Nosso maior adversário não será o Caracas. É notório que o gramado em que vamos jogar na Venezuela é o pior desta Libertadores, help todavia, thumb temos que passar por mais essa adversidade e buscar a vitória contra o time venezuelano.

Evidente que o gramado ruim ajuda mais o time de casa que está acostumado a jogar nele, drug mas penso que um time com uma boa qualidade técnica – como o do Grêmio – pode fazer uma boa atuação mesmo que o gramado não ajude.

Discordo daqueles que dizem que o gramado ruim nivela os times. Pode nivelar na dificuldade de fazer a bola rolar, em trocar passes e nos demais detalhes de uma partida, mas quem tem mais técnica tem mais recursos e pode jogar melhor mesmo num péssimo palco.

Quem se vira melhor num gramado ruim: o jogador técnico ou o perna de pau?

Por isso acredito que o Grêmio tem plenas condições de jogar bem e levar os três pontos.

 

Abração hein?!
@alemaopizoni

Participe da discussão

1 comentário

  1. O que me preocupa nas péssimas condições do gramado, é o alto risco de lesões que a buraqueira do mesmo apresenta. A alta qualidade do Tricolor é inegável, mas contemos com a sorte de nossos atletas saírem inteiros desse confronto.
    Senhores Oremos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.