De destaque no Gauchão a reserva no Brasileirão

É com esse título que começa a matéria da ZH de hoje sobre o Leandro, and o guri de 18 anos que despontou no campeonato gaúcho como uma grande promessa de gols, dribles e candidato a ídolo do tricolor, mas que ao longo dos últimos meses não passaram de firulas, cabelos “neymar” e a reserva.

Coincidentemente ou não, a queda de rendimento do Leandro se deu justamente a partir do momento em que a torcida, carente de ídolos e de bons jogadores, elevou o guri ao salvador da pátria, ao atleta máximo, ao grande nome desse grupo e isso fez com que o guri não suportasse a carga, desabou, não rendeu mais como o esperado e aí de salvador virou um  “guri de merda”, como ouvi algumas vezes dentro do Estádio Olímpico.

Na matéria da ZH, Leandro ainda fala que “o que está acontecendo é uma coisa normal, sou muito novo ainda. Passaram a me comparar com Neymar só por causa do cabelo. Só que eu já usava moicano antes dele”. Nesse ponto que eu quero tocar. Porque insistem nessa história do CABELO dele? Mas que diabos o CABELO que ele usa vai influenciar no seu futebol? Lembro que há alguns meses atrás, quando começou o declínio, especulou-se muita coisa ao redor do guri, da fama(?) de cai-cai que ele tava adquirindo, da suposta depressão por estar sem a família e lá de novo, do seu CORTE DE CABELO. Disseram que seu empresário e conselheiro iam falar com ele, ter uma conversa séria, chegaram a mencionar ele CORTAR O CABELO pra não ser comparado ao Neymar. Mas peraí? Cabelo? Cabelo? Jura que é isso que vocês tem que se preocupar com o guri nesse momento?

Futebol ele tem, já mostrou. Precisa focar nisso, trabalhar com ele jogadas de atacante, se compararem ele ao Neymar pelo futebol, ÓTIMO, o Neymar é um baita jogador e se tivermos um guri que jogue como ele dentro do Olímpico, BOM PARA O GRÊMIO. Será que não percebem isso? Tem que colocar o guri pra jogar, desde a tal conversa séria que iam ter com o guri ele nunca mais esteve em campo por pelo menos um tempo que for.

Para um guri de 18 anos que sabe jogar bola, tudo o que tem que fazer é dar CONFIANÇA para ele. Chegar no ouvido dele e dizer: “vai pra cima dos adversários, tu é bom de bola guri”. Ficar corneteando o cabelo, a postura, os fatores externos, isso não vai adiantar.

Eu confio no guri, só falta darem condições para ele confiar nele mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.