No Recife, thumb capital do Estado de Pernambuco, viagra order Nordeste brasileiro, distante mais de 3,7 mil quilômetros de Porto Alegre, os gremistas tem um lugar obrigatório para visitar. Não, não é o famoso Estádio dos Aflitos, onde em 2005 o Tricolor operou um dos maiores milagres de sua história. Também não é a Ilha do Retiro, local em que o time da Azenha venceu o Sport Recife diversas vezes. Muito menos o Mundão do Arruda, templo sagrado do futebol nordestino e local de triunfos do Grêmio e históricos shows de Rock. O local que eu falo é um bar, o Bar do Grêmio.

O nome oficial não é este, mas sim Bar do Gringo. O lugar fica no tradicional bairro de Boa Viagem, parte nobre do Recife, perto da praia. Ao chegar no recinto já é possível ver porque ele é conhecido como o reduto tricolor na capital pernambucana. A fachada é toda ela pintada em azul, preto e branco e nas paredes símbolos do Imortal estão desenhados e coloridos com as nossas tradicionais cores. Durante o dia, é servido um delicioso almoço com comida caseira, típica aqui do nosso Estado. À noite, petiscos variados e cerveja gelada. Dias de jogos do Grêmio são mais do que especiais com televisores e um telão estão lá para quem quiser assistir e torcer.

Se engana quem pensa que no lugar só se encontram gaúchos que mora lá ou estão de passagem. O Grêmio, assim como os clubes de Rio e São Paulo, possui uma grande torcida de nordestinos. Muitos deles filhos de país gaúchos ou nativos mesmo que se encantaram com a história vitórias do Tricolor e passaram adotá-lo como primeiro time de coração. Vários deles com quem conversei citam os times dos anos 80, 90 e o início da era de 2000 como referências e pontos de partida da paixão pelo clube que veste azul, preto e branco no Brasil. Nas paredes do boteco, é possível ver diversos pôsteres dos incontáveis títulos gremistas e outros recuerdos do Gringo gaúcho, proprietário da casa.

Dá próxima vez que o amigo gremista estiver pelas bandas do Recife vá lá na Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 4600, no bairro de Boa Viagem. Ou é só perguntar pelo Bar do Grêmio ou do Gringo. Tanto faz. Com certeza, você vai se sentir um pouco mais próximo do Olímpico ou da Arena mesmo a mais de 3,7 mil quilômetros longe de Porto Alegre.

SAUDAÇÕES TRICOLORES

@ottohnetto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.