Barcos se vai como chegou, sickness sem nada na bagagem. Veio de um Palmeiras rebaixado, unhealthy com quase 30 anos – venceu a Copa do Brasil, onde fez incríveis 2 gols – sem história no futebol e vai embora daqui sem nenhuma taça. Vamos combinar que um argentino de 30 anos que não se firmou em nenhum clube do seu país é, no mínimo, suspeito.

Não desejo sorte, nem azar para o Pirata. Tanto faz para onde e o motivo que o levou embora, não fará falta ao GRÊMIO. Perdeu gols decisivos, pênaltis em decisão, não fazia gol em jogos importantes e mesmo num GREnada que empilhamos o adversário não deixou sua marca, inclusive no terceiro gol se dependesse dele a bola não entrava.  É um centroavante de segunda divisão.  Eu nunca esperei nada dele, pois quando veio já fui contra pelo motivo óbvio: quem viu jogar sabia que não jogava nada.

Nunca entendi o motivo que levava as pessoas a defenderem ele – coincidentemente é quase o mesmo grupo que não queria o Grohe de titular – pois nunca fez nada de relevante pelo GRÊMIO em campo. Extracampo fez! O lance da Piratinha e mais algumas ações do Desejo Azul mostraram que ele era um cidadão e tanto, mas em campo o que define melhor sua passagem no GRÊMIO é: lamentável! Não fez nada daquilo que se espera de um “matador”.

O Barcos, como jogador, é a definição do que eu não quero para o GRÊMIO! Jogador que sai de campo com a camiseta ribeirinha, bom moço, gosta das crianças… Eu quero em campo um jogador de futebol, não um cunhado.

hernan-barcos-com-a-pequena-sofia-em-treinamento-do-gremio-1384289540805_800x534

Eu sei que muitos de vocês vão sentir saudades do Barcos, vão defende-lo, vão dizer que ele foi o estrangeiro que mais fez gols pelo GRÊMIO… e eu vou dizer que vocês não entendem nada de futebol. Acham que eu não tenho razão? Olhem o armário de vocês e contem as taças. E não metam o Koff nessa história, pois todos disseram que ele estava envolvido na Arena e não tinha como se envolver no futebol.
Eu posso não ter sempre razão, mas com certeza os fatos mostram que vocês, fãs do Barcos, também não têm.

 

Anderson Kegler

Sempre Imortal, o blog da torcida GREMISTA!

Participe da discussão

13 comentários

  1. O Barco é jogador é experiente. É limitado tecnicamente.

    Não acho que é jogador desprezível, mas também penso que o alto salário dele não condiz com o seu fraco futebol.

    Não é jogador confiável. Quando o time precisou dele em decisões, ele não compareceu, inclusive perdeu oportunidades incríveis. Mas faz parte do futebol.

    Há jogadores que podem desempenhar o mesmo futebol dele. Por exemplo, o Moreno. O próprio Lucas Coelho poderia ser uma aposta.

    Na base, tem o Nicolas Careca.

    O Luís Felipe é um centroavante limitado, mas tem um ótimo cabeceio. Precisa trabalhar muito finalizações para não perder gols como perdeu na taça São Paulo. mas é jogador brigador. Se enfia no meio da zaga adversária.

    Se o Grêmio fosse atrás desse Ruben Botta, poderia tornar o meio de campo mais interessante.

    Penso que o nosso treinador justifica muito em questões tática para não colocar os jovens jogadores.

    Jogador precisa ser bom tecnicamente para depois fazer as táticas funcionarem.

    A direção é muito fraca. Deixar Rui Costa como executivo é suicídio.

    O Rui Costa é desprovido de competência no futebol do clube. E a direção é mais ainda porque mantém um profissional que não entende de futebol.

    O Grêmio está mal organizado no seu futebol. Corre o risco de cair para a segunda divisão se os jovens valores não vingarem na qualidade técnica ou se o técnico Felipão insistir em algumas mediocridades.

    O Gauchão e o início da Copa do Brasil serão os parâmetros para o campeonato brasileiro.

    Queria que o Grêmio fizesse alguns amistosos contra outros clubes grandes como Corinthians, São Paulo, Atlético-MG, Cruzeiro.

    Precisamos medir forças agora para ver se vamos ter um time mais confiável para o Campeonato Brasileiro.

  2. Alguns argumentos teus eu concordo mas outros são puxados hein Kegler. “O cara é bom moço, gosta de criança…” pô, dá pra dizer isso do Marcelo também, se for o caso. E aquele “se dependesse dele no GREnal a bola não entrava no terceiro gol”, Barcos deu uma segurada pq o A. Ruiz vinha de trás embalado, se não segura os dois trombam e quem sabe um tiraria o gol do outro. Quando tu dá essas forçadas me lembra o Santana com o Grohe, qualquer coisinha ele batia tanto na tecla que fazia parecer ser algo monstruoso. Mas agora o Pirata é passado, negócio é torcer pro Moreno engrenar e pra algum guri da base deslanchar. Mesmo gostando do Barcos sou dos que concordam com a venda pois, apesar de achar bom jogador, o salário era exagerado e sou a favor da atual política de reestruturação financeira do clube.

  3. a justificativa que encontro para um post desse é que ele, Barcos, tinha alto salário, porque naba, no conceito do Kegler, Jesus-de-minhalma, tá cheio no Grêmio… e pela mão de quem passou a contratação das nabas???? Hum???? do presidente da Nestlé???? da Kibon?

  4. Perfeita a análise do Anderson. Na minha opinião, pelos valores envolvidos, barcos está entre as mais desastrosas contratações da história do Grêmio. Já vai tarde.

  5. Eu simplesmente tive que aturar o Barcos, pois a direção que o trouxe, não foi competente para trazer algo melhor. Tanto é, que ao ir embora, ficamos com o Marcelo Moreno que veio a contragosto e não se pensa, ao que parece, em contratar um bom reserva. Talvez por receio de trazer mais um “meia boca”.
    Anderson! Tens que vir aqui e também criticar quem o contratou. Assim é fácil. E não foi só o Barcos que não deu certo. Tem mais gente na fila que até “bichado” veio e que não mereceu sequer um comentário desabonador. Fica a impressão que esses atletas caíram aqui de paraquedas e que os dirigentes não tem nenhuma culpa no cartório. Os jogadores é que são ruins e ponto final!
    È a visão simplista de uma situação que vem afetando o clube há algum tempo: Má gestão. pouca prática. Ou alguém aqui acredita que o medíocre grupo de jogadores que temos e que a situação de quase insolvência do clube é culpa do acaso? Ora bolas…
    A única coisa que valeu a pena na saída do Barcos, foi a grana que os chineses pagara, embora parte dela tenha sido usada para pagar os salários atrasados do jogador. Viva o Grêmio! Viva a atual direção! Tchau Barcos, já vai tarde!….

  6. Já opinei sobre Barcos, não é essa desgraça pintada pelo post (aliás, os números são significativos contrariando isso) mas tá longe de ser o craque decisivo que seu contra-cheque indica. Perdemos um ótimo profissional mas nos livramos de uma liderança que era maior fora de campo do que dentro, não acaso cham,ado capitão depressão. Precisamos de líderes sanguíneos dentro de campo.

    Hoje Felipão num momento de rara lucidez nos seus últimos tempos conseguiu treinar finalmente uma escalação sensata, algo que possa dar certo ou que ao menos vale a pena ser testado. Ainda não seria o melhor Grêmio a ser escalado pois Galhardo, Marcelo Oliveira e Douglas são uma acomodação de suas indicações (bruxismo puro), mas ao menos algumas bizarrices parecem estar sendo abolidas como os dois centroavantes e as avenidas pelas laterais (Matias e Hermes).

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/gremio/noticia/2015/02/felipao-testa-everton-e-luan-perto-de-moreno-e-desmancha-2-centroavantes.html

    Felipão escalou Marcelo Grohe; Galhardo, Rhodolfo, Marcelo Oliveira e Júnior; Fellipe Bastos, Arthur e Douglas; Luan, Éverton e Marcelo Moreno.

    Ainda espero ver Raul nesse time. Colocaria Wallace no lugar de Douglas quando voltar da seleção, Arthur fica na armação das jogadas daí, tem habilidade pra isso. Se Giuliano voltar bem, pode assumir a titularidade. Lincoln pode ir entrando no decorrer dos jogos pois tem apenas 16 anos. Erazo quero ver atuando ainda no lugar de Marcelo Oliveira. Tem o Geromel pra voltar e ainda testaria o menino Lucas Silva.

    Mas mesmo a escalação atual desta terça do Felipão já está mais aceitável… pode ser que o gringo ainda tenha cura do seu trauma germânico…

  7. Felipe Neri!
    Genial a tua colocação: “cura do trauma germânico”, quando opinavas sobre a escalação do Felipão. Dei boas gargalhadas. Valeu!

  8. Pô Kegler, ao invés de estourar um champanhe tu fica de recalque para o Pirata da perna-de-pau? Hahahaha!

    Sinceramente, eu nunca entendi o porquê de trazê-lo para o Grêmio. Depois que um velho gagá começou a dizer que ele que tinha indicado ao Tricolor, fiquei com mais antipatia ao argentino.
    Concordo com o que disseste, ele nunca foi o 9 que botasse medo na defesa adversária. Pela primeira vez, vi um atacante argentino cabeludo que nunca arranjou uma confusão, não era marrento, não era catimbeiro e não demonstrava o motivo de ser titular e capitão do time. Foi um dos piores jogadores a colocar a faixa de capitão que já vi passar pelo Grêmio.

    Barcos vai passar como uma nuvem, poucos lembrarão dele no futuro. “Ah, mas ele é o maior artilheiro estrangeiro do Grêmio”.
    Pergunto, quantos gols desse foram de pênalti Quantos gols desses foram em momentos decisivos que o time necessitava do seu artilheiro e capitão?

    Temos que agradecer aos chineses de terem encontrado futebol onde, talvez, pouco houve um dia.

  9. Eu não tinha lido a respeito da formação do Grêmio.

    O lateral Júnior é superior ao Marcelo Hermes tecnicamente. Nos jogos da Copa São Paulo, não se viu toda a capacidade técnica do Júnior porque faltou mais jogo no lado dele. Mas deu para notar um jogador com futebol maduro, seguro e com qualidade.

    Luís Felipe, finalmente, coloca uma escalação mais coerente pela capacidade técnica do que pela capacidade tática.

    O Éverton era o jogador que destruiu o Inter no Grenal, fazia muitos gols. Estava muito acima da sua categoria tecnicamente.

    Jogador que tem velocidade e técnica.

    Acho que o melhor Grêmio terá Marcelo Grohe, Galhardo, Rodholfo, Geromel, Júnior, Walace, Felipe Bastos, Douglas, Luan, Éverton e Marcelo Moreno.

    Pode ser que o Éverton saia da equipe para o Luan jogar na frente com o Moreno e entrar o Giuliano, se este jogar um melhor futebol. O Lincoln pode assumir a titularidade no lugar do Douglas.

    Vamos depender das respostas que os garotos darão.

    O ideal seria fazer amistosos contra os outros clubes grandes como São Paulo, Corinthians, Atlético-MG.

  10. Cristiano!
    Concordo com a tua escalação. Só acho que o Giuliano e o Douglas tem que melhorar muito para me convencer. Se o problema do Giuliano era o púbis, agora não é mais. Já o Douglas, precisa calibrar e acelerar o passe e melhorar as assistências, pois é o que lhe resta e o que ainda pode fazer, uma vez que com a idade, está ficando ainda mais lento do que é. Acho que o Felipão está se dando conta de que a equipe está muito devagar e que precisa de sangue jovem para jogar com mais mais velocidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.