A história nos ensinou que um campeonato não se conquista somente com bom futebol. É preciso que o time seja guerreiro também.

Outro fator determinante que leva equipes ao triunfo é ter o torcedor ao seu lado e fazendo de seus domínios um verdadeiro inferno aos adversários.

Contra o Santa Fé, unhealthy nós tivemos tudo isso. Por isso essa vitória é simbólica. Um triunfo que veio através do bom futebol, da garra e do grito da torcida.

Voltando para casa, me perguntei: por que não somos sempre assim?

Foto: Ricardo Duarte
Foto: Ricardo Duarte

A balela de que a Arena não é um caldeirão foi para o espaço – se é que alguém ainda duvidava disso.

A torcida fez o gol da vitória.

A adversidade era clara e tudo se encaminhava para uma derrota em casa – afinal de contas mais uma vez ficamos com uma a menos (Porra, Cris!).

Mas não. O grito da torcida levou o time para cima. Os jogadores – enfim!!! – encarnaram o espírito do Grêmio guerreiro e a vitória veio.

Que esse jogo sirva de exemplo. Com o grupo que temos, se os jogadores mostrarem bom futebol e raça, a torcida faz o resto.

Juntos, somos imbatíveis.

 

Abração hein?!
@alemaopizoni

 

 

Participe da discussão

3 comentários

  1. E tamo sempre junto. Pra cima deles. Pra mim este foi o jogo que começou a LIBERTADORES pra nós de verdade. Queremos a Copa!

  2. Da mesma forma que o amigo, voltei pra casa com o mesmo questionamento em mente (“por que não jogamos sempre assim?). ISSO É GRÊMIO! Ah, Sampaoli ensinou Luxemburgo a posicionar o ‘Turboman’ Vargas em campo. Resultado: grandes atuações do chileno com o manto tricolor e fim da seca de gols no ataque.

    Abraço.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta para Paulo Maurício Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.