Participe da discussão

34 comentários

  1. Ninguém pode reclamar do Duda e do Meira. Nem o pessoal do Grêmio Novo que criticava até treino pode reclamar, o De Canela nunca mais foi escrito.
    Mas a gente pode reclamar do Silas. Ele é técnico pro Avaí, nunca pro Grêmio.
    O cara não tem esquema, não tem time definido e troca errado.
    Duda se deixar pra mandar ele embora mais adiante, a gente vai perder a CB 2010 e só vai sobrar o Roth.

  2. Concordo nas críticas ao silas, mas por que ninguém pode criticar o meira? cadê o lateral direito? podemos sim criticar, até porque o vice de futebol deve, na minha opinião, atuar junto com o treinador. e se acho isso e critico o treinador, logo tb acho que o vice pode sim ser criticado…

    o problema atual do Grêmio é a defesa. nunca esqueci duma frase do autuori quando chegou: “a defesa é boa, não precisa treinar isso. já o ataque precisa melhorar e vamos trabalhar nisso”. não lembro se foram estas as palavras exatas, mas o sentido foi esse. pois bem, de lá pra cá o ataque do Grêmio melhorou e muito, já a defesa vem definhando há um ano, nem com a troca de treinador a coisa melhorou, e nada do incriticável fazer alguma coisa…

    como diria o pastor, devemos ter e-qui-lí-brio…

  3. Falta um n. 5 e um zagueiro e um dels tem que ser xerife !
    Não sei se o Silas tá mal ou se não é o caso de ação do homem do futebol em cima dele. Ele chegou num time grande e está inseguro, indeciso, por isto. Quando ele pediu a ´cumplicidade` da imprensa ele se expressou mal, ele queria dizer ´parceria`… alguém tem que chegar nele e explicar: olha,aqui no Grêmio agimos assim … O HOmem do futebol é que tem que chamar ele num canto e orientá-lo, dar-lhe SEGURANÇA apoio, dizer como as coisas funcionam no G e no RS. Ele tem potencial e já provou isto. O Felipão quando chegou aqui era assim, inseguro, indeciso, admirado pelo tamanho do clube, ele mesmo cansou de reconhecer isto ( episódio que ele contava e é inesquecível foi do dia que ele chegou no estádio com uma velha camionete ford, acho que era uma belina, e passou por ele o Lima que … segue a fala dele = …” me passou aquele monstro cheio de porta prá tudo quanto era lado, imensa, dois metros de altura, e eu pensei, nossa, meu deus, e agora que que eu vou dizer prá esse negão lá dentro ? ), o MANO também chegou assim. Estes dois foram orientados pelo homens do futebol e deu no que deu ! Então me parece ainda muito cedo para fritar o cara, acho que neste episódio a ´bola` está com os caras do futebol, ou eles chegam juntos ou vai dar porcaria. Podem até chegar e se darem conta: não, não dá para orientar este, este não ´pega` … Isto aconteceu ( aqui eu estou deduzindo poorque não participei ) com o Simionato.
    Mas tem que chegar junto e acho que isto não está acontecendo. Volto a dizer, penso que o Silas tem potencial ….

  4. pois é, segue o drama. Tomar gol na Copa do Brasil pode ser fatal daqui pra frente.
    A avaliação do trabalho do Silas não pode ser tão radical enquanto ele não tiver em mãos as opções necessárias para que se diga que o Grêmio tem um grupo completo.
    Hoje é 11/02 e não temos ainda lateral direito, volante e 1 zagueiro titular. Só a direção não percebeu!
    Isso pq eu considero que o Mario deve ser zagueiro, uma vez que é o melhor que temos e a definição da zaga é prioritária em relação a lateral.
    Antes improvisar o Saimon na lateral que o Mario.
    Rafael Marques não pode ser titular, ontem contei 6 bolas que foram lançadas nas suas costas. É lento e está sempre mal posicionado.
    Falam que o Rodrigo (mais um ex São Paulo) está vindo. Ok, bom pra grupo, mas não resolve o problema por definitivo. Ao menos é mais experiente…
    Maylson ta muito bem. Borges é o cara (já nem lembro quem era Maxi Lopez) e foi a melhor contratação do Meira, méritos a ele. Jonas vem caindo de produção e Mithyue surge como opção para o ataque. O guri entrou muito bem ontem e me fez lembrar o Carlos Eduardo.
    E pra fechar, que o Grêmio considere rapidamente dar um aumento forte de salário pro Victor e renovar o contrato por mais alguns anos, nem que seja comprando os direitos totais dele.
    Não fosse o Victor estaríamos por um milagre na 1ª fase da Copa do Brasil!

  5. Quanto ao Silas concordo com o Josias. Com relação ao Victor eu gostaria ao menos de ouvir alguém daqui perguntar ao Sr. Duda e ao Sr. Meira o que está sendo feito com relação ao melhor goleiro que eu já vi passar pela Azenha nos últimos anos…
    Vou ser chato e repetitivo, mas é preciso!!
    RENOVEM COM O VICTOR POR 5 ANOS E LHE DÊEM O MAIOR SALÁRIO DO CLUBE!!
    Ouvi que o maior salário do clube pertence ao Borges!! Justo, faz gol em todos os jogos!! Então devem ser os maiores salários: Victor, a muralha e Borges, o matador!!
    Abraçoss

  6. André,

    Infelizmente, não podemos ser ingênuos: digamos que o Grêmio tivesse (ou consiga até a Copa do Mundo) verba suficiente para pagar R$400.000,00/mês para Victor, que é o que ele deverá receber em qualquer clube médio dos principais países da Europa…

    …Quem desperdiçaria a chance de jogar em gramados perfeitos, com estádios cheios, segurança, aprender um novo idioma, uma nova cultura e ter a certeza de que irá pôr filhos no mundo em condições muito melhores do que as que seus pais lhes legaram?

    Além disso, o agente (p/mim, chamar agente, representante ou procurador de ‘empresário’ é um absurdo) quer a sua parte, pois ele negocia um salário X para o jogador para receber – digamos – 10%. A cada transferência, o atleta fatura mais 15% sobre o valor total do novo contrato firmado com o próximo clube (normalmente) à vista.

    Só mesmo se estivermos diante de um novo Rogério Ceni: como goleiro, Victor parece que será melhor. Mas como torcedor do clube e como apaixonado pela cidade onde vive, será?

    Adoraria poder crer que sim. Mas não crio falsas expectativas para não me decepcionar depois.

    Enquanto o Brasil não melhorar como país, todos irão querer ir embora.

    []’s,
    Hélio

  7. Helio. Goleiro não vale tanto. Nem na hora da venda. Duvido que ele venha a ganhar isto na Europa. Afora isto qual goleiro brasileiro se deu bem no exterior fora o Julio Cesar que prá mim é o maior goleiro que já vi jogar ? Tafarel ? Ganhou um unico titulo na Galatasaray em fim de carreira. Dida ? Morreu ! Renan ? Louco pra voltar foi o melhor negócio da vida dos vermelhos, venderam uma naba por uma fortuna, até duvido que tenham vendido pelo que dizem ter vendido. Pode ser que eu tenha me esquecido de um ou de outro, mas os europeus não costumam pagar muito por goleiros e eles até preferem os seus. Então o Vitor pode ficar sim. Afora isto, quanto custa perder um campeonato e quanto custa perder um por falta de um goleiro ? O Danrlei foi dispensado do Grêmio e depois dele só o Vitor deu certo, ou alguém tem dúvuida disto ? Mandaram o Danrlei embora e trouxeram um frangueiro que tinha um macaco desenhado na camisa, ali o Grêmio deu o primeiro passo para ir para a segunda divisão. Ai depois dele foi uma bagulheira atrás da outra, nunca vi tanta porcaria junta, A Garça Voadora, Eduardo engulo todas, o argentino aquele que tinha o nome da filha da XUXA, ou parecido, Saja, isto não ? Ficou o Galato um goleiro mediocre que fez história pelos aflitos num lance de pura sorte, o Grohe que até hoje ta ai mas que é fraco, o Cassio que nunca correspondeu, o Andrei que foi mau caráter, lá no começo não teve o Martini ? Junta esta bagulheira toda e ve se o Vitor não é barato ! Quem mandou o Danrlei embora tinha que pagar essa conta. E foi o Adilson, não sei como o Danrlei o convidou para sua festa de despedida.

  8. Mais um jogo que fico apavorado com a ruindade da defesa (de toda a defesa. Nem Mário salvou-se). Os laterais são simplesmente horríveis. Rafael Marques não joga no Zequinha. Ferdinando: lembrei-me do Diogo. Um técnico q indica Ferdinando não entende de futebol ou é um iniciante. O Grêmio é muito grande para um aprendiz. O Grêmio tem de trazer mais um ZAGUEIRO (xerifão, 1,90 m) e um GRANDE VOLANTE (um cinco, estilo DINHO). Com esses dois jogadores, poderemos avaliar melhor o Silas. Mas o início recomenda DEMISSÃO. Gostaria tb de um centroavante de área. Talvez Wiliam seja o cara. Não sei. Quanto ao vestiário, começo a me render aos críticos. ACHO Q MEIRA ESTÁ DEVENDO DEMAIS. Gostaria de pelo menos um nome que possa assumir o vestiário. Quem?

  9. Helio,
    Se o Victor fosse vendido para Real Madrid, Barcelona, Manchester, Liverpool, Chelsea, Milan ou Inter Milão eu até me conformava. O problema é que normalmente eles são vendidos pra um Shaktar, Villareal, Wolfsburg, Hoffenhein… times de segunda linha lá, que, apesar do dinheiro atrativo, não são competitivos.
    O Victor pode ganhar no Brasil dinheiro suficiente para umas 4 gerações da sua família e ter uma carreira bem mais interessante.
    Um jogador do nível dele vale o esforço do Grêmio de uma década sem um goleiro de verdade!!!
    Desde o Danrlei em 2002, quando parou de ser aquele Danrlei, não temos orgulho de um goleiro.

    Se o Grêmio tinha a pretensão de comprar os % do Réver em definitivo, por que não pretender o Victor, que é nosso melhor jogador?
    Muito mais que um grande goleiro ele é o ídolo que a torcida do Grêmio sentia falta…

  10. Quando o esquema não ajuda, o bom jogador vira medíocre e o medíocre não consegue jogar. Exceção: Vitor e Borges, porque tem luz própria. Nota-se uma grande confusão na esquematização tática do Gremio, originada pela incapacidade de alguns jogadores de assimilar e cumprir as determinações do treinador. Não o fazem, não porque não querem, mas sim, porque são desprovidos das indispensáveis ferramentas (fundamentos)para realizá-las. Ora, o Gremio ou qualquer outro clube de seu porte, jamais terã um jogador de alta performance em cada posição. Isso nos leva à conclusão de que para dar equilíbrio a este grupo que tem um número razoável de bons jogadores e dois craques, está faltando o ingrediente capaz de lhe dar consistência: a mão do treinador. Lógico que ele não vai fazer com que os medíocres virem bons de uma hora para a outra, mas ele pode, sim, formar um bom conjunto com as peças de que dispõe. Pode até ir longe (como foi o Mano com um plantel ainda menos qualificado). Mas se não for, pelo menos não passará pelo vexame de ver seu goleiro ser considerado o melhor jogador em campo, pelas óbvias razões que todos nós sabemos. Para o Gauchão e a Copa Brasil, asseguro que temos condição de disputar o título. Não é necessário trazer medalhões de fora. Basta não inventar.

  11. 8º Jogo no ano e é o 7º que saímos perdendo.
    Quando ganhamos de 3 x 1 e o melhor em campo é o nosso goleiro, alguma coisa não está boa, e não está mesmo.

    FORA MEIRA… homem sem postura…

    SILAS… é o treinador com experiência, assim como falo o Sr. Presidente DUDA… “cheio de boas intenções, mas um péssimo presidente”

    obs 1 .: Luis Felipe, é técnico ruim e grupo ruim (tulio, joílson, fabio santos, ferdinando, maurício) se isso está no grupo do gremio, pode apostar o grupo é ruim…

    obs 2 .: tenho pena do Victor e Mário Fernandes, estão anos luz na frente dos outros…

    obs 3 .: DUDA ainda está encantado com o cargo de presidente e não toma atitude alguma.

    obs 4 .: Meira, ao poucos está mostrando como afundar um clube, pois quando tomamos pressão do Araguaia no 1º tempo de um jogo, fico até com vergonha do meu filho de 6 meses que rezo todos os dias para ver o Grêmio Grande, mas o Meira “Mother Fucker” está querendo me prejudicar…

    To preocupadíssimo….

    Saudade do Tcheco, vaiado, capenga, perneta, velho e tudo mais um pouco, mas faz falta neste pobre meio campo.

    Borges é o cara…

  12. sidnei concordo com quase tudo que vc disse rsrsr, mas acho que devemos ter mais umas partidas de paciencia com o meira, se depois da final do primeiro turno o time nao mostrar entrosamento, deve sair tanto o meira quanto o silas, quero muito que o gremio ganhe dos coloridos mas se nao ganhar pelo menos que mostre que e um time, se for o amontoado do primeiro grenal, acho que dai deu pro silas e pro meira, que algun gremista, que entenda de futebol crie coragem e assuma o nosso clube no futebol.
    e do presidente cobro que “bote pressao no meira” precisamos de como o sr josias disse e concordo, um volante de boa quallidade e saida de bola, um zagueiro e um reserva para zaga, e um lateral para que possamos ver o mario na zaga, e posso levar pedrada dos amigos do blog mas eu acho que um dos responsaveis pela fraca defesa do gremio ja saiu, adilson e o outro e rafael marques, zagueiro muito deficiente na bola rasteira e que faz pencas de gols contra na bola aerea vide santo andre, ano passado e no gauchao de 2009 afavor de um time que nao me recordo.

  13. Vou dizer o que falta para o GRÊMIO. Falta sangue! Falta quem mande em campo e fora dele. Estamos esmorecendo, enfraquencendo aos poucos. É uma vergonha o que vem acontecendo com o IMORTAL! Não sei quando foi que permetimos isso. Mas jogo contra Araguaia? Isso era jogo para 6 ou 7 a 0, por favor!
    Alguma coisa anda morrendo pelas cercanias da Azenha. Essa administração tanto anda fazendo desde que assumiu que atingiu a coisa mais forte que se conquistou nos últimos tempos de GRÊMIO, a GERAL! Estão matando o GRÊMIO com esse papo de grandes gremistas! Aos diabos! Está na hora de nos darmos conta que as coisas andam MUITO ERRADAS! Vivem de explicações!
    Chega! Vocês não sentem falta da emoção da GERAL de 2005, 2006 e 2007?? Vamos retomar o GRÊMIO!!!

  14. Outra perguntinha: não era para fim de janeiro que ficariam prontos os novos fardamentos?
    Esse tipo de coisa eu nunca vou entender…
    Abraçoss

  15. Andre…

    O Fardamento é outra piada, ele deve ser lançado em dezembro e antes do natal para vender e fazer dinheiro, para começar a temporada com o uniforme novo.
    Seremos os últimos novamente, o co-irmão ja lançou e nós???… sempre a mesma morosidade e apatia em fazer as coisas… É triste mesmo…

    Tu ja viu montadora de carro lançar o modelo 2010 em 2010… não né, ele sempre é lançado antes do ano começar…

    Essa direção do Grêmio me deixa cada vez mais triste e cada vez mais sem vontade. Tudo um bando de amadores e deslumbrados com o cargo… é triste… é sacanagem André…

    Ouvi falarem que lançariam o uniforme em ABRIL, agora se é verdade meu amigo, só deus sabe…

    A falta de planejamento e organização vai nos matando aos poucos…

  16. Gabriel e Rafael: quanto ao Victor, concordo com quase tudo o que vocês ponderaram. No entanto, os 15% de cada troca de clube e os salários que os goleiros recebem no Velho Mundo são muito altos. Não é o valor da negociação em si que é vantajoso para o clube. Mas o caso é que 50% do Victor não pertencem ao Grêmio, que não possui poder de decisão suficiente. Adoraria que ele ficasse aqui como o Rogério Ceni no SPFC. Tudo depende muito mais da vontade dele.

    Sidnei: à exceção do teu tom agressivo, tendo a concordar contigo na maioria dos fatos que tu expuseste. Já falamos aqui sobre o “fora Meira” em diversas ocasiões. Ninguém se oferece para pegar o lugar. Por isso, ele vai ficando porque é confiável e possui disponibilidade de tempo. Infelizmente, não adianta apenas xingar e pressionar pela sua saída, pois quem mais xinga normalmente não têm salame pra pôr na mesa. Se tiver, que proponha.

    Não é o caso do Meira (um abnegado que não é presidente nem dono), mas lembrei de uma história interessante também sobre reivindicação de poder em função de sérios questionamentos acerca da competência do atual ocupante do cargo…

    …Há um tempinho atrás, um dirigente do interior conhecido meu revelou-me que os clubes não possuem autonomia para negociar todos os tipos de contratos de patrocínio e que estão atrelados às negociações pessoais (inclusive com vantagens para este último) do mandatário da entidade que organiza os campeonatos oficiais dos quais esse clube pode participar.

    Quando questionado, o mandatário então lhe respondeu o seguinte: “Se alguém fizer mais e melhor do que eu, é só se apresentar. Simples assim.”

    []’s,
    Hélio

  17. É muito cedo pra queimar o Silas concordo com o Josias quetocou no ponto chave: falta direção forte.

    Sem ela estivemos, estamos e estaremos perdidos; sem suporte fica tudo na mão do técnico. O Roth tomou conta do vestiário e da política de futebol, Autuori recebeu tudo de mão beijada incluindo a administração da base e o Silas pelo currículo muito mais modesto ainda não tomou posição.
    Exemplo disso é a utilização do Mário, fio jogar de lateral pela ausência de nomes e por escolha do Autuori e isso virou tabu. Pelo amor de Deus ele É O MELHOR LÍBERO que existe. É um desperdício deixá-lo do lado do campo. Ele tem de jogar solto marcando e saindo com a bola sabe ler o jogo, sabe desarmar, sabe carregar a bola e não comete faltas. Pode ser até mesmo o 5 que falta. Com 2 laterais apoiando e volantes insuficientes não há defesa que passe em branco, impossível.

    Voltando ao Meira, quem tem Souza não pode contratar o Hugo e o Leandro ao mesmo tempo são iguais anda mais tendo o Mithuye no grupo enquanto isso nada de lateral direito, outro absurdo negociaram ao mesmo tempo Leo, Thiego e Rever, com o Mário fixado de lateral falta zagueiro pra grupo e esse ano não subiu nenhum da base.

    Sobre o jogo e o time, fomos os únicos a eliminar o segundo jogo, mas em nenhum momento tivemos controle da partida sendo salvos pelo Vitor.
    Temos uma excelente base: Vitor, Mario, Douglas , Maylson e Borges.

  18. Hélio…

    Neste pensamento vamos dar 1 passo para frente e 3 para trás….
    O Presidente que ache alguém melhor que o Meira, é tarefa dele, ou ele acha que o Koff ganhou a eleição para ele e ele ficaria 2 anos deslumbrado com o cargo. Ele que pare com o discurso de brochar ator de filme porno e comece a trabalhar, a mostrar a cara, pois pode chegar ao final do ano e ele nem sabe ao que veio.

    Alguém que se apresente, essa é boa. Tu sabe que não é bem assim. Tu acha que o SILAS se apresentou simplesmente. O Presidente disse com todas suas palavras, é um treinador de experiência e fomos atrás dele. “não vejo diferença de nenhuma” o Sr. Rospide tem muito mais experiência do que ele, pode apostar nisso… “O Time do Grêmio ta perdidinho em campo, isso com 8 partidas amigo”.

    Então se o Presidente foi atrás de um treinador com experiência, ele que vá atrás de um Dr. de Futebol com Experiência amigo. É para isso que ele foi eleito, não para ficar com a bunda sentada num banco e achar que os melhores baterão na porta do olímpico atrás de emprego.

    Os melhores estão bem empregados, não no Avaí, mas sim em grandes clubes.

    É por isso que falo que falta pulso, ou melhor, falta ao presidente do Grêmio ser realmente o Presidente do Grêmio, falta atitude de presidente… mas acho que ele ainda está na fase da fila da eleição em que quem apertava a mão de todo mundo era o KOFF.

    Tenho esse tom, pois estou de saco cheio dessa direção, estamos indo aos poucos, perdendo a identidade, o futebol… perdendo a gana…

    Que Deus nos ilumine e as teorias do Bernardon sejam verdades (AGORA VAI) e que o PAI de Santo que disse que ganharemos 2 titulos esse ano seja “o cara”.

    Pois de outra maneira Hélio, ficaremos sentado esperando que os melhores batam a nossa porta.

  19. Sinei para Presidente. Sidnei para o futebol. Sidnei para o Marketing. Sidnei para técnico. Sidnei para os cargos do Conselho de Administração. Sidnei o cara certo para qualquer uma. Sidnei esse é o nome.

  20. Sidnei,

    Concordo que Duda não possui um discurso forte. Porém, “falar grosso” ou fazer promessas é prova de resultado e de trabalho? Não, assim como “falar fino” também não é. Se voltarmos àquela história de “perfil do Grêmio”, só concordo em relação ao time dentro de campo – desde que à “pegada” se alie técnica, pois não existe time vitorioso só na base da “pegada” ou só na base da técnica.

    Qualquer dirigente de qualquer época agiu, age e agirá de maneira diferente, tendo ou não inspiração em algum exemplo do passado. Então, não é o jeito de falar que me preocupa. Isso vale pra qualquer um desde que me entendo por gremista: Dourado, Koff, Galia, Irany, Odone, Bandeira, Cacalo, Guerreiro ou Duda. O que importa são as articulações internas e externas que o presidente é capaz de realizar, a fim de trazer resultado em todos os setores, sobretudo no objetivo-fim que é o futebol profissional masculino adulto. Isso não é o tom de voz, a porrada na mesa nem a maior ou menor vontade de dar entrevistas que irão determinar.

    Pela ordem, apenas com base nos resultados de campo, as PIORES gestões, segundo a IMPRESSÃO que EU tenho (presta atenção às palavras que eu salientei, pois se aplicam a qualquer um de nós, exceto a quem vivenciou toda essa história sem ser amigo nem inimigo de ninguém):

    1) Guerreiro: pra ser MUITO gentil, um Midas às avessas;

    2) Bandeira: até onde se sabe, no 1º semestre de 1991, havia time (jogara o melhor futebol do país no semestre anterior) e, mesmo assim, foi rebaixado e, ao longo daquele malfadado Brasileirão, as contratações foram terríveis (Mendonça, na hora do pesadelo). Pelo menos ele teve a respeitável virtude da hombridade de ter permanecido e trazido de volta o Grêmio à Série A (apesar de Ricardo Teixeira ter sido nosso amigo ao permitir que subíssemos no canetaço);

    3) Galia: tinha time, tinha dinheiro e herdou a maior conquista da história do Grêmio;

    4) Obino: apesar de não ter dinheiro, trocou de dirigentes de futebol várias vezes, ninguém teve pulso (poltrona 36) e faltou inteligência + informação nas contratações;

    5) Cacalo: contratou em 1997 o 2º pior técnico da história do Grêmio (Hélio dos Anjos) e o 3º pior em 1998 (Sebastião Lazaroni), perdeu a mão na hora de contratar certo após o inevitável desmanche pós-Copa do Brasil 1997.

    Temos aí brilhantes ex-vice-presidentes de futebol. Temos na lista acima ilustres gremistas que, mesmo nos dias de hoje (à exceção dos falecidos e de Guerreiro), gremistas sábios que devem ser ouvidos sempre que se precisar de um conselho – mesmo que seja pra saber o que e como NÃO se deve fazer.

    Todos são bem diferentes: alguns, de chutar porta de vestiário, gritar, dar porrada na mesa e injetar ânimo nos boleiros; outros, com um perfil mais light.

    De uma maneira ou de outra, quase todos obtiveram alguns êxitos (mesmo que pequenos) em meio aos fracassos.

    Se tu me disseres que Duda não faz corretamente essas articulações, não poderei te afirmar. Primeiro, porque não acredito na mídia corporativa. Segundo, porque não estou lá dentro pra saber.

    Agora… Se ninguém quer pegar e só isso justifica o fato de Meira e de Guerra estarem no futebol (grande no Jurídico, porém inexplicavelmente assessor de Meira no futebol), tu achas que o presidente não iria, nem que fosse no desespero (o que está longe de ser o caso), procurar a oposição ou a oposição já não teria o procurado?!

    E olha só como são as coisas: Cacalo e Guerreiro ganharam uma Copa do Brasil cada e os coloquei entre os piores. Duda, caso vença a Copa do Brasil e/ou o Brasileirão, já terá sido melhor presidente do que ambos!

    Meira, por sua vez, caso o clube vença algum desses campeonatos, de besta será imediatamente alçado à galeria dos bestiais montadores de plantel e levantadores de taça da história do clube.

    Mudando de saco pra mala: Rafael Bandeira dos Santos deixou duas expressões fantásticas:

    “O futebol é dinâmico.” e “Tradicional Adversário”. Afinal de contas, rivalidade não implica em ódio nem em inimizade. Acho que é uma maneira sensacional de denominá-los sem citar o seu nome sem ser ofensivo nem provocador.

    []’s,
    Hélio

  21. O plantel do Grêmio é um dos melhores nos últimos anos, porém falta comando e força para os homens que tocam o futebol. Não consigo entender esta de o Cacalo e o Koff, depois de apoiar o Duda, não poderem expressar seus pensamentos a cerca do futebol tricolor.
    Isto ou é palhaçada ou arrogância do Duda, o Duda e o Meira, me representa que somente eles entendem de futebol e não aceitam idéias ou críticas.
    Tomara que eles nos quebrem o bico, mas eu duvido!!!!

  22. Marcos Almeida!
    Estou inclinado a concordar contigo quanto ao posicionamento do Mário Fernandes. Ele é realmente o jogador que tem o perfil para ser o nº 5 que precisamos – pelas qualidades que possui e que foram por ti elencadas com muita propriedade. Fico pensando numa parceria dele com o William Magrão (em forma) e o Hugo (Leandro/Mithyuê) ali na intermediária, combatendo e distribuindo o jogo e chegando junto com os avantes.
    Ele sabe chegar de trás como nenhum outro, é alto e combativo e tem muita categoria. Aí meu caro, com essa proteção qualificada, só falta a direção trazer um lateral direito e um “xerifão” para a defesa. Não precisa ir na Europa, não! Os últimos zagueiros que deram certo no Gremio vieram de clubes do interior do Brasil. Será que a fonte secou ou está faltando o “olho clínico” para a direção de futebol. Os campeonatos regionais, são amplas vitrines para se fazer avaliações de novos zagueiros. Quem sabe o pessoal do Gremio se oriente por aí.

  23. Sidnei, não sou um conhecedor dos bastidores políticos do nosso Grêmio, no entanto, todos temos o poder de percepção. Qdo bates insistentemente no DUDA,estás sendo injusto e ou demonstras desconhecimento do que está sendo feito em termos de estrutura administrativa e financeira. Afirmo a ti e aos demais colegas de blog: o Grêmio está sendo reconstruído; hj tem plena e quase q total confiança em todos os segmentos do futebol (parceiros comerciais, dirigentes de clubes, jogadores,…). Com relação ao futebol (principal área), tuas críticas (discordo do tom) são aceitáveis, todavia lhe informo que não é fácil NOMEAR UM NOVO CHEFE DE VESTIÁRIO. Há uma única condição para mudar o comando:algum grande gremista e que conheça futebol tem de estar disposto a aceitar o convite (tempo, dedicação, trabalho profissional …..). Com relação ao Silas, tb penso q está errando demais (pôr o Saimon de zagueiro sem um jogo anterior é um erro gritante). Entendo que o Silas tem de ser observado até q contratemos um NR. 5 e um GRANDE ZAGUEIRO. Tb estou indignado com as atuações do time, todavia tenho esperanças de que formaremos um grande e vitorioso grupo. A COPA DO BRASIL TEM DE SER NOSSA, PELO BEM DA INSTITUIÇÃO E DA MAIOR TORCIDA DO SUL!!

  24. Sidnei,

    Complemento lembrando que, independentemente daquilo que, POR ENQUANTO, concordamos acerca da postura e das escolhas de Silas e das lacunas que ainda não foram preenchidas no plantel, é preciso observar mais o que se passa fora do Grêmio. A nossa grama não é mais queimada do que a do vizinho. Vejamos:

    1) Assisti aos jogos de Palmeiras e Vasco pela Copa do Brasil.

    Me parece que o Palmeiras tem mais time do que o Grêmio e um técnico consagrado como dizes – e que já está no Parque Antarctica há mais de seis meses.

    Ouvi Muricy afirmar que não tem banco e todos os críticos são unânimes em afirmar que, sem Diego Souza e/ou Clayton (ou Cleiton?) Xavier.

    Muricy e alguns jogadores reclamram do calor (?!) de 25ºC (!) no MA. Ficaram satisfeitos com a vantagem para o jogo de volta, CONTRA UM ADVERSÁRIO PIOR DO QUE O ARAGUAIA.

    O Vasco é um time que, apesar de ter subido da Série B, possui um dos melhores diretores de futebol do país (Rodrigo Caetano) e foi o único que consegiu revelar e contratar não um, mas três jovens de altíssima qualidade do meio para a frente (Felipe Coutinho, Léo Gago, Rafael Carioca – que ainda não chegou), também jogou contra um time pior do que o Araguaia, obteve uma vantagem mínima e saiu satisfeito.

    2) Goste-se ou não do trabalho e do discurso de Meira, é preciso admitir que muitos ex-diretores de futebol conseguiram muito menos do que ele, com ou sem títulos. Alguma habilidade ele possui para negociar. E, entenda ou não de jogadores, pelo menos possui contatos que entendem. Vejamos:

    – Contratou Souza em definitivo. Em São Paulo, muitos elogiam Souza, consideram-no fundamental para o Grêmio e lamentam bastante a sua lesão. Por que diabos só aqui se comemora?! Ele seria, no mínimo, o melhor lateral-direito hoje disponível para nós, além de um líder positivo e de, na pior das hipóteses, um bom reserva para o meio. Qual outro clube possui alguém como ele? T.A.? Flamengo? Palmeiras? QUEM MAIS?!

    – Contatou DOUGLAS em definitivo: pra mim, foi ele o principal responsável por tudo o que Mano Menezes conquistou no Corinthians. Como é que eu sei disso? Porque não sou refém do provincianismo que trata o futebol gaúcho como o centro do universo. Eu quase não acompanho a mídia daqui (salvo aquela mesa redonda da TV COM após a rodada de domingo, o Hiltor no CP e, muito eventualmente, o Maurício Saraiva e o Jader Rocha, pra mim os únicos caras de qualidade no RS) pra poder abrir a minha cabeça;

    – Leandro e Borges: 80% dos times da Série A dariam um braço pra terem jogadores como esses em seus grupos. Mercado no exterior não lhes falta. O Grêmio não disputa a Libertadores. Por que estão aqui? Porque o Grêmio paga em dia e porque tem PRESTÍGIO.

    – Os clubes do Rio de Janeiro vivem trocando de jogadores entre si. Por que diabos só os que o Grêmio contrata é que são refugos?!

    – Por que só o Cacalo poderia acertar com Paulo Nunes e Jardel e nenhum outro dirigente posterior poderia também arriscar algum nome tido como medíocre e fazê-lo dar certo no Grêmio?

    Olha… Tá cheio de gente sem cargo no Grêmio que não sabe o que fala, come galinha e arrota faisão e torce pelo pior.

    Não é preciso babar o ovo da direção nem deixar de achar que com outro, seria melhor.

    Porém, ao se omitirem, indicam que também poderia ser pior.

    []’s,
    Hélio

  25. Helio,
    Permita-me discordar de algumas coisas que disseste:
    – Maurício Saraiva de qualidade? Bueno, gosto é gosto…

    – Tu dizeres que aqui somos provincianos é pq nunca morou ou conviveu com paulistas! Morei lá 1 ano e pouco e sem bem o que é ser provinciano! Esses sim se acham o centro do universo!! Lá é só o curinthia, meu!! Quando voltei para o meu amado Rio Grande parece que estava saindo do presídio…
    Abraçoss

  26. Hélio:

    sobre a história da primeira subida do Grêmio de volta à primeirona, até onde sei não foi no canetaço:
    antes da competição começar foi decidido que subiriam 12 times.

    apesar do que a imprensa “isenta” diz, nada foi mudado no meio do campeonato. portanto, não houve canetaço, e sim mudança antes da competição (claro que para beneficiar o Grêmio…).

    PS. o rafael carioca estreou já, jogou o último jogo do vasco (ele aparece na comemoração de um dos gols).

  27. ANDRÉ: o Saraiva analisa o futebol taticamente e não incentiva polêmicas. É um cara mais culto e mais educado do que a média. Acho isso mais importante do que concordar ou não com a maioria das opiniões dele. Eu também discordo do PVC, do Lédio Carmona, do Juca Kfouri, do Mauro Cezar, mas sei que eles são de altíssima qualidade.

    E o problema de passar o tempo todo só assistindo Gauchão ou se preocupando única e exclusivamente com o Grêmio sem acompanhar outros clubes, outros estados e outros países torna o pensamento predominantemente influenciado pela visão da imprensa daqui. É a isso que me refiro quanto ao provincianismo. Senão, só se vê defeito no Grêmio ou só se enxerga virtudes que ninguém mais enxerga. Quando isso acontece, nada vai pra frente.

    JOÃO LUIZ: é verdade! O Rafael Carioca já estreou. E, mesmo tendo sido antes do campeonato e aprovado pela maioria dos clubes, convenhamos: o aumento de 20 para 32 clubes na Série A de 1992 foi, sim, feita única e exclusivamente para beneficiar ao Grêmio. Isso não é informação obtida pela imprensa mas, sim, conclusão pessoal. Hoje, o Grêmio se vê forçado a aceitar uma série de barbaridades primeiro, porque entra dinheiro; segundo, porque assinou acordos; e terceiro, porque possui essa “dívida de honra”. Tomara que ela tenha expirado…

    []’s,
    Hélio

  28. Hélio:

    Por isso eu falei que tinha sido para beneficiar o Grêmio, mas é que não houve, como se ouve por aí, uma mudança repentina no campeonato para o Grêmio subir.
    mas tenho saudade do tempo que tínhamos força política… não quero com isso alimentar sacanagens, mas é que hoje acho o Grêmio muito fraco politicamente em nível nacional (estadual nem se fala…).

    e eu também não gosto do maurício saraiva, porque acho ele muito fraco analisando jogos. o pvc é muito bom (um dos melhores) e é uma enciclopédia ambulante. só tinha que aprender a concatenar melhor suas idéias, às vezes ele se embaralha todo, hehe…

  29. Sobre o Jardel e Paulo Nunes, virou lenda urbana a vinda deles pra cá, parece que eram pernas de pau. Ao contrário eram jogadores de grandes clubes e de seleção de base….

    E o SOuza fora está sendo uma dádiva pois aqui a bonace não aceitou ir pra lateral e ainda por cima ficou brabo por ter de pagar a propria cirurgia, que ELE quis fazer fora do Grêmio

  30. Senhores

    Lamento dizer: Embora reconheça algumas qualidades intelectuais num pequeno número dos mencionados, todos eles (tomara que me apontem, consistemente, alguma(s) exceção ões) todos são escravos dos interesses.

    MUITOS INTERESSES.

    ALGUNS LEGÍTIMOS, OUTROS NEM TANTO E OUTRO, AINDA…….CRUZES!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.