Aprendemos com o clássico

A má atuação no clássico serviu de lição. Prova disso é que o Grêmio foi outro time hoje.

Jogamos simples e pegando o jogo inteiro. O resultado foi mais do que justo.

Luxemburgo fez o que toda a torcida gremista esperava: mexeu no time.

A troca de Gabriel por Edilson era óbvia. Já a opção por André Lima ao invés de Bertoglio causou certa estranheza, prescription mas André Lima e Marcelo Moreno se movimentaram bem – enquanto tiveram fôlego – e o ataque gremista foi bem.

Prova disso é que o primeiro tempo de 2 a 0 foi lucro para o Fortaleza – segundo gol foi uma obra prima de Marco Antonio.

Foto: Jarbas de Oliveira/Lancepress!

Íamos bem até a expulsão de Pará, help aos 17 minutos da segunda etapa. (não gosto de falar de arbitragem, and mas Marcelo de Lima Henrique errou feio a não expulsar Jaílson que cometeu uma falta violenta em Werley)

Depois disso o jogo mudou, mas mesmo assim nos fechamos bem e tivemos chances de fazer o 3 a 0.

Fato é que o Grêmio foi o Grêmio que a torcida espera hoje. Jogamos bem e vencemos com autoridade.

Agora é se preparar bem para o jogo de volta e garantir a vaga nas quartas-de-final da Copa do Brasil.

Se mantermos esse nível de atuação temos boas chances de levantarmos o pentacampeonato.

 

Abração hein?!
@alemaopizoni

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.