em detrimento de Bruno Colasso, Fernando, Adilson, Wiliam M., Maylson, Bergson?

    Isso que me desagrada nos grupos politicos, embora formados de gremistas da maior qualificação: na hora da eleição se democratiza as opiniões e a liberdade é total.

    Depois, decide-se diretor de futebol, diretor de mkt, tudo a 4 paredes e ninguem pia.

    cbimbi

  72. Cesar. A direção aqui negando contato cm Adilson e ele lá reúne a imprensa prá dizer que tinha sido procurado ????????????? Então vu te dizer, no dia do jantar do Blog, no Costela, perguntei ao Duda: e ai ? Ele me disse, tudo acertado é o Adilson. Dia seguinte o Adilson disse não. Vou mais longe, e vou repetir, liguei para o Evandro quando começou os rumores e disse, escreve ai, não vem e vai nos usar. Então tá, acredita em quem quisres. Acompanhei isto de perto desde o inicio porque senti que vinha sacanagem, aliás disse isto: boto meus ovoso na mesa se ele não sacanear. Dito e feito.

  73. Edison. É verdade, o Cacalo disse isto ou vem dizendo isto, mas continuamos na mesma, não saimos da procura, quem assume ? E o treinador ? Ainda estamos na mesma, andando em circulos. Mais uma coisinha, o final do Adilson aqui, me desculpem, foi desastroso. Sei o Evandro gosta demais dele, é amigo pessoal dele etc, compreendo tudo isto, mas repito, o final dele, Adilson, aqui, foi desastros, a torcida queria o rim dele, ou se esqueceram ? Ele só não foi apedrejado porque o torcedor considerou seu passado omo atleta, o que aliás aconteceu com o De Leon.

  74. OS CARAS VÃO PAGAR O QUE O JONAS PEDIU…..
    EU NÃO FALEI….

    ESSA DIREÇÃO É FODA….

    PQ NÃO TENTAMOS EDNO????

  75. O Rote nunca colocou o Ronaldinho na reserva do Itaqui.
    O Ronaldinho era titular do time dele e sofreu uma distensáo muscular.

    Gente. Cada um tem o direito de gostar e de odiar. Não de alterar os fatos.

  76. Carlos, por acaso teu nome é Juarez? Como disse o Josias, esqueçam esse cidadão…
    Abraçoss

  77. O Roth pôs sim o Ronaldinho no banco: todo o brasil se horrorizou. Se foi para entrar o Itaqui ou a mãe do Badanha, não sei, mas que pôs ah pôs. O Roth disse ao Douglas Costa que ele não jogava merda nenhuma, em alto e bom tom para toda a imprensa ouvir e noticiar. O menino era patrimônio do clube em inicio de carreira e tem q ouvir isto dum treinadorzinho perdedor, arrogante, mau humorado e com aquela, passe a achá-lo bagacero, não tem outra explicação. É de ser registrado que ele não é o unico a dizer besteiras do tipo, certa vez o Adilson fez algo parecido cm aquele lateral nosso selecionável e destruiu a carreira do rapaz, George Lucas, lembram ? De qualquer forma a do Ronaldinho é de surtar. Não tem perdão, ele Roth vai seguir enganando, eu sei disto, já fiz aqui um relato dos fracassados qe o esporte torna rico ou milionário, caras que não perdem tudo mas faturam horrores, R Barrichelo, na formula 1, Rios no tênis, Roth no Fubebol ( aqui tem um monte ) e por ai vai. Enquanto estes caras tiverem admiradores, os que gostam de perder, eles faturam horrores nas costas dos trouxas.

  78. 1998. G mal, Cacalo chama Preis e Saul para o futebol que trazem o Roth. Primeiro jogo, Curitiba, x Atl. Paranaense. Palestra é pau e pau nos jogadores, do incio ao fim. 0 x 0. Aeroporto, janta. Guilherme, aquele centroavante destrambelhado era a laranja podre do balaio, sentando tomando cerveja. Os demais na boa. Cochichando perguntei e ai, certeveja ? R. Ele pediu pro Roth que liberou pra ele. Guilherme bebeu todas até o findar do ano, pulou muro …. O G empatou 6 ou 8 seguidas, e as palestras era pau e pau em todo mundo, menos no Guigui. Um dia, cansado, e sentindo que não iamos ganhar de ninguem, embora os empates tivessem nos tirado de uma posição incômoda, Preis desce para o CAfé e resolve se sentar com o treinador que, sempre, tomava cafe sozinho. Inglesmente, Preis começa a puxar um assunto crucial, a forma como as palestras estavam sendo ministradas estava assustando a meninada que entrava apavorada em campo e com receio de perder se embolava toda no meio campo e ninguem ganhava, mas eles não perdiam, e assim se ia colecionando empates alguns horrorosos aqui mesmo no olimpico, pior que G x Novo Hamburgo, até porque este nós ganhamos. O Roth escutou atentamente o Preis e quando este terminou e perguntou, o que vc acha, mudança da forma de palestrar ? Resposta: Eu estava pensando exatamente nisto Preis, em mudar o discurso…..
    O G acabou aquele ano entre os 8 primeiros, mas convenhamos … não nem vou convir mais …

  79. Tem mais muito mais, mas vamos deixar assim. Isto, senhor CArlos, não é ódio, isto é repulsa, este senhor não serve para o G. Se é que serve para alguém. Um dia talvez ele ganhe alguma coisa, ai a tchurma Rotista que vá festejar, longe de mim.

  80. Enquanto isso o perna de pau do Jonas renovou por 170 mil. Quanto mesmo ganha o Victor???????????????
    Vou orar todas as noites para que os gregos venham levá-lo na janela de meio de ano…
    Abraçoss

  81. Sobre o tópico em si, só valeu a vaga na final, a brincadeira com o pedalado e o nosso arqueiro levantar uma taça, mesmo que essa seja de tão pequena expressão por tudo que a cerca. O Victor merece, e merece muito ser Campeão. E aqui já deixo uma pergunta, pois não sei realmente como está sua situação junto ao Grêmio: já renovaram com o nosso Arqueiro – o melhor do Brasil?? Quero o Victor como ídolo do Grêmio e tem tudo para construir uma grande história com o Manto Tricolor.

    De resto, ainda sobre o jogo, a lamentar as nefastas declarações do Silas sobre o Mário Fernandes. É um tiro no pé e uma falta de respeito com os torcedores e o próprio jogador, falar o que falou e da forma como falou. E na minha modesta análise sobre seu trabalho, Silas não demonstrou nada em termos táticos, conjunto, jogadas dentro do Grêmio. Sequer conseguiu arrumar a nossa defesa, que vive tomando 1-2 e triangulações dos adversários. Também não gostei nada, só pra variar, das declarações do Duda Kroeff sobre vender sua casa para pagar o Jonas (o Grêmio não é brincadeira, é uma instituição séria), além é claro, do Meira, mas esse não sei se vale a pena falar.

    Isso é pra entrar no assunto e nos questionamento que o Carlos Josias propôs, sobre novos dirigentes e treinadores. Já que batemos tanto, então vamos sugerir. E é um excelente exercício.
    Antes de mais nada, alguém próximo a atual direção e com poder de influência, procura levar tudo que está escrito aqui neste tópico para os dirigentes. Também, é claro, para o Conselho de Administração. Puxa, quantas coisas de grande valia se percebe aqui neste blog e em tantos outros, porém, dentro do Grêmio sequer procuram olhar, muito menos refletir sobre os debates que surgem neste meio. O Hélio Sassen Paz, o Anderson Kegler e outros já escreveram sobre essa falta.
    Bueno, então aos questionamentos…Carlos Josias, apesar de um certo dia eu tê-lo agredido com palavras no pátio do Olímpico, por entender algumas coisas e tal, que nem vem ao propósito aqui, mas reconheço que estava destemperado (acho que era o contexto daquele jogo contra o Cruzeiro e a lembrança do que ocorrera na Libertadores), gostaria de vê-lo na Presidência do Grêmio. E mais, gostaria que o Renato Moreira fosse o diretor de futebol junto contigo. No meu entendimento, muito de perdermos a Libertadores de 2007, foi pela sua saída. E já falei para o Ducker que a única coisa que me animou nas últimas eleições, era uma possibilidade muito remota, do Renato Moreira voltar a Direção de futebol.
    Já li aqui no próprio blog, que tu, Carlos Josias, não pretende mais ficar no Conselho. Não me agrada isso, o Grêmio precisa de pessoas que nem tu, de posição forte, que defendam o Grêmio a qualquer preço e que tenham atitude, por mais que de repente tu venha querer bater no Grêmio do Prata num futuro próximo. Me agrada um debate contigo, e não com o César Pacheco por exemplo (nada contra o Pacheco, é só pra elucidar o que quero dizer). Engrandece.
    Josias, o que tu tens é o que falta ao Grêmio de hoje. E acho que tu deverias ir este ano para Presidente do Grêmio. Te exigiria o Renato Moreira na direção de futebol. Só discordo de ti, quando fala do Rospide e sua falta de comando no vestiário. Isso só acontece porque ele não tem o respaldo da atual direção. Mas, que ele é hoje o que mais conhece Grêmio, isso é, e também demonstrou conhecimento técnico-tático. Coloca um cara forte no vestiário junto com o Rospide e voltaremos a disputar o Mundial. Sangue nos olhos, está faltando ao Grêmio de hoje.

    E tchê, parabéns por essa tua posição de renovação do conselho e dirigentes dentro do Grêmio. São poucos que pensam assim, infelizmente.

    É isso, não sei se ficou bem claro, mas de qualquer forma aí está. Depois volto a escrever se for o caso.

    Saudações.
    Cláudio Medeiros

  82. Agenor Piccinin foi o técnico do FC Santa Cruz ano passado e só não foi à final da taça Fábio Koff por virtude do meretíssimo árbitro, no jogo contra o Juventude. Tem títulos de campeão em Santa Catarina e Paraná. Fez um trabalho notável com os jogadores do Santa Cruz na Comunidade, inseriu-os no contexto do município e trouxe boa parte da juventude da cidade para o o estádio, acompanhando treinamentos e até participando deles como adversários de treino. Tem um invejável padrão de conduta, esportiva, de estudo do futebol e moral. Não sei por onde anda atualmente. Todavia, nunca fez qualquer tipo de proselitismo por isso; pensa que atitude profissional dispensa outras formas de promoção.
    Ganhou o jogo contra o Grêmio e empatou aqui com o Inter. Não que isso signifique muito, mas dá uma pista.

  83. Esse me enganou! Me refiro ao Roth que cujos times sempre achei de futebol objetivo, apenas azarados nas finais. Depois ví que nõa era bem azar, mas a caganera q dava no tecnico nessas horas.

    Só tem uma culpa da direção nesse caso-Roth: jamais pagar 200 mil por mes para um treinador que time nenhum pagaria 100 mil naquele momento.

    Aí o cara se sente importante e dá no que deu

    Mesma coisa que pagar 170 mil por mes pruma naba como o Jonas-faz-de-conta…

    cbimbi

  84. Sr. Raul. Muito interessante esta dica. Muito mesmo. A direção deveria dar uma olhada, se não prá agora ( eu particularmente tenho que agora nada vai mudar … ) prá adiante. Eu não me lembrava dele. Pode ser um bom nome sim.

  85. Raul,

    Essa dica é realmente interessante. Que tal descobrirmos por onde ele anda, nem que seja para que possamos fazer uma entrevista com ele para o blog?

    Hoje, no Copacabana, o Juliano Ferrer e o Paulo Deitos falaram sobre a impressionante ferramenta que o Grêmio possui, que é referência mundial em gestão técnica, tática, física e emocional dos atletas, além de um banco de dados extremamente atualizado e volumoso sobre brasileiros de todas as idades em qualquer canto do planeta.

    Sabe-se que Autuori usava essa ferramenta e que ela é tudo nas categorias de base. Infelizmente, não está sendo cobrado de Silas e de sua equipe nos profissionais a integração com a base e o uso INTEGRAL dessa ferramenta no departamento profissional.

    Pelo perfil que descreveste do Agenor Piccinin, é muito provável que se trate de um profissional diferenciado, altamente interessado por um método de trabalho que contemple um ambiente como o acima descrito.

    []’s,
    Hélio

  86. pastor por pastor, o Tite é mais experiente, conhece a aldeia e tem curriculo!

    Mas acho que o Silas fica. Só sai se cairmos na Copa do Brasil, a corneta não vai perdoar…
    E agora é hora de orarmos por uma proposta do exterior pelo Jonas!
    Mais um que vai barrar a gurizada…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.