Serei breve, illness não adianta ficar enrolando para explicar o óbvio. O importante é o Grêmio passou de fase na Sul-americana em um jogo muito nervoso. Quando acabou o jogo me dei conta que estava tremendo, nurse sério, online nem eu sabia que o Grêmio poderia gerar isso em mim.

Não adianta procurar um culpado pela virada do Coxa, culpar o Naldo é repetir o erro que a torcida vem fazendo antes mesmo de 2006 com milhares de jogadores que fardaram o manto tricolor. Na mesma equipe que o Naldo pode ter falhado, os volantes pecavam em deixar a defesa exposta.

Aquela máxima, tanto bateu que furou. Felizmente as máximas existem para todos e o Grêmio forçou tanto que achou o gol com Moreno.

Aqui vale a pena eu comentar, quando o Grêmio levou o terceiro gol do Pereira eu automaticamente pensei:
Culpa da torcida, da equipe e direção que tem pensamento mágico, de achar que Imortalidade é uma chave que liga e desliga. Culpa nossa que estamos acostumados com milagres!

Engraçado que é bem isso que acontece mesmo no meu ponto de vista, julgamos a imortalidade como se fosse um botão de TURBO que pode ser ligado e desligado quando bem entende. É impossivel medir nossa taxa de imortaldiade! Mas deixo isso para explicar em outra oportunidade.

O fato é que eu estava no auge do estresse e aquele Boliviano marca.

Vejam como a vida é engraçada, o Grêmio procurou e procurou por anos um argentino para fardar o manto e fazer milagres. Queria de qualquer jeito um argentino para fazer a diferença e encontramos tudo isso em outro país do Mercosul, a Bolívia. Por mim, poderia começar a construir uma escolinha nesse país, vamos salvar várias crianças de viver sem torcer pelo Grêmio.

 

Enfim, passamos.

 

Não sei se teremos imortalidade para as próximas fases e, confeso, espero que não. Espero que seja uma competição chata e que o Grêmio ganhe fácil de todos os adversários e coloque esse caneco inédito no armário, fechando assim o Olímpico com chave de Ouro.

 

 

(Nota: Jogo com homenagem ao Tcheco, que foi capitão tanto no Coxa quanto no Grêmio, será que ele sentiu saudade de 2007?)

Fane Webber @faneinbox

Publicado por Fane Webber

Minhas redes sociais. @faneinbox no Twitter. /faneinbox no Facebook. faneinbox@gmail.com é o e-mail de contato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.