Fluminense 1 x1 GRÊMIO

Infelizmente, link por problemas técnicos, sick não pudemos colocar no ar o serviço do jogo de sábado.

Sobre o jogo:

Dizem que o ataque ganha jogos e a defesa ganha campeonatos. Pois acho que o GRÊMIO anda precisando ganhar os jogos mas o ataque não faz a sua parte, nunca.

Sobre o Marcelo Grohe:

O cara mostra sempre que joga muito, que só está fora porque existe um séquio de secadores sem fim. Bando de boi corneta! Filhos da opinião do Pablo… Marcelo Grohe só não é titular no GRÊMIO, seria em qualquer outro lugar, qualquer clube do mundo teria o Marcelo Grohe de titular absoluto, só no GRÊMIO que não.. Aqui, esse bando de corneteiros fica lambendo as botas de qualquer jogador que não seja da base do clube. Aposto duas cevas que os mesmos que hoje falam mal do Marcelo, vaiariam o Renato no início da carreira e muitos dos que reprovam o Marcelo são os mesmos que vaiavam o Danrlei. Vai entender.

Anderson Kegler

Complementamos o post com uma coluna do  http://www.mesadebardogremio.com.br escrita pelo grande Gabriel Pinto.

Ontem, após  o final do reencontro entre Luxa e Grêmio, me peguei pensando no quanto estes dois se parecem. Pois, vejamos:

Luxemburgo não ganha nenhum título de expressão há pelo menos 10 anos, apenas alguns estaduais esparsos aqui e ali. O Grêmio não ganha nenhum título de expressão há pelo menos 12 anos, apenas alguns estaduais e a série b aqui e ali.

Luxemburgo continua se gabando e cobrando salários altos em cima de seus resultados do passado. Nunca seu passado recente é levado em conta quando o contratam. o Grêmio continua se gabando e gastando tubos de dinheiro baseado nos resultados do passado. O passado recente é ignorado na hora de tentar fazer o certo.

Luxemburgo fez midia training e nas entrevistas é desculpinha aqui, refugo ali, uma desviada de foco acolá. O Grêmio não fez midia training, mas parece. É “não vendemos craque” aqui, “o boca é um caxias com grife ali”, um “no grenal vamos patrolar” acolá.

Luxemburgo tem “pojeto”. O Grêmio tem planejamento.

Luxemburgo não se renova, treina futebol como se o mesmo não tivesse evoluído, não se envolve, não busca conhecimento. O Grêmio não se renova, administra o futebol como se o mesmo não tivesse evoluído, os que estão lá não se envolvem, não buscam conhecimento.

Luxemburgo vai pingando de clube em clube sem nenhum resultado efetivo, apenas engana aqui, quase chega lá e enche o bolso numa demissão praticamente planejada. O Grêmio vai pingando de campeonato em campeonato sem nenhum resultado efetivo, engana aqui, quase chega lá e vai esvaziando o caixa do clube numa falência praticamente anunciada.

Quando Luxemburgo foi anunciado para treinar o Grêmio, os sensatos sabiam que tinha um prazo de validade, era só olhar os resultados recentes do treinador e do clube. Quando Luxemburgo foi demitido do Grêmio, os sensatos sabiam que não ia ser diferente o final do ano. É só olhar os resultados atuais do treinador e do clube.

Ontem, não podia ser outro o resultado do jogo. Um empate que não leva nenhum dos dois para nenhum lugar, o treinador segue enganando ali pra ser demitido em breve com o bolso cheio e o clube segue enganando aqui pra encher a torcida de expectativa e comemorar uma vaga depois.

Pensei nisso tudo após a entrevista do Koff, depois do jogo. Ele admitiu ter sido “condicionado” pela imprensa e pela torcida para renovar o contrato do ~pofexô~ no ano passado. Não consigo aceitar um presidente campeão do mundo com o clube ser “condicionado” por alguém. Onde andam as convicções, o planejamento, o “vamos estruturar o clube”?

Eu sei onde anda tudo isso, enfiado dentro da politicagem feita dentro do Grêmio. Politicagem que faz o ciclo se repetir a cada ano e não será diferente no ano que vem. Infelizmente.

Gabriel Pinto

Participe da discussão

8 comentários

  1. Gabriel Pinto deste a “deixa” para que eu apresente o que entendo como síntese de 2013.

    A SÍNTESE DE MAIS UM ANO PERDIDO! Espero imensamente estar sendo injusto e ou enganado! Talvez se focarmos na CB, ……pois temo por sairmos do G4 após os próximos três jogos: Corinthians, SCI e Cruzeiro. Se não somarmos, NO MÍNIMO, 7 pontos, estaremos fora do G4!

    SEGUE A SÍNTESE DE MAIS UM ANO DE ERROS E APEQUENAMENTO:

    1)Sempre Imotal: Gabriel Pinto

    “O Grêmio não se renova, administra o futebol como se o mesmo não tivesse evoluído, os que estão lá não se envolvem, não buscam conhecimento.
    …..
    O Grêmio vai pingando de campeonato em campeonato sem nenhum resultado efetivo, engana aqui, quase chega lá e vai esvaziando o caixa do clube numa falência praticamente anunciada

    Pensei nisso tudo após a entrevista do Koff, depois do jogo. Ele admitiu ter sido “condicionado” pela imprensa e pela torcida para renovar o contrato do ~pofexô~ no ano passado. Não consigo aceitar um presidente campeão do mundo com o clube ser “condicionado” por alguém. Onde andam as convicções, o planejamento, o “vamos estruturar o clube”?

    Eu sei onde anda tudo isso, enfiado dentro da politicagem feita dentro do Grêmio. Politicagem que faz o ciclo se repetir a cada ano e não será diferente no ano que vem. Infelizmente.”

    CARO GABRIEL PINTO, a julgar pelas eleições do CD e pela “construção” de sua mesa Diretora, ABSOLUTAMENTE NADA DE DIFERENTE NA POLÍTICA. Seguirá o “planejamento” pensado em torno de projetos pessoais que apequenam o clube desde 1997.

    2) Hiltor – Koff e a canoa furada

    Omar Selaimen recém estreava como dirigente do Grêmio e foi o primeiro, e único, a dizer para Koff não renovar com Luxemburgo.
    Tivesse colado um Preis em Luxemburgo e talvez o resultado fosse diferente.
    Ao colar uma direção inexperiente permitiu que o treinador fosse dono do campinho.
    Deu no que deu.

    3) Hiltor – Luxemburgo x Koff,o bate-boca

    Jonas disse:
    14 de outubro de 2013 às 10:03
    Algumas questões: Se o Luxemburgo ganhava R$ 700 mil por mês e teve o seu contrato renovado, quem é o incompetente afinal? Se não ganhou o grenal contra 9 e o Presidente viu isso e renovou, quem é o incompetente afinal? Se não foi demitido imediatamente após o jogo do Santa Fé é o gremio perdeu o recesso da Copa das Confederações, na qual o Renato poderia ter ajustado o time, quem é o o incompetente afinal? Se renovou o contrato por pressões externas e sem convicção quem é o incompetente afinal?
    4) Hiltor – Grêmio cede empate aos 45min finais

    4.1. Vruschel disse:
    13 de outubro de 2013 às 13:16
    Falta de voz ativa na Direção e vestiário, faltam inteligência e visão no comando técnico. Renato teria de ter alguém com visão de jogo ao seu lado! Espinosa? Talvez. Renovar com ele, sem esse cara, será mais um erro grosseiro entre tantos desta triste gestão q vem se constituindo em uma das piores desde 2004!
    4.2. Vruschel disse:
    13 de outubro de 2013 às 13:22
    Direi o óbvio: futebol é consequência de gestões e política do clube. Essa está doente há anos diante do eterno revezamento entre os pólos da mesmice – vejam o q será a nova mesa do CD (dinastia, sucessão, heranças,…mesmos no comando). As gestões não podem ser mais incompetentes em função do personalismo e da autocracia! Nós gremistas merecemos tantas derrotas? Eu não!

  2. o Grêmio é o Luxemburgo dos clubes, perfeito!

    Estamos perdendo o campeonato pra nós mesmos e agora perdendo a vaga direta pra Libertadores.
    Vejam só os confrontos diretos:
    Cruzeiro: 3 pontos em 3
    Atlético-PR: 4 pontos em 6
    Botafogo: 6 pontos em 6

    Mesmo assim não conseguimos nos aproximar do Cruzeiro, estamos empatados com Bota e 1 ponto na frente do Atlético.
    Sinal que perdemos pontos que não poderíamos perder.
    Sinal que o time segue sendo um time que não decide na hora que deve, como foi em 2012, caindo pro ridículo Palmeiras e tomando virada de 3 gols na Colômbia.

    Faltam jogadores que saibam decidir e nos sobram coadjuvantes.

    Nunca tivemos um Brasileiro tão fácil de ser ganho, tem um time só pra competir e o Grêmio conseguiu perder pra ele mesmo.
    Na Libertadores tínhamos uma chave mamão com açúcar até a final e conseguimos cair nas oitavas.
    Meus amigos, não adianta, o Grêmio é seu pior inimigo.
    Capaz de chegar na final da CB e tomar do Vasco…

  3. O Grêmio mais uma vez esta deixando escapar, não sei se chegaria, pois a diferença é muito grande, mas estão dando oportunidade para encostar, mas o Grêmio não tem se ajudado. Esta faltando um pouco mais de coragem em atacar, ir para cima, jogar mais com Alex Teles, pois dos pés do Para não sai nada, tem que iniciar a marcação no campo do adversário e nunca no seu campo, chamando o adversário, pois assim qualquer erro é fatal. Muitos questionam o Barcos, e eu questiono o Para, porque ele nunca é substituído? Por que todas as jogada tem que passar pelo Para? Justamente pelo Para que não sai nada que se aproveita, nem lateral. Renato tem que dar oportunidade para o Tinga ou Moisés que jogam muito mais. Ou quem sabe não coloca o Ramiro que já jogou na posição e coloca o Matheus Biteco no lugar? Renato tem que atacar mais, pois se tivesse feito isso no Rio tinha ganho do Flu com tranquilidade.

  4. O Presidente disse claramente que o luxa não era o seu treinador, e que agiu contra as suas convicções devido à pressão da torcida e da imprensa.

    Lamentável que o multicampeão tenha cedido a isso. Mas mais lamentável ainda é fazer um contrato de 2 anos de duração e com uma multa rescisória altíssima diante da falta de convicção confessada.

    Será que ele faria isso se o dinheiro saísse do próprio bolso? Nunca pensei ver do Koff tamanha irresponsabilidade com o dinheiro do clube.

  5. sobre treinadores, cheguei à conclusão que são todos farinha do mesmo saco!
    O clube não pode ser refém de treinador algum, nem mesmo o Renato.
    Se começar a fazer beicinho pra renovar, tem mais é que mandar embora.
    Não faltam nomes novos para o cargo, que o diga o Marcelo Oliveira.

    A paciência se foi pra aguentar treinador se valorizando por conquistar vaga na Libertadores.
    O clube paga fortunas pro Renato, ou a qualquer outro, pra manter jogadores em campo sem critério ou mérito algum, irritando a torcida.
    Mérito pro Renato somente se conquistar a CB, porque levar o Grêmio pra Libertadores, com esse campeonato horroroso, não é mais que a obrigação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.