A coletiva de Vanderlei Luxemburgo foi um desastre. O torcedor gremista queria ouvir da boca do técnico os reais motivos pelos quais perdemos o jogo, prostate mas não foi isto que ocorreu.

Luxa, malady ao lamentar a questão do gramado da Arena e salientar a troca de diretoria, claramente desviou o foco que deveria estar todo para a má atuação do time, e por consequência, pelo mau trabalho do treinador.

A escalação do time – com todas as mudanças feitas pelas contratações – num primeiro momento pareceu correta, entretanto, ao longo do jogo se viu que talvez só a escalação de Barcos fosse justificada.

O desentrosamento e a pouca vontade mostrada pelos jogadores foi assustadora, tanto que o presidente Fábio Koff foi o que melhor entendeu o porquê perdemos: faltou espírito de Libertadores e faltou futebol.

Tanto deu certo a tática de Luxa em apontar os holofotes ao gramado da Arena, que as manchetes de hoje e a repercussão imediata nas redes sociais na noite de ontem só falavam em uma volta ao Olímpico. Raros foram aqueles que realmente analisaram a partida com calma e viram que faltou futebol.

Foto: Diego Vara
Foto: Diego Vara

O gramado do Olímpico é perfeito e não ganhamos do nosso rival com nove em campo. O problema – mais uma vez – foi o meio-campo lento, as laterais. Velhos problemas. É isso que preocupa.

Como é que o técnico – sabendo que os chilenos jogariam fechados – não treinou uma alternativa, uma movimentação pelas laterias e outra tantas jogadas para entrar na área adversária?

Nada mudou do ano passado até agora. Quando jogamos contra times fechados os mesmos problemas aparecem. Tempo para treinar não faltou, o que faltou foi qualidade no trabalho.

É inadmissível que com tamanha qualidade se jogue tão mal como jogamos. E Luxa, colocar a culpa no gramado é subestimar a inteligência do torcedor.

Fala menos e trabalha mais, tá?

 

 

Abração hein?!
@alemaopizoni

 

 

 

 

Participe da discussão

8 comentários

  1. Subestimar a inteligencia? É ser um extremo FILHO DA PUTA, isso sim…

    O cara não consegue arcar com as suas decisões burras…

  2. Alemão depois desse vexame, não dá nem pra explicar o inexplicável.

    Forte abraço ” não está morto quem sabe pelear ” vamo gremio !!!

  3. O problema é que o Luxa nunca trabalha o coletivo, para ele é só ter jogador bom que decide sozinho. Por isso atulhou de atacantes e não pensou que em como a bola ia chegar lá.
    E também, quantas vezes ontem o Welliton abria na direita e o Pará ao invés de cruzar tocava pelo meio ou cruzava do meio de campo.
    Que nem você falou, tem que falar menos e trabalhar mais…
    Sem querer ser corneta, CB e LA eu não acho que ganharemos com Luxa, talvez o Dilmão…mas é só minha opinião.

  4. Assino embaixo, Alemão. Eu só discordo no ponto que trata sobre “time fechado”. Os chilenos não armaram retranca. Ao contrário, vieram aqui e jogaram.

    Marcar bem nem sempre significa retranca. E o Grêmio TODO foi muito mal. Inclusive, o Zé Roberto. Ele até teve lampejos, qndo o jogo já estava 0x2 e 1×2. Mas, antes disso, ele – como o resto do time – estiveram abaixo da crítica.

    Meio campo jogando mal, o time todo vai mal.

    Abraço!

  5. a vossa excelência Luxemburgo pôs a caneta na rescisão. Comprou briga com a administradora da Arena.
    Ridícula atitude, mas uma ação muito conhecida do “Pavão”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.