Acabou a paz! – direto do http://blog.gremio1903.net/

Acabou a paz!

O blog Sempre Imortal achou por bem reproduzir o excelente texto do camarada Augusto Salla direto do Grêmio 1903!

Acabou a paz!

Koff, viagra buy Enderson, recipe e jogadores precisam ser cobrados e cobrados de forma veemente pela torcida. Nosso Grêmio tornou-se um amontoado de cagões que tomam vareio em campo e discursam sobre a normalidade das derrotas enquanto a torcida leva pau na arquibancada do Ministério Público.

Quando falo que acabou a paz, sickness é óbvio que não me peço por violência ou agressões. Mas está claro que a indignação pelos maus resultados e a gana por taças não virá de dentro do clube; esses são valores que nós, torcedores, teremos que botar guela abaixo de quem representa o Grêmio nos bastidores e no gramado.

Nosso técnico precisa imediatamente mudar de rumo, senão, não vai durar até a quinta rodada do Brasileirão e nós não teremos que nos preocupar com o Cruzeiro nas quartas-de-final, pois não passaremos do San Lorenzo. Até o momento, o que o Enderson acertou conscientemente?

O Grêmio, não só nas últimas partidas, mas desde o início do ano tem escalações medrosas e um time dependente das atuações de uma jóia, Luan, que só entrou no time devido a lesão do Kléber Bundeador. Luan, Dudu, Wendell…nenhum desses é titular hoje porque o técnico viu seu potencial, mas por circunstâncias externas que obrigaram o técnico a escalá-los – venda do Alex Telles, lesões de Kléber e Zé Roberto.

Porra, se era para continuar jogando com três volantes, até quatro eventualmente, por que trazer outro técnico? Que ficasse o Renato ou que simplesmente efetivassem o Roger.

Enderson tem se mostrado um cagão que não controla o grupo e que não tem conhecimento tático (esse que tanto acusaram Renato de não ter) ou leitura de jogo para estar em um clube como o Grêmio que tem pretensões muito maiores que um honroso 6º lugar no Brasileirão. O Grêmio não é o Goiás.

E aí tu vê Edinho sendo deslocado para a zaga para não sair de campo (não que seja culpa exclusiva dele os resultados ruins, é bom salientar), Werley titular absoluto tirando o melhor zagueiro do grupo da sua posição original, Pará inconteste, Zé Roberto voltando de lesão para enceirar o campo como titular nos deixando capengas de armação novamente. E aí tu colocas as substituições bizonhas na conta, a surra que levamos no GREnal, inclusive e especialmente, taticamente, e não tem como deixar de questionar a permanência deste rapaz na casamata do nosso Grêmio.

Aliás, mesmo quando acerta sem querer ao colocar um jogador em campo, ele dá um jeito de cagar na posição. Dudu que entrou tão bem jogando pela ponta do campo, anda sendo escalado praticamente como armador do time. Que porra é essa Enderson, tu não consegues enxegar mesmo que o sujeito não rende ali, caralho?

Eu vejo Werley pensando na morte da bezerra em campo e só consigo gritar mentalmente “ONDE ESTÁ O SAIMON, CARALHO”. Falta sangue nos olhos desse time e não é por acaso, pois anda faltando também na sala da presidência do clube e nos discursos do Enderson Moreira.

Inclusive, o nosso presidente que não perdia uma oportunidade de nos humilhar publicamente falando mal da Arena, onde anda, alguém sabe? Ou a negociação do contrato não tem permitido que ele veja os jogos do clube de futebol que dirige para poder falar após esses vexames?

Eu quero ter esperança de que estamos bem na Libertadores, mas também não posso negar que goleamos o ATL-Nacional em casa sendo pressionados o tempo todo, que não conseguimos ganhar do Newell’s, e que fizemos placares mínimos sobre o fraquíssimo time do Nacional do Uruguay. E em todos esses jogos, me irritei com Enderson Moreira.

Que ele cale a minha boca, que eu me arrependa deste texto, é tudo o que espero após o jogo de quarta-feira. Mas precisa mudar.

Do jeito que está, passaremos a Copa do Mundo procurando um novo técnico.

Augusto Salla

?@augustoyoh

Participe da discussão

30 comentários

  1. Por onde andas Koff? Onde está os 100 milhões dos investidores? Onde está o jogador do cofre? Só abre a boca p falar mal da Arena e do Odone!!!! Fala agora Presidente!!!!!!!! Viajou p Florianópolis ou teu medico não deixou??? Porra, to cansado de ser zuado por colorados, assume logo outro Presidente q não fale mal das gestões passadas. Chega de rancor e ódio, vamos ser todos Grêmio. Acaba logo o ano q eu quero outro Presidente, cansei de Koff!!!

  2. Plantel fraquíssimo, 2 diretores ineptos e sem perfil, um treinador resignado e depressivo, todos escolhidos por um Presidente “fantasma”, pois ñ apresenta mais saúde física e tb mental, infelizmente. Koff dá sinais de um “novo Obino”! Todos sabemos onde isso nos levará!
    Se a TORCIDA nada fizer para demitir os 3 patetas – 2 diretores e EM – e trazer jogadores, ñ tenho dúvida alguma: voltaremos para a2 divisão!
    A mula do Barcos, Ramiro, Pará, Léo Gago, Geromel, Bressan…..apesar da ruindade, são os menores resps! Koff é q está ferrando o clube!
    O futebol dos últimos 5 jogos é para rebaixamento! Ñ verá assim quem ñ é gremista!
    As glórias de Koff: tirar OdonO , esculhambado a Arena e rebaixar o Grêmio!

  3. vou contar uma, contada que me foi por 2 altos assessores do Koff. final de jogo Sta Fe 1 x 0 Gremio eliminação vexatória da libertadores 2013 para um timeco, no vestiário ” Super”-Zé acerca-se de Rui Costa e reclama. Não da eliminação, mas da imagem dele, pois havia sido sbistituido pelo profexo.

    passa um tempo, o que faz Rui Costa e Chitolina?
    RENOVA COM ZÉ!!

    porra esse Simon eu tbém acho muito mais raça e melhor imposição física, faria uma boa dupla com Rhodolfo. Já nem reclamo mais pela patetagem completa que virou essa direção. o Guilherme Biteco é outro que não sei porque resolveram encerrar a carreira dele no Gremio

    FINALMENTE!
    PARÁ- (SITA),
    QUEM AGUENTA?? TENHAM PIEDADE, CHITOLINA E RUI COSTA!!

  4. Koff vai conseguir a proeza de nos deixar com saudade do Odone. Rui Costa eleva o Pelaipe a um nivel superior. Chitolina faz o Meira ser um genio. Que horror de diretoria, perdemos mais um ano, agora resta secar os macacos no brasileiro, pois perco a esperança a cada jogo do time bunda mole do Gremio

  5. Ontem o krieger deu entrevista e tinha gente querendo que ele voltasse. O krieger, da dupla meira-krieger. Será que só eu lembro de quanto eles eram ruins?

    O targa tá certo, essa tchurma vai acabar fazendo com que o odono volte de novo, nos braços do povo…

    Tem que mandar o fugitivo do mobral embora e relegar o rui a fazer contratações, o cara não é de vestiário.

    Se não fizer isso, acho que o ano acaba antes da copa.

    E parem de dizer a cada novo fiasco que “agora o koff vai descer ao vestiário”. Não tirem o pouco de dignidade que o koff ainda tem junto ao torcedor…

  6. O maior erro é ter saudades dos que dirigiram o Grêmio nos últimos 15 anos.
    A volta deles é repetir o erro fatal que está acabando com nosso glorioso Grêmio.
    É a hora da limpa, é a hora de mudar tudo, senão nunca mais veremos um Grêmio campeão.
    O Grêmio não deve nada a essa turma que passou.

    Ontem tive nojo de olhar o jogo do Grêmio. Até torci pelo empate, pela camisa, pela torcida, mas não por quem estava dentro de campo e por quem faz parte do futebol do Grêmio.

    O Grêmio, sua direção, sua gestão e tudo que cerca esse clube está totalmente perdido a anos. Estão tocando tudo fora. Entra uma turma, sai outra, e que apenas sabem fazer é gerar intrigas internas, por rádios, jornais etc. Maldita politicagem. Me respondam, PARA QUE TANTOS CONSELHEIROS ????

    Infelizmente temos que ficar vivendo do passado, lembrando de conquistas históricas, dos áureos tempos, tempos esses que fazer futebol era muito diferente, tempos esses que um Garomel não pegava furo nem no time de gandulas.

    Falando em Garomel. Como pode um cara desses estar ali jogando e um guri da base não ter oportunidade ? Será que o Saimon não joga infinitamente melhor que o Garomel ? Quem são esses empresários que fazem isso com o Grêmio ?

    E o Pará, 3 anos de clube como titular, já enjoamos dele, ta fora.

    Quem são as pessoas que fazem essas apostas em jogadores que aparecem do nada e tiram lugar da gurizada da base ??
    Pra que investir na base se todos serão emprestados ? Até as promessas dos irmãos Bitecos ??

    O Grêmio foi ridículo ontem, Grêmio parecia um time amador jogando.
    Na realidade o Grêmio jogou como a cara do treinador, sem brio, totalmente passivo diante do que acontecia.

    Se vamos reagir, até acho que iremos. Grêmio tem sempre reagido nos últimos campeonatos brasileiros, tem se colocado entre os primeiros, E SÓ .

    Que reinventem o Grêmio, porque esse do momento ou dos últimos 15 anos não serve para mais nada.

    Desculpem o desabafo.

  7. Krieger não pode ser solução pra nada. OS únicos que fazem força de que ele volte só pode ser da imprensa vermelha.

    Do contrário, pode ser torcedores que não acompanham e não entendem absolutamente nada sobre futebol.

  8. O time não tem um único exímio batedor de faltas. O pior é quando o considerado reserva assume o papel.

  9. não gosto de desqualificar as pessoas, não acho que seja construtivo, melhor pensar e ver lá de trás. Passaram nos últimos anos técnicos experientes como Luxemburgo, apostas que deram certo – razoavelmente certo – como Mano Menezes, os mesmos de sempre que nunca dão certo como Celso Roth, os indiferentes como Paulo Autuori, O motivador (?) Renato e etc. Vários diretores e presidentes, mas sempre os mesmos.
    Então, faz tempo que não temos renovação, desde quando chamaram o Seu Petry, sou obrigada a repetir – para ser diretor de futebol, ele que morava em Capão da Canoa e era aposentado. Lá se vão mais de dez anos e segue tudo na mesma. e assim vamos… sem Homens para assumir de fato o Grêmio. até!

  10. Desde o ano passado se diz que o problema do Grêmio é no departamento de futebol e Koff persistiu no erro.

    Nem de longe lembrando o presidente que antevia de tempos atrás. Agora é o último a saber.

    Ano passado foi com Luxa e esse ano repete-se o mesmo enredo com novos figurantes, quer dizer, alguns nem tão novos assim, a semelhança com o ano passado é que Ruim Costa continua firme e forte e teve aumentado seus poderes nesse ano, no entanto, cá estamos mais um vez com um treinador cujo prazo de validade venceu. Já era. Enderson já era. E pode até passar pelo San Lorenzo pois é um time relativamente limitado mas não o vejo nos conduzindo ao título, o Grêmio morre nas quartas ou nas semis muito provavelmente pois falta tudo: falta time, falta treinador, falta dep. de futebol, falta espírito vencedor, faltam personalidade, faltam lideranças, faltam homens. Falta tudo que é essencial num time vencedor. E no entanto, tudo isso que falta poderia ser buscado se tivéssemos um presidente ativo, que descesse do pedestal de multicampeão do passado e escutasse a torcida. Pois hoje praticamente toda a torcida do Grêmio sabe quais são os problemas do time. Menos o presidente.

    E Enderson já terá ido tarde pois foi uma aposta equivocada. Continuaremos apenas perdendo tempo com ele ou talvez fazendo tempo até encontrar um substituto que poderia vir a ser Felipão que deixará a seleção após o Mundial. Certo é que sem um dirigente mais cascudo no vestiário qualquer treinador seja por ser experiente (Luxa) ou inexperiente (Enderson) se torna um problema sendo esse o maior erro de Koff a frente do Grêmio nessa sua melancólica passagem.

    Pois os resultados de Ruim Costa são trágicos. Ele é o elo de todas as derrotas e fracassos e o representante maior da filosofia e concepção de bunda-molização e acadelamento do Grêmio como time de futebol. É um líder fraco e por isso quem manda no vestiário do Grêmio hoje é um argentino de futebol malemolente e discurso enfadonho, o pirata Barcos.

    Rui Costa como dirigente até é bom negociador e executivo mas não tem o perfil de líder muito menos pra ser comandante de vestiário ou determinar a filosofia de futebol do clube e montagem de equipe e é aqui que Koff equivocou-se grosseiramente e vai ser, infelizmente pra nós, novamente o último a reconhecer.

    Enquanto isso mais um ano se vai. Ao invés de iniciarmos priorizando o Brasileiro pois as primeiras rodadas e a arrancada estatiscamente são decisivas, fazemos um partida inaugural varzeana que apenas confirmou o quanto treinador já era pra ter caído após os vexames do Grenal.

    Mas, Koff, o último a saber, vai esperar sermos eliminados da Libertadores pra tomar atitude, aliás, ele promete contratações se passarmos de fase, ou seja, tudo fica pra depois que já for tarde demais, é uma lógica as avessas, é lógica dos antecessores perdedores, uma lógica burra.

    Koff pra mim já cumpriu sua missão, nos livrou do câncer Odone. De resto sua gestão atual é patética, reeditando seu próprio antecessor e gestões perdedoras e prepotentes, distantes da torcida, apegadas aos seus próprios equivocos como foram as de Odone, Kroeff, Obino, Meira, Krieger, dentre outros que vem se alternando no poder sem mostrar aptidão pra tal.

    Que aqueles que forem assumir o Grêmio no futuro possam aprender com todos esses erros. Ou então, continuaremos perdendo, na fila, no sofrimento, no desalento.

  11. SAIMON , pelo amor de deus, a hora e a vez tem que ser dele. Nos GREnais que jogou a Dalebixa não jogou nem apitou, porque o SAIMON avisou: aqui não. Está esquecido??? Enderson |Moreira, boa pessoa, mas não lidera nada, NÃO MUDA NADA, NÃO SE IMPÕEM, não se indigna em momento nenhum…..PREcisamos, podem me chamar de doido, de um Argel Fucks, está sobrando na Portuguesa, comandou o Criciúma ano passado, levou 6 pontos do Gremio…é homen de VESTIÁRIO, se é para arriscar, tentem uma vez…Abelão só ganha no vestiário…. se é para alguém chutar tudo no vestiário, eu compro
    uns cuturnos….Depois se queixam quando voltar Odone…. Desapareceu a Direção, Koff, Preis,….põe então ao menos
    o Nestor Hein para comandar o vestiário…Não se esqueçam que este ano tem ELEIÇÃO, E pRESIDENTE sem título não se reelege….EU ACREDITO NO GREMIO, mas nestas pessoas que esta imprensinha que que dirijam o Gremio, somente lembrando os títulos do século passado, a mais de 30 anos, …isto já foi, ja era,….estamos na era ARENA, gente(competente)nova,…estão deixando o MP e a BM DIRIGIREM O GREMIO, dizendo como o torcedor deve se portar, aoende ele deve sentar, com o ele deve se manifestar,…vao a pqp, vão se f… E A DIREÇÃO CALADA, CONIVENTE…FUI

  12. Koff carrega os louros das vitórias do passado, mas todos nós sabemos que ele recebeu um time pronto, formado pelo Enio Andrade e que foi campeão brasileiro, na gestão Helio Dourado. No segundo mandato, com Cacalo e Felipão, até Flávio Obino seria campeão. Agora ele recebeu um clube saneado financeiramente, com um estádio novo, e só precisa reforçar o time em alguns setores. Pois ele conseguiu a proeza de individar o clube, piorar o time, e destruir a imagem da Arena. Se tem algum culpado, só pode ser o homem do Kofre.

  13. Não se pode tirar os méritos de Koff do passado, nem mesmo pelo fracasso presente. Uma coisa não tem nada haver com a outra. Koff continua sendo o maior presidente da história do Grêmio.

    E era a pessoa certa no lugar certo naquele tempo, como foram todos os que fizeram parte dessa história. Tendemos a personalizar demais as coisas, mas a verdade é que futebol é uma conjunção de fatores.

    A combinação desses fatores ou características é tão ou mais importante que as individualidades, trata-se de colocar as pessoas certas nos lugares certos na hora certa, o que convenhamos não é tarefa fácil mas das mais complexas.

    Koff, Cacalo e Felipão foi uma combinação vitoriosa. Cacalo de vice ganhou tudo. Como presidente foi ruim. Vejam o caso do Pelaipe. Com plenos poderes dados por Odone foi muito mal no Grêmio. Começou assim no Flamengo e passou a ser contestado, quase demitido, diminuíram seus poderes e hoje faz parte de um staff campeão da Copa Brasil e carioca. A questão é colocar o cara na função que lhe compete e não dar plenos poderes.

    Koff comete o mesmo erro de Odone, está dando plenos poderes ao Rui Costa no futebol, Rui tem qualidades, tem potencial pra ser um bom executivo mas não pode responder por todo o futebol do clube como vem acontecendo, não tem perfil pra isso, não tem comando, nem voz de vestiário, assim podemos queimar um bom dirigente profissional devido a equívocos de avaliação de Koff cujo paradigma de gestão, assim como de Odone, é centralizador.

    Assim temos claramente alguém cumprindo duas funções sem condição pra tal. Isso claro, porque Chitolina inexiste como dirigente politico, é inexperiente, inseguro e sem voz ativa, quase figura decorativa ou protocolar. Deveria ser no máximo um assessor de um dirigente mais experiente.

    Certo é que do modo como está, o Grêmio está organizado/estruturado pra perder.

  14. Não acredito em coincidências. Alguns gostam de desvalorizar a conquistas dos outros.

    Embora a gestão Koff mereça críticas, não dá para desfazer tudo aquilo que o atual Presidente conquistou com o clube.

    Em 93, não tínhamos time, técnico e uma administração eficiente. Dizer que o êxitos dos anos 90 foram por causa de Cacalo e Felipão é uma heresia. Ninguém vence sozinho. Mas o Presidente é quem dá a palavra final, quem escolhe seus homens de confiança e espera deles a competência para exercer suas funções.

    Cacalo foi um grande vice.E Koff um extraordinário Presidente.

    No anos 80, Fábio Koff pode ter pego um time que possuía uma base. Mas foi um time que não venceu a Libertadores de 82. Ele teve que reforçar. E aí está a diferença.

    Atualmente, Fábio Koff escolheu mal seus homens e colhe o que plantou e vem plantando.

    Se o Grêmio não retornasse da segunda divisão em 2005, a culpa seria só do Obino e não do Odone.

  15. amigos e amigas, quaisquer erros , em todas as áreas humanas, são cometidos por pessoas. Podemos. com respeito e com o que cada um de nós entende, apontar que pessoas estão errando. Por óbvio, o responsável MAIOR é sim o senhor Koff. Por questões de saúde (ou seria desinteresse mesmo, até porque já afastou o sr. Odone….), TERCEIRIZOU toda a administração do clube. O problema é que temos um CA (mais uma vez, em toda gestão é assim – administrações AUTOCRÁTICAS) praticamente inerte, senão OMISSO, ausente. O sr. Koff também escolheu os 2 diretores de VESTIÁRIO. E aqui está o maior do seus INÚMEROS equívocos. Essa sua PARTICULAR ação, aproxima-se da IRRESPONSABILIDADE, pois o GRÊMIO NÃO É DELE; É DA TORCIDA! A forma de tais escolhas leva-me a crer nisso. Os resultados confirmam: RC e Chitolina não são do ramo. RC deveria ficar no jurídico e Chitolina trabalhando na base. Mas infelizmente algo fez com que esses dois “gremistas” aceitassem os convites.
    O clube está uma esculhambação! Na administração, no MARKETING (meu Deus, onde está a matriz de novas receitas? Hambúrguer? Isso é um deboche……) e também no futebol. Portanto, são pessoas, que se dizem gremista (especialmente Koff) que estão hoje AFUNDANDO O GRÊMIO!!! Boa noite!!

  16. Só pra deixar claro, não tenho saudade do Odone, mas a gestão Koff tá conseguindo ser pior. Não me interessa a história dele, to farto de ter história e nenhum futuro!
    Rui Costa pode ser bom nos bastidores, mas não como homem do futebol, falta alguém pra comandar de verdade esses marmanjos.
    Chitolina é uma piada, aí é o maior erro do Koff, deixou um zé qualquer no comando do vestiário e agora teve que “descer” pra dar discurso. Isso é uma bobagem, não quero uma entidade que “desça” pra manter o pensamento mágico de pé. Quero alguém que enxergue o que toda torcida está enxergando, os erros são mais que evidentes!!!
    Como tem gente ruim na periferia do Koff, estão batendo recordes de falta de indignação e conhecimento.

    Não dá mais pra aguentar os mesmos erros se repetindo, a esperança já se foi, pois ninguém mostra que os erros serão corrigidos. Basta cumprir tabela, não ganharemos nada, novamente, mais um ano.

  17. A quem interessa a comparação entre Koff e o Odone no momento atual? Sempre que o Grêmio vai mal das pernas, essa “fofoca” é incrementada, com a finalidade de desviar o foco da realidade dos acontecimentos. Odone já era, foi. Agora, Koff é nosso presidente. Simples assim. O que deveria estar em questão para nós, gremistas, é o momento atual do clube. Aqui, pululam Koffistas e Odonistas trocando farpas, enquanto o Grêmio vai descendo ladeira abaixo. Não estou entre os que discutem a importância de koff na vida do Grêmio. Os que pensam assim, são uns ingratos. Desconhecem a história vitoriosa do clube, da qual ele é o maior artífice.
    Mas, mesmo reconhecendo sua importância, não posso ficar vivendo do passado.
    Hoje, estamos passando vergonha como torcedores. Nossa auto-estima está abalada pelas contundentes derrotas que nos foram impostas pelo nosso maior adversário e pelos “dente de leite” do Atlético Paranaense. Isso não se apaga e não se esquece facilmente.
    Não podemos tapar o sol com a peneira. Embora eu ainda acredite em uma retomada de postura, sentimento compartilhado com todo torcedor que pensa no clube em primeiro lugar e não se deixa levar pelo negativismo, não posso desconhecer o somatório de equívocos da atual direção que nos tem constrangido além da conta. Ninguém erra por gosto, mas, falta experiência e competência para os dirigentes do futebol do clube e seus comandados, dentro e fora de campo, realidade que salta aos olhos e da qual não podemos fazer “vistas grossas”
    Ao ouvir a entrevista do presidente hoje, fiquei com a impressão de que ele encara com naturalidade o atual momento, que confia demais na sua equipe, que os acontecimentos dos últimos dias são coisa passageira e que o Grêmio vai dar a volta por cima. Tomara que assim seja, para que a desconfiança da torcida não se transforme em rejeição. É preciso mais do que boas intenções. Os próximos dias serão de muita expectativa. Com a mão no coração e os olhos voltados para o céu, esperamos que após a tempestade venha a bonança, mas que será preciso uma mudança radical de atitude para que as coisas voltem a ser como dantes.

  18. conheço pessoalmente o Chitolina.
    embora honesto, não devia estar no cargo de futebol.
    está alí, pela ” militância ( pseudo ) politica no grupelho vencedor, que nem sei o nome mais.
    coordenava o grupo.
    é boa gente, mas prá esse cargo o Gremio fica diminuído.
    provavelmente a escalação de certos jogadores se dá via pressão, que acaba aceitando prá não se incomodar
    é mais prá categorias de base.
    vou parar por aqui pois já recebí recadinhos de que vão me processar, e não to a fim de participar de bobagem nesse nivel

  19. Penso que o Chitolina merece a chance de contribuir para o clube. O problema é que o trabalho é ruim, então, tem que se retirar.

    Se os resultados não aparecem, o problema está no departamento de futebol que continua com o planejamento equivocado.

    É simples.

    Pegou experiência, não deu certo, retira-se para dar chance a outro.

    Quem nasceu para se destacar no futebol, chega e se destaca. Manter-se no futebol é o mesmo que insistir que o Werley seja um Pelé.

    Domingo, o treinador do juvenil quis que o Centroavante Nicolas Careca fosse um meia. Não tem como dar certo.

    Vale isso para os dirigentes. Recebeu a oportunidade e os resultados não vieram, rua.

  20. Uma coisa é acreditar numa reviravolta nesse momento de instabilidade e desconfiança pelo qual momentaneamente passamos e torcer para que retomemos o caminho da tranquilidade e das vitórias.
    Outra, é fazer “vistas grossas” a tudo que está acontecendo e manifestar um otimismo exagerado que não condiz com a realidade.
    Não tenho vocação para ser um “bobo alegre”. O momento é de preocupação e não tem nada a ver com as questões políticas internas. Minhas críticas são pontuais e salvo melhor juízo, refletem o pensamento da grande maioria dos gremistas que não estão satisfeitos com a forma como está sendo conduzido o futebol do clube.
    Ao mesmo tempo em que se pede a confiança e o apoio dos torcedores, é preciso que os dirigentes mostrem capacidade para reverter o quadro atual e isso passa, primeiramente, por reconhecer o que está errado e ir atrás das soluções, mesmo que seja necessário abrir mão de suas convicções que, ao que parece, tem-se mostrado ineficazes. O momento é de intranquilidade. Não há motivos para otimismo.
    Como gremistas esperamos uma reação imediata na atitude dos comandantes e comandados, sob pena de amargarmos mais um ano de muitas promessas e poucas realizações.

  21. é inacreditável que o treinador vá manter o esquema que não está funcionando!
    Sem Rhodolfo, o mais prudente seria recuar o Edinho pra líbero, com Werley e Bressan e botar o Zé Roberto na esquerda, mantendo a experiência do time. Meio campo com Ramiro, Riveros e Luan, Dudu e Barcos na frente.

    Mas vamos com o esquema que não faz gols, Barcos isolado na frente e meio campo que não chega no ataque. Tudo em nome de um lance mágico do Luan, que volta de lesão.

  22. Tomara que não queimem o luan, nossa maior promessa.

    Mas não duvido, já que o Grêmio virou cemitério de jogadores.

    A única coisa que nunca queimam são nossos queridos e abnegados dirigentes, esses daí estão sempre certos e perfeitos. até o krieger tava cagando lei outra dia na rádio, impressionante. ô povo sem lembrança!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.