Carta do Presidente do Conselho!

Uma grande polêmica se iniciou ontem devido a uma carta ou e-mail enviado pelo Presidente do Conselho do GRÊMIO aos Conselheiros. Após a publicação da mesma (não sabemos quem enviou) no Correio do Povohttp://www.correiodopovo.com.br/blogs/hiltormombach/?p=29284 ) entendemos que poderíamos publica-la também aqui no Sempre Imortal para que nossos colaboradores possam comentar. 

A Gerência 

Srs. Conselheiros:

Recebemos na semana passada oficio firmado pelo Presidente do clube, capsule Fábio Koff que solicita que o Painel acerca do Projeto Arena, store marcado para a próxima quinta-feira, dia 21 de novembro, fosse adiado. Invoca entre outras razões a existência de protocolo de sigilo das tratativas que ainda persistem acerca de novas alterações nos instrumentos firmados pelo Grêmio e a OAS.

Diz ainda, que os palestrantes, integrantes do nosso Conselho Fiscal, por terem também compromisso de sigilo, poderiam macular o pacto de confidencialidade e causar “irreparáveis prejuízos financeiros ao Grêmio”. 

Meu entendimento, nesse particular, é  que o compromisso de sigilo do Conselho Fiscal não é quebrado quando seus pronunciamentos são dirigidos aos senhores Conselheiros, ainda mais quando versam sobre questões que já foram objeto de deliberação e conhecimento do próprio Conselho Deliberativo.

Queremos informar e reiterar aos Srs. Conselheiros que estamos absolutamente convencidos que o Painel programado não representa qualquer risco às negociações e como enfatizado no convite então feito, seria absolutamente técnico, voltado para a compreensão mais profunda dos instrumentos  firmados e que já passaram por este Conselho, que, todavia, restou renovado em quase metade  dos seus integrantes.

Muito se tem dito ao longo dos anos e, ao nosso ver sem razão, que este Conselho tem sido omisso em questões relevantes aos interesses do clube. Ouve-se com freqüência críticas às pretéritas intervenções dos Conselheiros, que teriam tomado decisões fundamentais aos interesses do clube, sem o devido conhecimento de causa.

É essa maior qualificação e constante atualização que se busca com eventos desta natureza e, asseguro aos meus ilustres colegas de Conselho, haverão de ser estimulados nos próximos três anos.

Este o único objetivo que nos moveu, quando a partir da proposta apresentada por dois brilhantes e competentes Conselheiros, designamos o dia 21 de novembro para esse painel de esclarecimento sobre um tema de fundamental importância para o futuro do Grêmio e que, por certo, as Vices Presidências do clube e seu Presidente seriam convidados especiais.

Por fim, tendo em vista o previsto no art. 54 do Estatuto do Clube, Lei Maior a reger os fins perseguidos pelo nosso clube, e considerando  que  o Conselho Deliberativo (letra b) e a Presidência (letra f) são dois Poderes legitimamente constituídos, o signatário, Presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio Foot Ball Porto Alegrense, em nome da harmonia que deve ser sempre buscada entre os Órgãos que dirigem o clube, comunica o adiamento do Painel, aprazado para o próximo dia 21 de novembro, transferindo-o para o mês de dezembro, em data a ser antecipadamente comunicada aos Srs. Conselheiros.

Em tempo: estamos encaminhando aos Srs. Conselheiros, em anexo, a correspondência que enviamos  ao Presidente Fabio Koff nesse particular. 

Atenciosamente

Milton Munhoz Camargo

Presidente do Conselho Deliberativo

Participe da discussão

12 comentários

  1. Acho correto este adiamento. Impossível manter sigilo entre mais de 300 conselheiros.

    Por coerência, também achei equivocada a manifestação pública do nosso presidente há algumas semanas atrás, divulgando detalhes desta negociação no programa do LH Benfica, no dia do último Grenal, gerando forte reação do ex-presidente. Naquele bate-boca, apenas o Grêmio perdeu.
    Neste momento de tensas e importantes negociações o silêncio é o melhor caminho para o acordo. Após o acerto, o Conselho deve ser informado, para autorizar a assinatura do aditivo e do termo de troca de chaves. Posteriormente, também os associados devem ser informados do que foi decidido, dentro de uma política de transparência.

  2. O adiamento nos termos expostos é correto, ainda mais tendo em vista a atuação anônima, por vezes nocivas ao interesse da Instituição, de alguns conselheiros-fofoqueiros-baba ovo da imprensa.

    Acho muito engraçado, para não dizer ridículo, a citação do estatuto, quando historicamente esta mesma instância (não sei se papel cabe a presidência ou o pedido pode ser efetuado por qualquer outro membro) não o cumpre, especialmente o famoso artigo 66. Mas posso estar enganado, pois sou mero torcedor e não um gremista verdadeiro ou de grandes serviços prestados.

  3. Acho que o problema de fundo é que este contrato do Gremio e OAS foi maléfico aos interesses do clube. tenho entendimento que um contrato dessa envergadura não poderia ser trazido ao conselho para aprovação e sim um grupo de gremistas capacitados para tratar do assunto. Acho que isso foi feito mas muito mal conduzido e os danos vão ser irreparáveis.

    Discutir esse assunto agora é um despropósito até porque o tema é complexo e muitas vezes de dificil compreensão e os entendimentos seriam diversos.

    Eu gostaria de ouvir essa palestra.

  4. Mais uma oportunidade para o bate-boca político.
    Até quando, Senhor, teremos que conviver com isso?
    Vai-se um ano e o tal de contrato continua em banho-maria?
    Que imbróglio há por trás disso tudo?
    Estou começando a ficar preocupado com essa falta de informação.

  5. Como fazer uma reunião com tantos conselheiros para resolver uma coisa tão complexa ??
    Responta:
    É impossível resolver esse problema de contrato com tanta gente numa sala. Vão se “matar”, mas não irão resolver e dentro de 30 min o HM já saberá tudo que aconteceu…..

  6. Engraçado. Primeiro o boquirroto do koff vai para a imprensa esvaziar o saco. Até cópia do contrato foi entregue para a imprensa para publicação por membro da diretoria. Teve vice presidente tendo ataques histéricos porque o conselho pediu o absurdo prazo de uma semana para estudar o contrato. Que segundo eles já estava acertado com a OAS. E não foi assinado até hoje. Agora fica de mimimi porque o conselho quer exercer as suas atribuições.

  7. Segundo o Correio do Povo a primeira contratação alinhavada para 2014 é o glorioso Paulão. Querem ganhar libertadores com o Paulão?

  8. olha, o mal amado Lins tá fazendo um campeonato melhor que Barcos e Kléber.
    Ontem vi o gol do Chile com assistência do Beausejour e gol do Vargas, nosso reserva no próximo domingo.

    Paulão é campeão brasileiro 2013, aliás, qualquer um sai do Grêmio pra vencer na vida. Enquanto isso aguentamos o Werley macarrão, que amolece quando o jogo esquenta.

    Mas acho que os zagueiros do Grêmio estão em casa e o Thierry deveria ser prioridade pra 2014. Além dele, foco total na compra do Rhodolfo, esse arruma todo o resto. Bressan e Gabriel são bons valores tb.

  9. A prioridade do Grêmio para o ano que vem deve ser dois zagueiros.

    Parece que o fundo de investimentos é a promessa que ninguém cumpre.

  10. Os vazamentos dos negócios do clube ocorreram em todas as gestões anteriores a esta.

    O conselho do Grêmio é formado em parte por um bando de fofoqueiros narcisistas.

    São pequenos grupos que buscam sempre aparecer e falham quando é preciso pensar somente no Grêmio.

    O negócio Arena é exposto ao público de uma maneira tão negativa que eventuais prejuízos são divididos entre OAS e o Grêmio.

    Numa gestão a OAS é parceira. Noutra é inimiga. E convivemos com uma disputa política há um pouco mais de uma década.

    Agora, eu questiono o seguinte a partir das informações veiculadas nos jornais:

    O que fizeram o(s) arquiteto(s) ou empresa(s) contratada(s) pela G.E. para acompanhar toda obra??????

    Eu questiono porque é absurdo a Arena ter pontos cegos e cadeiras fantasmas.

    Quero parabenizar o trabalho do Evandro Krebs e do Marcos Almeida que identificaram falhas. Ao mesmo tempo, tais falhas não podem passar barato.

    A OAS quebrou o contrato. Não dá para aceitar a diminuição do custo dos ingressos nesses setores.

    A Arena foi concebida para não ter pontos cegos e nem sol na cara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.