De Colaborador: 200.000 no Exército. E daí?

Ontem o Grêmio contabilizou 200.000 integrantes no Exército Gremista, check destacando o fato no site do Grêmio e em diversos blogs.

Tirando o pin que os primeiros “alistados” receberam e a carteirinha de “soldado” que cada um recebe, price além de um email com as promoções da lojinha onde se pode usar os fantásticos 5% de desconto nas compras, eu me pergunto diariamente: Tá, e daí?

Pra que realmente serve esse cadastro de torcedores? Sim, cadastro, por que o Exército não é mais do que um grande cadastro com dados de torcedores. Qual a verdadeira utilidade que o Grêmio vai dar pra isso?

Não quero parecer pessimista, mas eu gostaria de saber se vale a pena fazer tanta gritaria apenas por um cadastro de torcedor.

Se alguém souber, é só deixar um comentário explicando. Vai que tenha uma função e que não foi bem explicada pelo Grêmio.

Rumo ao campeonato gaúcho.

Paulo Gomes.

Participe da discussão

32 comentários

  1. Paulo, é um excelente iniciativa e nela só entram pessoas reais com cpf, rg…. não há cães, papagaios, periquitos….

    e demonstrar a grandeza da nossa torcida já é um baita passo

    concordo contigo temos que potencializar e tirar mais proveito do cadastro sim

  2. importante domingo temos jogo grande e Lembrem-se queo GREMIO avisou que MENORES só entram mediante acompanhante identificado e cadastro, então sem gritaria e culpa na direção…

    sabemos que nessas horas do bem bom TODO mundo vai…

    seria bom reforçara lembrança disso

    http://wp.clicrbs.com.br/mariomarcos/2010/04/28/olimpico-pode-receber-45-mil-torcedores/?topo=77,1,1

    Olímpico pode receber 45 mil torcedores
    28 de abril de 2010 | Categorias: 1

    Reunião dos dirigentes do Grêmio, no início da noite de terça-feira, definiu o número de ingressos que serão vendidos para o Gre-Nal de domingo. O total ficará em 15 mil, distribuído entre sócios-torcedores, cadastrados no Exército e outras modalidades.

    O que sobrar fica para a torcida em geral.

    O clube espera que 25 mil dos 30 mil sócios que têm acesso livre irão ao clássico. Mais os 15 mil (incluídos aí os 3 mil reservados para o Inter), mais a margem de segurança (menores, espaço entre torcidas etc), o público do Olímpico deverá ficar em 45 mil pessoas.

    A venda começa na próxima sexta-feira.

  3. http://sempreimortal.wordpress.com/2010/01/23/cadastramento-das-criancas-como-seguranca/

    Válido a partir do jogo do dia 03 de fevereiro

    Antes do jogo contra o Caxias, foram distribuídos panfletos direcionados ao cadastramento de menores nos jogos realizados no Olímpico.

    Pensando na segurança dos seus torcedores, a partir do jogo do dia 03/02, contra o São Luiz, crianças menores de 12 anos só entrarão no Olímpico identificadas com o cartão de acesso, de acordo com determinação da Federação Gaúcha de Futebol e do Ministério Público.

    Para obter o cartão de acesso de menor, basta realizar o seu cadastro no Exército Gremista pelo site http://www.gremio.net ou na Central de Relacionamento do Estádio Olímpico e adquirir o Cartão do Torcedor Gremista Menor, pelo custo de R$ 5,00.

    A entrada para os jogos continuará sendo gratuita, mas o menor deverá validar seu cartão antes de cada jogo através do site do Grêmio, na Central de Relacionamento ou ainda as bilheterias do Olímpico.

    Este cadastro permitirá identificar exatamente quem está no Estádio em cada partida e quem é responável pelos menores, garantindo a segurança de todos.

    Além disso, os menores cadastrados também participam permanentemente de todas as promoções do Exército Gremista.

    MAS NÃO DEIXE PARA ÚLTIMA HORA: ANTECIPE-SE E FAÇA HOJE MESMO O CADASTRO DOS MENORES PELOS QUAIS VOCÊ É RESPONSÁVEL.

    O acesso do Torcedor Gremista Menor ou do Sócio Infantil a partir do jogo do dia 03/02 deve ser somente pelos portões 1 e 5 (social) e 16 (arquibancada).

  4. Esse quadro do Exército é para sempre, crescente? E os que deixam de pagar ou que pedem exclusão, são computados? Ou essa forma de organização é uma contabilidade de quantos são os gremistas, independente de associação? Para o Quadro Social entram pessoas sem CPF ou sem RG?

    Como para Paulo, para mim não ficou clara a concepção, e por isso a finalidade, do Exército.

  5. Minha impressão:
    O EG é, basicamente, um enorme cadastro de torcedores gremistas.
    Algo assim foi proposto pelo Ministério do Esporte, um pouco antes do EG ser lançado, algo como um cadastramento de todos frequentadores dos estádios, um tanto inviável.
    Mas o EG acaba servindo pra isso. No futuro próximo, praticamente só quem estiver cadastrado no EG entrará no Olimpico ou Arena, pois deverá ter o Cartão de Torcedor, onde o ingresso é creditado.
    Serve como banco de dados para divulgar ações do clube, promoções na loja, chamar para jogos, fazer pesquisas de mercado, lançar novos produtos… tudo que se possa imaginar para divulgar o clube.
    Um meio excelente e barato.

    Pra deixar claro também, o desconto para sócios na loja do Grêmio é de 10% a partir de abril, não mais 5%.
    Os cadastrados no EG também ganham desconto de 10% na compra de ingressos pela internet.
    Por ser um cadastro, não há razão para excluir os torcedores e os esses não deixam de pagar, pois só é cobrada uma taxa única de R$ 5,00. Seria interessante fazer uma confirmação de cadastro de tempos em tempos para excluir cadastros inativos.

    Vejo com muito bons olhos o EG. Nasceu com diversos problemas, devido à forte demanda inicial, mas parece estar cumprindo sua intenção.
    Faltam, na verdade, mais ações por parte do Grêmio para mostrar a utilidade do EG. A ferramenta existe, só falta utilizá-la…

  6. voces reclamam que o gremio nao tem marketing bom.
    aí quando o clube faz um cadastro destes para conhecer o torcedor (afinal, nao tem como fazer mkt sem conhecer o publico alvo a fundo), reclamam tb…

    quanta corneta, pqp

  7. O Sr. Raul tem toda razão. André não se trata de achar o mkt bom ou ruim, bom a gente sabe que ele não é, se trata de se saber exatamente o que se tem feito com isto. E até diria mais, deveriam ser 400 mil não fossem as dificuldades de se acessar o cadastro pelo site que tava uma droga e tanto. As indagações do Sr. Raul tem procedência só que ninguém as responde, estas e outras tantas.

  8. O Sr. Raul tem toda razão. André não se trata de achar o mkt bom ou ruim, bom a gente sabe que ele não é, se trata de se saber exatamente o que se tem feito com isto. E até diria mais, deveriam ser 400 mil não fossem as dificuldades de se acessar o cadastro pelo site que tava uma droga e tanto. As indagações do Sr. Raul tem procedência só que ninguém as responde, estas e outras tantas. Já que estas falando em corneta, quem sabe tu não explicas prá nós, tu deves saber bem isto então.

  9. Como sou um blogueiro colaborador do Exército Gremista, possuo bastante informações – inclusive após o almoço de hoje com o vice de Administração Marcos Herrmann na reunião do Movimento Grêmio Acima de Tudo. O Sponchi tá sempre engajado em Floripa e vem ao Olímpico sempre que pode. Então, também poderá trazer novas informações.

    O Exército Gremista serve principalmente para três coisas:

    1) Para cumprir com o requisito da CBF e do Ministério do Esporte de cadastrar seus torcedores, a fim de tentar reduzir a violência nos estádios. É uma bela iniciativa. Bem dizendo, apenas Grêmio e Flamengo levaram a recomendação a sério;

    2) Para aproximar o torcedor que não costuma vir ao estádio, esteja ele em POA ou em outro país, a partir de uma colaboração singela de apenas R$5,00 em parcela única, com direito a um reconhecimento do clube (uma carteirinha + um pin) e um desconto de 50% em uma única compra de um único produto a escolher na Gremiomania. É melhor do que nada: ontem, fechamos 200.000 cadastros. No mole, o clube faturou no máximo um milhão de reais e no mínimo 800 mil (40.000 cadastrados já são sócios e não teriam vantagem alguma com a carteirinha do Exército);

    3) A partir de agora, além de 40.000 sócios previamente conhecidos a partir do cadastro no Quadro Social, há pelo menos outros 160.000 que, por questões financeiras e geográficas, já estão mapeados e espera-se que cerca de 10% desses adira ao próximo plano de associação que será lançado em breve. Isso significa que cerca de 16.000 novos associados contribuirão com pelo menos R$33,00 por mês, gerando uma receita adicional de R$528.000,00/mês. Se parece pouco, isso dá R$6.336.000,00/ano e cobre o estouro no orçamento para o futebol.

    Com isso, chegaremos a 70.000 sócios. 70.000 com no máximo três meses de inadimplência. Não são 103.000 dos quais se contabiliza alguns animais de estimação e sabe-se lá quantos inadimplentes com 12 meses de calote. Hoje, com os nossos 53/54000 x 103000 deles, nosso faturamento é de menos de 4 milhões/ano a menos. Com 30% a menos de sócios, faturaremos quase 10% a mais.

    O Marcos Herrmann falou sobre outra importante iniciativa, que será bem barata e enormemente rentável para o clube em parceria com o Banrisul, além de proporcionar um retorno tangível e desejado para quem a ela aderir. Com isso, os 6,3 milhões de reais por 16000 sócios a mais vai virar TROCO.

    Tudo isso com um investimento irrisório em publicidade de massa, com a predominância da propaganda de boca a boca das mídias sociais (blogs, comunidades do Orkut, Twitter, MSN, etc.). Cerca de 30 blogueiros associados trabalhando de graça para o clube sem pedir nada em troca.

    O Grêmio precisa explorar bem mais essas ferramentas. Mas, por enquanto, embora ainda falte muita coisa, felizmente podemos dizer que, em terra de cego, somos reis porque, por enquanto, no futebol brasileiro, só o Grêmio parece ter um olho bom.

    E vocês sabem muito bem que as críticas que tenho em relação ao nosso marketing não são poucas e nem suaves…

    []’s,
    Hélio

  10. Já que o Rafael Targanski falou, vou desenvolver o assunto um pouco mais.

    Tanto em função da incerteza da mudança do Olímpico para a Arena como também por causa da desmotivação de se saber que há apenas 51000 lugares no Olímpico (e cerca de 58 mil na Arena nas decisões em que as cadeiras da Curva Sul forem retiradas para facilitar a avalanche da Geral), as pessoas estão se associando menos e considerando equivocadamente o Exército como se fosse uma modalidade de sócio, mas não é.

    O Exército paga ingresso integral e, caso seus integrantes se adiantem, poderão comprar o ingresso para Geral, Cadeiras Centrais e Cadeiras Laterais com 10% de desconto. A carteirinha e esse desconto são uma benesse por nos terem fornecido o seu cadastro e de bom grado por apenas cinco pilas.

    O Sócio Torcedor paga R$33,00 + 50% do valor do ingresso e tem os mesmos 10% de desconto em TODAS AS COMPRAS nas lojas Gremiomania dos sócios patrimoniais, contribuintes e remidos.

    O Sócio Patrimonial e o Sócio Contribuinte pagam R$66,00 e não compram ingresso para entrar na Social.

    Uma novidade que o Marcos Herrmann disse: muito em breve, todos os sócios (o Exército NÃO entra nessa) terão direito a descontos em produtos e serviços de 15 empresas top no mercado gaúcho. Algumas já são parceiras do clube, mas isso será melhor divulgado e, em alguns casos, a vantagem atual será ampliada. Ele citou o exemplo da Panvel e também o da FGV: sócios do Grêmio poderão cursar os MBAs dessa conceituada escola com 8% de desconto. Pode parecer pouco e o seu público pode ser bastante restrito. Porém, é, sim, uma vantagem significativa. E haverá parceiros mais populares, digamos assim.

    Enfim… São ideias simples e bastante batidas que, sabe-se lá por que, demoraram muito tempo para serem postas em prática.

    []’s,
    Hélio

  11. Bem, supõe-se que alguma luz se faz. Eu digo supõe-se porque há muita informação com o tempo verbal no futuro e perspectivas. Claro que entendo que isso é projeção de resultados e que faz parte de qualquer processo de planejamento administrativo. Parece que a tendência dá suporte a essa expectativa, o que é bom. Mesmo que esse movimento de associação e cancelamento ou de abandono não seja controlável, sujeito a inúmeras variáveis, entre elas a emoção do momento.

    Em todo o caso, agradeço as informações e os apoios.

  12. alguém normal já nasce com os pêlos pubianos? não eles crescem depois de algum tempo

    uma coisa de cada vez…

  13. Marcos,

    Conheço bem a verdadeira casa do Fluminense: o Estádio das Laranjeiras é o único estádio de clube grande do país em que o lateral adversário pode ser alvejado por umas dez cusparadas a cada cobrança de arremesso manual.

    Qual será o retrospecto do T.A. nas Laranjeiras?!

    Em 1981, contra a Internacional de Limeira, aos oito anos de idade, levei um copo de mijo na Social do Olímpico. Não gostei do cheiro e não tive como me limpar, mas não chorei, não briguei e não deixei de assistir ao jogo em função do ocorrido. O Pai tinh 51, dos quais quase 40 de estádio e já havia passado por coisa bem pior. O Vô chegou a assistir a um Grenal nos Eucaliptos mudo e calado apesar da goleada tricolor, pois entrara por engano no espaço da torcida deles.

    Convenhamos: depois somos nós os bananas de pijamas…

    Somente se a América do Sul inteira estiver tomada por times covardes eles terão alguma chance na Libertadores 2010.

    []’s,
    Hélio

  14. Depois das manifestações de todos, mas em especial do Amigo Hélio, creio que não resta maiores dúvidas quanto a importância do Exército Gremista.
    E aguardem as novidades para os próximos dias.

  15. Agora, depois dos 3 na cola que levaram dos índiozinhos argentinos(sem menosprezo ao índios), só falta o Píffeo dizer que o que vale é gauchão….
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
    AHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    AHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  16. ás bonecas tão chorando…
    Descobriram a américa…
    E o que Lá Rionda dá, Lá Rionda tira… Lembrem da expulsão do Josué no primeiro jogo da final de 2006…

  17. Marcos, sem falar naquele vergonha que foi o jogo Inter x Nacional do Uruguai no aterro, dois gols legítimos do Nacional anulados pelo juiz Carlos Torres do Paraguai.
    Alguém está escutando as rádios?? A imprensa já vestiu a camiseta!!

  18. O alentador é que tudo que é jogo os vermelhos levam gol. Ou seja, a partida já começa 4 a 1 pro Banfield. Eles estão a um passo da crise absoluta e de perder o ANO. Domingo temos que massacrar !!! Botar mais areia na cova., Tem que entrar em campo como se nós estívéssemos em desvantagem. Tomara que nosss dirigentes botem fogo no nosso vestiário para nào corrermos riscos. Viram como a defesa deles é totalmente vulnerável na bola aérea ? Se tivermos bons cruzamentos e nossos homens de cabeceio estiverem num bom dia, vamos patrolar de novo. Dá-lhe Grêmio !

  19. Com relação ao EXÉRCITO GREMISTA, penso que os colegas já deram todas as informações. Excelente iniciativa, mas como tudo na vida, aos poucos o projeto vai sendo “lapidado”. Em relação ao jogo de ontem do TA: estranho q qdo o zagueiro árabe, em 2006, interceptando um passe dos vermelhos e a bola indo parar com o PATO EM TOTAL IMPEDIMENTO (NEM BANHEIRA ERA, ERA LAGOA), os ESPECIALISTAS EM ARBITRAGEM interpretaram que o passe foi PROPOSITAL (vejam bem: o zagueiro árabe passo a bola para o PATO). Ontem foi “diferente”: o zagueiro vermelho não quis interceptar, nem passar a bola para o argentino. Essa foi a gloriosa análise do especialista em arbitragem da RBS. O mais estranho ainda é que esse MESMO ESPECIALISTA teve dúvidas qto ao posicionamento do argentino no PRIMEIRO GOL RIDICULAMENTE ANULADO DO BANFIELD. No mesmo jogo, deveriam expulsar o GLADIADOR GINAZU (deu uma voadora e recebeu amarelo) e o Alecssandro que deu uma cotovelada no argentino. Na “bombonera”, DOIS (o primeiro, com duplo impedimento e o último qdo o Patrício foi ATROPELADO)dos 3 gol foram IRREGULARES, o Sandro Goiano foi mal expulso e o Ibarra deveria ser expulso no início do jogo. Mas como é o Grêmio, tudo bem!! Ouvir os “gloriosos” Píffero e o “aluno do Dr. Koff” chorando, NÃO TEM PREÇO!!! E o WC declarou: O SCI PERDEU PARA A ARBITRAGEM! ETA IMPRENSA LIVRE E ISENTA!!

  20. Além de perderem por 3 a 1 para o Banfield, os jogadores do Inter tiveram de encarar um banho frio ao final do jogo. Faltou água quento no vestiário colorado no Estádio Florencio Sola. A situação fez D’Alessandro ir protestar no corredor vestido apenas com uma toalha.

    — No hay agua caliente acá? Donde está el agua? — questionou o argentino.

    Logo em seguida, veio um funcionário do Banfield, deu explicações, mas não teve jeito: ou banho frio no estádio ou só no hotel.

    ué, no último domingo, no estádio da Copa, não teve água quente também. Por que tão reclamando agora???

  21. ZH Banfield+ apito. Fica muito difícil para o SCI enfrentar a arbitragem, afinal quando o vento sopra sempre a nosso favor e depois vira…
    O meu amigo Ingor Kronbauer disse que o gol invalidado dos argentinos foi válido (Correio do Povo).
    E os dois pênaltis no Sandro Sotilli em 2004 contra o meu querido Glória de Vacaria, no Beira-Rio, não marcado pelo adivinhem…. Carlos Simon? Foi a maior judiaria contra um clube do interior em toda a história do futebol gaúcho. O meu Glória seria campeão naquele ano, pois iria enfrentar a Ulbra nas finais. Ontem no jogo do Glória em Gravataí contra o Cerâmica um torcedor de Vacaria me lembrou o fato.

  22. Vitor, assino embaixo!
    É ridicula essa imprensa, principalmente da RBS. Quando o Gremio é prejudicado pela arbitragem, ninguem fala nada ou dizem que os arbitros erram para os dois lados. MAs quando é o inter, aí é algo sui generis, sobrenatural…”realmente foi prejudicado”…” o resultado passou pela arbitragem”… To de saco cheio dessa puxação de saco! Basta o Fernando “DVD” Carvalho se manifestar que os ‘courinhos de piça’ da mídia endossam o discurso. O incrivel é que o F’DVD’C disse que nao costuma falar d arbitragem. Falar nao, mas sim editar! Unico caso mundial de um dirigente que fez um DVD tentando condicionar a arbitragem.
    Mas o Cacalo matou eles no Sala hoje. Deu nos dedos do colorado “ponderado” Guerrinha (“tu ta falando como torcedor ou como jornalista”). Que espetáculo!

  23. Ainda sobre os dados do Exército: tenho dúvidas sobre o que será aproveitado dessa base de dados, quase incalculável, de informações cadastrais e como isso poderá ser feito. Há quase que ter um supercomputador para analisar dados de 200.000 nomes e, principalmente, pessoal habilitado para tal, bem como objetivos extremamente claros e delimitados. Apreciaria muito fosse isso explicado pela Direção a quem está afeto o progama. Simplesmente fazer cálculos de receitas ou de vantagens é muito pouco.

  24. Raul, nao precisa de nenhum super computador. Poderiamos ter os 7milhoões de Gremistas (QUE SONHO) cadastrados, que este seu computador que estas usando faria “chover” em análises.

    Bom, acho que já foi bem esclarecedr o que o Helio postou, somente hoje (03/05) li este post, pois eu estava em POA no final de semana e me dediquei ao Gremio o máximo que pude.

    Para se ter uma idéia do potencial de um cadastro como este, foi lançada a nova campanha de sócios, e sem custo algum, selecionou-se pelo perfil do cadastro o torcedor potencial a se tornar sócio, ou seja, aquele que mora na área de abrangência das empresas parceiras que dão desconto e que possuem uma renda X.
    Isto é apenas um exemplo, poderia citar outros mil, mas espero que com isso se perceba o valor que existe no fato de vc conhecer o seu cliente.

    Um email-marketing é o meio mais barato (gratuito) de se relacionar com o cliente.

    É o único? Claro que não, mas “de graça”. SIM, É!

    E isso só o GRÊMIO sacou.

    Se tiveres mais duvida fique a vontade em perguntar, pois se vc que é uma pessoa esclarecida tem duvidas é importante descobrirmos o que é preciso “divulgar” para que as pessoas entendam.

    Não se se consegui, mas no meu Blog, resumi ou pouco o que é o EG desde seu inicio até seu “futuro”.

    http://querosersociodogremio.blogspot.com/2010/04/200000-o-maior-cadastro-do-futebol.html

    E tenho dito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.