Compreendam.

Lendo as notícias sobre a reunião do Conselho Deliberativo dessa terça-feira, cialis dia 26, purchase percebi que as mesmas foram dadas pelos plantonistas de sempre. Inicialmente protestaria perguntando por que alguns jornalistas ainda têm passagem livre dentro do GRÊMIO. Mas, buy então analisei e terminei respondendo minha própria pergunta: porque eles mandam na torcida do GRÊMIO, óbvio.

Não podemos impedir a presença de jornalistas criadores de crise no nosso clube porque se assim o fizermos eles causarão uma hecatombe nas estruturas do GRÊMIO. Não acreditam? Ora, vocês estão aí dizendo que o Renato não é técnico e que o Koff  é mau presidente, por quê? Porque eles induziram vocês a dizer e vocês o dizem… Triste, mas é verdade.

Ficam nas redes sociais dissertando sobre a proibição da entrada deste ou daquele nas dependências do Olímpico ou da Arena, mas basta qualquer um deles dizer algo que muitos abraçam como se fosse a cristalina verdade. Ou é muita coincidência e eles sempre acertam o que a maioria da torcida pensa.

Eu vi, não me contaram, a torcida do GRÊMIO saudando às raias da idolatria a presença do Zé Roberto em campo, coincidentemente após uma campanha fortíssima dos meios de comunicação. Alguém sabe de um jogo do Zé Roberto que justifique essa glorificação toda? Duvido! Fizeram pois muitas vezes agem como títeres da imprensa!

Cansei de apresentar todos os argumentos possíveis e existentes de que o Barcos não joga nada e de que o GRÊMIO não está disputando o campeonato porque o nosso ataque é pior que o de 2004, mas… Não! A culpa é do técnico que meteu o dedo na ferida de parte da imprensa colocando-a no seu devido lugar. Após a famosa entrevista – #tuqueécolorado – começaram uma campanha bizarra contra o Renato, chamando-o de arrogante, de inventor, de motivador, de “prazo de validade”… E a torcida do GRÊMIO, sim vocês aí que estão lendo, abraçou isso como que a uma bíblia. O Renato é ruim, bom mesmo é apostar num técnico do interior como em 2004 ou trazer um medalhão estilo #FicaLuxemburgo assinando por qualquer valor. Sinceramente, meus amigos, não há o que não haja.

A falta de uma capacidade mínima de análise dos fatos por boa parte da torcida do GRÊMIO – talvez motivada pelos anos sem título ou pela falta do quarto gol contra o Boca – faz com que eu entenda o porquê da influência eterna de certos membros da imprensa na vida do clube.

Somos reféns da imprensa! Não adianta ficar brabo comigo, isso não muda nada. Espero que entendam a crítica e façam uma análise do que acontece ano após ano na vida do clube que tanto amamos.

É isso, ou não.

Anderson Kegler

Participe da discussão

52 comentários

  1. Uma coisa é a imprensa mandar na torcida e o clube ter rabo preso.
    Outra coisa é o time que não rende seja com Zé Roberto, com 3 volantes e 3 zagueiros, seja com o Marcelo Moreno ou o Barcos no ataque.
    Os técnicos vencedores do Grêmio, sempre vieram do interior. Ou tô enganado?

  2. Anderson,

    Apesar de ter razão em quase tudo que falou. Não podemos viver no 8 ou 80. Ou discorda com tudo da imprensa ou concorda com tudo. Até porque teu próprio texto tem uma contradição.

    Acho que vivemos as consequências da Geral do Grêmio. Época de que tudo deve ser apoiado e não pode vaiar.

    A campanha da imprensa pelo Zé Roberto que foi encampada pela torcida é ridículo mesmo. O cara vinha jogando cada vez pior quando saiu do time e quando voltou não fez nada. Quem vai aos jogos e vê o jogo com seus próprios olhos e não os da imprensa vê que o Zé Roberto se esconde, corre atrás do marcador, se poupa grande parte do 1 tempo pra dar uns piques no 2 e dizer que está inteiro.

    Agora cegar para a administração ruim que vem fazendo Koff e os erros do Renato também não da. Afinal teu texto tem uma tremenda contradição, pois entende que a torcida acha o Renato mau treinador pelo embalo da imprensa e acha um absurdo a torcida ir no embalo da imprensa pedindo o Zé Roberto. Como tu explica o “bom” treinador Renato também ir no embalo da imprensa e escalar o Zé Roberto?????

    Contraditório não?

    Mas concordo muito contigo quando culpa a torcida do Grêmio, pra mim especialmente os sócios que são responsáveis diretos pelas administrações do Grêmio, visto que votaram nos Conselheiros e presidentes das últimas gestões.

  3. É fato que os técnicos vencedores vieram do interior, mas ganharam com times repletos de desconhecidos a lá Tony, Viçosa e Lins, acrescido de um ou outro reforço cascudo porém DE GRUPO e ainda com GANAS de vencer. Esta segunda categoria está em falta no futebol. Porque ? Porque os cascudos existentes estão apenas RICOS, MUITO RICOS. E isso tira o principal ingrediente da vida do cara, a GANA de vencer. Ou me diga que o Zé e o Elano acreditam sinceramente que tem que provar algo para alguém, para sua família e amigos ? Estão com a vida ganha. Ricos, famosos, estrelas do Bem Amigos, Caras e até do FUXICO. Um cara desses, tira o pé da dividia. Sobrou o que ? Os mercenários. Aqueles que ainda que ricos, querem ser mais ricos. Então presidentes como o do GALO podem endividar o clube por 5 gerações, entregar FORTUNAS para os mercenários ganharem um bom título. E como torcedor pouco se importa com o balanço, ele vira um ídolo e os próximos que se arrebentem com a conta.
    Abraço,
    Mosq.

  4. Também acho que tem jornalistas com entrada franca nas coisas do Gremio. A culpa acho não ser do conselho, quem vaza é da diretoria e há interesses na quebra de sigilo. Vejam que as noticias vem em fatos isolados que depois abrange toda estrutura do clube através das imaginações ferteis de alguns jornalistas.

    O que não pode acontecer é a torcida se deixar levar.
    Koff é o problema? por favor, é muito fácil se errar em futebol. O Gremio contrata vendo vídeos de jogadas de jogadores e paga caro por isso.

    Qualquer comentário por mais que sem verdade, dependendo da origem atinge diretamente a torcida.
    Paulo Santanna, é um comentário que deve ver desconsiderado e é chegado ao Presidente Koff, ele fala o que é lhe mandado. Barcos sai do time? não, dida sai? não, Zé entra?sim.
    São 3 situações que vão ao descompasso do time.

  5. Assim como é fácil colocar a culpa em este ou aquele jogador, criticar um técnico, é fácil tb colocar sempre a culpa por qualquer crise na imprensa. Me desculpa, mas muitas das crises a quem criou foi o Grêmio. Não foi a imprensa que disse a “Arena” não é do Grêmio”. Não foi a imprensa que colocou cadeiras mais frágeis que descolorem fácil ou não chega num consenso quanto a um contrato. ME desculpa amigo, mas tens uma dupla de atacantes que juntos marcaram nem 20 gols no ano todo, estão há oito sem marcar, e a culpa disto é da imprensa. Isso é crise que se cria dentro de campo. Me desculpa! Mas o técnico numa partida coloca três atacantes e na outra vai com três zagueiros e três volantes e a culpa e quem cria a crise é a imprensa? Tem técnico se irrita com um celular numa coletiva (coisa mais normal tocar um telefone numa coletiva) e a crise é a imprensa “daqui” que cria, sendo que a imprensa de todo o país relatou isso? Se dizes que a imprensa influencia tão fácil a tua torcida, chamas a tua torcida de sem força opinativa ou opinião consolidada! Tens uma torcida irritada pela falta de títulos, indignada pelas derrotas contra times rebaixados até “em dose dupla” e a crise é a imprensa que cria! Aaaaffff, convenhamos: e o Kléber “Gluteador” segue sem ser criticado, praticamente!

  6. É a imprensa que não marca gols a não sei quantas rodadas? é a imprensa que sofre pra ganhar do misto do flamengo e empata com o misto da ponte?

    o koff está sendo mau presidente porque:
    – usa o HM pra passar notícias do clube,
    – usa o mesmo “jornalista” pra falar mal da oas,
    – prometeu vitórias e entregou vaga,
    – prometeu jogador no cofre, investidores e nada ocorreu,
    – prometeu acabar com o vício de contratar um batalhão de jogadores, mudar o time a cada meio ano, e fez o mesmo,
    – prometeu investir na base, mas preferiu investir na base do juventude,
    – todas as vezes que veio a público falar foi um balde de água fria na torcida, nenhuma vez falou algo alentador.

    isso, anderson, não foi culpa da imprensa. por que o inter tem blindagem? só porque paga “churrasco”? não, lá eles nunca vem a público falar mal da instituição. nunca. já o Grêmio, bem, esse liga pra imprensa pra falar mal, não precisa nem os abutres irem atrás da carniça.

    então, a constatação da torcida que o renato não presta e o koff tá mal advém do fato das pessoas verem os jogos e notarem isso. fácil.

    o time é uma porcaria, sem vontade, cheio de veteranos que só querem esperar o contracheque e poucos indignados com a situação.

    isso, anderson, é a impressão que o time (treinado pelo renato e dirigido pelo koff) passa para a torcida. a torcida não é tão burra quanto tu quer fazer passar, ou tu acha que alguém só vaia o time porque a imprensa manda? eu tava em campo em 95 quando a torcida vaiou o time contra o paisandu, o primeiro jogo depois do título da LA, porque empatamos (o felipão ficou loco na beira do campo). naquele tempo, a imprensa não falava mal do time.

    a campanha pró zé ruela foi feita pela imprensa sim, tens razão. e a torcida caiu nessa. mas por que a torcida caiu? foi só por causa da campanha da imprensa, ou porque o time passou a jogar mal pra burro?

    jogar no colo da torcida é uma bela desvirtuada do foco. fomos e vamos ser sempre assim, corneteiros que vaiam o time na primeira oportunidade.

    e isso me serve mais que o alento incondicional, que gera um bando de preguiçosos acomodados em campo.

  7. Kegler, concordo contigo. Muito das críticas vem de interesses obscuros. Certamente por represálias ao técnico, que “ousou” “afrontar” o benfiquinha. Mas tem o lado economico também. Talvez se o Gremio investisse em mais publicidade nos meios de comunicação tradicionais, tivesse dado a festa da Arena para eles, as notícias seriam melhores. A agenda seria positiva. Não tenho nenhuma dúvida que o principal motivo é esse. Institucional, estratégico, mecanismo de pressão utilizando a manipulação da opinião do povo. É só ver o tratamento dado à torcida do Inter e à do Gremio. A repercussão é totalmente desigual. E, por fim, tem o “carinho” dado aos repórteres. Os famosos “presentes” que o Dunga falou numa entrevista. Mas o que mais me incomoda na imprensa é a campanha para diminuir a importância do Vargas. Não tenho nenhuma dúvida que ele é o melhor atacante nosso. é só ver a média de gols dele. A maior, disparado. E isso que vem a vai pra seleção chilena. Ah, mas ele não dá entrevista… como ousa fazer isso?
    Tudo isso é verdade. Mas tb não podemos fechar o olhos para outro lado da questão. Renato tem se equivocado em algumas decisões. As vezes parece que não lê o jogo como deveria. E demora pra trocar. Mesmo o time não jogando nada. Bem diferente do que fazia em 2010, quando trocava ainda no primeiro tempo, mostrando ousadia. Essas são minhas críticas ao Renato. Pra mim o Gremio é Vargas e Maxi Rodrigues e mais 9. Os melhores tem que jogar. O resto é conversa pra boi dormir.

  8. Pois é, eu também não tenho muita esperança que isso mude, ao menos num curto prazo. Se muitos torcedores com acesso a internet e por isso com condições de buscar outras maneiras de se informar acabam caindo nas historias da IVI, imagina aquele pessoal mais das antigas acostumado somente com as versões de alguns isentos dos jornais e rádios. Aqui no interior por exemplo, imparSCIais dizem que Renato só da rachão e, pra quem só se prende a eles como fonte de informação, não adianta nem tu argumentar algo diferente. Inclusive, muitos ainda acham que o Grêmio tá com salários atrasados por causa daquele texto do Wianey de alguns meses atrás.

  9. Não me considero refém da imprensa e sim da incompetência de dirigentes que gastam fortunas com jogadores médios e ao final do ano somos obrigados a comemorar vaga e contabilizar os prejuízos da gastança irresponsável. Koff foi eleito para mudar este quadro. Até agora nada. Apenas aumentou o déficit. Renato não é o responsável por este contexto de mediocridade, é apenas uma parte dele. Outro treinador não teria feito melhor que ele, nas atuais circunstâncias. No entanto, a soberba de Renato em nada contribui para alterar este quadro, pelo contrário. Em mais de quarenta anos que assisto jogos do Grêmio, nunca vi um treinador mandar a torcida calar a boca, como ocorreu em um jogo que Renato colocou o Cris em campo.

    Em tempo:
    Felipão em 1994/95/96, debochava e zombava da imprensa local. A diferença é que ele ganhava títulos. Quando isto voltar a acontecer seremos mais respeitados pelos “isentos”.

  10. Tudo bem,

    mas defender um técnico que mantém um ataque que :

    um não marca há 17 jogos, outro ficou 9 sem marcar, marcou um, e esta ha 9 sem marcar.

    Ai é chamar a torcida de idiota.

    Sem conta, 3 zagueiros, 3 volantes, parazin que nunca sai do time, não sei pq.

    Não tem reserva? Ninguém é pior que o Pará.
    Se moisés não serve, improvisa um zagueiro que da mais resultado.
    Simples.

  11. Se falta dinheiro pra 2014, manda o Barcos e o Kleber embora e contratem o Fernandão do Bahia. Faz mais gols que os dois juntos e custa 10% deles.

  12. Cláudio,

    Fazer mais gols que Kleber e Barcos no Campeonato Brasileiro é muito fácil:

    Willian(ex-Grêmio) – 14
    Lins – 11
    Borges – 10 ( titular do Cruzeiro campeão)
    Aloísio – 11

    No Grêmio foram todos execrados.

  13. Anderson,

    Tirando a implicância da imprensa com o Renato, o que é evidente, o Renato não se ajuda!
    Manter o Barcos em campo não tem explicação, nessa aí não tem desculpa.
    Do Maxi ele até pode vir com essas desculpas (esfarrapadas) pois é fácil bloquear um guri, mas do Barcos falta coragem pra tirá-lo do campo e querer lançar alguém que tenha potencial, mas que precise de paciência e trabalho do técnico (Coelho e Yuri).

    Perdi a paciência com o Renato, mas não é exclusividade dele. Todos são iguais! Renato, Luxa, Roth, Tite, felipão, Murici… todos eles se abraçam em teses malucas, todos são estrelas, todos são inflexíveis, todos são insuportáveis!!
    Quero o Renato em 2014 por causa desse ambiente inóspito dos treinadores em que nada diferente aparece.

  14. Caro Anderson, repasso-te as perguntas:
    1) Renato é um bom técnico? Informe uma única jogada ensaiada do Grêmio? Uma única bola parada bem treinada? Obs.: Renato é o menor dos problemas do futebol medíocre do Grêmio, mas contribui com sua caracteristica de “prepotência” sim, Kegler. Contribui ao demorar para substituir…..ACERTOS dele: ZR e Elano fora do time. Aliás, os dois teriam de estar FORA do Grêmio.
    2) Koff está sendo um bom Presidente? Comente sobre o Projeto prometido que tu tb deves ter acompanhado, mesmo q de longe. Que ponto (UM ÚNICO) do projeto está em execução?
    2.1. onde estão as escolhas CRITERIOSAS (requisitos objetivos) do CA e dos dirigentes (abnegado e remunerados)?
    2.2. onde está a profissionalização da estrutura? Remunerar amigos ou conhecidos tem a ver com “profissionalização”? (CEO, MKT, FUTEBOL,….).
    2.3. por onde anda o Comitê dos Futuros Dirigentes, pelo qual gremistas estariam temporariamente em cada setor do clube, a fim de aprender e conhecer o Grêmio? Sim, o Pierre, com outros, está iniciando estudos (sequer há projeto).
    2.4. onde está o FUNDO DE INVESTIMENTO de mais de 100 milhões, o qual seria formado a partir de GRANDES INVESTIDORES (nada a ver com o BACEN)?
    Há inúmeros outros pontos do magnífico projeto (feito por Remi Acordi e Fábio Mundstock) que , ou estão em gavetas, ou foram para o “lixo”.
    Kegler, caro companheiro, “boa parte” da torcida pensa, tem convicções e conceitos próprios.
    Aliás, a imprensa vem detonando o Barcos. Será por isso que “também detestas o Barcos”?

    Fraternal abraço!

  15. Rodrigo e vrsushel
    O ponto que defendo é que o Renato está levando esse time ridículo do GRÊMIO para a Libertadores. Acredito que a esmagadora maioria dos técnicos nos levaria em alta velocidade para a segundona. Eu espero de todos, não só de vocês, que desqualificam o Renato uma opção. Tite?? Técnico do interior?
    O futebol do GRÊMIO é uma desorganização, concordo.
    O Koff está salvando o GRÊMIO do contrato assinado pela gestão anterior. Poxa meus amigos, faltava até cadeira na Arena..

    1. Mas Anderson! Em, momento algum eu, pelo menos, desmereci o papel do Renato ou do Koff! Não são perfeitos, têm seus defeitos, mas tb suas qualidades! Tanto que basta ver que pela segunda vez o Renato está levando o time apara a Libertadores e acompanho de perto a questão Arena com o Koff (participo de um fórum a respeito), e sei o que ele está trazendo de bom, basta ver alguns números e falhas por ele levantadas (se estivéssemos na gestão antiga, isso iria ocorrer? Nunca).
      Tanto que acho que deve ser ele sim o técnico em 2014 caso estivermos na Libertadores, mesmo sabendo que na primeira crise será ele o alvo!!!!

      Mas Citei falhas deles, como as do time, para justificar minha opinião de que as crises não são só plantadas ou criadas apenas pela imprensa. Foi esta a questão que levantei, pois volto a afirmar que não pode ser tudo jogado nas costas de um ou outro repórter/comentarista que tenha mais influência sobre a torcida. Tanto que fui um dos que sempre apoiou, por exemplo, o Zé Roberto na equipe, ao menos enquanto tínhamos uma certa situação de equipe. Tanto quando na época dos fartos elogios para ele, mas tb quando a própria imprensa passou a criticá-lo. Fui logo para as redes criticar os meus amigos que numa semana o pediam para ele estar em campo, e na outra para tirá-lo, pela simples falta de opinião de fato consolidada.
      Volto a dizer, não desmereço o papel deles, pelo contrários, mas são eles tb formadores sim de crise! O caso do celular lá na coletiva em SP é um belo exemplo. Passa a ideia de que? De um técnico nervoso, em crise, que sabe que está fazendo algo errado, que podia ter feito melhor, mas não reconhece!

  16. Em tempo.
    Rodrigo e vrushuel
    Abraço e obrigado por participarem. O espaço é aberto se quiserem escrever um texto.

  17. Eu acho que Renato é técnico emergente e precisa aprender um pouco mais.

    Por ter nome e ter sido jogador de talento, as portas abriram mais facilmente.

    Ser bom ou ser ruim como técnico é muito relativo.

    Há um ano atrás, Cuca era conhecido como técnico que não ganhava coisa alguma.

    Hoje, acho que Renato não deve permanece pelos erros cometidos.

    Em relação as jogadas ensaiadas, Luxemburgo é um técnico que foi vitorioso e sua passagem não conseguiu efetiva uma jogada ensaiada.

    Vejam que mudou o comando e o Grêmio continua com dificuldades na bola parada ofensiva.

    Será que o problema é o técnico ou são as características dos jogadores?

  18. Em relação a Fábio Koff, eu não tenho dúvidas de que ele é um extraordinário Presidente.

    Para mim, é o melhor Presidente que o Grêmio já teve e possui.

    Infelizmente ficou afastado do clube e só retornou por questões políticas.

    Nesse ano, não tem tido uma boa jornada, embora o Grêmio não tenha deixado de ser um time competitivo, mas não chegou a final em nenhuma das competições que chegou.

    Em relação a o contrato entre Grêmio e OAS, eu não tenho dúvidas de que o negócio é bom, inclusive o contrato inicial, embora tenha ocorrido falta de percepção, organização, preparo de todo o clube na análise dos pontos que o clube poderia impor lá no início do negócio.

    Além disso, o clube empurrou com a barriga as questões dos direitos dos sócios.

    O fato de estar faltando cadeiras, sol na cara e pontos cegos é gravíssimo.

    Na minha opinião, é motivo de rompimento contratual e responsabilização de todos os dirigentes que passaram pela G.E., porque o papel da G.E. também era de fiscalizar a obra.

    O clube contratou empresas e até arquiteto de renome.

    A má qualidade de algumas coisas na Arena é inadmissível.

    Fábio Koff impôs novas cláusulas porque a OAS iria ganhar usando o nome do clube, algo que não foi pensado pelo corpo de conselheiros.

  19. Concordo que o time e grupo são muito ruins! E que deveríamos estar disputando para não cair. Isoo com uma folha de mais de7 milhões. Responsáveis maiores pela formação desse grupo sem qualidade: Koff e Direção de Futebol. Mas o Renato poderia ajudar: treinando mais, falando menos, escalando e substituindo melhor….
    Treinador para 2014? Tite. Se ñ for possível, Renato com ROGER participando mais e com dois novos Diretores q conheçam futebol e o mercado e q tenham personalidade para cobranças.

  20. Anderson!
    Com todo o respeito, já estou bastante crescidinho e tenho opinião própria. A generalização nunca foi um argumento convincente, uma vez que ao se colocar todo mundo no mesmo balaio, desdenhamos da inteligência alheia e nos insurgimos como “soldadinhos do passo certo”.
    A imprensa tem sua parcela de culpa e faz velada campanha contra o Grêmio por meio de seus porta-vozes na imprensa, sim. Mas, daí a creditar a ela tudo de ruim ou de bom que está acontecendo no Grêmio vai uma grande distância.
    O Grêmio, no futebol, é meu único sonho de consumo. É tal qual uma máquina: depende da qualidade de suas engrenagens e de permanente manutenção para bem desempenhar suas funções.
    As minhas críticas são pontuais e baseadas em fatos concretos.
    Passam distante da análise sob o viés político e da submissão a qualquer outra opinião, por mais categorizada que possa ser.
    Entendo que há um componente de vaidade nas minhas manifestações e que isso me torna singular, mas, não me faz melhor nem mais esperto que ninguém.
    O torcedor gremista deve ter suas razões quando sai do sério. A sua grita é consequência de sua inconformidade – que pode ser efêmera, embora os dez anos de “seca” – com o momento atual do clube em todos os sentidos, ainda que no futebol os resultados positivos falem mais alto.
    Renato está inserido neste contexto e não poderia ser diferente.
    Antes de se criticar o torcedor, seria de bom alvitre prospectar a(s) causa(a) de sua insatisfação. Na minha opinião não há motivo para o Grêmio não renovar com o Renato. Mas, quem deve decidir é o torcedor que vai pagar a conta, desde que, ela seja pagável…

  21. Posso saber no que meu comentário ofendeu alguma norma do site, pois foi excluído? Ao menos para ter conhecimento e não repetir se houve algo errado, pois sinceramente não entendi o motivo da exclusão.

  22. Eu acho que o Grêmio tem bons jogadores, mas o grupo não é homogêneo na parte técnica.

    E isso reflete na regularidade do time.

    A responsabilidade maior é do Presidente e do CA.

    O Rui Costa não deveria permanecer como executivo.

    O MGI que o retorno da cargo do vice-de-futebol. Ora, o movimento não pregou que o clube precisava se profissionalizar??

    O que faz o Chitolina lá??

    Pouco importa o nome, sempre irá haver um abnegado para supervisionar o profissional.

    O Cruzeiro foi campeão com um executivo profissional.

    Se o Flamengo vencer a Copa do Brasil, também terá vencido uma competição com um executivo profissional.

    Esse retrocesso é incompreensível e está sendo justificado pelos títulos conquistados.

    Também deveria lembrar o Renato Moreira que o Grêmio caiu duas vezes tendo a existência do cargo de vice-de-futebol.

    Uma coisa é o Presidente demitir um empregado. Outra é demitir um amigo ou companheiro de gestão.

    Vimos o filme quando Odone não conseguia ter coragem de mandar embora do futebol o AVM e sua turma.

  23. Darcilio Eduardo Messias
    Perceba que o meu texto fala em “boa parte da torcida” “grande parte da torcida”. É só olhar o comportamento geral que verás que não deixo de ter razão.
    Abraço

  24. Eu contrataria o treinador campeão brasileiro ou o campeão da Libertadores.

    Agora, se querem um treinador desconhecido e que faz bons trabalhos em clubes com menos capacidade financeira, então, podem dar oportunidade a algum treinador do interior.

    O problema que treinador do interior não tem respaldo junto a medalhões.

    Teria que mandar Kléber e cia embora.

  25. minha gente, o Grêmio está a beira de quebrar financeiramente.
    Não adianta pensar em grandes nomes e grandes cifras.
    Finalmente vão botar o pé no chão e tentar reduzir custos, algo que já deveria ter sido feito há MUITO tempo no Grêmio, enxugar e definir uma estratégia de clube.
    Se o Renato vier com papo de aumentar salário, tem mais é que mandar o cara carpir!
    Chega de torcer por treinador e jogador, chega de bancar salários milionários pra nada.
    No fim quem paga a conta somos nós e ela ficou impagável depois de tantos erros das direções que colocamos no poder.

  26. Se formos bem contra o Goiás, muitas coisas mudam. Inclusive a imprensa, os torcedores, isso é assim mesmo. Vamos ficar melhor que a grande maioria do campeonato, só 4 (ou 3) vão para a LA, esse será o resultado. Como nos sairemos? Não sei com certeza, posso só especular com os dados que temos até agora. Mas a notícia será a de que nos classificamos. E no ano que vem tem mais. Com a imprensa, a torcida, dirigentes, jogadores…

  27. http://www.espn.com.br/noticia/372520_cruzeiro-pode-pensar-no-gremista-barcos-para-o-planejamento-de-2014

    acho que classificam 4 pra Libertadores, Fla vai levar a CB e o Lanus a Sulamiranda.
    Dependemos de uma vitória domingo e estaremos praticamente assegurados.
    O melhor de ir pra Libertadores é poder entrar já nas oitavas da CB em 2014, essa sim uma copa que podemos vencer. A Libertadores virou um sonho muito distante, quase impossível para o Grêmio

  28. 27/11/2013
    Finanças: Constrangedora torcida por nomes

    Num teatro de horrores, onde o roteiro de intrigas e os personagens principais são figurinhas carimbadas, o torcedor do GRÊMIO aguarda o final feliz com o beijo, na taça.

    Ontem, na reunião do Conselho do Grêmio, foi aprovada a suplementação de orçamento do exercício 2013. Cerca de 67 milhões de reais, considerando que será assinado o novo aditivo com a Arena. Votei a favor. Entendo que refutar tal suplementação, algo inédito no clube, inviabilizaria administrativamente. Seria um duro golpe na instituição, não em Koff, mas no GRÊMIO.

    Durante quase 4 horas de reunião, conselheiros que torcem pro GRÊMIO ficaram constrangidos com torcidas organizadas dentro do Plenário. Vaias, aplausos, murmúrios marcaram as manifestações de torcedores de Koff e Odone. A Cada intervenção de parte a parte era um show de horrores protagonizado por quem torce por nomes antes de torcer pro GRÊMIO.

    Paralelamente ao show de horrores dentro do Conselho, assistimos ao show dos “vazadores de coisa nenhuma” pra setores da imprensa. O Orçamento de 2014 sequer foi analisado, mas em blogs já vazava informações, ou melhor, vazava OPINIÕES sobre folha salarial de 2014. Sinceramente, gostaria de sugerir às universidades um Pós Doutorado no tema: “O prazer de foder o nome do GRÊMIO em troca de nada”. Acredito que seria um grande estudo pra humanidade.

    Nem tudo foi horror. Tivemos manifestações coerentes, com conteúdo e com responsabilidade. Porém estes conselheiros do GRÊMIO foram coadjuvantes diante das organizadas. O GRÊMIO precisa de um plano de arrecadação para 2014, precisa ser austero com suas contas, precisa de títulos, precisa abraçar nossa nova casa, mas acima de tudo precisa de torcedores FERRENHOS, do GRÊMIO.

    Saudações Tricolores.

    Lipe Assunção – @Lipe_Assuncao

  29. Essa Imprensa Vermelha é incansavel..
    Wianey Carlet prometeu que teriamos em 2013 mais de 100 milhoes de reais de investidores;
    LH Benfica prometeu que tinha um jogador midiatico no cofre;
    Baldasso contratou 4 estrangeiros quando só podem jogar 3;
    Reche mantem Kleber de titular inquestionavel mesmo estando a 17 jogos sem fazer gols;
    Barcos é ovelhinha de Joao Garcia que não o tira do time nem por decreto;
    Silvio Benfica investiu em Pará e Cris;
    Nando Gross trouxe 4 jogadores do Juventude (serie D);
    Mauricio Saraiva troca de esquema tático como quem troca de camisa;
    Batista não troca nenhum jogador no intervalo mesmo o time não jogando absolutamente nada;
    É..realmente esses vermelhos querem quebrar o Grêmio!!

  30. absurdo o que o Flamengo fez esse ano. Deixou o Marcelo Moreno no banco e colocou dois atacantes que claramente não estão prontos, Paulinho e Hernane.
    Dois caras que atacam e não ajudam na marcação e inclusive fazem gols, que irresponsabilidade com a carreira desses dois!!!

  31. Contem ai quantos ex jogadores do gremio recentes estão no flamengo campeao.

    Se o Barcos for para o cruzeiro vai ser goleador da LA 14.

    É muita amargura da minha parte ???
    Ou é a pura realidade.
    Pelaipe campeao da Copa.

    Gremio e sua torcida perderam em algum lugar nos ultimos 15 como se faz para fazer um time campeao.

  32. Time campeão do Flamengo com 5 da base titulares, sendo 6 na final de hj.
    E o Cacalo vem dizer hoje que a melhor base é a do Flamengo. Sim, pois lá não tem diretor medroso pra colocar a gurizada em campo.
    Ou vão me dizer que Luis Antonio e Amaral são melhores que Matheus Biteco ou Misael?
    Que Wallace e Samir são melhores que Saimon, Gerson, Thierry…
    Que Hernane é muito diferente de Lucas Coelho?

  33. Mais jogadores da Saga “quer ganhar título, saia do Grêmio”……Marcelo Moreno, Andre Santos e até o Pelaipe ganhou!

    Parodiando Milton Leite: Queeee fase!

  34. O Grêmio com esse time também poderia ter chegado a final e ganhado. E não deixaria de ser um time insuficiente.

  35. Acho que o Cristiano Ferreira poderia se candidatar a uma vaga de Executivo no Gremio, aí ele pode montar um time suficiente e ganhar um título nacional que o Gremio não ganha a 12 anos. Que por sinal o Fanfarrão ganhou com menos da metade da folha do Gremio, deixa ele por lá, montando times insuficientes e levantando taça.

  36. Paulo, que bom que ele é exaltado, que fique muitos anos por lá.

    Tolero torcedor do Odone, torcedor do Koff, mas torcedor do Pelaipe, peraí! Ano passado ele estava aqui, com uma folha de pagamento semelhante a desse ano e ganhou o que?

    Cansei de ver na ESPN Brasil o jornalista Lucio de Castro, que fala do RIo nos programas da emissora ao vivo, que o elenco do flamengo é fraco e mal montado, questionavam as contratações do gerente de futebol, que Marcelo Moreno não pode ser titular do time, que o Andre Santos não vinha jogando bem (como não tinha ninguém, até no meio jogava), que o brocador é ruim (porém melhor que o Moreno! Dito por ele) e agora vem exaltar essas mesmas pessoas. Por favor!

    Não me venham falar de imprensa, a do Rio Grande do Sul é sofrível de tão ruim, não interessa a área, da esportiva à econômica. E esse câncer em metástase na sociedade gaúcha, chamado RBS, dita sim o pensamento, não só da torcida do Grêmio, da população do estado, o mesmo dito como o mais politizado do país (risos).

  37. Giovani, a folha desse ano é superior a do ano passado, e bem superior. Fez uma brasileiro superior ao desse ano, só olhar a pontuação.
    mas fica tranquilo o Pelaipe não volta ao Gremio tão cedo, por enquanto vai ficar pelo centro do país. montando grupos insuficientes mas que sempre chegam pra disputar títulos. Só ganha quem chega …

  38. Paulo Gomes,

    O Fanfarrão Remunerado sempre será o mesmo. Ele tem qualidades e defeitos. Um dos defeitos é ser Fanfarrão.

    “O Boca Juniors é o Caxias com grife”.

    O Grêmio perdeu várias competições com ele.

    Fez um trabalho regular no Fortaleza. Talvez, tenha o Fortaleza tenha ganho o regional depois de sua saída ou tenha perdido com ele.

    Depois de vários quase, ele conseguiu.

    Roth também colecionou alguns quase até conseguir.

    Pelaipe é o Roth dos executivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.