Aniversário do Homem-Gol

Peço licença aos amigos do Grêmio Copeiro para utilizar uma de suas invenções.

Hoje, stomach é aniversário do Homem-Gol, vialis 40mg do nosso Saint Portaluppi.

Bela homenagem da turma do Grêmio Copero.
Bela homenagem da turma do Grêmio Copero.
  • “? Dale Renato – o Portaluppi! Meu coração não pára de apoiar! Com dois golaços de Portaluppi, Grêmio pra sempre Campeão Mundial! ?”

O Sempre Imortal deseja muitos anos de vida e muitos mais títulos, agora como técnico do Tricolor,  ao nosso entortador de colunas alemãs.

Parabéns, Ídolo!

Participe da discussão

18 comentários

  1. eu sou fã de carteirinha do Renato… ele alegra o estádio e torna a Arena muito mais especial, ainda mais quando ele pega as bolas na lateral e dá uns “toquezinhos na bola”. Mas não só por isso, acho que ele aos poucos vai arrumando o time, embora tenhamos um desempenho aquém do desejado. Talvez por não ter as melhores opções de jogadores, talvez por ele mesmo, mas ainda prefiro ganhar jogando mal do que perder jogando bem.
    Nessa vez, 2013, eu acho que ele está demorando muito a alterar o time, não adianta colocar gente nos últimos dez minutos apenas. Por um lado, ainda bem que ele não me ouviu, porque eu teria tirado o Barcos e levado ele direto para a academia para criar uns músculos e ficar forte. ele nem força para cabecear tem! mas fez o gol.
    E falam mal do Pará, mas pelo menos do que eu observei, passam muita bola enforcada prá ele, daí fica difícil.
    Pode ser que o problema seja mesmo no meio de campo, falta uma armação melhor, o Kebler deve fazer uma maratona a cada jogo, de tanto que corre.
    Confio que o Zé vai render mais, ele tem qualidade. o jogo de quarta vai ser bem importante para ver se o esquema saturou ou pode render mais.

  2. Imprensa esportiva no Brasil, hoje.

    Trata-se de uma profissão atualmente composta por alguns profissionais da velha guarda, que ainda resistem de forma digna e imparcial na emissão de suas análises, mas que vem sendo engolidos por uma geração “internet” de jornalistas da jovem guarda. Assim como a informação hoje viaja a velocidade da luz, alguns profissionais desta nova geração ao entrar no mercado de trabalho, e, com a ambição desenfreada de obter notoriedade e fama, e com isso dividendos, as vezes esquecem da ética, a moral e o profissionalismo como guias de seu norte.
    Muitos jovens desta geração “internet”, que como qualquer cidadão cresce sendo torcedor de time “A” ou “B”, ao formar-se e entrar neste disputado e restrito mercado de trabalho, deixam se levar pelo fanatismo de torcedor ao emitir uma opinião, seja na mídia escrita ou falada, quando deveriam ser “IMPARCIAIS”.
    Muitas vezes, por trás de tais opiniões estão, interesses comerciais.
    Esquecem-se tais profissionais que são formadores de opiniões ? Ou realmente estão a atender item de contrato de seu contratante “oculto” ?
    Este contratante pode ser um patrocinador, mas também um clube de futebol, ou até mesmo os dois juntos.
    E para aquele leitor, ou telespectador, que os lê ou os ouve, e que não acompanha atentamente e consegue observar e perceber a real intenção por detrás da noticia, a mesma acaba se tornando verdade.
    Mas, para o leitor ou telespectador mais observador e atento, é perceptível a intenção de tais pseudo-profissionais. Em alguns casos chega a causar orticária, náuseas e revolta algumas análises publicadas.
    Cabe ao público alvo, no caso nós, leitores e telespectadores separar o joio do trigo deste mercado, lendo e assistindo órgãos e profissionais da área, que realmente sejam isentos e imparciais.
    Cabe aos clubes de futebol e seus profissionais, cobrar destes órgãos, que seus profissionais formadores de opinião, mais responsabilidades, profissionalismo, ética e compromisso com a verdade.
    Que sejam mais profissionais e menos comerciais.
    Que órgãos de imprensa valorizem mais o profissional que checa a fonte da noticia, antes de publicá-la.
    Que jornalistas da velha guarda, não baixem a guarda, e mantenham a linha da moral e da ética em suas análises.
    Que jornalistas da nova geração, não esqueçam de seu compromisso com a verdade, e que acreditem em suas fontes, mas chequem a veracidade da noticia antes de sua publicação. E que tenham a noção da repercussão de seus atos, perante a seus leitores ou telespectadores. Que lembrem-se que o bom profissional desta área, precisa mostrar a verdade, com imparcialidade, doa a quem doer.

  3. vamos sem Werley e Telles.
    No 3-5-2 eu colocaria o Gui Biteco na esquerda, ainda mais contra o Náutico.

    Acho que o Renato vai ter que rever o 3-5-2 na sua formação. Como temos zagueiros fracos e com uma saída de bola muito ruim, eu recuaria o Souza pra jogar como “líbero” centralizado, função que o Polga fez em 2001 com o Tite.
    Dois volantes, Ramiro e Riveros, e Zé na meia.

    Como o Felipe falou, nas alas poderiam ser testados jogadores de meio campo, como Zé ou Gui Biteco na esquerda e Matheus Biteco ou Elano na direita.

    Precisamos de jogadores mais qualificados que possibilitem um melhor toque de bola e retenção. Não da pra continuar jogando sempre com bola aérea pro ataque, nem sempre vamos ter um penalti no final do jogo pra vencer.

  4. Targa,
    Eu colocaria o substituto natural da posição: Wendell.
    Ou no máximo deslocaria Zé Roberto para a ala esquerda.
    Dida
    Pará……o gato castrado……..aquele que não cruza
    Gabriel
    Rodolpho
    Saimon
    Zé Roberto (ala esquerdo)
    Souza
    Riveros
    Jean Deretti (segundo tempo: Vargas)
    Kleber
    Barcos

  5. Acabou a moleza. Acabou a farra de falarem o que bem entederem do Grêmio e ficar por isso mesmo. A ESPN demitiu o bocudo!

    ESPN demite jornalista após críticas feitas à torcida do Grêmio

  6. Parabéns ao Renato!
    Que sua estrela continua a brilhar para que possamos almejar a conquista de um grande título ainda em 2013.

  7. Já vi jornalista se defender dizendo que foi hackeado.

    Agora, eles dizem que foi tudo uma brincadeira.

    Faltou dizer que “foi sem querer, querendo”.

  8. Osvaldo Rolla foi um grande jogador do Grêmio e um treinador que revolucionou o futebol gaúcho e foi fundamental ao nosso tricolor.
    Renato está seguindo os passos do velho Foguinho.
    Parabéns Renato e muita Luz em tua vida( Carlos César).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.