Correio do Povo, 09/01/10: Coitadismo, Ainda

ANO 115 Nº 101 – PORTO ALEGRE, price SÁBADO, price 9 DE JANEIRO DE 2010

Hiltor Mombach

Com o título “coitadismo, clinic não” escrevi, domingo, uma coluna onde registrei, com dados exclusivos, a forma como o Grêmio vem equilibrando sua situação financeira que surgia caótica ao final da tsunami ISL. É um acontecimento a ser festejado que o clube tenha disponibilizado uma verba de R$ 3 milhões mensais para o futebol. Fiz um elogio público às últimas administrações e registrei, para espanto de muitos, que Duda Kroeff poderá encerrar sua gestão tendo debelado o incêndio que consumia cerca de R$ 20 milhões anuais só com o serviço da dívida.

Registrei que, na gestão Obino, a folha de pagamento chegou aos R$ 400 mil mensais. É este equívoco que estou reparando agora apresentando um gráfico com a evolução do custo de atletas e comissão técnica. Na verdade a folha bateu em exatos R$ 486.761,14 (salários e contratos de imagem) num custo total de R$ 666.897,76, incluindo encargos. O tempo de Obino foi um tempo de coitadismo. Com Duda, coitadismo, não.

Fonte: http://www.correiodopovo.com.br/Impresso/?Ano=115&Numero=101&Caderno=0&Noticia=82459

Participe da discussão

20 comentários

  1. Excelente apanhado da situação finaceira do clube, prá esclarecimento de todos gremistas. Infelizmente, na ZH, não se lê este tipo de materia, mas tão somente picuinha.
    de parabens o HM!

    cbimbi

  2. Efeito das mudanças climáticas??? É 2012 que se aproxima???
    O Cesar elogiando uma coluna do Mombach???
    Algo de muito estranho está acontecendo.

  3. Sobre a matéria = O pano de fundo do artigo me sugere um assunto muito interessante. Escrevi um texto sobre isto e estou enviando aos moderadores. Mas tem uma coisa que está caindo de maduro ! Vamos ver.

    Sobre o comentarista; talvez, Marcos, talvez, o meu preferido ainda é o Bettiol ……

  4. DESMAIO MUDOU DE NOME…..

    09/01/2010 | 18h08min

    Guiñazu e Marquinhos fazem trabalho separado do grupo
    Jogadores recuperam-se fisicamente neste sábado à tarde
    Eduardo Cecconi – clicEsportes
    eduardo.cecconi@rbsonline.com.br
    Dois jogadores importantes não participam da atividade sob comando de Jorge Fossati, nesta tarde de sábado, em Bento Gonçalves. Guiñazu e Marquinhos fazem trabalho separados do grupo principal do Inter, no campo da Associação Geremia, sede da pré-temporada colorada.
    Guiñazu desmaiou após o treino de sexta, devido à desidratação provocada pelo uso de uma capa plástica sob a roupa de treino, uma de suas manias. Mas a situação não preocupa:
    – Ele vai ficar com o Flávio Soares (auxiliar de preparação física) trabalhando em separado, mas está bem. É só precaução – informa o médico Luiz Crescente.
    Marquinhos, que no início dos treinos sofreu um leve entorse no tornozelo esquerdo, fará atividades físicas com os fisioterapeutas do clube, e pode ser integrado novamente aos trabalhos normais em breve.
    Outro jogador que segue sem treinar é Maycon, recuperando-se de lesão muscular. Com isso, o técnico Jorge Fossati conta com 26 jogadores – sendo quatro goleiros – para os treinos com bola neste sábado.

  5. Claro que saquei a ironia amigo Marcos … e eu brincando brincando falei sério ! A imagem saiu cortada aqui mesmo daí a confusão. Esclarece esta do depósito que, desculpa, mas to por fora.

  6. O Hiltor, não sendo o melhor, está, com toda a certeza, entre os 2 melhores.
    Mas voltando ao cerne da questão, os maiores méritos são do Pres. Duda ao ter ao seu lado alguém da qualidade do Irany Jr.

  7. tbém não entendí o lance do deposito.

    na minha opinião, hoje, o H é o melhor, único que dá prá ler, é bem informado e escreve bem, Bernardon, aliás sempre falei isso, embora contestado injustamente aqui mesmo ( incompreensão!! )

    cbimbi

  8. Hiltor mais uma vez mostra os números da recuperação financeira do nosso clube.
    Dois aspectos importantes: o primeiro que um gremista do nível do Bimbi,um homem decente, fosse um crítico sistemático do Hiltor. Nunca consegui entender. Pessoas de bem podem divergir, porém não sistematicamente.
    O segundo aspecto é que o Grêmio está saindo do atoleiro antes do esperado. Essa direção trata das finanças do clube assim como Júlio de Castilhos, Borges de Medeiros e Brizola trataram as finanças do Estado.

  9. exatamente, Artur; esse cronista é o unico da imprensa q é bem informado sobre as coisas do Gremio. o da ZH, em especial setoristas, lembram aqeles papa defuntos q rondam os corredores de hospitais esperando que algo vá errado.

    cbimbi

  10. Papa defuntos, nesta to fechadissimo contigo C Binbi. Não poderia encontrar termo melhor, O caso das ovelhinhas é digno deste apelido. Mas o pior é que alguns sustentaram que aquilo foi Jornalismo …até o Professor Ruy registrar; Patifaria. Agora tu encontrou uma terminologia mais adequada e humorada !

    ÔOOO Marco, conta so o caso, não sacaneia

  11. mas os 36 milhoes anuais do gremio naõ significam só salario, 12 milhões é destinado para “outros custos”, e não para folha salarial

Deixe um comentário

Deixe uma resposta para cesar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.